Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Novos Roland Xps30, Juno Ds61 e Ds88

      Autor Mensagem
      JeffersonX
      Veterano
      # 30/set/15 11:11
      · votar


      André Luiz Keys
      Acho que o XPS-30 foi um produto desnecessário. O mais acertado, na minha opinião, seria lançar o que o XPS30 é em termos de timbres (Juno Di + XPS-10) como Juno DS 61 e 88.

      André Luiz Keys
      Veterano
      # 30/set/15 15:38
      · votar


      As diferenças entre XPS-30 e JUNO-DS são essas:

      Quantidade de patches:
      XPS-30: 1400
      JUNO-DS: 1200

      Kits de bateria:
      XPS-30: 35
      JUNO-DS: 30

      Performances de fábrica:
      XPS-30: 28
      JUNO-DS: 64

      O resto é exatamente igual.

      Claro que a ordem dos sons muda entre eles, mas a base sonora é a mesma.

      Hoje tive meu primeiro contato com o XPS-30 na Roland. O banco World do XPS-30 é mais "bombado". Tem sons escolhidos por várias 'Roland' ao redor do mundo, inclusive os sons com contribuição brasileira (alguns mostrei no vídeo do XPS-10).

      Abs

      André Luiz

      bravo57
      Veterano
      # 01/out/15 11:49
      · votar


      Pois é, os teclados sao mesmo mt parecidos... Era mais jogo a Roland ter lançado apenas um deles, e com o conteudo mais completo. Vamos supor q o xps custe uns 500 reais a mais q o Juno... Nao valeria apena. Sobretudo se os patches do XPS puderem ser editados no Juno.

      Julieno
      Membro Novato
      # 01/out/15 12:03
      · votar


      Quero saber os preços... até hoje não achei para comprar...

      bravo57
      Veterano
      # 01/out/15 12:27
      · votar


      Julieno
      Relaxa ainda vai ser mandado pras lojas... Mas com o dolar atual, os impostos altos e o fator lançamento, nao da pra esperar baixo preço.

      petu_ce
      Veterano
      # 01/out/15 12:40 · Editado por: petu_ce
      · votar


      André Luiz Keys

      Qual dos dois terá um software editor para computador? XPS-30 ou DS-61?

      Comprei o Roland XPS-10 logo no lançamento, mas acabei vendendo porque a Roland não lançou um XPS Editor. Apesar da empresa não prometer, eu criei essa expectativa.

      Acho que o esforço da empresa seria mínimo porque já existe o Juno Di Editor. Bastava adaptar. Por outro lado, o ganho seria grande para o consumidor pois a tela do XPS-10 é minúscula.

      André Luiz Keys
      Veterano
      # 01/out/15 17:01
      · votar


      petu_ce

      Poxa que pena.

      Ainda que com limitações, não sei se sabe, mas o Juno-Di Editor poderia ser usado para editar os patches do XPS-10.

      petu_ce
      Veterano
      # 01/out/15 21:19 · Editado por: petu_ce
      · votar


      André Luiz Keys

      Eu tentei usar o Juno Di Editor com o XPS-10 mas não funcionou direito. Daí desisti. Gosto de criar as minhas performances e pelo painel do teclado ficaria complicado.

      Mas, afinal, qual dos dois terá um software editor para computador? XPS-30 ou DS-61?

      silvG8
      Veterano
      # 02/out/15 19:57
      · votar


      André Luiz Keys
      O fórum está te entimando a comparecer notório Roland Boutique com novidades! Heehhehehehehh! Abraço

      Roberto M Melo
      Membro Novato
      # 20/out/15 17:22
      · votar


      1 - A única diferença entre o XPS30 e o DS61 é a presença de mais sons étnicos (mundiais) no XPS e mais performances no DS (devem ter a mesma quantidade de memória). Se forem lançados os dois no Brasil, deverão ter o mesmo preço, porém, numa terra que XPS10 custa até R$800 a menos que o Di, é de se esperar o DS61 mais caro e um monte de vendedor dizendo que ele é "muito melhor".

      2 - Eles não são o xps10/juno di com nomes diferentes, são evolução, muitas melhorias.

      3 - Não vi ninguém comentando, porém agora eles possuem PLACA DE ÁUDIO USB! É um recurso que eu utilizava bastante no Yamaha MOX61, tanto para gravação quanto para utilizar samples (kontakt). A vantagem é que, tendo áudio e midi via USB, um simples cabinho ligado no notebook possibilita utilizar sons de outros top de linha e o som do sample/notebook sai pela saída de áudio dele.

      4 - Impressão minha ou agora tem entrada para pedal de expressão?

      5 - Embora eu goste mais da organização dos controles do XPS10, eles poderiam ter feito o xps30 baseado nessa organização e colocado mais knobs/slides no ds61 pra diferenciar. Outra coisa que não entendo, em pleno ano 2015, porque ainda insistem em esconder entrada de pendrive? Nesse ponto sou fã da Casio (sim). No PX-5S tem entrada fácil para pendrive, tem um espaço para colocar o notebook, etc, tudo feito pensando em palco/controle total. Uma coisa que as fabricantes deixaram de utilizar e que eu gostava é de ter acesso rápido aos timbres editados apertando um botão (linha Roland RS, Yamaha psr). Na série mox/motif é possível, perdendo um pouco dos inserts. Aparentemente vai ser possível no xps30/juno ds com a mesma limitação dos Yamaha.

      6 - Tomara que a parte de importação de Samples tenha sido arrumada, porque testei a função de sample do XPS10 e a Roland deveria ter vergonha de fazer Pitch Ressample simples, sem correção do tempo, um som ao ser distribuído para as teclas também muda a velocidade conforme muda a nota.

      Com essas melhorias (placa de áudio, importação de sons, pedal de expressão), ficou muito próximo ao que oferece o Yamaha MOXF.

      JeffersonX
      Veterano
      # 20/out/15 19:07
      · votar


      Roberto M Melo
      Não sabia sobre ele ter interface integrada. Isso é ótimo! É um grande diferencial no Yamaha MOXF, que diga-se de passagem eu considero o mais completo da categoria. Não o melhor, mas o mais completo rsrs

      Cara, sobre a Casio, hoje temos que esquecer o passado. Hoje ela está muito focada no mercado profissional e o PX5S juntamente com o XWP1 são apenas uma pequena amostra do que vem por aí.

      Uma coisa que estou achando bem fraco são as demos e reviews. Praticamente não encontrei muita coisa no YouTube. Pra ter ideia os novos Mobile Synth da linha Boutique no mesmo dia do lançamento já tinham vários vídeos de review e demo por sites especializados.

      Bom, vamos ver na prática.

      André Luiz Keys
      Veterano
      # 04/nov/15 17:15
      · votar


      Roberto M Melo
      Impressão minha ou agora tem entrada para pedal de expressão?

      Tem!

      Uma coisa que as fabricantes deixaram de utilizar e que eu gostava é de ter acesso rápido aos timbres editados apertando um botão (linha Roland RS, Yamaha psr)

      A maioria dos teclados Roland (e esses lançamentos) tem a função FAVORITE onde você usa os botões numéricos para chamar os sons que você usa mais (seja um Patch ou Performance). São até 100 programas favoritos.

      Tomara que a parte de importação de Samples tenha sido arrumada, porque testei a função de sample do XPS10 e a Roland deveria ter vergonha de fazer Pitch Ressample simples, sem correção do tempo, um som ao ser distribuído para as teclas também muda a velocidade conforme muda a nota.

      No modo Performance pode-se utilizar até 16 sons, baseados em samples, ou seja, você poderá importar até 16 amostras e alocá-las nas regiões do teclado.

      Provavel que o que você viu são os exemplos de fábrica, que utilizam um único sample para todas teclas.

      Com essas melhorias (placa de áudio, importação de sons, pedal de expressão), ficou muito próximo ao que oferece o Yamaha MOXF.

      Lembrando que atualmente o concorrente Roland dos MOXF é o FA-06/08.

      EM BREVE a Roland através do parceiro SIDINHO LEAL irá divulgar vídeos demonstrativos dos lançamentos - JUNO-DS e XPS-30.

      Abraço a todos.

      André

      lincolnmoc
      Veterano
      # 01/dez/15 08:42
      · votar


      Quem testou pode falar se as teclas são as mesmas do Juno Di? Tenho a impressão de estarem mais para as do Jupiter 50 (O que seria muito bom).

      JeffersonX
      Veterano
      # 01/dez/15 08:48
      · votar


      lincolnmoc
      Pelo que vi, são as mesmas teclas do Juno Di e XPS-10.

      André Luiz Keys
      Veterano
      # 09/dez/15 10:03
      · votar


      Olha ai o vídeo do Sidinho mostrando o XPS-30:
      https://www.youtube.com/watch?v=RigYrYvF6Qo&list=PLeuqVKmSg5OHEPH_qZVT usRhyIA5VVMAT&index=53

      André Luiz Keys
      Veterano
      # 09/dez/15 10:10
      · votar


      Ahh

      Preços:

      XPS-30: R$ 5149,00
      JUNO-DS-61: R$ 5589,00
      JUNO-DS 88: R$ 7939,00

      Preços oficiais da Roland. Sabemos que sempre varia um pouco pra menos no mercado

      Shadad
      Veterano
      # 13/dez/15 14:19
      · votar


      André Luiz Keys

      Você poderia nos deixar mais explícito quais as diferenças entre o Juno DS e o XPS-30? O Que justifica essa diferença nos preços?

      Tenho outra dúvida: quando ao sampler, ele funciona da mesma que o XPS-10? Apenas uma amostra por patch?

      bravo57
      Veterano
      # 16/dez/15 00:24
      · votar


      O teclado parece bom, mas por esse preço eu prefiro pegar um Kross ou então partiria direto para o MOXF6. Tomara que quando chegar de vez nas lojas esse preço caia. 4k eu já acho demais para um entry level, 5k é demais, o dolar tá mesmo rasgando, até o ano passado dava pra comprar MOXF6 novo por 4.500 reais.

      JeffersonX
      Veterano
      # 17/dez/15 11:13
      · votar


      Esses preços estão salgados. Para ter ideia, pelo valor do Juno DS61 você consegue, se pesquisar bem, encontrar um Roland FA06 zero com NF e tudo mais. É muito mais teclado. Também se pega KORG Kross com uma Stay, um cubo para estudos, bag customizada e pedal sustain original.

      Ou pode pegar um MOXF6 da Yamaha, muito mais teclado com mesma síntese e amostras do Motif. Inteirando um pouco, consegue um KORG Krome, que possui vários timbres extraídos do Kronos, como pianos, EPs e drums.

      Preço do Juno DS88, pesquisando bem, pode ter que inteirar um pouco e pega um Jupiter 50.

      silvG8
      Veterano
      # 17/dez/15 11:41
      · votar


      JeffersonX
      O Juno DS 88 está mais caro que paguei no meu Moog Sub Phatty, Moog Little Phatty, DSI Prophet 08, Elektron Analog Four entre outros. Simplesmente algo feito pra encalhar. Só pra comparação, o meu Analog Four foi comprado após a alta do dólar, custa 1400 dólares, e paguei 6000 reais. Algo está errado com essa conversão da Roland.

      dil keyboardist
      Membro Novato
      # 17/dez/15 12:28
      · votar


      Gostaria de saber quantas expansões são possíveis instalar na memória flash do XPS 30 e do DS? Só uma de cada vez ou posso instalar mais de uma ao mesmo tempo? E se for só uma como fica a questão da programação salva, por exemplo estou usando um timbre da expansão EXP-06 no meu set, aí de repente eu preciso no meu set um timbre da EXP-03 então vou ter que carregar esta expansão por cima da outra pra depois usar o timbra que vou precisar? Pq se for assim já digo de cara que o XPS 30 vai vender como água e o DS 61 vai mofar nas prateleiras das lojas, pq os timbres a mais vão fazer toda a diferença, pq tem muito timbre do XPS que vai fazar falta no DS e só vai ser suprido com a EXP e o usuário vai deixar de utilizar outras expansões que poderiam usar no XPS. Sei não...

      freitas_silva
      Veterano
      # 17/dez/15 17:54
      · votar


      Sinceramente não entendo esses preços da Roland. Mas o que me deixa mais intrigado é ver um monte de gente vendendo XPS-10 e Jundo Di a preço de banana pra comprar o XPS-30 e o DS, simplesmente para ter o "teclado mais novo".

      Baixei o manual, vi as demos no youtube e sinceramente não achei nada de incrível que justificasse pagar mais de 5 mil reais.

      Artref
      Veterano
      # 17/dez/15 18:10
      · votar


      Infelizmente estamos numa época onde nenhum instrumento valerá o que estão pedindo, e a tendência é piorar. XPS-30 seria teclado de no máximo 2mil reais.

      André Luiz Keys
      Veterano
      # 17/dez/15 20:24
      · votar


      Shadad
      Você poderia nos deixar mais explícito quais as diferenças entre o Juno DS e o XPS-30? O Que justifica essa diferença nos preços?


      Cara, em dólar essa diferença deve ser mínima.. mas quando vem para o Brasil nossa realidade entre em cena e dá essa diferença grotesca.

      Dá-lhe XPS-30!Tenho outra dúvida: quando ao sampler, ele funciona da mesma que o XPS-10? Apenas uma amostra por patch?

      Boa pergunta. Na verdade nem o XPS-10 trabalha com apenas um sample por vez. Explico:

      No MODO PERFORM você pode ter até 16 timbres simultaneos divididos pelo teclado, assim, você poderá ter até 16 timbres que usam UM SAMPLE CADA, totalizando 16 samples.

      No vídeo do Sidinho Leal no Youtube (Acordeon Scandalli), ele usa essa técnica. Um único sample faria o som ficar distorcido quanto mais longe da nota real.
      Gostaria de saber quantas expansões são possíveis instalar na memória flash do XPS 30 e do DS? Só uma de cada vez ou posso instalar mais de uma ao mesmo tempo? E se for só uma como fica a questão da programação salva, por exemplo estou usando um timbre da expansão EXP-06 no meu set, aí de repente eu preciso no meu set um timbre da EXP-03 então vou ter que carregar esta expansão por cima da outra pra depois usar o timbra que vou precisar? Pq se for assim já digo de cara que o XPS 30 vai vender como água e o DS 61 vai mofar nas prateleiras das lojas, pq os timbres a mais vão fazer toda a diferença, pq tem muito timbre do XPS que vai fazar falta no DS e só vai ser suprido com a EXP e o usuário vai deixar de utilizar outras expansões que poderiam usar no XPS.

      Os dois podem carregar uma única expansão por vez.

      Realmente você poderá criar um timbre com as waves de uma expansão.

      Se você estiver usando outra expansão no momento, o timbre não soará, mas continuará salvo para quando você carregar novamente aquela primeira expansão.

      Hoje uso um FA-06 no set e ele se comporta exatamente da mesma maneira. A única diferença é que ele tem dois slots.

      Artref
      Infelizmente estamos numa época onde nenhum instrumento valerá o que estão pedindo, e a tendência é piorar. XPS-30 seria teclado de no máximo 2mil reais.

      Concordo com a primeira parte. Tinha por alvo pegar um Nord Stage pro set… mas quem consegue comprar com o valor que estão pedindo!??? Vale mais que um carro…

      A segunda parte não concordo. Ele vale facilmente uns 3500/4300.

      Os timbres são excelentes. Acredite.

      DuduXP
      Veterano
      # 18/dez/15 02:46
      · votar


      A segunda parte não concordo. Ele vale facilmente uns 3500/4300.
      Não concordo, o foco não é se vale X ou Y e sim a relação entre o que ganha um trabalhador X o que é cobrado deste, o cidadão estadunidense tem um salário maior e paga um preço menor em média, mas aí vamos entrar em politica, mercado interno, impostos e blá, blá, blá. A realidade é que o brasileiro paga, independente do produto e do preço, o brasileiro paga, enquanto formos trouxas, os preços continuaram assim, é uma questão cultural.
      Foi mal o desabafo.

      dil keyboardist
      Membro Novato
      # 18/dez/15 11:57
      · votar


      André Luiz Keys
      Obrigado por esclarecer minhas dúvidas! Se eu decidir por comprar um com certeza será o XPS 30. Vlw!

      manasses.ss
      Veterano
      # 18/dez/15 20:53
      · votar


      Ele vale facilmente uns 3500/4300

      Se for vir nesse preço é mais vantagem comprar um midi level mox6 ou krome6 usado, ao invés de um entry level com um pouco recurso a mais.

      André Luiz Keys
      Veterano
      # 21/jan/16 22:20
      · votar


      manasses.ss
      Se for vir nesse preço é mais vantagem comprar um midi level mox6 ou krome6 usado, ao invés de um entry level com um pouco recurso a mais.

      Se é que com os recursos que ele tem não poderia ser considerado um MID LEVEL… se não for usar sequencer (o que a maioria não usa).. tvlz ele seja uma ótima opção falando em timbres…

      A expansão gratuita de sons é um dos pontos que me chamaram bastante a atenção…

      Sampler com 64Mb da pra fazer umas coisas bacanas pros sons essenciais do dia dia

      SIDIM
      Veterano
      # 30/jan/16 18:11
      · votar


      Gostei muito dos patches prontos do JUNO DS, apesar de eu ter pegado um XPS30 pela maior quantidade de sons, gostei dos dois por igual mas o DS tem a vantagem de ter a versão 88 com a tecla do RD300NX, isso conta muito, pra quem gosta de pianos, e o dele está legal mesmo,alias ele tem mais pianos que XPS30.

      André, parabéns pelas explicações super técnicas e totalmente imparcial, tamo junto...

      petu_ce
      Veterano
      # 27/fev/16 20:59 · Editado por: petu_ce
      · votar


      Alguém já testou no palco o XPS30 ou DS61? Poderia falar da experiência?

      Outra coisa, não vi ainda o software editor pra eles (aquele semelhante ao Juno Di Editor pra editar timbres e performances pelo computador)? A Roland não o disponibilizou juntamente com os teclados?

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Novos Roland Xps30, Juno Ds61 e Ds88

      302.084 tópicos 7.824.452 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital