Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Nem vintage, nem válvula, quero um SS moderno e cheio de recursos!

      Autor Mensagem
      JJJ
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Luiz_RibeiroSP

      Já tinha lido sobre esse ampli.

      O tempo vai passando e o pessoal vai criando cada vez mais...

      MMI
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      A verdade é que existe muita confusão a respeito de SS e válvulas. O mito precede qualquer discussão...

      Quase todos os fabricantes fazem SS voltado para amplificador de baixo custo, a maioria propositalmente pior que os valvulados top de linha. Da mesma forma que a Fender ou a Gibson não podem fazer uma strato mexicana ou uma Studio melhores que as Custom Shop, um despropósito completo. Então criou-se o mito que SS é pior que valvulado: "ah, meu Marshall MG10 que é SS não soa como um JTM45 full stack valvulado, portanto SS é pior que valvulado sempre". Oras, faça-me o favor... É como botar uma criancinha para lutar com os profissionais do MMA, não se compara.

      Aqui mesmo no fórum um colega já postou seus estudos a respeito de amp SS e chegou a equiparar o som com valvulados, o que eu acredito mas acho que nem todo mundo levou a sério. Mas a verdade é que a grosso modo qualidade custa, tem um preço, estudo e desenvolvimento também custa, especialmente numa tecnologia meio desacreditada e que portanto não vai dar muito retorno nas vendas. Então é difícil achar uma amp SS para se equiparar com um valvuladão. Mas tem.

      Minhas impressões... Eu já tive muitos SS e valvulados, muitos não cheguei a ter mas conheci bem. Uma marca que encara muito valvuladão é a Pritchard, o Sword of Satori é sensacional, grande parte dos valvulados fazem feio do lado dele. Eu tenho um Polytone Mini Brute 2, que nem é tão caro assim (porém custa um valvulado simples), mas é um amp que na praia dele (jazz) não conheço um chegue perto, além de um reverb fabuloso. Era o amp do gênio Jim Hall, o George Benson também usou por anos. Curiosamente o Benson mudou para a Fender, um Hot Rod Deluxe, que tive a oportunidade de experimentar e achei que não dá nem para o começo contra o Polytone - talvez no visual só. Não é a toa que o BB King usa um SS, Lab4, há muitos anos e não quer saber de outro, mas de novo, não é qualquer SS...

      No mais, tenho também um Kemper Profiling, concorrente do Fractal Axe FX. Esses sim, são poderosos (e caros), capazes de fazer sons excelentes e simular muitos amplificadores com muita qualidade. Ainda tem bons efeitos incluídos neles, resultando em máquinas de timbres poderosas.

      Os valvulados tem a vantagem de se poder mudar algumas características deles simplesmente trocando de válvulas. Como não dá para trocar isso num SS, geralmente os timbres neles são menos mutáveis, mas muito mais confiáveis e duradouros, não tem válvulas desgastando. Essa é uma vantagem do Kemper, que ele pode copiar o timbre de um amplificador com válvulas diferentes ou com mods.

      Mas muita gente ainda vai falar que não paga num SS o preço de um valvulado... Infelizmente!

      Mais ainda... O Edu Ardanuy gravou todo o último CD dele com o Dr. Sin com o Guitar Rig, uns pequenos detalhes foi com um Eleven rack e ficou irrepreensível, tirou um baita som. Ou seja, se o cara é bom e sabe timbrar, o Guitar Rig mesmo pode ser este amplificador moderno e cheio de recursos que se procura. A limitação está muito mais no guitarrista e em quem grava do que no programa em si.

      Luiz_RibeiroSP
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      MMI
      Eu pegaria um line 6 de boa, toquei com um flextone III e curti muito.

      Um problema dessa tecnologia computadorizada é o sucateamento do equipamento, se quebrar alguma coisa provavelmente sera necessário trocar a placa inteira devido a dificuldade de reparo por causa da montagem toda feita em SMD(igual placa de PC). Mas acho que o conceito sera outro com esse equipamento, a ideia sera troca-lo quando estiver desatualizado, como vem sendo com pedaleira. Duvido que haverá amps digitais vintage.
      A vantagem é a praticidade, versatilidade e segurança, pois não trabalha com tensões altas
      Valvulado é pratico para reparo, em comparação com um digital, dura muito mais e não se desatualiza.

      Acho que estes são fatores que afasta uma parcela do publico de amplificadores SS. eu mesmo tenho medo de comprar um e em 5 anos ficar na mão se precisar de assistência técnica.

      MMI
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Luiz_RibeiroSP

      Eu já vi caras tirando um baita som de um amp Line 6, mas quando toquei não achei grandes sons, mas faz tempo. Eu não compraria.

      Quanto ao sucateamento, acho discutível. Claro, um como aquele que funciona com um iPad vai sucatear rápido, a Apple muda os modelos e até conectores com alguma frequência. Mas os amps em si, sem essa tecnologia, dificilmente estragam, desde que bem feitos e bem projetados. Aguentam muitos anos! É relativo isso, conheço guitarristas que se acertaram com determinada pedaleira ou efeito digital e ali ficaram, curtem o som e não ligam que o equipamento não é mais atual, diga-se de passagem, válvulas é o tipo de componente super desatualizado. Se for para citar alguém, poso dizer que o Neal Schon andou gravando de GT6...

      Não é bem isso que você disse, mas o Polytone é um SS que está no mercado há vários anos e vai continuar, sem se desatualizar.

      No fundo, acho que se o cara se encontrou com um Fractal, Kemper ou pedaleira, pouco importa se não é atual. Concordo que não vai virar vintage nunca, tenho essa impressão. Mas tem cada vez menos fábricas de válvulas no mercado, é uma tecnologia que tende a acabar. Inclusive parece que tem fábricas russas fechando, ou seja, já é uma tecnologia super desatualizada e em algum tempo vai ficar complicado achar boas válvulas a preços decentes.

      Mas entendo e não deixo de concordar com seus argumentos.

      Luiz_RibeiroSP
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      MMI
      Válvula estar no mercado ainda acho um milagre. Amplificadores analógicos acredito que vão perdurar bem sim, pois mesmo que um componente deixe de ser fabricado(como o LM308 do RAT) existem equivalentes que podem ser usados. O timbre muda mas nada que sucateie o equipamento.
      Meu receio é com coisa digital, quanto mais informatica embarcada, mais se desatualiza e sucateia, esta entrada USB que todos conhecem pode vir a acabar como aconteceu com a porta serial, paralela, slot ISA. quando acontecer ja vai um monte de amp e pedaleira passar veneno.

      Mas eu não vou ser viuvá de valvulado uehueue.

      Alex guitar man
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Luiz_RibeiroSP
      MMI

      Essa historia de virar sucata acho consideravel para digitaleiras que na maoria da vezes tem problema com manutenção que compensa comprar um produto novo..

      Mas Amps com cirquito discreto assim como o que o MMI falou são muito simples de dar manutenção...


      Os valvulados tem a vantagem de se poder mudar algumas características deles simplesmente trocando de válvulas. Como não dá para trocar isso num SS, geralmente os timbres neles são menos mutávei.
      [


      Quem disse meu amigo, é que nunca é explorado, mas trocar na saida um TIP41 por um BD 243 (equivalente) com certeza mudara o timbre, ou um BC548 do pré por um BC547...

      Mas como existe essa má impressão essa tecnologia dificilmente vai pra frente, mas ainda espero pra ver o timbre do amplificador ss do W.filles que trabalha em alta tensão..

      Ismah
      Veterano
      # mai/14 · Editado por: Ismah
      · votar


      Alex guitar man

      Mas é muito mais complexo alterar um transistor que trocar uma válvula...

      Alex guitar man
      Veterano
      # mai/14 · Editado por: Alex guitar man
      · votar


      Ismah

      rsrs, sim....

      Mas boto fé nos homenzinhos pretos com armaduras de aluminio


      Meu caro amigo (dupla sertaneja) até ficar acordado nessa hora da manha agente fica junto?

      Ismah
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Ainda é cedo Alex... Mas esse transistor é de alta tensão mesmo kkk

      Pelos Deuses, ele tem dissipador cerca de 7 vezes maior que ele...

      Hendrix Gallagher Straits
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Minha opnião apenas...

      Já comecei varias montagens em SS, mas estão todas atiradas em uma caixa de onde hoje tiro peças pra montar os meus valvulados.

      Nunca consegui um timbre distorcido bom com SS.

      Muitos anos cheio de pedais e nada de timbre bom, quando montei meu primeiro valvulado e vi ele funcionando (sem pedais, sem loops, sem reverb) na sua plena potencia ao volume 3, quase chorei de emoçao.

      Depois da minha família a maior alegria da minha vida é esperar uma válvula aquecer.

      Não sei porque mas esses vidrinhos luminosos me deixam muito feliz, e todo mundo ao meu redor acha a mesma coisa.

      Sempre me sobra uma grana, eu pego meu carro e vou atras de alguma coisa relacionada a válvulas, seja amps usados, ou válvuas NOS, isso é minha droga atualmente, me faz muito bem, não sei pq mas SS nunca me deram essas alegrias.

      Se existe SS que chega aos pés de um Valvulado pode ser que exista mas eu nunca vi nenhum na minha vida toda.

      Ismah
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Hendrix Gallagher Straits

      O JC120 fez história... é um amp que eu queria ter para tirar o clean seco e um chorus + reverb ambientando ele.

      Matec
      Membro
      # mai/14
      · votar


      Hendrix Gallagher Straits

      Se existe SS que chega aos pés de um Valvulado pode ser que exista mas eu nunca vi nenhum na minha vida toda.

      Talvez um dia exista...

      Luiz_RibeiroSP
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      MMI
      esse amp Polytone se eu visse na frente eu não daria nada, parece um amplificador barato de estudante. é, aparência não é nada mesmo.

      MMI
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Luiz_RibeiroSP

      esse amp Polytone se eu visse na frente eu não daria nada, parece um amplificador barato de estudante. é, aparência não é nada mesmo.

      É, muito amplificador foda não tem muito cuidado com aparência. Mas se for pensar, um Mesa Boogie daqueles custom, em maple figurado e todo chique, botar para ralar na estrada é sacanagem. Convenhamos, já vi bem de perto um Dumble Overdrive Special - o bicho é feio...

      Alex guitar man
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      A guitarra tem 2 futuros, um deles é:

      As guitarras serão utilizadas sempre com multiefeitos, em amplificadores convencionais.

      As guitarras terão a multiefeitos onboard, chega no show, liga direto na mesa e todos os controles estão na mão...

      hehe, quero estar em outra vida quando o 2 acontecer

      Luiz_RibeiroSP
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Alex guitar man
      pensei a mesma cosia, em um tópico desses. Todo mundo vai ligar o instrumento na mesa e com o celular vai regular o timbre. em uma musica escolhe a simulação de uma Es-335, depois uma BC Rich, stratocaster...usando 10 pedais e 4 amps para cada guitarra simulada. Acho que nem captador convencional vai ser, só um piezoelétrico ou outro treco.

      não vejo como necessariamente ruim, mas se me jogar no futuro agora vou estranhar. e não imagino o impacto que vai ter

      Alex guitar man
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Luiz_RibeiroSP
      mas se me jogar no futuro agora vou estranhar. e não imagino o impacto que vai ter

      Ja viu a guitarra que a roland lançou? É ela, da pau nas variax..lembra?

      Por um lado é interessante, eu gosto de pedaleiras, mas uma coisa que elas ainda tem é de tirar a sonoridade original do instrumento..
      Se você pegar as antigas 505 ligar uma LP e depois uma SG vai ter exatamente mesmo som, coisa que não acontece com amplificadores valvulados ou transistorizados de alta qualidade..

      Led Zé
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Alex guitar man
      Cara, pedaleira boa, não digo nem muito nova, não tem isso não. Isso ficou no passado.

      Ismah
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Alex guitar man

      Eu creio que não terá nem guitarra mais...

      https://www.youtube.com/watch?v=wFKswPaxDtA

      Marcinho Eirastem uma dessas...



      Alex guitar man
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Led Zé
      Cara, pedaleira boa, não digo nem muito nova, não tem isso não. Isso ficou no passado.


      Mas a diferença de uma SG pra Lespaul? sera que ela é tão sensivel assim?


      Ismah

      kkk na realidade acho que é impossível subistituir a guitarra em si mesmo

      Ismah
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Alex guitar man

      Maybe...?

      Alex guitar man
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Ismah
      oque?

      Ismah
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Alex guitar man
      Só... talvez. A música ao vivo, em sua massa deixou de ser ao vivo a mais tempo que se imagina...

      No pop com acordeon (chamado sertanejo universitário), um dos estilos mais comuns hoje, a música eletrônica tomou conta... Logo, teclados estão cada vez mais comuns, mas sempre dentro de estúdios...

      Não sei se em 50 ou 100 anos ainda existirão instrumentos e tal...

      Alex guitar man
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Ismah

      Concerteza existirão os instrumentos acusticos sim...

      Principalmente depois da 3guerra mundial onde não tera mais eletricidade... Violões vai reinar!

      Ismah
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Alex guitar man

      Se não existir eletricidade o universo para... Sem campo magnético o sistema do universo entra em colapso... O que nos mantém no lugar, é a força centrífuga anulando a atração entre os corpos...

      JJJ
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Galera viajando legal, hein... kkkkk

      Luiz_RibeiroSP
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Ismah
      Não existe força centrifuga. é apenas a centrípeta.

      to imaginando o futuro, e o conceito de equipamento descartável sera mais comum, devido a informatica embarcada.

      Ismah
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Luiz_RibeiroSP

      Não quero entrar nos méritos da discussão sobre física, e desvirtuar o tópico, mas a centrípeta é a força que atrai o corpo para o centro do movimento, e é inversa a centrífuga, que impele o corpo a "fugir do centro" do movimento...

      Hendrix Gallagher Straits
      Veterano
      # mai/14 · Editado por: Hendrix Gallagher Straits
      · votar


      Não acredito no fim das válvulas, mesmo que um dia o povo do céu traga denovo novos materias para o nosso planeta, como o silício.

      Acredito na teoria de que um dia cairá vários meteoros aqui no planeta terra, e junto com ele virá muita vida extraterrestre quem sabe venha um novo tipo de plantas e novas árvores surgirão, madeiras novas pra guitarra, melhor sustain, melhor timbre, também virá novos materias que vão ser usados pra confecção de novas válvulas que vão aguentar muito mais tensão e corrente de placa, invólucros diferentes, gerando timbres animais e com uma resposta de frequencias únicas, com esses metais vão ser possíveis contruir válvulas, mais frias, com baixo consumo de filamento, será possível fazer transformadores de saida pequenos com materias de núcleo nunca antes vistos, pra fazer amps SE de 100W com apenas uma válvula e gerando harmonicos pares de luxo.

      As válvulas vão continuar sendo as melhores sempre.

      JJJ
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Tô dizendo que a galera tá viajando...

      Vou pedir pra moderação trocar o nome do tópico para algo mais metafísico, transcendental...

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Nem vintage, nem válvula, quero um SS moderno e cheio de recursos!

      305.249 tópicos 7.886.994 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital