Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Boss GT-100: Finalmente Boss lança pedaleira top pra bater a POD HD 500

      Autor Mensagem
      Bog
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      Lord-g
      xiita

      Nota de rodapé: uma vez eu usei este termo aqui, no mesmo sentido que você. Mas o cara era descendente de libaneses, levou para o lado da religião, e ficou extremamente ofendido, mesmo depois de eu explicar várias vezes que não tinha conotação religiosa! O.o

      MauricioBahia
      Moderador
      # jun/12 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Lord-g

      se quer som bom mesmo, compra um amp valvulado com falantes bons, usa pedais analógicos... o resto é resto

      Isso depende de tanta coisa que eu prefiro nem comentar. Eu acho "bom" um set de pedais hibrido por questões de portabilidade, versatilidade e programabilidade. Uso multiFX digitais (Eventide e/ou Zoom) com pedais analógicos, assim como fazem dezenas (se não, a maioria) dos "pros".

      Abs

      Lord-g
      Veterano
      # jun/12 · Editado por: Lord-g
      · votar


      Bog
      Pô cara nem pensei nisso ó , antes de qualquer coisa diferenças religiosas e culturais a parte.
      Inclusive eu a uns 2 anos atraz investi uma grana em valvulado e pedais analógicos e depois de um certo tempo não me vi satisfeito.

      MauricioBahia
      Isso mesmo cara!!!!!!

      Alguns

      PETRUCCI

      The Edge

      Mais PETRUCCI


      abs

      Esp_erto
      Veterano
      # jun/12 · Editado por: Esp_erto
      · votar


      Qual tem a melhor distorção? GT100 PR1000 HD500 ou a G5?

      Jim Marshall
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      Esp_erto

      Qual tem a melhor distorção? GT100 PR1000 HD500 ou a G5?

      Depende de gosto amigo !


      Abraço,
      See ya!

      Bog
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      Esp_erto
      Qual tem a melhor distorção? GT100 PR1000 HD500 ou a G5?

      Depende de vários fatores, como gosto pessoal, configuração, e a interação com o resto do equipamento. Chega um ponto no qual já não dá para falar que "X tem a melhor distorção", da mesma forma que nem sempre dá para colocar pedais de drive ou amplificadores em uma ordem absoluta de "melhor distorção".

      Lord-g
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      Bog
      Cara aproveitando a deixa já chegou sua GT 100 ?

      Assim que chegar poste suas impressões cara ^^

      Abraço

      Bog
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      Lord-g

      Chegou, mas eu não sei nem quando vou ter tempo de mexer direito. O.o

      O que eu já posso adiantar é que as simulações de amps soam BEM diferentes da geração anterior. Li em alguns lugares um pessoal falando que não notou muita diferença, e achei isso muito esquisito. Pelo menos ouvindo com fones, a diferença me pareceu grande, principalmente nos sons de alto ganho. Mas ainda vai levar bastante tempo até eu conseguir deixar do jeito que eu quero. A GT-100 é um daqueles equipamentos super-complexos, leva um tempo para domar o bicho.

      Lord-g
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      Bog
      Cara se voce testar até o final do mes teria como fazer um teste comparando vantagens e desvantagens com uso de 3 ou 4 cabos ?

      Eu usava pedais com 4 cabos e achei que perdia sinal então joguei tudo no loop do ampli ( Wah,Afinador e tudo mais ) ...

      Preferi assim pois quando não usava efeitos ficava só guita e ampli , uma delicia de som ... ja vi gente usando os 2 modos mas sou meio chato se sentir diferença no sinal não consigo plugar nada na frete do ampli .

      4 cabos achei perfeito mas e o medo de usar 12 metros de cabo ,rsrsrsrs


      Abraço e desculpe a avalanche de perguntas cara

      Bog
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      Lord-g

      Eu não tenho nenhum amp com loop, então não tenho como testar isso direito... Minha intenção inicial seria usar no loop uns simuladores analógicos de amp, mas não sei ainda se isso vai ser necessário!

      Lord-g
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      Bog
      Bacana man !

      Mas vindo de vc qualquer parecer será muito bem vindo e parabéns pelos seus 2 novos brinquedos !

      Delson
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      Bog
      Li em alguns lugares um pessoal falando que não notou muita diferença, e achei isso muito esquisito. Pelo menos ouvindo com fones, a diferença me pareceu grande, principalmente nos sons de alto ganho.

      Mesma impressão que eu tive. A diferença entre a GT-10 e a GT-100 é bastante considerável. Pra mim, é muito mais prazeroso tocar com a GT-100 do que com a GT-10.
      Me lembro que quando pluguei pela primeira vez a GT-100 no fone, eu tive a sensação de que unicórnios e fadas estavam transando no meu ouvido!!! KKKKK... ¬¬'´

      O resultado com ela plugada em linha também foi muito satisfatório.

      thmenezes_RJ
      Veterano
      # jun/12 · Editado por: thmenezes_RJ
      · votar


      viajei, tópico errado. Edit.

      Practus
      Veterano
      # jun/12 · Editado por: Practus
      · votar


      Bog
      Minha intenção inicial seria usar no loop uns simuladores analógicos de amp, mas não sei ainda se isso vai ser necessário

      Pois é... Também tenho essa vontade de usar um simulador analógico de AC30 (ou um Liverpool ou um da Joyo mesmo [o ACTONE]) no loop da HD500... Se bem que agora, com a GR-55, minhas possibilidades de loop estão ficando enormes... Estou querendo fazer uma mod na GR-55 para instalar uma entrada e uma saída P10 para atuarem como send/return (mod bem fácil de fazer). Nessa situação, conseguiria colocar a HD500 no loop da GR-55 (mais precisamente, entre o sinal do captador GK-3 e a GR-55). Ganharia as simulações de ampli de melhor qualidade da HD500, e poderia também reduzir a sobrecarga de DSP da HD500 com efeitos de modulação pós ampli, que poderiam ser rodados na GR-55...

      Sem a mod, ainda dá para pegar o sinal do guitar out da GR-55 e mandar para o imput da HD-500... Aí eu colocaria a HD500 depois dos simuladores de ampli e modulações de guitarra da GR-55 e usaria os efeitos da HD no final da "cadeia de efeitos"...

      Enfim... muitas opções...hehehehe...

      Já para a GT-100, também estou curioso com a qualidade das simulações, especialmente as de AC30. Eu já perguntei ao Alex o que ele achava dessa simulação na GT-100, mas ele ainda não focou muito nesse ampli. Mas de fato acho que concordo com você que, agora que eu já ví alguns vídeos mais detalhados da GT-100, dá para perceber que as simulações dela estão bem melhores que as da GT-10.

      Delson
      Me lembro que quando pluguei pela primeira vez a GT-100 no fone, eu tive a sensação de que unicórnios e fadas estavam transando no meu ouvido!!! KKKKK... ¬¬'´

      What a hell??? Essa daí devia ser bem pura mesmo!!! kkkkkk

      Jim Marshall
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      Delson

      Me lembro que quando pluguei pela primeira vez a GT-100 no fone, eu tive a sensação de que unicórnios e fadas estavam transando no meu ouvido!

      Eita lasqueira...kkkkkk

      Essa expressão eu nunca tinha ouvido e sequer consigo imaginar o nível da suruba sonora...hehehehe


      Abraço,
      See ya!

      alexromachado
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      Practus
      Já para a GT-100, também estou curioso com a qualidade das simulações, especialmente as de AC30. Eu já perguntei ao Alex o que ele achava dessa simulação na GT-100, mas ele ainda não focou muito nesse ampli. Mas de fato acho que concordo com você que, agora que eu já ví alguns vídeos mais detalhados da GT-100, dá para perceber que as simulações dela estão bem melhores que as da GT-10.

      De fato, estou em falta com vc... pretendo fazer 2 vídeos. 1) Descrevendo ainda mais detalhadamente a ligação em caixa ativa; 2) Amostras de TODOS os amps... aí o AC30 vai aparecer... rsrsr

      Mas te adianto que ele, de cara, soa mais "brown" que o da HD (possivelmente pelos falantes q vem simulados de fábrica, q tb tem mais brilho que os da X3). Lembro de algum lugar vc apontar que o AC30 nem era tão brilhoso assim, pelo menos não o do pedal da TEch21... vai que a GT100 tá no caminho certo... rsrsrs

      Bog
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      Hoje eu passei algumas horas brincando com a GT-100. Espetei no loop dela alguns pedais analógicos e a minha velha Digitech GNX3000 de guerra. É importante lembrar aqui que eu acabei de pegar a GT-100, e que COM CERTEZA eu não sei tirar dela tudo o que ela pode oferecer. Com esta ressalva, lá vai meu relato:

      1) Uma coisa interessante que muita gente ignora é que as simulações de pedais de drive são MUITO fiéis. O alexromachado postou um vídeo com comparações com um lata de sardinha. Eu comparei aqui com um BD-2 e um OS-2, que para o lado do OD soa parecido com o OD-2 e para o lado do DS soa como um DS-1. Não fiz esta comparação usando as simulações de amps da GT-100, mandei para outros lugares.

      Conclusão: o som é praticamente igual ao dos pedais. Consegui também me aproximar de outros pedais, que não têm equivalente na GT-100. Eu na verdade já sabia que este módulo das pedaleiras da Boss estava "dominado", porque tenho um OD-20, que é um pedal digital com mais de 10 anos de existência, e que já soava muitas vezes indistinguível dos analógicos. A verdade é que simular circuitos baseados em diodos, como é o caso dos pedais clássicos da Boss e outros como o Tube Screamer, já é um problema praticamente resolvido.

      2) Na comparação com simuladores analógicos de amps, resultados variados.

      2.1. Tenho uma configuração predileta para "clean gordo com um tiquinho de drive em acordes cheios" no SansAmp Blonde, e consegui me aproximar bastante deste som usando o preamp "Natural Clean". Eu sempre tive dificuldades de conseguir um clean parecido com outras pedaleiras, tirando as da Digitech. Ótima surpresa.

      2.2. Também tentei aproximar o timbre crunchado do Liverpool, com menos sucesso. Curiosamente, o resultado mais parecido não foi com usando as simulações "VO", mas sim com o "Combo Crunch". Mas o Liverpool sempre tinha um briho a mais. Tentei mexer no presence, nos gabinetes customizados e usar o Tone Modifier, mas sempre ficava sem aquele brilho OU com agudos irritantes.

      2.3. A comparação com um AMT F1 foi mais complicada. Eu gosto do timbre do F1 com um pedal de drive na frente. Tentei um monte de coisas, mas não consegui nada parecido com a GT-100. Parece que a simulação de gabinetes do F1, ainda mais que o Liverpool, deixa passar um pouco de agudos, na medida certa. Nas simulações da GT-100 sempre acabei com agudos demais ou de menos (em comparação com o F1).

      2.4. A comparação com um AMT R1 foi BEM mais complicada. Com este pedal, eu consigo em segundos um drivão de base gordo, redondo, definido. 100% plug and play. Passei quase meia hora tentando chegar em algo parecido usando as simulações de Rectifier da GT-100, mas não cheguei nem perto. A parte boa é que aquele som anasalado que alguns chamam de "cocked wah" sumiu. Os timbres são perfeitamente usáveis - mas não são como os do R1.

      3) A comparação com a GNX3000 é meio injusta, porque até o momento, a GNX ainda é "a" minha pedaleira. Como eu já tenho ela há 6 anos, consigo chegar muito rápido onde eu quero. Então, não poderia ser diferente: eu ainda consigo resultados melhores com as simulações da Digitech. Uma diferença fundamental é que as simulações de gabinetes da Digitech têm aquele traço de ambiência característico da abordagem usando impulse responses. A GT-100 soa mais direta, na cara, como nos simuladores analógicos. O reverb da Digitech também continua sendo o meu predileto.

      É lógico que isso tudo foi levando em conta que eu nunca tinha visto uma GT-100 na minha frente até ontem.

      Practus
      estou curioso com a qualidade das simulações, especialmente as de AC30

      Se você está falando de fidelidade comparando com um AC30 de verdade, não tenho como ajudar - fazem ANOS desde que eu toquei em um AC-quaquer-coisa. Se estiver falando de forma mais geral, olha meu comentário 2.2 acima.

      MauricioBahia
      Moderador
      # jun/12 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Delson: Me lembro que quando pluguei pela primeira vez a GT-100 no fone, eu tive a sensação de que unicórnios e fadas estavam transando no meu ouvido!!! KKKKK... ¬¬'´

      Placebo detected! ;)


      Practus: Já para a GT-100, também estou curioso com a qualidade das simulações, especialmente as de AC30.

      Velho, quem aqui no FCC tem um AC-30 de verdade? Eu não conheço. Enfim, o que adianta conclusões baseadas em vídeos no Youtube? Eu acredito no que a empresa diz. Acho que há uma "fome" de timbres que não é condizente com a realidade. Uma AC-30 vai soar diferente com diferentes mics, guitarras e até cabos! Sem contar com o guitarrista!!!

      A gente faz/toca música ou faz/toca timbres???

      Abs

      Delson
      Veterano
      # jun/12 · Editado por: Delson
      · votar


      MauricioBahia
      Placebo detected! ;)
      kkkkkkkkkkk... Pior que não, cara. Gostei do resultado comparando com a GT-10. Toquei com ela e logo depois com a GT-100 aqui em casa. Realmente gostei do que ouvi comparando as duas
      Não tenho um amplificador que preste, e nos lugares que eu toco sempre eu uso a mesa de som, portanto, uso as simulações de amps massivamente.
      Não sei se essas simulações estão realmente fiéis aos originais, mas, como eu disse acima, está bem mais prazeroso tocar com a GT-100 do que com a GT-10.

      MauricioBahia
      Moderador
      # jun/12
      · votar


      Delson: está bem mais prazeroso tocar com a GT-100 do que com a GT-10.

      Ótimo, agora só lhe esta aproveitar ao máximo a ferramenta, chamada GT-100!

      ;)

      Practus
      Veterano
      # jun/12 · Editado por: Practus
      · votar


      alexromachado
      De fato, estou em falta com vc...
      Mas te adianto que ele, de cara, soa mais "brown" que o da HD (possivelmente pelos falantes q vem simulados de fábrica, q tb tem mais brilho que os da X3). Lembro de algum lugar vc apontar que o AC30 nem era tão brilhoso assim, pelo menos não o do pedal da TEch21... vai que a GT100 tá no caminho certo... rsrsrs

      Não esquenta, Alex!! Tô ligado que você tira tempo da cartola para fazer seus vídeos, que por sinal sempre ajudam muito o pessoal (eu inclusive). Quando der você grava...! Mas realmente, eu sempre disse que o Liverpool é de longe o pedal que melhor simula AC30 na minha opinião (baseada em comparações com o timbre de um AC30 real que toquei muito quando tinha banda). Esse brilho que você comenta é o que eu não consigo encontrar em nenhuma simulação de pedaleira, mas percebo que com o tempo, essa diferença está ficando cada vez menor. O Liverpool tem sim um brilho diferente... como o Bog diz... na medida certa. O problema é que as simulações da GT-10 e HD500 (as que testei) são diferentes da do Tech21, mas enfim, há que se considerar que simulações sempre serão, em tese, diferentes do timbre real de um AC30. Mas para todos os efeitos, guardadas as respectivas diferenças de equipamentos, a Axe-Fx chegou muito, mas muito perto mesmo do Liverpool. Mas não dá para comparar muito racks com pedaleiras, não é mesmo?

      Bog
      Se você está falando de fidelidade comparando com um AC30 de verdade, não tenho como ajudar - fazem ANOS desde que eu toquei em um AC-quaquer-coisa. Se estiver falando de forma mais geral, olha meu comentário 2.2 acima.

      Obrigado Bog, era isso mesmo que eu estava falando. De forma geral, as simulações VO da GT-10 já deixavam a desejar, e eu também notava esses agudos irritantes que você comenta, mesmo tentando os mesmos truques que você. Embora nunca tentei usar o Combo Crunch no lugar o VO. Boa dica!

      MauricioBahia
      Enfim, o que adianta conclusões baseadas em vídeos no Youtube?
      A gente faz/toca música ou faz/toca timbres???

      Cara... se for assim, de que adianta discutir nossas opiniões em um fórum? Claro que temos que levar em conta um milhão de coisas (tipo de guitarra, cabos, palhetas [alteram e muito o timbre], cordas, pegada, etc, etc, etc), mas ao compararmos nossos timbres (seja por este fórum, seja pelo youtube), pelo menos temos uma ideia de como a evolução dos equipamentos está afetando os timbres que já conhecemos e gostamos. Claro que em última instância, o melhor mesmo era ter o ampli em si do que usar simulação, mas como ninguém aqui é mega-milhonário que pode gastar pequenas fortunas comprando um monte de amplis diferentes TOP de linha, apelamos para as simulações... E ainda, não sou colecionador de pedaleiras... assim, conto com o testemunho e experiência dos amigos para ouvir a opinião deles sobre um equipamento. Não tenho tempo nem paciência para ir a uma loja testar uma pedaleira sempre que há um novo lançamento.

      Claro que as vezes penso como você (toda essa discussão saudável sobre os mínimos detalhes de timbres simulados não adianta muito...). Em perspectiva, temos muitos guitar heroes que tiravam timbres alucinantes só com guitarra/ampli e um ou outro pedalzinho básico. Mas em contra-ponto, hoje a tecnologia permite mergulharmos em inúmeras possibilidades (veja o Edge do U2, por exemplo)... Por isso que continuamos com nossa busca incansável por timbres, apesar de tocarmos música, claro! Afinal, timbre é uma parte fundamental para a música.

      Mas essa é só a minha opinião, claro.

      Obrigado a todos pelas respostas!

      Abraço

      Lord-g
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      alexromachado

      Cara vc ja usou a GT 100 no loop do ampli ?

      Esp_erto
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      Bog
      Cara, você está sendo muito útil para o fórum. Parabéns pelas aquisições.

      ...a GNX ainda é "a" minha pedaleira.

      Sério? E quanto a RP1000?

      Bog
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      Esp_erto
      E quanto a RP1000?

      Não senti a necessidade de comprar. Mas arrumei uma RP355 baratinha.

      Eu já decidi que vou usar a GT-100 em conjunto com simuladores analógicos. E como eu agora não posso mais conseguir estes produtos por um preço que eu considero aceitável, acho que parei por aqui. Só penso em comprar outra pedaleira se viajar a trabalho para o exterior ou se a Digitech lançar uma nova GNX totalmente irresistível.

      alexromachado
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      Lord-g
      Cara vc ja usou a GT 100 no loop do ampli ?

      Infelizmente ainda não. Queria muito experimentar um valvulado em 4 cabos com ela

      Lord-g
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      alexromachado
      Hehe !

      Eu não sei se vou usar ela no loop ou 4 cabos , tentei achar videos e nada ainda. mas o testes que vi com a GT 10 foram satisfatórios .

      Mas vou esperar ainda até o começo de Julho pra comprovar.


      Valeu a resposta

      The Red Special
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      Bog
      Desculpa desvirtuar o tópico, mas vi que você tem muita coisa da Vox! Você já tocou ou já teve o Pathfinder 15r?
      Eu estou com um, que comprei pra substituir meu cabeçote valvulado que queimou, já que estava com outra grana. Gostei muito do amp, mas to sem idéia de quais pedais caem bem nele! Vc já testou isso nele? Já teve alguns pedais que cairam como uma luva nele?

      Abçs!

      Bog
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      The Red Special

      Desculpa, não posso te ajudar. Nunca testei o Pathfinder com pedais, nem tenho um aqui para conferir.

      P_caram
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      Fala Moçada!
      Eu tenho uma GT-10 desde 2009, e sou muito satisfeito com ela. Com o tempo acostumei a usar no modo manual, variando pouco nos pré-amps, acho que em 95% do tempo eu fico entre 04 simulações. Encontrei meu som com ela desse jeito e achei bem prático.

      Nesse fim de semana testei e comprei a GT-100! Posso dizer que é sensível a diferença de timbres e o que li aqui no fórum está muito bem descrito.
      Não pude "brincar" muito com ela ainda. Apesar de haver uma melhora animadora nos timbres, uma coisa que achei pior na funcionalidade foi o pedal Phrase Loop ser mais "preso" nessa função.
      Não consegui configurar para ele unicamente fazer a função de troca de canal entre os preamps. Até vi um vídeo ótimo do Alexromachado, mas só consegui aplicar essa função no Patch específico. Não consegui que ela fosse permantente ou configurar como "system". Eu usava o CTL1 da GT-10 com essa função e estou acostumado a mudar o canal com esse pedal.. Nesse fim de semana "apanhei" várias vezes na hora de mudar o canal do amp, hehehe.
      Alguém pode me ajudar?

      alanstu
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      Fui testar essa a malignifica gt-100, meu ,o som é igual da gt-10( tem algum acerto na equalização que bem de leve parace dar uma melhorada) , fiz uns testes nos efeitos ja programados, que jogo de marketing q os karas tem.
      A gr-55 que eu tinha era muito melhor e ainda tinha entrada para pendrive para colocar as backtrack, fazer backup, meu esse equipamento naum tem nada de novo, enquanto tiver esse COSM vai ser sempre isso ai, juro que pensei que tinham mudado, parece voodoo COSM & DAMIAO (desculpe ai naum quero conflitar com religiao de niguem é só uma brincadeira).
      Achei a aparencia bonita gostei mesmo, mas o mais interessante o som, nada mudou, somente deu uma equalizada.
      Por esse preço tinha que ter pelo menos a entrada de pendrive para tocar as backtrack.
      As pedaleiras mais antigas antes do COSM, percebe até nos videos a qualidade do som e melhor.
      Até agora a impressão é essa, vou ver se pego do meu colega emprestado e ficar uns dias, se der faço uma comparação da Zoom G5 com a GT-100 com a mesma caixa e guitarra, vamos ver se consigo emprestado.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Boss GT-100: Finalmente Boss lança pedaleira top pra bater a POD HD 500

      305.410 tópicos 7.889.742 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital