Programa "Mais Médicos": chegaram os primeiros estrangeiros.

Autor Mensagem
Insufferable Bear
Membro
# 16/nov/18 10:27
· votar


Se os pobres morrem por falta de médico no futuro só vai ter gente rica.
Não vejo problema.

Black Fire
Gato OT 2011
# 16/nov/18 10:43
· votar


Pobre só vive pra dar despesa.

entamoeba
Membro Novato
# 16/nov/18 11:39 · Editado por: entamoeba
· votar


Black Fire
Como que as mesmas pessoas que defendem terceirização irrestrita são contra pagar mais pro governo cubano do que pros médicos que ele terceiriza pra cá?

Primeiro, a palavra "Cuba" evoca emoções que impedem que se veja similaridade entre o programa e a terceirização irrestrita. Até porque eles não imaginam um estado fazendo isso, imaginam um empresário (uma espécie de santo moderno - quando a Microsoft comprar o Vaticano, Bill Gates será canonizado).

Segundo, que quando se fala em terceirização "irrestrita", ninguém imagina algo possa atingir classes sociais mais abastadas. Terceirização é para consolidar a ralé.

Casper
Veterano
# 16/nov/18 16:08
· votar


Se os pobres morrem por falta de médico no futuro só vai ter gente rica.
Não vejo problema.


Concordo 100%.

brunohardrocker
Veterano
# 16/nov/18 17:31
· votar



Como que as mesmas pessoas que defendem terceirização irrestrita são contra pagar mais pro governo cubano do que pros médicos que ele terceiriza pra cá?


1 Terceirização não obriga ninguém a ser terceirizado.
2 nunca vi uma empresa terceirizada pagar 30% do salario ao funcionário.
3 o que é o pior, este dinheiro vai para o país de origem do trabalhador enquanto aqui ele não está sob a mesna tutela de leis dos cidadãos nativos.

brunohardrocker
Veterano
# 16/nov/18 17:36
· votar


Na real, a ilha precisava de abastecimento e ao ver que se desse a liberdade para os médicos cubanos se naturalizarem no Brazil e trazerem suas familias, a fonte iria secar.

É tudo business.

Black Fire
Gato OT 2011
# 16/nov/18 17:37
· votar


1 Terceirização não obriga ninguém a ser terceirizado.


Nunca ouvi falar de nenhum médico cubano obrigado a trabalhar, isso aí é ladainha. O salário médio dos caras lá é 70 dólares por mês, devem vir obrigados mesmo ganhar 4 k no Brasil. Não obrigado é o sujeito que trabalha terceirizado por 900 reais pra não morrer de fome.
Tá certo essa matemática e essa definição de liberdade sim, confie.

Black Fire
Gato OT 2011
# 16/nov/18 17:38
· votar


Ninguém é obrigado a nada. Você sempre tem a opção de morar na rua e catar lixo.

brunohardrocker
Veterano
# 16/nov/18 18:04
· votar


Precisou do acordo entre dois governos para que o excedente de profissionais de Cuba pudesse suprir a demanda brasileira?

entamoeba
Membro Novato
# 17/nov/18 09:46
· votar


brunohardrocker
E se fosse uma empresa privada, levando médicos brasileiros para os USA, sem direito a visto; E se essa empresa fizesse um contrato em que recebesse 14 mil dólares por cada médico; E se o salário desse médico lá fosse de 6 mil dólares, correspondentes a 30% do que ganham os gringos; Você veria algum problema?

brunohardrocker
Veterano
# 17/nov/18 13:02
· votar


entamoeba

Tanto a empresa privada quanto os profissionais, só iriam se associar ao contrato se julgarem a viabilidade.

Se o Trump oferecesse visto e o salario integral, e o governo brasileiro os obrigassem a voltar, sim, eu veria problema.

Ja a empresa privada não deve e nem pode obriga-los a isso. Tem só que aceitar.

brunohardrocker
Veterano
# 17/nov/18 13:05
· votar


Comparação bem surreal, na verdade.

entamoeba
Membro Novato
# 17/nov/18 14:23 · Editado por: entamoeba
· votar


brunohardrocker
Comparação bem surreal, na verdade.

Não, não é! Em relação à suposta exploração, a comparação é adequada! Você não se importa que o médico seja explorado desde que o explorador seja uma empresa - ou os valores baixos que os planos de saúde pagam pelas consultas te ofendem?

O resto do pacote tem a ver com as políticas de emigração de Cuba, que valem para QUALQUER cidadão, não só para os médicos. Você sabe porque elas são "necessárias"?

Se não simpatizo com o que Cuba faz, também não tenho nenhum apreço pelas políticas imperialistas ianques, que drenam o mundo, mas têm fronteiras fechadas para estrangeiros, sobretudo, pobres. Como um país pequeno e com baixa atividade econômica pode investir na formação do seu povo se seus melhores cérebros serão aliciados para emigrar? A resposta de Cuba para o problema foi autoritária, mas haveria outras saídas?

Essa discussão sequer cabe aqui. A verdade é que a suposta exploração dos médicos do programa não é preocupação humanitária, mas cinismo ideológico de uma direita viciada no autoengano.

malucobeleza666
Veterano
# 18/nov/18 12:27 · Editado por: malucobeleza666
· votar


Snakepit
Mas se eles são bons pq não fazem a prova?

Aí que tá o problema. O programa Revalida exige muito conhecimento de especialidades, muita coisa que tem em prova de admissão para residência(Residência=especialidade do médico). Aí nasce um problema em especial em relação aos médicos cubanos que vieram pra cá, que são ou médicos generalistas(Sem especialidade/residência, que acabaram de formar; não são os generalistas com residência em clinica médica, por exemplo) ou médicos com especialidade em atenção básica/primária(Saúde da família e comunidade, no Brasil). Medicina de Família e Comunidade foca nos problemas mais básicos da população, como hipertensão, diabetes,problemas ginecológicos mais comuns, etc, e foca num aspecto mais preventivo, lidando com aquilo que não precisa de especialistas(Muitas demandas de saúde, hoje, resolve-se ou evita-se com com acompanhamento de medicina de comunidade)...aí aplica-se o Revalida pra eles, cobrando muita coisa sem sentido, e gera-se uma falsa impressão que eles não possuem o mínimo para lidar com a atenção básica no Brasil. Um Dr na minha faculdade que aplica a prova prática do Revalida falou que a taxa geral de aprovação do Revalida é de uns 17%; não tem sentido aplicar uma prova como o Revalida para os cubanos do Mais Médicos, que são médicos de família e comunidade.

entamoeba
A formação cubana em saúde é referência no mundo. Durante o governo Obama até os EUA tinham desenvolvido parcerias na área.

Bom texto, só é bom ressaltar que a medicina de cuba referência é apenas uma das zilhões áreas da medicina diferentes, que é a parte de medicina de família e comunidade(Atenção Básica). Povo coloca tudo no mesmo balaio e faz uma confusão só. E também pudera que virariam ''referência'' né, formaram médicos muito além da demanda, aí fazem os programas de regionalização característicos da atenção primária, e cada médico fica com uma parcela ínfima da região, é óbvio que vai gerar bons índices nessa área.

É óbvio que medicina cubana não é a melhor do mundo, nem conta com os melhores profissionais, mas é indiscútivel que possui uma atenção primária que funciona, e mostra que como um foco maior nessa área pode desafogar e resolver muitos problemas da população. Atenção primária no Brasil é muita fraca, precisa de muito investimento e Know-How ainda.

sallqantay
Veterano
# 18/nov/18 12:52
· votar


o mito é gênio, conseguiu meter o loko e nem foi empossado. Imagina no governo

Snakepit
Veterano
# 18/nov/18 14:45 · Editado por: Snakepit
· votar


malucobeleza666
Mas então não seriam os médicos cubanos enfermeiros com grife?

makumbator
Veterano
# 18/nov/18 15:35 · Editado por: makumbator
· votar


Snakepit

Por isso que o novo programa sugerido pelo Eduardo Bolsonaro pra trazer enfermeiras suecas faz mais sentido e é muito mais saudável aos olhos.

entamoeba
Membro Novato
# 18/nov/18 15:50 · Editado por: entamoeba
· votar


malucobeleza666
taxa geral de aprovação do Revalida é de uns 17%

Será que nossos médicos passariam no revalida?

Snakepit
Mas então não seriam os médicos cubanos enfermeiros com grife?

Não exatamente, né? São áreas de formação diferentes.

Mas as vezes me dá a impressão que poderia existir no Brasil algum curso da área médica que formasse em poucos anos, justamente para atender às necessidades da saúde básica. Uma formação que pudesse ser complementada posteriormente, algo mais prático do que é hoje o clínico geral.

Penso em algo como um paramédico com consultório, podendo tirar dúvidas via internet com um médico orientador. É claro que isso não é o ideal, seria somente para suprir as dificuldades de atendimento de um País com os problemas do Brasil.

Para desenvolver algo assim, seria necessário um debate multidisciplinar, com a participação de médicos, gestores públicos, pesquisadores, profissionais de áreas técnicas correlatas e o escambau. Não pode ser algo imposto.

Snakepit
Veterano
# 18/nov/18 15:55 · Editado por: Snakepit
· votar


entamoeba
Mas as vezes me dá a impressão que poderia existir no Brasil algum curso da área médica que formasse em poucos anos, justamente para atender às necessidades da saúde básica. Uma formação que pudesse ser complementada posteriormente, algo mais prático do que é hoje o clínico geral.

Exatamente o que eu estava pensando ao ler o post do malucobeleza666.

Não poderia haver uma profissão entre enfermeiro e médico, justamente pra preencher essa lacuna?

brunohardrocker
Veterano
# 18/nov/18 21:10
· votar


entamoeba

O que dois governos fizeram com os profissionais, uma empresa não tem nem o poder de fazer. Mandam de la pra cá, recolhem um imposto absurdo. Ao serem contrariados pelo resultado politico e por motivos financeiros, convocam todos de volta.

Black Fire
Gato OT 2011
# 18/nov/18 21:49
· votar


Alguém, sem retardo mental, ainda compra alguma coisa que o Bozo fala como verdade?

http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2018-11/bolsonaro-rei tera-que-decisao-sobre-medicos-cubanos-e-humanitaria

“Talvez a senhora seja mãe, já pensou em ficar longe dos seus filhos por um ano?”, respondeu o presidente eleito à jornalista que perguntou sobre a situação dos médicos cubanos. “É [essa] a situação de escravidão que praticamente as médicas e os médicos cubanos [que participam do programa Mais Médicos] estão sendo submetidos no Brasil”



Não dá, véi. Não tem como defender um vagabundo desses, esse cara é um meliante, só lamentar um crápula desses sendo eleito, isso aí só reflete o que esse país virou: lugar de safado, canalha e alienado, igual o presidente.

brunohardrocker
Veterano
# 18/nov/18 22:15
· votar


O cara ta na política, um ambiente de vale tudo. Alguém ainda espera assertividade de alguém que está nesse meio?

Falsa indignação da esquerda é mato, por isso causa espanto e o impulso de proibir quando ela vem da direita.

Black Fire
Gato OT 2011
# 18/nov/18 22:26
· votar


brunohardrocker
Que direita e esquerda, cara? Onde você consegue ver orientação política no discurso de um animal desses que não consegue dizer duas frases sem uma contradizer a outra?
Bolsonaro é um retardado. O ponto é esse. Já demonstrou que, para além de teorias da conspiração do Olavo, ele é completamente vazio, não tem ideia do que está fazendo. Ficar defendendo um cara desses a troco de ideologia é coisa de psicopata.

Snakepit
Veterano
# 19/nov/18 08:17
· votar


https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2018/11/vagas-de-medicina-aume ntam-apos-mais-medicos-mas-efeito-e-incerto.shtml

LeandroP
Moderador
# 19/nov/18 15:04 · Editado por: LeandroP
· votar


CQC - Documento da Semana - Médicos Cubanos



https://www.youtube.com/watch?v=euyu6haeZQM

sandroguiraldo
Veterano
# 19/nov/18 16:48
· votar


entamoeba
Não exatamente, né? São áreas de formação diferentes.
Quer ofender um enfermeiro? Fale pra ele: "Você é tão inteligente, poderia até ser médico"

Mas as vezes me dá a impressão que poderia existir no Brasil algum curso da área médica que formasse em poucos anos, justamente para atender às necessidades da saúde básica. Uma formação que pudesse ser complementada posteriormente, algo mais prático do que é hoje o clínico geral.
O google tá aí pra isso... zueira a parte, seria algo como um técnico em saúde?

Snakepit
Veterano
# 22/nov/18 11:59
· votar


8300 médicos Cubanos vão ir embora, o edital pra suprir as vagas já chegou nos 6k.

Vamos ver como termina essa novela. Não concordo com a forma de contratação dos Cubanos, mas também defendo que saúde deve ser obrigação do Estado.

Black Fire
Gato OT 2011
# 22/nov/18 12:16
· votar


o edital pra suprir as vagas já chegou nos 6k.


Isso era esperado, a grande questão é depois, quando distribuírem as vagas, quantos vão querer assumir fora das capitais e das grandes cidades.

entamoeba
Membro Novato
# 22/nov/18 12:16
· votar


sandroguiraldo
seria algo como um técnico em saúde?

Acho que sim. Talvez, voltada para a medicina preventiva, como parece ser a formação dos cubanos. Mas não vou dar muito pitaco porque desconheço as peculiaridades do atendimento e da formação médica.

Snakepit
Veterano
# 22/nov/18 14:22
· votar


https://pbs.twimg.com/media/DsnnvrWXoAEiwIc.jpg

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Programa "Mais Médicos": chegaram os primeiros estrangeiros.