Programa "Mais Médicos": chegaram os primeiros estrangeiros.

Autor Mensagem
Snakepit
Veterano
# set/13
· votar




Lord Cachaça
Veterano
# set/13 · Editado por: Lord Cachaça
· votar


sallqantay

Isso que tu propôs é tão antigo quanto a palavra citada. Na verdade, quem está inventando é tu ao propor encaminhamento a um grande centro dentro do contexto da atenção básica. Quem inventou ambulancioterapia para a atenção básica foi tu. E acredito que fez isso para se achar o bam-bam-bam.

Dizer que tu não é esperto não é ofensa, é constatação.

Black Fire
Gato OT 2011
# set/13
· votar


O correto é "tu não és".

Snakepit
Veterano
# set/13 · Editado por: Snakepit
· votar


Opaaaa!

Chamou pra briga! Heheuheuhe

Lord Cachaça
Tu tava indo bem, até demonstrar uma grande incapacidade mental de dialogar.

Lord Cachaça
Veterano
# set/13
· votar


Snakepit

Tô cansado e irritado com isso e já tá transparecendo no que eu falo.

Vou me dar umas férias desse fórum. Prometo, kkk.


Black Fire

é

-Dan
Veterano
# set/13
· votar


Materia do CQC sobre o tema:



Snakepit
Veterano
# fev/14 · Editado por: Snakepit
· votar


Snakepit
Sobre Cuba especificamente, é lamentavel que o Brasil negocie e financie uma ditadura. Isso por si só já é lamentavel, sem falar nos outros graves problemas que podem surgir, como trabalhistas e politicos, pois muitos podem desertar e pedir asilo politico no Brasil.

O Brasil é tao ridículo que até um ignorante como eu consegue ver o obvio.

A sorte é que o Tarso Genro não é mais o Ministro da Justiça, pois ele já enviou de volta para a ditadura cubana os lutares que desertaram no pan. O que aconteceu com eles quando chegaram em Cuba? Isso ninguem sabe... e tambem não importa, afinal, apenas os yankes são malvados.

http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2014/02/06/c ubana-vai-pedir-na-justica-valor-pago-a-outros-inscritos-do-mais-medic os.htm

Todos, absolutamente TODOS médicos cubanos tem direito a todos os direitos trabalhistas, basta pedir. Asilo politico, tambem, afinal, o paraíso cubano não deixa de ser uma ditadura comunista. Asilo pra todo mundo.

A Dilma acabou com o exercicio ilegal da profissão para os medicos com um canetaço, porém o trabalho escravo ainda não foi legalizado.

makumbator
Veterano
# fev/14 · Editado por: makumbator
· votar


Snakepit
O que aconteceu com eles quando chegaram em Cuba? Isso ninguem sabe...

Não quero defender os petistas, mas me lembro que alguns jornalistas levantaram que o que ocorreu foi uma estada de esbórnia dos lutadores com prostitutas contratadas pelo manager alemão deles (que era bem safado). No fim eles foram abandonados pelo manager e seu cúmplice, pondo fim à ideia de fugirem para participarem de lutas na Europa (que era o plano inicial), e teriam ido a uma delegacia no Rio para pedir o retorno a Cuba.

Depois em Cuba eles arranjaram outro manager e fugiram do país para lutar profissionalmente. Mas eles não foram presos lá em Cuba não.

Viciado em Guarana
Veterano
# fev/14
· votar


Detalhe que a médica não sabia o quanto os outros ganhavam.
Se não mentiram, no mínimo omitiram muita coisa para eles.

Pedro_Borges
Veterano
# fev/14 · Editado por: Pedro_Borges
· votar


Snakepit

Parabéns, com louvar, pelos seus felizes comentários. Essa personagenzinha, revolucionariazinha que, em nome da ideologia e do delírio de cabriolas cometeu tiranos crimes, e agora atropela o arcabouço de nossas leis democráticas para ajudar ditadores sanguinários. É uma molecagem com o povo brasileiro e com nossa mãe pátria.

Snakepit
Veterano
# fev/14 · Editado por: Snakepit
· votar


makumbator
Nem tanto ao ceu nem tanto ao inferno.

Eles foram presos sim e extraditados para Cuba. Se eles desertaram, acho no minimo ilogico não pedirem asilo como foi divulgado pelo governo. O que acontece com desertores ao serem deportados para as suas respectivas ditaduras ninguem tem como saber oficialmente, apenas supor. O processo todo no Brasil levou dias, algo inedito. Pra certas coisas a "justica" brasileira funciona rapidinho hein.

E de fato eles fugiram novamente de Cuba e pediram asilo dessa vez nos EUA. E de lá, onde finalmente podem falar o que bem entender, falaram que não tinham a intenção de voltar pra Cuba ao desertarem no Brasil, e que até hoje não sabem o que aconteceu.

Empresarios safados a parte, nada justifica a atitude brasileira. No minimo extremamente nebulosa e mau contada essa historia, mas não deixa de ser uma vergonha deportar desertores...

http://www.conjur.com.br/2009-fev-28/mj-explica-boxeadores-cubanos-nao -pediram-ficar-brasil

makumbator
Veterano
# fev/14 · Editado por: makumbator
· votar


Snakepit

Sim, eles foram extraditados, mas segundo foi levantado por alguns veículos isso se deu no fundo a pedido deles (e sim, uma pessoa pode pedir para ser extraditada a seu país de origem), e que no fim das contas eles mesmos voltaram atrás no pedido de asilo que fariam(e isso na frente do representante da OAB, representantes do ministério público e do ministério da justiça). Agora, se essa desistência se deveu a alguma coação (seja brasileira e ou cubana), medo, vergonha, ou coisa parecida aí já são outros quinhentos.

Segundo o Extra (jornal que foi a fundo na história, e descobriu o lance com as prostitutas) não era intenção deles pedir asilo, e que ficaram com medo aqui no Brasil também por conta do lance com o manager e das noitadas de putaria. Segundo o jornal os caras estavam totalmente perdidos e sem saber o que fazer. Não queriam ir a Cuba, mas também tinham receio de até onde a história deles aqui podia levar.

Independente disso ser verdade ou não, é claro que tudo poderia ter sido conduzido pelo Brasil de maneira mais "profissional", digamos assim. Mas se no fim eles mesmos "quiseram" retornar(mesmo que sob alguma influência) e não pediram o asilo o que o governo poderia fazer? Obrigar os caras a pedir asilo? Complicado.

Um tempo depois eu li uma matéria no Herald que relatava que eles ficaram com medo de retaliações do governo cubano contra suas famílias, e que por isso resolveram retornar e não causar um grande problema diplomático com Cuba e Brasil (e que com isso o governo da ilha seria muito mais enérgico do que com um fugitivo comum, como um balseiro indo para Miami). Depois eles fugiram, mas sem o alarde diplomático.

Lord Cachaça
Veterano
# fev/14
· votar


Quem diria. A máscara do mais médicos caindo. Cadê os defensores do PT?

landlord
Veterano
# fev/14
· votar


Lord Cachaça

A classe toda esta tentando vender isso, até sai umas matérias ai... sei não, ainda dou valor ao programa, visto que não temos participantes apenas cubanos.
E concordo com os que querem fugir, mas não podem.
Eu não sou a favor do PT, sou a favor de regular uma classe cheia de dogmas e tradições quase que religiosa extremista.

landlord
Veterano
# fev/14
· votar


Esperando o super desfecho, finalizador de debates:

Alguém postar, é recalque.

Snakepit
Veterano
# 14/nov/18 17:36
· votar


The end.

brunohardrocker
Veterano
# 14/nov/18 17:38
· votar


Bolso ofereceu is 70% do salario aos medicos e não aos Castro?

Pleonasmo
Membro Novato
# 14/nov/18 17:46
· votar


brunohardrocker
Bolso ofereceu is 70% do salario aos medicos e não aos Castro?


Socialismo para você e capitalismo para eu.

Snakepit
Veterano
# 14/nov/18 18:05 · Editado por: Snakepit
· votar


Vamos ver se eu entendi: Bozo ofereceu salário integral para os médicos + permissão para trabalhar aqui se passar numa prova + trazer a família. Cuba rompeu.

Espero que muitos médicos tentem por conta própria e desertem da ditadura cubana.

Passando na prova, mostrando que tem competência, sou a favor que fiquem seja qual for a nacionalidade.

É uma decisão polemica, mas o Bozo está correto.

entamoeba
Membro Novato
# 14/nov/18 18:39
· votar


Snakepit
É uma decisão polemica, mas o Bozo está correto.

Estará correto se repor esses médicos.

Aposto que se vierem do USA ele nem vai exigir revalidação.

Buja
Veterano
# 14/nov/18 18:41
· votar


Tambem sou a favor. Ta cheio de nédicos por ai. Acho que já passei por alguns, desses que amam dar diagnostico sem exame, e receitar paracetamol.

Como já dizia o massacration...he's got no diplomaaaa!!!

Tem mais que é que sentar um prova arregaçada nos jalecos brancos, para provar competencia (e no meu ver essa prova tinha que ser anual).

Não passou nao? Oh que pena. Pega seu carrão e cadastra no app! Deixa seu título de DOUTOR pro primeiro cubano que passar na prova. Desabafei geral O.o. Agora ta na net....pholhas.

Viciado em Guarana
Veterano
# 14/nov/18 18:43
· votar


Snakepit
Espero que muitos médicos tentem por conta própria e desertem da ditadura cubana.

Santa ingenuidade, Batman!
Quem poderia ter feito isso já teria desertado há muito tempo.

É claro que Cuba não vai deixar a família deles saírem da Ilha, por razões óbvias.
Quer desertar? Ok! Então esquece seus parentes e o que pode acontecer com eles.

Snakepit
Veterano
# 14/nov/18 18:43
· votar


entamoeba
Estará correto se repor esses médicos.

Vc é a favor de aceitar médico estrangeiro sem nenhuma comprovação de sua competência e conhecimento?

Black Fire
Gato OT 2011
# 14/nov/18 19:32
· votar


Será que um dia o programa de mísseis cubanos vai avançar tanto que veremos Cuba lançando?

entamoeba
Membro Novato
# 14/nov/18 22:14
· votar


Snakepit
Vc é a favor de aceitar médico estrangeiro sem nenhuma comprovação de sua competência e conhecimento?

Se o cara é médico em Cuba, deve poder ser médico aqui também, né? Ou os organismos mudam de país para país?

Na verdade, acho que o Brasil deveria formar mais médicos (e menos advogados), sobretudo, vindos de classes mais baixas. O problema é que a categoria tem interesse na escassez de profissionais da área, o que mantém os salários bem altos.

Roy.Mustang
Veterano
# 14/nov/18 23:34
· votar


Achei uma boa proposta para os cubanos, mas não para Cuba.

Snakepit
Veterano
# 14/nov/18 23:50
· votar


entamoeba
Se o cara é médico em Cuba, deve poder ser médico aqui também, né? Ou os organismos mudam de país para país?

Mas se eles são bons pq não fazem a prova?

Acho isso fundamental pra saber o nível de profissionais que estamos importando, ainda mais em uma área tão sensível como a saúde.

Falo isso pra qualquer profissional, não só de Cuba.

Roy.Mustang
Achei uma boa proposta para os cubanos, mas não para Cuba.

Quem liga pra Cuba?

entamoeba
Membro Novato
# 16/nov/18 10:14
· votar


Não sou muito de colar texto dos outros, mas achei oportuno:

Bolsonaro mente sobre o Mais Médicos. Compartilho texto de Valquíria Gimenez que mostra isto: Então, que tal se a gente entender primeiro o programa antes de falar?

“Ponto 1 - O PMM não é um programa de contratação de médicos. É um programa global de fortalecimento da atenção básica no país e, para isso, conta com três eixos: infraestrutura (requalificação das unidades básicas para que tenham a estrutura necessária para o atendimento); readequação e expansão da formação médica (revisão dos currículos das universidades visando focar na medicina preventiva e não curativa, além de ampliar e descentralizar a oferta de vagas em cursos de medicina, prioritariamente pela rede pública) e, finalmente, o provimento emergencial de médicos (ou seja, contratação de médicos).

Ponto 2 - Os médicos do programa, todos eles, saem, depois de dois anos, com um título de especialização. Assim sendo, o médico do PMM não tem vínculo empregatício, pois integra um programa de formação em serviço. Logo, não faz sentido falar em CLT.

Ponto 3 - Os médicos cubanos atuam, em sua maioria, em locais em que brasileiros não querem atuar. Quando as vagas do programa são abertas, os primeiros a ser chamados nos editais são os médicos brasileiros formados no Brasil (com CRM); depois, os chamados intercambistas individuais, médicos brasileiros formados no exterior (importante notar aqui que são médicos que não têm CRM. Logo, não passaram pelo revalida que o presidente eleito quer forçar os cubanos a passarem). Só em caso de não preenchimento das vagas anteriores é que os médicos cooperados (no caso, os cubanos) são convocados.

Ponto 4 - Os médicos estrangeiros chegam não apenas para ocupar vagas que os brasileiros não querem ocupar (o que também é verdade), mas porque a formação médica atual não consegue atender à demanda de médicos no país.

Ponto 5 - A formação cubana em saúde é referência no mundo. Durante o governo Obama até os EUA tinham desenvolvido parcerias na área. A ELAM, escola de medicina da ilha, forma profissionais do mundo inteiro, incluindo brasileiros. Ainda assim, quando chegam ao Brasil, os médicos passam por um período de acolhimento, no qual são capacitados sobre o funcionamento do SUS, temas de saúde e português. Ao final desse período ainda passam por uma prova de admissão final. Logo, a revalidação demandada é surreal.

Ponto 6 (e talvez um dos mais importantes) - Os termos da cooperação são pactuados entre a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS OMS Brasil - PAHO WHO Brazil) e o Ministério da Saúde de Cuba. Ninguém é "escravo" ou "obrigado a trabalhar" no Brasil. Os médicos recrutados são, em sua maioria, profissionais que já tiveram atuação humanitária em diversos países do mundo (como a crise do ebola na África ou países centro-americanos. Cerca de 25mil profissionais atuam fora do país atualmente. Ainda assim, é fundamental ressaltar que estamos falando de um acordo de cooperação sul-sul triangulada com organismo internacional, ou seja, temos a horizontalidade como pressuposto. Trocando em muídos: o acordo é pactuado de maneira a beneficiar as partes nos termos definidos por elas.”

(Lara Stahlberg, Mestre em Brasil em Perspectiva Global pelo King's College London. Tema da dissertação: International cooperation and health policy: An analysis on the design and implementation of the Mais Médicos Programme in Brazil).

Black Fire
Gato OT 2011
# 16/nov/18 10:20 · Editado por: Black Fire
· votar


Como que as mesmas pessoas que defendem terceirização irrestrita são contra pagar mais pro governo cubano do que pros médicos que ele terceiriza pra cá?

Black Fire
Gato OT 2011
# 16/nov/18 10:26
· votar


Nego ontem era liberal, hoje tá preocupado com mais-valia.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Programa "Mais Médicos": chegaram os primeiros estrangeiros.