Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Vale apena tunar um guitarra barata?

      Autor Mensagem
      Buja
      Veterano
      # 13/fev/17 17:38
      · votar


      MattSantos
      E se quiser vender tem que ter muita paciência uaeha

      Tem gente que compra, e rapido. O pior é isso.

      Lelo Mig
      Membro
      # 13/fev/17 17:48
      · votar


      A única coisa que vale à pena hoje, prá quem têm o dinheiro da passagem só de ida, é cair fora do Brasil!

      JJJ
      Veterano
      # 13/fev/17 20:34 · Editado por: JJJ
      · votar


      Galera

      O que vale a pena hoje é garimpar usados. Crise é a melhor época pra isso.

      Sim, é muito triste pro colega guitarrista que tem que se desfazer de um instrumento que, às vezes, gosta muito, por necessidade, né? Mas... pelo menos a grana ajuda o cara (tem que pensar positivo de vez em quando, senão a gente pira...).

      Eu catei uma Cort Viva Gold II em muito bom estado (as poucas coisinhas que tinham que ser feitas, eu mesmo fiz) por 10 x 65 temerosos. Valeu cada centavo. Aliás, ainda estou pagando, suavemente...

      MattSantos
      Membro Novato
      # 14/fev/17 06:59
      · votar


      JJJ

      Eu catei uma Cort Viva Gold II
      Eu tenho uma dessa. O que você acha dela?
      Meu luthier vive falando para trocar em uma Ibanez mas eu gosto da minha Cort.
      Acho Ibanez uma guitarra muito boa, mas também acho muito modinha.

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 14/fev/17 07:07
      · votar


      Lelo Mig
      A única coisa que vale à pena hoje, prá quem têm o dinheiro da passagem só de ida, é cair fora do Brasil!
      Economia capitalista é, por definição, cíclica. Daqui a um ano ou dois começa outro ciclo, principalmente se houver estabilização política. E, a situação fora daqui também não é nenhuma maravilha não...
      JJJ
      Muito bem colocado...
      O que tem de gente vendendo instrumentos usado a baixo preço por aí...
      Abçs

      JJJ
      Veterano
      # 14/fev/17 09:03
      · votar


      MattSantos
      O que você acha dela?

      Eu gostei muito. Não é minha praia (floyd rose, saída alta e tal), mas comprei justamente por isso, pra variar. Depois que fiz os "acertos" ela ficou ótima.

      Mauricio Luiz Bertola
      a situação fora daqui também não é nenhuma maravilha não...

      Realmente, problema tem em (quase) todo canto. Mas, pra mim, o diferencial de você poder sair sem medo de latrocínio, sequestro, estupro é o que conta mais. A violência urbana aqui extrapola qualquer limite razoável...

      renatocaster
      Moderador
      # 14/fev/17 09:55
      · votar


      Vale apena tunar um guitarra barata?

      Sempre vale, até pela diversão que é.

      bezerrabru
      Veterano
      # 14/fev/17 10:02
      · votar


      Sim, agora é a época de garimpar bem.
      Desde 2013 e 2014 sinto dificuldades pra comprar instrumentos, vejo principalmente por preços de pedais. Os intermediários estão o dobro do preço que via anteriormente, fico com dó de gastar.

      Em guitarra, namorei SX durante muito tempo, até que apareceu esta SX SST 57 por 500 Golpinhos. Ainda chorei e consegui por R$ 450,00. O antigo dono me entregou a guitarra e eu estava com medo, visto que ele me disse que a guitarra estava guardada na bag, no suporte, desde que ele comprou em 2011~2012.

      Troquei os três captadores, blindei e troquei o bloco. O resultado? Atende bem minhas necessidades.
      O investimento total? Entre 1000 a 1100 golpinhos.

      A belezura é esta daqui:


      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 14/fev/17 10:13
      · votar


      JJJ
      Isso é verdade não tem comparação...
      Mas só lembrando que meus velhinhos foram roubados em Roma (furto de bagagens no hotel), e meu orientador assaltado à faca em Paris...
      Mas aqui é f....!
      Abç

      JJJ
      Veterano
      # 14/fev/17 11:08 · Editado por: JJJ
      · votar


      Mauricio Luiz Bertola

      Furtos tem aumentado muito na Europa. Eu tive um iPad furtado em Paris...

      Mas roubo à mão armada (e com o cara te matando, mesmo que você entregue o que ele quer!) é quase inexistente por lá.

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 14/fev/17 11:21
      · votar


      JJJ
      Pódiscrê!
      Abç

      BrotherCrow
      Membro Novato
      # 14/fev/17 13:06
      · votar


      Mauricio Luiz Bertola
      JJJ
      Eu devo me mudar do Brasil esse ano ainda ou talvez ano que vem. Engraçado porque moramos no Plano Piloto em Brasilia, onde há pouca violência. Aí é o contrário: minha mulher morre de medo de ataque terrorista nos EUA ou na Europa.

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 14/fev/17 13:10
      · votar


      BrotherCrow
      minha mulher morre de medo de ataque terrorista nos EUA ou na Europa.
      Essa é uma Realidade lá cara... Além de malucos psicopatas nos EUA...
      Mas aqui tem "bala perdida"... Principalmente nas fímbrias dos morros aqui do RJ...
      Abç

      JJJ
      Veterano
      # 14/fev/17 14:33
      · votar


      BrotherCrow

      Ataque terrorista é normalmente circunscrito a cidades grandes, onde os babacas que se explodem ganham alguma "notoriedade". Há exceções, mas morando nos "arredores", a chance é mínima.

      Pega o maior atentado terrorista da História. Deve ter sido o 11/9, confere? Algo como 5.000 mortos ou nem isso. Foi o único grande atentado nos EUA desde 2001... Aqui, TODO SANTO ANO morrem mais de 100.000, entre crimes e acidentes de trânsito.

      BrotherCrow
      Membro Novato
      # 14/fev/17 14:53
      · votar


      JJJ
      Ataque terrorista é normalmente circunscrito a cidades grandes, onde os babacas que se explodem ganham alguma "notoriedade". Há exceções, mas morando nos "arredores", a chance é mínima.
      Eu iria pra trabalhar em embaixada ou consulado, o que reduz as opções às grandes cidades. E o nosso parâmetro de comparação é Brasília, que realmente tem bem pouca violência urbana. Mas sim, realmente terrorismo, ainda que seja uma realidade, é coisa esporádica.

      Lelo Mig
      Membro
      # 14/fev/17 17:20 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Mauricio Luiz Bertola
      JJJ

      Meu problema com o Brasil, hoje, é pessoal... Uma profunda decepção.

      Fui um dos otários que acreditou que o Brasil iria melhorar. Vi o País se livrar de uma ditadura imbecil e corrupta para ser tomado de assalto por civis ineptos, ambiciosos e desonestos.

      Fui um dos otários que assistiu a imprensa vender a imagem de um País próspero com um povo pacifico e hospitaleiro, para assistir à uma Nação violenta, onde morrem diariamente mais pessoas que nos países assolados por guerra, um povo ignorante, violento, porco e tosco.

      Sou um dos otários que vê um País polarizado, dividido entre esquerda e direita, ambas representadas por energúmenos do naipe de Lula e Bolsonaro. Leio comentários de cidadãos, vejo Youtubers, "fãs e apoiadores" defendendo e propagando este tipo de escória.

      Tenho medo como jamais tive.

      A única esperança que o otário que vos escreve têm hoje, onde invisto o pouco dinheiro que possuo, é em ver meu filho estudar e fazer carreira fora daqui.

      Obs: Otário Revoltadinho? Sim! faz tempo...

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 14/fev/17 17:51
      · votar


      BrotherCrow
      Apesar de tudo, nos EUA e Europa a violência é bem menor que aqui...
      Lelo Mig
      Eu também...
      Mas não tenho tempo para me lamentar. Sou um Cientista Social e um Educador, e, para mim, lutar contra isso faz parte do meu dia a dia...
      Abçs

      JJJ
      Veterano
      # 14/fev/17 20:53
      · votar


      Mauricio Luiz Bertola

      Todos lutamos né, Bertola? Mas chega uma hora que cansa e a gente tem vontade de jogar a toalha.

      Eu estou no mesmo barco do Lelo. Meu filho expressou o desejo de ir morar no Canadá (não influenciei em nada, nunca nem fomos ao Canadá... não sei de onde ele tirou isso). O moleque tá se esforçando, estudando inglês, tentando tirar boas notas pra ver se consegue alguma vantagem na base do mérito. Se houver alguma brecha (o que não é simples, porque tanto eu como minha esposa trabalhamos e não somos mais jovens o suficiente pra sair numa aventura), mas se der, dou a maior força pro garoto. Torço muito pra que consiga.

      Lelo Mig
      Membro
      # 14/fev/17 21:59 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      JJJ

      "...não sei de onde ele tirou isso"

      Tirou do fato de ser bem educado e inteligente....

      É o mesmo caso de meu filho. Demonstrou desejo de ir para os EUA, lá pelos 12 anos, porque ele é muito ligado em tecnologia e ciências. Sabe que aqui não se investe em ciências.

      Conversei sério com ele, disse a ele que eu não tinha como banca-lo em outro País.

      Expliquei que ele podia ir pros EUA ser mais um lavador de pratos, ou rachar de estudar, ficar fluente em inglês e ir estudar lá. Estes países costumam ter boas políticas para alunos acima da média e o pré requisito é dominar o idioma.

      De minha parte me prontifiquei a coloca-lo na melhor escola da região, que é uma escola que "eu não posso pagar, esta além de meu bolso".... mas com sacrifício, determinação de envolvidos, 50% de bolsa que ele conseguiu e "a little help from my friends"... ele esta nesta escola.

      Ele encarou o desafio... é estudioso, têm boas notas (senão perde a bolsa) e esta com um inglês bastante bom.

      Esta no 2o ano e espero que tudo dê certo rumo uma Universidade fora....

      A mãe, parte mais sensível da história, também esta disposta a aguentar as saudades em pról de um futuro um pouco mais claro.

      SkyHawk
      Membro
      # 14/fev/17 22:45 · Editado por: SkyHawk
      · votar


      Lelo Mig
      JJJ

      Sou um cidadão de bem, cansei desse país há muito tempo, bem antes dos eventos dos últimos 4 anos. Não tenho qualquer expectativa com relação ao Brasil.

      País fraco de povo fraco, culpa de quem não entro no mérito. Sou exigente, gosto de precisão, papo reto, sem rodeios ou mimimi. Criatividade na solução de problema é genialidade quando estamos falando do estado da arte, criatividade o tempo todo é sinal que a ferramenta certa não está disponivel ou que a técnica correta não é conhecida.

      Sou sucateiro, gosto de aproveitar o que está disponível mas sempre estudo, analiso, capricho, testo e busco a melhor técnica para fazer minhas experiências. E não brinco com coisa séria, ainda mais quando terceiros estão direta ou indiretamente envolvidos.

      Em resumo, sou meio Alemão mesmo.

      Tunar guitarra barata é muito legal !!!! Kkkkkkkkk

      BrotherCrow
      Membro Novato
      # 14/fev/17 23:48
      · votar


      SkyHawk
      Haha, pois é, a gente fugiu um pouco do tópico, não foi? Só esclarecendo que eu tenho um amor enorme pelo Brasil. Toda vez que estou fora fico morrendo de saudade daqui. Vou embora porque o meu trabalho exige, mas só vou se conseguir vaga em algum lugar realmente bom.

      Enfim... também adoro tunar guitarra vagabunda, inclusive tunei uma Shelter California que foi literalmente a guitarra mais barata que eu consegui achar pra vender:


      Ismah
      Veterano
      # 15/fev/17 00:01 · Editado por: Ismah
      · votar


      Lelo Mig

      Não estou lá tão longe de teu filho - aliás parabéns a ele, e a ti por fazer das tripas coração pra bancar a escola - e tenho lá um certo interesse pelo mundo hi-tech também.

      Acho que nossa maior tentação em ir pra fora é notar que o mesmo produto que aqui é um preço absurdo, restrito a quem nasceu sem precisar perguntar o preço de nada, quando lá é algo comum...

      Sad, but true!

      Ismah
      Veterano
      # 15/fev/17 00:03
      · votar


      SkyHawk
      Em resumo, sou meio Alemão mesmo. (Falke, Himmel. In FCC 2016)

      SkyHawk
      Membro
      # 15/fev/17 00:08 · Editado por: SkyHawk
      · votar


      Ismah
      O problema é que sou admirador da cultura alemã mas meu passaporte europeu é Português !!!!! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk ! Ai caralhos, ô pá !!!! Kkkkkkkkkkk

      JJJ
      Veterano
      # 15/fev/17 09:02 · Editado por: JJJ
      · votar


      SkyHawk

      Pois é... Fugimos totalmente do assunto! kkkkkkk
      Vamos voltar a ele...

      Tunar guitarra barata é muito legal (2)

      Só acrescento: quando a guitarra tem uma estrutura razoável (leia-se corpo e, principalmente, braço), aí dá pra brincar bem. Passatempo garantido! o/
      Agora, se o braço é muito ruim... é perder tempo e dinheiro.

      BrotherCrow

      Sonzeira. É HH ou HSH? (não deu pra ver porque você tampou com o braço... rs).

      Ismah

      Não é só o preço das coisas que a gente gosta (guitarra, equipo). É muito mais que isso. No meu caso, o mais importante é a educação. Somos um povo MUITO mal educado (não falo só da educação formal, falo da formação do caráter, do sentimento de civilidade, moral, ética, respeito, valores familiares e tal). Cansei...

      SkyHawk

      O meu é italiano... mas, enquanto a UE não se esfacelar (o risco existe...), tá valendo.

      Martin__TDT
      Membro
      # 15/fev/17 09:15
      · votar


      Poisé galera, ainda bem que todo mundo vê isso e identifica a realidade.

      O que está me restando é mandar fazer uma guita com um luthier que conheço que é muito profissional, faz uns equipo dahorassa.


      Até lá, me conformarei com o som de mortadela da minha giannini ggx1s que tenho em casa para estudos.

      Já escutaram uma mortadela? Tem som de que?

      Exatamente, de nada.

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 15/fev/17 10:11
      · votar


      BrotherCrow
      Cara, muito se pode fazer com uma guitarrinha honesta.
      É claro que nenhuma dlas vai chegar ao nível de uma Fender Custom Shop, mas vai dar pra fazer um ótimo som com elas.
      Abç

      MMI
      Veterano
      # 15/fev/17 10:51 · Editado por: MMI
      · votar


      BrotherCrow

      Algum grau de violência vai ter no mundo todo, mas vai ter que fazer força para chegar no que temos aqui.

      Se posso te falar alguma coisa, eu estudei um tempo nos EUA, tive a oportunidade de ficar morando lá em definitivo, mas preferi voltar para nossa terrinha, hoje não sei se foi a decisão mais acertada, mas não dá para chorar o leite derramado, foi bom também. Meu irmão se mandou e tanto ele como eu achamos que foi a decisão mais acertado no caso dele (fora a saudade grande), não volta mais, dificilmente mesmo para visitar - eu que tenho que ir lá. Ao que tudo indica, seu caso é uma opção e não obrigatoriamente é um caminho sem volta, então acho que vale muito até como experiência de vida e para um crescimento enorme pessoal.

      Não tenho nem tive a ilusão do País próspero com um povo pacifico e hospitaleiro. Já convivi bem de perto com o poder daí de Brasília e aprendi que a máquina é muito maior e mais perversa que a discussão besta de coxinhas versus mortadelas, "golpe", direita x esquerda. Também conheci de perto o tal sonho da solução brasileira de sair do país. É diferente fazer um passeio na Disney e ganhar a vida lá, muito diferente, não é mole.

      Aos colegas que planejam mandar seus filhos... Em primeiro lugar, ensinem cidadania e respeito. Um país desenvolvido ou uma sociedade desenvolvida é constituída antes de tudo de pessoas desenvolvidas, o que não é o nosso caso. Não adianta tirar da reta e falar que o "povo" faz bobagem, somos nós mesmo este "povo". Hoje mesmo estava saindo de um estacionamento cheio, manobristas atribulados, pára uma madame bem no meio da calçada, baixa o espelhinho, arruma o cabelo, sai para pegar a filhinha no banco de trás, joga um papel na rua e entra sem pegar o comprovante de entrada do estacionamento - isso em alguns países revolta as pessoas ao redor, dão bronca, alguns países podem até chamar a polícia e dar problema, só que aqui ninguém nem se manifesta, é normal. Alertem que lá, apesar de ser cheio de imigrantes, para uma sociedade reconhecer e valorizar um imigrante, este tem que provar seu valor muito claramente e não sutilmente. Ou seja, se um americano ou canadense trabalha/estuda 8 horas e produz x, o brasileiro vai ter que trabalhar/estudar 9 ou 10 horas (sem ganhar extra) e produzir 2x. A conta é bem simples, senão eles optam pelo prato da casa e não dão vez.

      Abs

      Obs.: quanto a tunar guitarra barata... Depende do que se quer, mas "tudo vale a pena quando a alma não é pequena". kkkkk

      BrotherCrow
      Membro Novato
      # 15/fev/17 11:26
      · votar


      MMI
      Sim, é tudo isso que você falou. Eu sou oficial de chancelaria no Ministério das Relações Exteriores, então tenho uma noção razoável de como funcionam as coisas aqui e lá fora. Ir pro exterior é uma exigência da carreira. Quem tem esse medo do exterior é mais a minha esposa, até porque temos filha pequena. Se eu estivesse sozinho seria bem diferente.

      Mas é isso. Não tem paraíso na terra. Eu sou meio forçado a sair do Brasil em breve, estou considerando Washington, Londres... Vamos ver no que dá.

      Ismah
      Veterano
      # 15/fev/17 14:12
      · votar


      undefinedJJJ
      Não é só o preço das coisas

      Mas não me referia apenas a bens materiais...
      Até estudo formal, e mesmo que informal (DIY) é mais fácil por lá, pois não custa um rim. O " contra " é que nessas o estudo perde seu valor... Um engenheiro por aqui é rei, por lá é operário-peão.

      Martin__TDT
      Lamento te dizer, mas tu podes se decepcionar profundamente após passada a lua-de-mel...

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Vale apena tunar um guitarra barata?

      301.774 tópicos 7.820.731 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital