Voz de Cabeça e Oitavas.

    Autor Mensagem
    Leo Rio
    Veterano
    # ago/10 · Editado por: Leo Rio


    Eu li alguns topicos sobre isso na busca, mas nenhum deles realmente esclareceu a minha duvida sobre a voz de cabeça e oitavas(sei que sao dois assuntos meio nada a ver).

    Mas entao a primeira duvida é a definiçao em si, de voz de cabeça, todos diziam que era uma voz que ressoava mais na cabeça e tal, que voce nao sentia tanto a vibraçao no peito e etc...mas eu ainda nao consigo visualizar essa voz nem esse tal de "passagio", se possivel gostaria que alguem postasse um video desmotrando a diferença ou coisa parecida.

    Sobre as oitavas...no violao o C3 esta em qual casa/corda? eu nunca entendo essa parada da notaçao americana/alema e fico me perdendo nessa sacanagem.

    Eu até agora me considerei Baritono, alcanço do A1 (quinta corda solta [?]) ao A3 sem maiores desconfortos. Essa entao seria minha voz de peito, correto?

    PS.: Nao vim aqui pedir uma receita magica pra aprender a fazer voz de cabeça, soh queria que alguem ai que tenha uma maior experiencia talvez possa me dar uma luz maior quanto a essa tal voz de cabeça a qual até agora nao compreendo.
    Myles Kennedy - Sweet Child Of mine
    Ele esta usando Voz de cabeça nesta musica?

    PS2.: Essa passagem de voz de peito para voz de cabeça, acontece naturalmente ou voce precisa de uma tecnica especifica pra "acessar" ela?
    Isso significaria que eu que nunca estudei isso, provavelmente canto apenas na "voz de peito", correto?

    Leo Rio
    Veterano
    # ago/10
    · votar


    Pow ngm tem nenhuma resposta?

    makumbator
    Veterano
    # ago/10 · Editado por: makumbator
    · votar


    Leo Rio

    Na notação usada no Brasil o dó central é chamado de C3, na notação americana é o C4. Em ambos os casos é o dó na primeira linha abaixo suplementar do pentagrama da clave de sol(ou a primeira suplementar acima da clave de fá).

    O violão é transpositor de oitava abaixo(assim como a guitarra e o baixo). Portanto, toda a música escrita para esses instrumentos soa uma oitava abaixo do escrito nas partituras. O dó central ESCRITO no violão é o dó mais grave da corda lá(na afinação padrão).

    Mas por causa da transposição do instrumento, o verdadeiro dó central(nota real) está uma oitava acima, no primeiro dó da corda sol(afinação padrão).

    Aqui o som do dó central(seja ele denominado C4 ou C3 de acordo com a cultura local):

    http://upload.wikimedia.org/wikipedia/en/e/e2/Middle_C.mid

    shoyoninja
    Veterano
    # ago/10
    · votar


    Leo Rio
    Sem técnica os termos voz de peito e voz de cabeça não tem muita utilidade, ficar tentando achar ressonância sem os fundamentos bem trabalhados vai só te arrumar um monte de tensões.

    Eu duvido que você seja barítono. Para ter certeza só com aulas.

    E se aceita algum conselho desencana de tentar fazer isso sozinho.

    Abraços!

    Leo Rio
    Veterano
    # ago/10 · Editado por: Leo Rio
    · votar


    shoyoninja

    Como eu escrevi no topico:

    "PS.: Nao vim aqui pedir uma receita magica pra aprender a fazer voz de cabeça"

    Eu nao estou querendo aprender a fazer isso, eu soh quero entender melhor o que eh isso. Eu em breve vou pagar aulas e etc, mas eu nao quero chegar la em um professor que talvez nem saiba o que esta falando e queira me ensinar uma voz de cabeça sem noçao, que nao exista e eu acabe me lesionando, por ser desinformado. Por isso eu queria alguma dica de alguem experiente aqui do Forum sobre isso.

    makumbator

    Opa cara Muitissimo obrigado pela dica, obrigado mesmo \o/ finalmente entendi essa budega \o/
    Tu nao sabe o quanto eu procurei por um link desse com o audio, procurei procurei e nao encontrei cara. Valeu! se voce conhecer alguem que tenha entendimento sobre a voz de cabeça, pede pra ele dar uma passada por aqui, plz rsrs.

    Christhian
    Moderador
    Prêmio FCC 2007
    # ago/10
    · votar


    Leo Rio
    Ele esta usando Voz de cabeça nesta musica?

    Uma das características da voz de cabeça é a cobertura. Alias, ela leva esse nome pelo aumento da ressonância em regiões superiores, ocasionada pela conformação do palato mole e direcionamento da voz de maneira mais vertical. A voz de cabeça tem uma função importante no canto: Permitir o emprego da dinâmica em regiões mais agudas.

    O que o Myles faz ali, usa uma emissão parecida com a voz de cabeça, mas não há a cobertura característica. Como não há espaço interno adequado, seria praticamente impossível cantar baixo mantendo aquela qualidade vocal. O que acontece então é um processo reverso: A laringe sobe, mudando a projeção da voz para frente - Isso é a base do Belting, que é um estilo bastante usado no Rock, assim como nos musicais da Broadway. A técnica exige um apoio muito forte e bem feito, para que o esforço nas cordas vocais seja minimizado (mas existe!!!).

    Ou seja, se tentar fazer isso sem alguém que lhe ajude a compreender as diferenças de perto e em detalhes, diretamente no seu corpo, o risco de arregaçar a voz é imenso!

    PS: Myles é fodão! aehuaheae

    Abraços

    Leo Rio
    Veterano
    # ago/10 · Editado por: Leo Rio
    · votar


    Christhian
    Obrigado cara, teus comentarios como sempre sao fodones.
    Mas nao se preocupe, eu nao pretendo mesmo aprender isso sozinho, nunca! eu sei dos riscos hehe

    Mas eu ainda nao entendi direito...entendi que a voz de cabeça é caracterizada pela cobertura e tudo mais, mas a cobertura nao eh algo digamos que "opcional?" Pelo que eu tinha entendido a cobertura era algo que dava maior peso na voz pra nao ficar akela coisa estridente, parecendo que voce ta decapitando uma galinha...mas muita gente no metal, no hard rock e afins usam esse efeito de galinha esgarniçada mesmo! E muita gente acha foda, eu acho por exemplo huahaua.

    Entao se o cara canta no registro da "voz de cabeça" e nao coloca cobertura nao vai ficar akele mesmo timbre super agudo que muito metaleiro manda por ai nao?

    Novamente!!! Eu nao quero aprender a fazer, soh quero aprender melhor como funciona, na medida do possivel rsrs.
    Entender como as coisas funcionam me ajudam a conseguir visualizar melhor a parada.

    MauricioBahia
    Moderador
    # ago/10
    · votar


    Christhian

    É "vóiz" na cabeça mané!

    Abs

    Leo Rio
    Veterano
    # ago/10
    · votar


    Putz achei um video do myles kennedy ainda mais impressionante quanto a performance dessa musica:
    Myles Kennedy - Sweet Child Of Mine Acustico (FODASTICO)

    Matheus7
    Veterano
    # ago/10
    · votar


    + - quantos tons se alcança a mais com a voz de cabeça???

    Leo Rio
    Veterano
    # ago/10 · Editado por: Leo Rio
    · votar


    A mais uma coisa, qualquer cantor pode usar a voz de cabeça e atingir tons de tenor? Nao quero dizer os super agudos do André Matos, pq ali eu sei que ja eh dificil ateh pra ele...mas digamos que aumentar a extensao natural de um baixo ou baritono por exemplo.

    Ressalvo, eu nao quero aprender sozinho, soh quero entender o principio!

    Pq eu via muita gente falando dessa tal de voz de cabeça como se fosse algo que ngm descobre sozinho e que teoricamente aumentaria a extensao vocal de quem consegue fazer uso dela, soh que eu sei que aqui no forum do mesmo jeito que tem gente que sabe muito, tipo o Christhian, tem gente que nao sabe nada e quer pagar uma de fodao.


    EDIT:


    Ouvi um audio muito interessante, onde Rockwell Blake falava um pouco sobre isso de voz de cabeça e tudo mais.

    Corrija-me se eu estiver errado:

    No video ele parecia dizer que na verdade nao existe nenhum tipo de "quebra de registro" é tudo uma coisa soh, todo esse passagio, cobertura e etc, era apenas uma tecnica pra fazer com que o personagem da opera nao ficasse parecendo uma criança e continuasse com esse timbre "adulto" mesmo em notas mais altas, algo importante no canto erudito.


    Ou Seja, toda essa historia de voz de cabeça como algum tipo de registro "a se encontrar" é tudo mito, correto? Pra alcançar notas mais altas é tudo baseado em apoio, uso do diafragma e uso das caixas ressoadoras corretamente, eh isso?

    EDIT 2:

    aqui o video do mestre:
    Rockwell Blake, passaggio & dark timbre

    shoyoninja
    Veterano
    # ago/10
    · votar


    Leo Rio
    Estás fazendo uma confusão na sua cabeça sem necessidade velho.

    Se você vai começar aulas de canto agora, voz de cabeça e cobertura muito provavelmente não vão ser nem abordados por um bom tempo. Aliás, desconfie muito se o professor apresentar algum método mágico para já aprender tudo em 1 mês, ou essa conversa de tudo igual e um registro só em toda a tessitura.

    A emissão é realmente igual, mas, como o Christhian já falou, sem cobrir não é voz de cabeça. Esse vídeo não é incorreto mas o contexto é outro.

    O princípio é manter a mesma emissão mas mudar MUITO a conformidade de todo o resto. É contra-intuitivo e como já foi falado antes precisa de todos os outros fundamentos.

    No mais, eu recomendo ler o tópico sobre técnica vocal, tem muita informação lá que pode te ajudar.

    LuksBass
    Veterano
    # ago/10
    · votar


    Pode usar sim cara, no meu caso achu que fujo bastante do meu limite usando voz de cabeça.

    No caso do Mauro Henrrique do g3, alguém sabe me dizer que técnica realmente ele usa(sei que são varias, mais referente aao ultimo cd)...eu tenhu em mente que ele méscla as técnicas usando a preção natural que ele tem e voz de cabeça...mais não intendo muito disso tbm...alguém poderia da uma esclarecida? =P

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Voz de Cabeça e Oitavas.