Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Adquiri um sotaque caipira - Como recuperar meu original?

      Autor Mensagem
      Ismah
      Veterano
      # 30/jan/18 20:29
      · votar


      Buja
      diz que tenho sotaque da região do arizona, nevada...

      UFA! O do Texas é osso duro de roer... Juro que eu tento, mas é difícil de entender...

      Mas pior é que em qualquer língua, a pronúncia certa não sai...
      Eu trabalhei como um cara de BH, mas que fazia jus a todo estereótipo. Um dia falando sobre isso, ele mesmo reconheceu que sabia das palavras erradas, e desafiamos ele a tentar falar tecLado, e não tecRado. Só faltou dar tela azul no coitado.

      Buja
      Veterano
      # 30/jan/18 21:04 · Editado por: Buja
      · votar


      Aqui 'n mina, quas tod mund tem mania d comê palavra.

      É um trem esquisit demai pa quem é d fora.

      Ja viu a piadinha

      cê sá se es ôns pas na savas? (traduzindo: Você sabe se esse ônibus passa na Savassi?)

      Pois e...tem é muit diss memo...cê caba custumano sô!!

      Lelo Mig
      Membro
      # 30/jan/18 21:58
      · votar


      Buja

      Além de comer as palavras ai na tua região vcs também colocam tudo no diminuitivo?

      Tipo: "Ess minerim é um bichim safadim"

      Buja
      Veterano
      # 30/jan/18 22:28
      · votar


      Lelo Mig
      Algumas vezes sim...mas nem tudo rsrs
      Aqui seria mais facil ouvir assim:

      "Vix...eta minerin safad bix..."

      Essas expressoes "êêê diacho...é de vera...cadin disso, cadin daquilo" são extremamente forçadas, nem roçeiro fala assim.

      E tambem pao de queijo nao é a coisa mais comum do mundo aqui nao, apesar de ter gente que jura que é...é muito mais facil voce ver qualquer um saindo com uma sacola de pao de sal (frances) do que uma sacola de pao de queijo...

      Alem disso é meio dificil encontrar alguem que saiba fazer pao de queijo caseiro de verdade. O que mais tem é gente comprando pao de queijo congelado pra servir pras visitas.

      O que aqui realmente tem em qualquer buraco que se entre é café....garanto que se aqui tivesse mar, e voce desse um mergulho, la em baixo voce iria achar um bule com cafe.

      JJJ
      Veterano
      # 30/jan/18 22:34
      · votar


      Buja
      O que aqui realmente tem em qualquer buraco que se entre é café....garanto que se aqui tivesse mar, e voce desse um mergulho, la em baixo voce iria achar um bule com cafe.

      É, até tem mesmo, mas costuma ser fraco e doce pra caraca.

      Buja
      Veterano
      # 30/jan/18 22:47
      · votar


      JJJ
      É, até tem mesmo, mas costuma ser fraco e doce pra caraca.

      Exatamente!
      Aqui so tem 2 tipos de cafe: o 'cafizin' e o cafe de macho

      Lelo Mig
      Membro
      # 30/jan/18 22:50 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Buja

      Aqui também não falta café.... e vinho também não.

      Minha namorada é Polaca, de Xanxerê, gosta de chimarrão... Mas eu não curto muito aquela merda não, pra mim tem gosto de esterco...kkkk

      Sorte que ela só trás quando vai pro Sul, o daqui ela não compra, diz que o mate daqui não presta, é tudo "tranqueira".

      E o sotaque dela é muito engraçado... Canta até quando esta brava.

      Falo do sotaque dela e ela diz:

      "Magiiiinaaa quiii tenhooo sotaaaque, to aquiii já fazem dezeseeeeis anoooos, tu é muiiitooo liso guri"

      E por vezes ela se refere a si mesma com expressões do tipo:

      "Eu me fiz um chimarrão".....

      Kkkkkkk

      Ismah
      Veterano
      # 31/jan/18 01:21
      · votar


      Lelo Mig

      Eu tenho uma erva boa pra ela, até tu vai gostar...

      Mas tu sabe que em SC, a cultura gaúcha é mais forte? A metade oeste de SC, e uma parte do oeste do PR, é mais gaúcha que o RS inteiro. Acredito que isso remonta a rota do charque (!!!)...

      Sendo franco, mesmo na região de fronteira onde é mais forte, tá cada vez mais difícil ver os peões de fazenda com a pilcha, o cavalo e o cusco (cachorro)...

      Tão partindo pra uma bombacha ou calça jeans, e uma camiseta, as vezes uma camisa ainda, mas é difícil... Lenço já era... Até as botas de couro, já vi sendo trocadas pelas de PVC.

      Oeste catarinense, tem gente que mora no centrão das cidadelas, que NÃO TEM outra roupa que pilcha: bombacha, camisa, e lenço... Alpargatas ou botas...

      Vai entender... Deve ser dali que nasceram os lenhadores urbanos...

      makumbator
      Veterano
      # 31/jan/18 03:50
      · votar


      Lelo Mig
      Aqui também não falta café....

      Café é horrível. Não sei como tanta gente pode gostar dessa água suja! Hahah!

      Além de comer as palavras ai na tua região vcs também colocam tudo no diminuitivo?

      Tipo: "Ess minerim é um bichim safadim"


      Aqui em Juiz de Fora (Rio de Janeiro do brejo), não sofremos desse mal.

      Buja


      garanto que se aqui tivesse mar

      Mas tem. Você acha que Espírito Santo é o quê? É o mar de Minas rapá!

      Ismah
      Veterano
      # 31/jan/18 09:03 · Editado por: Ismah
      · votar


      Isso aí makumba, negócio é tomar Toddy! (Nescau é coisa de fresco)

      JJJ
      Veterano
      # 31/jan/18 10:04 · Editado por: JJJ
      · votar


      makumbator
      Aqui em Juiz de Fora (Rio de Janeiro do brejo), não sofremos desse mal.

      Acho que você deveria começar a grafar JUIZ DE FORA... tal qual nosso colega de INDAIATUBA...

      Você acha que Espírito Santo é o quê?

      O ES é muito subestimado. Na verdade, ele salva o país, porque se o Rio e a Bahia fossem grudados, ia ser só carnaval o ano inteiro...

      Buja
      Veterano
      # 31/jan/18 10:46
      · votar


      makumbator
      Mas tem. Você acha que Espírito Santo é o quê? É o mar de Minas rapá!

      E, do sudeste todo, nunca fui la no ES...e tenho parentes la...
      Ja fui inumeras vezes no RJ, em SP, rodei bons minas gerais. E nunca passei perto sequer de valadares pra frente.

      Café é horrível. Não sei como tanta gente pode gostar dessa água suja! Hahah!

      Cafizin é bããão sô! Cê num gosta nem de da uma tragada no cherin dele, de manhã cedin, quando passa no cuadô?!!

      moisesbodani
      Membro Novato
      # 31/jan/18 10:47 · Editado por: moisesbodani
      · votar


      makumbator
      Café é horrível. Não sei como tanta gente pode gostar dessa água suja! Hahah!

      Heresia!!!


      Li todo o tópico imaginando o sotaque da galera... Haha.

      Eu, meu pai e minha mãe somos de São Paulo, porém, eu completei meu primeiro ano de idade em Maceió-AL. Meu pai era constantemente transferido a trabalho, passávamos entre um ano e dois anos em cada lugar. Eu nunca tive um sotaque bem definido, de forma que o mesmo se altera facilmente se eu mudo de estado.

      Inclusive, nunca tive tanta relação com SP, sempre tive mais com o Rio de Janeiro, onde morei dos 8 aos 11 anos. Dos 11 até agora, aos 28 anos, moro em Aracaju-SE. Meu pai meio que "estacionou" aqui, então tudo da minha vida é daqui.

      Entretanto, uns anos atrás, eu quase namorei com uma menina de SP que mora aqui (não deu certo pois ela voltou pra SP). Não sei se a questão do sotaque paulista ficou no meu subconsciente, pois todas as férias escolares eram passadas em SP, mas me despertou um interesse grande em voltar às raízes, uma questão de identidade mesmo. Pode ser coisa da idade também... kkkk...

      Hoje tenho muito interesse em SP, em pessoas de SP, na vida de SP, enfim, tudo relacionado à cidade. Quando visito SP, faço questão de visitar museus, parques, andar a pé na Paulista, enfim, coisa de quem mora lá mesmo.

      Voltando ao sotaque, o meu é meio paulista, meio carioca e meio sergipano. Entretanto, minha namorada é baiana e a diferença é absurda se comparando ao sotaque sergipano. Inclusive, o sotaque do interior da Bahia é sim diferente do sotaque da capital! Sempre que vamos à fazenda do avô na minha namorada, em Serrinha, é notável a diferença se comparando ao sotaque de Salvador.

      Lelo Mig
      Membro
      # 31/jan/18 11:40 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Vamos lendo os relatos, as peculiaridades de cada um, de seus Estados, suas Cidades, seus sotaques... É tão rico, tão bonito, divertido e complexo.

      Amigos, fico aqui pensando, se matarem todos os políticos, este Pais vira um paraíso.

      Makumbator

      "...água suja"

      Café é a bebida "não alcoolica" do macho brasileiro!!

      Eu sei que rola umas cachaças aí em Juiz de Fora.

      Mas o que vocês tomam ai na sua Terra no dia à dia?

      Leitinho de gazela?.....kkk


      Ismah

      "Eu tenho uma erva boa pra ela, até tu vai gostar..."

      Destas ervas que não se faz infusão em água eu to aposentado faz muito tempo. Nada contra, mas...

      Infelizmente, sou o tipo de sujeito, que com exceção ao álcool, não consigo fazer uso recreativo de nada, pelo contrario, tenho uma tendência absurda ao abuso e excessos.

      Então, há muito tempo, a opção que escolhi para minha vida foi manter o controle dela.


      Agora, se esta falando de uma boa Erva Mate ai do Sul...opa! Ela vai adorar sim...contudo eu vai ser dificil, tomo por educação e companherismo, mas sou Paulistano, prefiro café, cerveja e vinho...rs.

      JJJ
      Veterano
      # 31/jan/18 13:53 · Editado por: JJJ
      · votar


      Lelo Mig

      A bebida preferida dos nativos aqui é cerveja mesmo...

      Quanto ao mate, eles mal conhecem (nem o doce gelado, como os cariocas gostamos - nem o de chimarrão quente sem açúcar, como gostam os sulistas). Aqui confundem mate com chá preto (sério, não estou brincando).

      Lelo Mig
      Membro
      # 31/jan/18 14:03 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      JJJ

      O Mate, da forma que os sulistas tomam (Chimarrão) ou o pessoal do Pantanal (Tererê), também não tomamos aqui em Sampa não. Nem Capital nem Interior... Alguns tomam chá mate ou outros chás da forma inglesa.

      Eu só citei aquela "alfafa mergulhada em água quente" de cuia e bomba, porque minha namorada toma. Já avisei ela que essa porra dá cancer de estômago....kkkk.

      Buja
      Veterano
      # 31/jan/18 14:07
      · votar


      JJJ

      Po até hoje eu nao sei se voce ta no rio ou em juiz de fora, ou em qualquer outro lugar.

      Sei que a cerveja de JF é otima, mas do rio pelamor de Deus. La as piores coisas são a cerveja e o feijao (que é sempre preto, e nunca tem um feijao carioquinha).

      entamoeba
      Membro Novato
      # 31/jan/18 14:32
      · votar


      moisesbodani
      Li todo o tópico imaginando o sotaque da galera... Haha. (2)

      E o autor do tópico, para variar, sumiu.


      Lelo Mig

      Minha especulação que o motivo era a vergonha foi por causa de coisas que vi. Mas só morei 4 anos em São Paulo. A minha amostragem, certamente, foi insignificante.

      JJJ
      Veterano
      # 31/jan/18 14:49
      · votar


      Lelo Mig
      O Mate, da forma que os sulistas tomam (Chimarrão) ou o pessoal do Pantanal (Tererê), também não tomamos aqui em Sampa não. Nem Capital nem Interior... Alguns tomam chá mate ou outros chás da forma inglesa.

      Pois é... chego à conclusão que só cariocas e sulistas gostam de mate (embora preparado de forma diferente).

      Buja
      Po até hoje eu nao sei se voce ta no rio ou em juiz de fora, ou em qualquer outro lugar.

      Sou um carioca morando em JF há uns 20 anos.

      Sei que a cerveja de JF é otima, mas do rio pelamor de Deus.

      Só bebo marca industrializada, tipo Itaipava, Brahma, Budweiser... Então, pra mim são idênticas... rs

      Não curto as artesanais.

      Beto Guitar Player
      Veterano
      # 31/jan/18 14:54
      · votar


      Só para colaborar com a discussão de forma positiva, além do sotaque e da maneira de falar, existem muitas expressões que são diferentes dependendo da região.

      Tem um vídeo que vi certa vez e achei interessante.


      Buja
      Veterano
      # 31/jan/18 14:58
      · votar


      JJJ
      Só bebo marca industrializada, tipo Itaipava, Brahma, Budweiser... Então, pra mim são idênticas... rs
      Não curto as artesanais.


      Ehhh, gosto é gosto rsrs...mas pra mim tomar essas aguas amareladas de industria e tomar numa telegibson, é a mesma coisa rsrsrs...mas, nada contra!

      Lelo Mig
      Membro
      # 31/jan/18 15:59 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      entamoeba

      "A minha amostragem, certamente, foi insignificante."

      Não diria que é insignificante, diria que é parcial.

      Principalmente os que tem aquele sotaque característico da capital:

      "Orra meu! Num to inteindeindo é issu meismo? Com isso num dá pra comprá treis pastel tá ligado? Mó pobrema!"

      ...não poderá ter vergonha do sotaque do interior, né?

      (Esse é um sotaque forte e característico de alguns paulistanos que chamamos carinhosamente de Boy da Mooca)

      Buja
      Veterano
      # 31/jan/18 16:50 · Editado por: Buja
      · votar


      Lelo Mig
      Tem tambem as palavras

      Meu, fui a feira comrpá bãnãnã, mãmão, mãçã e cairne.

      Buja
      Veterano
      # 31/jan/18 16:52
      · votar


      Engraçado é que os gringo sempre me dizem que paulista acaba falando ingles um pouco melhor, porque o sotaque ajuda....essa puxadinha de R e sotaque menos cantado facilita na diccção que o americano normal tem.

      Ismah
      Veterano
      # 31/jan/18 19:18
      · votar


      Lelo Mig
      Leitinho de gazela?

      Ou leite de macho... Vai saber?! Vivemos sob uma pluralidade cultural muito grande, nada me surpreenderia...

      Destas ervas que não se faz infusão em água eu to aposentado faz muito tempo. Nada contra, mas...

      Considerando que o ativo pode ser encontrado na folha, e não só na flor (que é o que se fuma), dá pra fazer chá da plantinha também... Desculpe...

      Mas veja bem, o chimarrão é quente*, enquanto tereré é gelado - por questões climáticas um tanto óbvias, principalmente do inverno no planalto, oeste e sudoeste do estado... São regiões planas onde a geada não perdoa... Pra atualidade não é tanto, mas para os indígenas guaranis e kaigang's / bugres, morando em cavernas geralmente... Ou mesmo os peões de fazenda, morando no galpão crioulo. O nome é meio que a versão gaúcha - e aqui gaúcha não como gentílico, mas como povo, que engloba argentinos, urguayos etc - para o que se conhece como senzala no sudeste e nordeste...
      Sem modéstia, a região missioneira / noroeste, é um dos locais mais frios que eu já estive. A temperatura até não é tão baixa, mas a sensação térmica é absurdamente horrível, uma névoa/cerração com umas rajadas de vento, às vezes garoa...
      Dizem os mais supersticiosos, que essa sensação se deve pelo tanto de "sángRe qué se hah derramado nestas tierras" ...

      * Diz a lenda que no sul tem 3 níveis de água quente: água de sanga, água de mate e pela porco...

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Adquiri um sotaque caipira - Como recuperar meu original?

      306.256 tópicos 7.904.887 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital