O que a série Mark da Mesa Boogie tem de especial?

Autor Mensagem
Djrafahh
Membro Novato
# 19/jun/21 08:03
· votar


Ramsay
Creio que não se possa fazer essa comparação, se ele ja tem nome diferente e construção diferente ele tem nome de Mark se fosse igual seria Dual rectfier, o pessoal compra um procurando o timbre de outro ai não rola, se você quer som de dual compra dual.
Eu não compro jcm900 se eu quiser o som do 800. Pode até chegar perto em alguma regularem para ouvidos menos exigentes, mas nunca sera igual.

yuriguitar11
Membro Novato
# 29/jun/21 15:12
· votar


Djrafahh
Dizem existir por aí o seguinte ditado: "Não existe um mesa boogie ruim. O ruim é não ter um". Seguindo essa lógica, vai fundo porque o 35 é nervoso! Não sei se tanto quanto sua patroa poderá ficar quando descobrir que você comprou kkkkkkkkk

yuriguitar11
Membro Novato
# 29/jun/21 15:39
· votar


Ramsay
É dificil comparar amps que tem propostas totalmente diferentes. Ainda que fosse um roadking (que é um rectifier tunado), soa diferente em relação à serie Rectifier. Talvez colocando um TS na frente do mark ele soe mais ardido. Eu tenho a impressão que deve dar pra aproximar usando uma caixa com falantes mais estridentes e puxando os agudos na equalização do amp. Quanto à essas reclamações, é complicado dizer porque alem da possibilidade de serem inúmeros fatores (guitarra, captador, palheta, cabos, auto falante, cordas, timbragem) ainda existem as preferencias pessoais. Mas é como o Djrafahh mencionou, se quer o som do Rectifier, tem que comprar o Rectifier. Estou deixando um link de um video onde o cara reclama do mark v (versão 25W) mas nitidamente você percebe que, nesse caso pelo menos, ele não soube timbrar o amp pra obter o resultado desejado.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a O que a série Mark da Mesa Boogie tem de especial?