Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Vox Lil' Night Train - Impressões iniciais

      Autor Mensagem
      Bog
      Veterano
      # out/10


      Como dito neste tópico, a Vox lançou recentemente um irmãozinho menor para o Night Train, curiosamente, com características bem parecidas com as que eu tinha pedido. Comprei o meu hoje.

      Só toquei por uns 20 minutos na loja, e brinquei com ele em casa por umas 2 horas em volume baixinho, então o que eu vou dizer não é bem um review completo, e sim minhas impressões iniciais:

      1. Praticamente não existe headroom. Parece que sempre tem um tiquinho de drive, exceto em volumes BEM baixos. O fato de eu usar uma Les Paul pode ter algo a ver com isso.

      2. No geral, o amp é bem legal, desde que "legal" inclua aqueles agudos que normalmente aparecem nos amps da Vox. OK, não é o melhor amp do mundo. Não é muito superior a outros valvuladinhos de baixa potência e custo similar. O Night Train original certamente soava melhor. Por outro lado, esse aqui é ridiculamente pequeno e leve, tem custo acessível, e soa bem mesmo em baixo volume. Achei que ele soa melhor para mim que o AC4TV, e também que o Fender Champion 600 que eu tinha - claro, lembrando que o Champ é bem mais macio e tem bem mais headroom limpo, enquanto o Lil' Night Train é bem mais gritante e sem headroom.

      3. A caixa que veio no set é OK, mas soa meio cheia de médios e com pouca resposta nos graves, mesmo para um 1x10". Eu tenho um outro 1x10" com um daqueles falantes genéricos chineses, e mesmo este soou mais cheio que o V110NT. Tenho certeza que uma caixa boa pode fazer o amp soar bem melhor.

      4. A saída de linha/fones deverIA ser um belo extra, mas foi muito mal implementada. Apesar de ela supostamente incluir um circuito de emulação de falanes, o som sai bem abelhudo, quase como se você plugasse um overdrive direto no mixer. Dá para resolver usando um equalizador poderoso ou mesmo um segundo emulador de falantes, mas eu não recomendaria pegar esse amp se a intenção for usar ele só com fones de ouvido - um simulador digital funciona bem melhor para isso. Também não acho que seja a melhor opção para ligar direto no PA - eu na verdade estava esperando que o Lil' Night Train fizesse o trabalho melhor que o SansAmp Liverpool, mas com essa emulação de falantes simplesmente não tem como.

      Olhando assim, pode até parecer que eu não gostei do amp, mas eu gostei - tanto que comprei. Mas só não dá para esperar milagres: é um amp comparativamente barato que produz um bom som com "sabor Vox" em baixo volume, mas é isso. Ele faz quase tudo o que promete, exceto por essa saída de linha/fones, que poderia - e deveria - ser mais bem feita.

      Bog
      Veterano
      # out/10
      · votar


      Up!

      nichendrix
      Veterano
      # out/10
      · votar


      Bog

      Qual a grande diferença que tu sentiu em relação ao AC4TV?

      Bog
      Veterano
      # out/10
      · votar


      nichendrix

      O som é bem diferente. É difícil descrever exatamente, mas eu diria que o LNT soa mais "moderno", e o AC4TV mais "old school". Eu sempre achei que o AC4TV soava legal com pouco drive, mas no limite, começava a "peidar" (com o perdão da palavra). O LNT não, grita mais "bonito". Além disso, no modo "bright" o LNT tem mais brilho (aquele "chime" Vox) que o AC4TV, enquanto no modo "thick" ele chega a bater na porta dos amps mais hi gain. Pelo menos para mim, a única vantagem do AC4TV é o clean: ele tem pouco headroom mas o LNT tem NENHUM, haahha.

      ogaitnas
      Veterano
      # out/10
      · votar


      Bog

      Legal, estava curioso sobre esse amplizinho, chegou a tentar ligá-lo em uma caixa de 12 ?

      Bog
      Veterano
      # out/10
      · votar


      ogaitnas
      chegou a tentar ligá-lo em uma caixa de 12 ?

      Não, e provavelmente isso não vai acontecer tão cedo... =S

      Mas gostei do ampzinho. Hoje brinquei de novo com ele, e notei que, se por um lado a minha outra caixa-chinesa-genérica dá um som mais cheio (acho que pelo tamanho físico da mesma), a V110NT controla muito melhor a abelhice quando você aumenta o ganho. Pena que só vou poder socar mais volume no amp e testar ele empurrado por um overdrive no fim de semana que vem...

      Bog
      Veterano
      # out/10
      · votar


      Atualizando: hoje finalmente consegui ficar umas 2 horas brincando com o amp em volumes mais decentes, sem medo dos vizinhos virem reclamar. Minhas novas impressões:

      1. 2w não significam "tranquilidade na sala ao lado". Numa salinha de 3x3m, com a caixa a 1 metro e meio da minha orelha, o volume foi suficiente para me deixar com o ouvido meio cansado, como se tivesse ido a um show! E o amp não ficou no talo - só um pouquinho, e diminui o volume antes de ficar surdo.

      2. Som limpo definitivamente não é a praia desse carinha. Além do pouco headroom, quando o ganho está baixo, o amp deixa o som BEM brilhante no modo bright. Os agudos ficam irritantes, os médios somem, e NADA pareceu resolver, botão de tone da guitarra (e isso que eu estava com uma Les Paul), pedal EQ, nem zerar o Treble no amp! No modo Thick, o som fica embolado e sem vida. E note que isso não tem a ver com o volume: mesmo com o master no máximo, o brilho excessivo/embolação continuam com o gain abaixo da metade... A dinâmica de valvulado está toda lá, mas o resultado final não é tão agradável. Eu descreveria estes sons como "plástico brilhante" e "plástico de sacola".

      3. Conforme se aumenta o gain, as coisa começam a mudar de figura totalmente. Os médios começam a se acentuar, e uma saturação bacana vai vindo. Com o gain apontando já para a direita e no modo Bright, os agudos e médios se equilibram. O modo Thick ainda embola um pouco para acordes e afins, mas isso é porque ele já está batendo na porta dos Marshalls da vida. A diferença é gritante. Se os limpos/semi-limpos me lembram "plástico", o cruch deste amp me lembra... pedra.

      Enfim, eu acho que este não é um amp para tocar estilos limpinhos e comportados. É um amp que não sabe falar, só gritar. Ainda bem que ele não grita TÃO alto assim... Acho que o que ele entrega de melhor é: um som bem crunchado em volumes não tão ensurdecedores (e num pacote minúsculo e com preço acessível!).

      Bog
      Veterano
      # out/10
      · votar


      Última tentativa de up...

      MauricioBahia
      Moderador
      # out/10 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Bog: Última tentativa de up...

      hehehe. Eu li, eu li! :)

      Cara, comprei um falante atenuador pro Blues Junior! Maravilha!!!!! Ainda não testei muito não...

      Esse seu ampzinho é uma "tetéia".

      Parabéns!

      [edit] Quando volta pro Brasil? hehe

      Bog
      Veterano
      # out/10
      · votar


      MauricioBahia

      Heeh, eu li, inclusive a saga do "não cabe aqui". =P

      O que f* no Brasil são os preços, e marcas como Vox conseguem se superar nesse quesito. Isso meio que inviabiliza um ampzinho como este, que tem uso bem restrito. "Pena" que logo eu volto para o Brasil e aí acaba também essa festa de comprar tralhas toda hora. Acho que para a maior parte das pessoas no BR, esse Lil' Night Train não vale a pena...

      MauricioBahia
      Moderador
      # out/10
      · votar


      Bog: sem headroom.

      Um amp sem headroom? É uma "amp de distorção" então? hehe

      Abs

      Bog
      Veterano
      # out/10
      · votar


      MauricioBahia
      É uma "amp de distorção" então?

      Pior que é! Ele na verdade fica limpo, mas só com o volume bem baixo. Logo ele entra naquela zona em que uma palhetada mais forte em 2 cordas já dá aquela leve saturada, que eu chamo de "semi-clean". Mas o som não ficou muito legal assim, só crunchando mesmo!

      rafael_cpu
      Veterano
      # out/10 · Editado por: rafael_cpu
      · votar


      Bog

      Review excelente!
      Parabéns! Muito bem escrito, detalhado e com senso crítico.
      Ponto + pra vc.

      Eu cheguei a pensar em um valvulado de pequena potência (Orange, Tiny Terror, Transatlantic, Black...), mas como gosto mesmo é de high gain... acho que ou fico com o meu SS ou tenho que comprar um 6505+...

      T+

      Bog
      Veterano
      # out/10
      · votar


      rafael_cpu

      O Transatlantic faz high gain, é por isso mesmo que ele tem 4 válvulas no pré. O único problema é que só pelo preço de um head desses, dá para comprar uns 3 Tiny Terrors...

      MauricioBahia
      Moderador
      # out/10
      · votar


      Bog

      Ele deve limpar no volume da guitarra. De repente esse é o "segredo" hein...

      Abs

      Bog
      Veterano
      # out/10
      · votar


      MauricioBahia

      Limpar ele limpa, mas aí o volume também diminui... =P

      MMI
      Veterano
      # out/10
      · votar


      Bog

      Legal. Estava curioso com esse amp, mas vi que não é para mim mesmo.
      Abç

      Naloxone
      Veterano
      # out/10
      · votar


      ALguém pode me dizer o que significa Lil' ???
      Já vi isso em pedais e amps.
      Desculpem-me pela ignorância e obrigado.

      Bog
      Veterano
      # out/10
      · votar


      MMI

      Por que? Volume de menos? Drive demais?

      Naloxone

      Lil' = Little ;)

      MMI
      Veterano
      # out/10
      · votar


      Bog

      Clean de menos. Mas o volume é a parte legal dele, excelente para drive, pelo que entendi do seu tópico.

      Bog
      Veterano
      # out/10
      · votar


      MMI

      Sim, a minha opinião é bem essa. O clean do meu outro amp é MUITO melhor (mas MUITO *MESMO*). O LNT sempre parece ter um tiquinho de drive, e soa bem magro, estridente, irritante. Talvez funcione como um clean bom em volumes BEM baixos, por conta das famosas curvas de Fletcher-Munson. Mas o crunch desse Voxzinho é bem legal, vai muito além do AC4TV sem embolar.

      rafael_cpu
      Veterano
      # out/10
      · votar


      Bog
      O Transatlantic faz high gain, é por isso mesmo que ele tem 4 válvulas no pré. O único problema é que só pelo preço de um head desses, dá para comprar uns 3 Tiny Terrors...


      O LNT tem drive high gain mesmo, na linha 5150? Não que seja igual a este, o que evidentemente não existe, mas é na linha destes amplis high gain? É a praia dele, você diria?

      T+

      P.S.: O problema do Tiny Terror é que não tem loop... aí não dá...

      Bog
      Veterano
      # out/10
      · votar


      rafael_cpu
      O LNT tem drive high gain mesmo, na linha 5150?

      Não conheço o 5150, mas o LNT sozinho NÃO faz high gain. O negócio dele é crunch, rock & roll, mas não metalzão from hell.

      P.S.: O problema do Tiny Terror é que não tem loop... aí não dá...

      Mas nenhum desses amps pequenininhos parece ter. Você teria que partir para uns um pouquinho maiores (de tamanho mesmo!), como o Egnater Rebel 20 ou o Blackstar HT-5.

      Naloxone
      Veterano
      # out/10
      · votar


      Bog
      Valeu!

      rafael_cpu
      Veterano
      # out/10
      · votar


      Bog
      Não conheço o 5150, mas o LNT sozinho NÃO faz high gain. O negócio dele é crunch, rock & roll, mas não metalzão from hell.

      Então, o LNT não é para mim... Mas é um belo ampli.

      Mas nenhum desses amps pequenininhos parece ter. Você teria que partir para uns um pouquinho maiores (de tamanho mesmo!), como o Egnater Rebel 20 ou o Blackstar HT-5.


      Pois é, Bog, preciso pesquisar isso melhor, ler mais e tal. Difícil e encontrar para testá-los... aqui na minha cidade, à semelhança do que ocorre em muitas outras, não há equipamento nas lojas para fins de testes...

      Obrigado pelo help e pelo belo review!
      T+

      Bog
      Veterano
      # out/10 · Editado por: Bog
      · votar


      MauricioBahia

      Seguindo a sugestão do Bahia, hoje foi dia de testar o ampzinho mexendo nos knobs da guitarra. Levei mais um amp para fazer minhas comparações. Conclusão: DEFINITIVAMENTE, este não é um amp para se tocar limpo. Dá para dar uma ligeira domada nos agudos excessivos (com alguma perda de presença), mas na verdade o som só ficou limpo LIMPO mesmo quando o volume já estava um pouco mais alto que um violão desplugado. Me contentei com um "semi-limpo", mas no fim das contas, o outro amp, que é um desses produtos meio genéricos coreanos, ainda soa melhor. Achei o som com ganho moderado do LNT meio sem graça. Com drivão, ele fica onde deve, e o legal é que dá para distorcer o power sem ficar surdo.

      Enfim, alguém tinha perguntado a diferença para o AC4TV. Acho que é essa: o AC4TV tem um clean legalzinho (no modo 4w), um semi-clean legal, um crunchzinho bacana e um crunchzão meio manco. O LNT tem um clean fajuto, um semi-clean meia-boca, um crunchzinho legal, e um crunchzão legal. Para efeito de comparação, sempre achei que o Fender Champ fazia um clean legal, um semi clean legalzinho, e qualquer coisa muito além disso ficava ruim. Isso falando dos amps sozinhos, com pedais dá para ir um pouco mais longe. Claro, talvez outra pessoa tenha uma opinião diferente, mas eu acho que esses amps não são como o NT original ou um Blues Junior, que vão bem do clean ao crunchzão sem maiores problemas.

      Próxima coisa a conferir: ver como o LNT se comporta com uma distorção from hell na frente dele.

      Colocar na TODO list: comprar no Brasil uma caixa com falante de 12" (aqui onde eu moro nem adianta comprar uma - logo eu volto para o BR, e quanto menos bagagem, melhor)

      MMI
      Veterano
      # out/10
      · votar


      Bog

      Que mal lhe pergunte... Não rola alugar um container na sua volta? Fica com a bagagem liberada, pelo menos espaço.

      Bog
      Veterano
      # out/10
      · votar


      MMI

      Rola sim... Eu na verdade já decidi faz tempo mandar minha mudança por container, até porque em mais de 6 anos tenho bastante coisa para levar (sem contar só equipamentos musicais). Mas fiz umas contas (preço/metro cúbico), e caixas acústicas são coisas não tão caras e que ocupam bastante espaço. Acaba que eu tenho que pagar quase o preço da caixa para mandar ela para o Brasil. É diferente por exemplo de um cabeçote pequeno, que custa o dobro da caixa e ocupa 1/4 do espaço. Não acho que mandar fazer uma caixa aí vá sair TÃO caro assim, né?

      Fora que pensando bem... será que eu preciso mesmo de um 1x12"? A princípio, eu vou tocar só em casa, e talvez para os níveis de barulho que eu vou fazer, 1x10" seja o suficiente... Na última vez que eu fui para o BR, levei um combinho 1x8" e mesmo com ele eu precisei pegar leve... =P

      MMI
      Veterano
      # out/10
      · votar


      Bog

      Fica baratinho e acho que vale a pena montar a caixa aqui mesmo. Eu mesmo fiz isso. Mas eu não abri mão de 12'... Putz, como diz no seu outro tópico... Para mim, faz diferença... hehehehe

      Bog
      Veterano
      # nov/10
      · votar


      Update: hoje foi dia de brincar com distorções. Não entendo muito de timbres metálicos from hell, mas resumidamente: diferente de outros valvuladinhos como o Fender Champ e o próprio AC4TV, esse LNT no modo thick é bem receptivo a pedais de distorção mais pesada.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Vox Lil' Night Train - Impressões iniciais

      304.164 tópicos 7.868.683 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital