Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Quais sao os melhores cabos???

      Autor Mensagem
      AugustoPedrone
      Veterano
      # abr/05
      · votar


      Galera, meu questionamento é sobre a conecção entre o plugue e o cabo, que no caso do George L´s é SEM SOLDA.

      Claro que existem cabos bons e ruins.

      O que coloco em dúvida é essa forma de união sem solda, ao meu ver um absurdo.

      Abraços.

      Schenker
      Veterano
      # abr/05
      · votar


      AugustoPedrone

      Vá aqui que vc entenderá mais o porque disto ser possível:


      http://www.georgels.com/home.htm

      AugustoPedrone
      Veterano
      # abr/05
      · votar


      Fala Schenker

      Já fui no site e não vi nenhum argumento sólido e com embasamento técnico que afirme que uma conexão SEM solda pode ser melhor do que uma COM solda.

      Abraços.

      b0fh
      Veterano
      # abr/05
      · votar


      AugustoPedrone
      ih rapaz... se o eric johnson usa, pode comprar q eh bão.
      esse nego eh o nego mais fresco com equipo q existe na face da terra.

      Hammer
      Veterano
      # abr/05
      · votar


      cabo bom é neutrik noiseless

      Helmet
      Veterano
      # jun/05
      · votar


      Quanto custa mais ou menos um George L's?

      Simão-Santo Angelo
      Veterano
      # out/06
      · votar


      Olá Hammer, a questão do neutrik, é que eles produzem conectores, uma boa transmição se dá quando há uma união de qualidade entre cabo e conectores, não basta ter bons conectores se você não tiver um bom cabo para transmitir o sinal entre eles, e não basta ter um bom cabo sem um bom conector. O segredo está na combinação e no que você está buscando, há cabos que enfatizam um som mais grave, e outros que trabalham melhor em frequências mais agudas.
      Quanto maior for a bitola do fio condutor, mais graves você terá em sua transmição.
      O material usado para transmição pode variar, os mais comuns são: cobre, cobre OFHC(isento de oxigenio) e cobre banhado a prata.
      Espero que agente possa conversar mais sobre esse assunto.

      AugustoPedrone
      Veterano
      # out/06
      · votar


      Simão-Santo Angelo

      Simão, vc trabalha na Santo Angelo ?

      Cuidado com o que vc fala, pois tecnicamente a frase "
      há cabos que enfatizam um som mais grave, e outros que trabalham melhor em frequências mais agudas.
      Quanto maior for a bitola do fio condutor, mais graves você terá em sua transmição
      " não condiz com a realidade.

      Um cabo é um circuito RLC em paralelo com o captador (outro circuito RLC) de forma que as propriedades elétricas do conjunto acabam gerando picos de ressonância e atenuações na ponta do sistema (amplificador).

      É realmente um sistema muito complexo (cabo+captador+amp) e a simples troca de um dos elementos pode alterar todo o comportamento e resultado.

      Um abraço.

      AugustoPedrone
      Veterano
      # out/06
      · votar


      E eu mesmo estou esperando alguém me provar que um cabo sem solda (George L) é melhor que um com solda.

      Só vindo o Papa, o Carlos Adolphs ou o Cristovam Buarque para me convencer !!!

      Abração.

      Simão-Santo Angelo
      Veterano
      # out/06
      · votar


      Augusto, trabalho na Santo Ângelo.

      Gostaria de saber qual cabo você usa da guitarra para o ampli, e baseado em que você os escolheu ?

      Abraço.

      AugustoPedrone
      Veterano
      # out/06
      · votar


      Simão-Santo Angelo

      Opa, que ótimo que temos o representante de uma ótima marca nacional aqui no Fórum, seja bem vindo.

      Simão, eu não toco guitarra profissionalmente, mas disponho alguns cabos Sto. Angelo aqui em minha oficina, além de alguns de outras marcas.

      Minha citação ao tópico refere-se à alguns "mitos" que envolvem cabos que infelizmente são disseminados, contribuindo para o desconhecimento real dos produtos.

      Como escrevi, cabos possuem 3 características elétricas (indutância, capacitância e resistência) e se eu fosse escolher uma para julgar a mais "danosa" ao timbre, eu ficaria com a capacitância, que inclusive pode ser medida com um capacímetro comum. Esta capacitância característica pode tanto fazer os agudos sumirem quando gerar um pico irritante nos médios ou agudos, à depender do captador e do amplificador.

      Na verdade, isso é tema de um artigo técnico bem longo...

      Um abraço,

      Augusto.

      kelson
      Veterano
      # out/06
      · votar


      AugustoPedrone
      é valido q a capacitancia atinge um valor muito alto com cabos acima de 5.2metros.. cortando tudo que é agudo e frequencias altas da guitarra..
      se vc kizer brilho dum single nao use mais do que isso..
      eu sempre odeio esses mitos.. pq mais emburrecem o consumidor do que provam ou funcionam algo.. cabos diferenciam no maximo do tipo de trança da malha, nos materiais dielétricos usados e na bitola do vivo.. mas a maioria seguem os padroes mínimos pra evitar ruidos.. eu fikei verificando q.. cabos ruins tem as malhas trançadas com muitos espaçamentos, e, dentro de 2 anos o cobre começa a oxidar..

      AugustoPedrone
      Veterano
      # out/06
      · votar


      kelson
      cortando tudo que é agudo e frequencias altas da guitarra

      Acredite que o buraco é mais embaixo...

      Dependendo da capacitância e demais características do cabo e captador, pode aparecer um pico na resposta de até uns 10 dB, seguido pelo corte abrupto na resposta.

      Isso daria uma sonoridade boa ou ruim, à depender do objetivo...

      Simão-Santo Angelo
      Veterano
      # out/06
      · votar


      Você tabalha com regulagem de guitarras, ou construção de ampli?

      AugustoPedrone
      Veterano
      # out/06
      · votar


      Simão-Santo Angelo
      regulagem de guitarras

      Bem, só das minhas !


      construção de ampli?

      Sim, visite www.pedrone.com.br

      Abração.

      has4
      Veterano
      # out/06
      · votar


      Cabo Ambrósio, aqui, de uma certa cidade!!! 1 voto para vereador!!! hehehe (brincadeirinha, hein?!?).


      Dizem, STº ANGELO!!! Mas, bom mesmo é WIRELESS (sem fio algum)!

      kelson
      Veterano
      # out/06
      · votar


      has4
      bom mesmo é WIRELESS (sem fio algum)!
      ?? por rf?

      Simão-Santo Angelo
      Veterano
      # out/06
      · votar


      Com Wireless, vc perde na codificação e na decodificação do sinal, por melhor que seja o equipamento. nada como um bom cabo para te dar um bom som, harmonicos na medida certa...

      Fritz_mkvl
      Veterano
      # out/06
      · votar


      George L´s

      Fritz_mkvl
      Veterano
      # out/06 · Editado por: Fritz_mkvl
      · votar


      Pra mim a vantagem da conexão sem solda é que o sinal só passa por 2 materiais diferentes, com a solda você insere um terceiro material com uma condutividade elétrica diferente.

      Simão-Santo Angelo
      Veterano
      # out/06
      · votar


      Os cabos George l's são muito bons, porém não são muito eficiente quando se trabalha em freqüências baixas, eu também gosto de cabos sem solda, tanto que estou usando um protótipo da Santo Angelo que é no mesmo modelo do George Ls.
      Com um contra-baixo, o George'ls não rende o suficiente nas baixas freqüências, ou se vc quiser um som de guitarra mais pesado e grave, isso por que o cabo não tem tanto cobre quanto outros encontrados no mercado.
      O interessante é que começa a ser uma questão de gosto musical, por isso é interessante saber o tipo de som que se quer, e construir um set up inteiro em cima dessas características.
      Mas não tenha duvida de que, entre a sua guitarra e seu amp, existe um detalhe que pode dar vida, ou matar o seu som.

      AugustoPedrone
      Veterano
      # out/06
      · votar


      Fritz_mkvl
      Pra mim a vantagem da conexão sem solda é que o sinal só passa por 2 materiais diferentes, com a solda você insere um terceiro material com uma condutividade elétrica diferente.

      Veja o seguinte...a função da solda não é unir os dois pontos à serem soldados. Ela faz uma "capa" em volta da junção, que tem como principal finalidade evitar que a mesma se oxide - condição natural para qualquer metal em contato com o ar.

      Um ponto soldado começa com a união simples (tal como o George L) dos terminais. A solda só entra depois.

      E é lógico que pelo raciocínio da "passagem por materiais diferentes" fica difícil, pois em qualquer equipamento eletrônico temos N materias diferentes para os elétrons passarem.

      Ao meu ver, a única vantagem dos CONECTORES (falo apenas dos conectores sem solda, os cabos devem ser bons) George L é dispensar a solda, o que possibilita montagens rápidas para quem não sabe soldar.

      Um abraço.

      AugustoPedrone
      Veterano
      # out/06
      · votar


      Simão-Santo Angelo
      Com um contra-baixo, o George'ls não rende o suficiente nas baixas freqüências, ou se vc quiser um som de guitarra mais pesado e grave, isso por que o cabo não tem tanto cobre quanto outros encontrados no mercado.

      Olá meu amigo, tudo bem ?

      O mesmo cobre que tranporta graves transporta os agudos. E na verdade, pensando microcópicamente, os agudos estão em desvantagem em qualquer tipo de fio pelo efeito capilar (os agudos tendem à só passar pela superfície externa do fio)...mas é um efeito até despresível no mundo do áudio.

      As impedâncias envolvidas em amplificadores de instrumentos são tão altas (ordem de megaohms) que a resistência do cabo se torna despresível.

      Como disse anteriormente, mais importante que isso é a capacitância e indutância do mesmo, funcionando em conjunto com o captador.

      O fundamento de que os graves precisam de área de fio só é válida para caixas de PA e afins, por motivos diferentes.

      Um abraço,

      Augusto Pedrone.

      Fritz_mkvl
      Veterano
      # out/06
      · votar


      AugustoPedrone
      Talvez seja só isso mesmo, os cabos de qualidade são um fio único de cobre não?

      Snakepit
      Veterano
      # out/06
      · votar


      Eu comprei Monster Cable.
      Esse aqui:

      http://www.musiciansfriend.com/product/Monster-Cable-Monster-Rock-14-S traight-Instrument-Cable-?sku=331650

      Não entendo desses aspectos tecnicos que voces estão falando. Mas ele tem garantia pra vida toda, fez uma boa diferença no som, e achei muito bom, nao me arrependi. É sem duvida um otimo produto.
      Ele é mais caro que o George L... nao sei se é melhor. George L tmb é muito bom.

      Simão-Santo Angelo
      Veterano
      # out/06
      · votar


      Quando falamos em cabos de guitarra, é interessante lembrar que quanto menos a resistencia, melhor o som, e quanto mais cobre vc usar, menor vai ser a resistencia, o GeorgeLs não tem a resistencia da solda, esse é o diferencial de som dele.
      Quanto ao que eu tinha falado em relação aos contra-baixos, entre em um estudio e grave um baixo com cabos George Ls, Monster Cable, e Santo Angelo Bass. Confie um pouco no seu ouvido e me fale se existe diferença.
      Existe um aparelho da Neutrik chamado A1, ele também ajuda traçar graficos sobre a eficiencia do cabo.

      kelson
      Veterano
      # out/06
      · votar


      Simão-Santo Angelo
      essa resistencia é insignificante! olha o quanto de solda tem em um amp? seja qual for! olha a solda ki tem no cordal do falante? axo essas milimetrificaçoes uma grande bobabem.. daki apoco tao inventando a nano guitarra livre de resistencia indutancia e capacitancia! vai ser o som mais psicodelico ki existe..
      faz o teste com todos os cabos do mesmo tamanho.. mesmo baixo.. mesmo feeling tocando.. mesmo cara.. mesma umidade do ar.. mesmo tudo.. se for possivel só trocar o cabo e ao mesmo tempo outras "n" condiçoes nao mudarem.. me fala há diferença..

      Simão-Santo Angelo
      Veterano
      # out/06
      · votar


      Se for levar isso em consideração, todos os captadores são iguais, pois todos são feitos com cobre, todas as cordas são iguais por que a diferença de composição de uma para outra é insignificante, madeira então, um maple vai ser sempre um maple, indiferente se for um maple de uma custon shop ou de uma guitarra barrata.
      É quase igual a formula1, são detalhes que vão fazer a diferença.
      Por isso o Pink Floyd carrega algumas toneladas de equipamento, simplesmente pra não ser só mais uma banda, quantas bandas você conhece que tiram um som igual ao do Pink Floyd? Levando em consideração que não exite nada de encrencado no som deles, nenhum acorde que não tenha sido usado antes...

      AugustoPedrone
      Veterano
      # out/06
      · votar


      quantas bandas você conhece que tiram um som igual ao do Pink Floyd?

      Só Pink Floyd conta com os dedos do David Gilmour....

      Simão-Santo Angelo
      Veterano
      # out/06
      · votar


      Os dedos e uma toneladas de equipamentos da mais alta qualidade, vai falar que vc nunca viu um músico bom, com um timbre ruim.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Quais sao os melhores cabos???

      306.442 tópicos 7.907.775 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital