Vocês conhecem algum artista brasileiro que seja de direita e aborde o assunto nas suas músicas?

Autor Mensagem
makumbator
Veterano
# 12/jun/19 15:21
· votar


victorhugorleite
Você olhou isso?

Olhei. E daí?

Não. Desde 1989, apologia ao nazismo é crime no Brasil.

Puro babaquismo de legislação. Só por não concordar com a ideologia deles não me parece correto proibir sua propaganda. Prefiro que todos possam se mostrar ao público (nazistas inclusos). Mais saudável deixar tudo a vera e cada um decide o que quer pensar e seguir.

Mídia lacradora? Quem? A Globo, dos Marinho da ditadura ou a Record, dos crentes que estão juntando dinheiro para chegar bem ao Inferno?

Não sei, me diz aí.

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 12/jun/19 15:22
· votar


makumbator
Tolerância ilimitada leva ao desaparecimento da tolerância. Se estendermos ilimitada tolerância mesmo aos intolerantes, se não estivermos preparados para defender a sociedade tolerante do assalto da intolerância, então, os tolerantes serão destruídos e a tolerância, com eles. — Nessa formulação, não insinuo, por exemplo, que devamos sempre suprimir a expressão de filosofias intolerantes; desde que possamos combatê-las com com argumentos racionais e mantê-las em cheque frente a opinião pública, suprimi-las seria, certamente, imprudente. Mas devemos nos reservar o direito de suprimi-las, se necessário, mesmo que pela força; pode ser que eles não estejam preparados para nos encontrar nos níveis dos argumentos racionais, mas comecemos por denunciar todos os argumentos; eles podem proibir seus seguidores de ouvir os argumentos racionais, porque são enganadores, e ensiná-los responder argumentos com punhos e pistolas. Devemos, então, nos reservar, em nome da tolerância, o direito de não tolerar o intolerante.
Karl Popper

makumbator
Veterano
# 12/jun/19 15:23
· votar


victorhugorleite
E você, Makumbator, ainda acha que eles podem cantar isso? Eles "tem todo o direito"? Isso é "liberdade de expressão"?


Claro. Liberdade de expressão no nível máximo. Mas esse direito vale também para uma banda comunista cantando pra matar CEOs. Trato igual.

Essa é a beleza do livre discurso. Não gostou? Não veja/siga.

Julia Hardy
Veterano
# 12/jun/19 15:24 · Editado por: Julia Hardy
· votar


Vocês conhecem algum artista brasileiro que seja de direita e aborde o assunto nas suas músicas?

Todos os sertanejos, funkeiros, forrozeiros, pseudo rockeiros, etc. Não tanto pelo que eles falam, mas, pelo que não falam.

makumbator
Veterano
# 12/jun/19 15:26
· votar


Mauricio Luiz Bertola

Eu gosto do Popper, mas discordo dele nesse ponto.

Eu sou extremo na questão de livre expressão de discurso. Defendo mesmo que possam falar o que quiserem. Sinto muito se essa posição ofende a vocês.

victorhugorleite
Membro Novato
# 12/jun/19 15:26 · Editado por: victorhugorleite
· votar


Makumbator

Ah. Então para você não tem problema cantar músicas que perpetuam ódio racial e étnico, tanto como músicas preconceituosas. Penso que se você fosse judeu, cigano ou homossexual que soubesse o horror do holocausto, nunca pensaria desta forma.

Entendo. Bem, de qualquer forma, no Brasil de bolsominions, uma fala como a sua não me impressiona. Não há nada de novo no front.

makumbator
Veterano
# 12/jun/19 15:30 · Editado por: makumbator
· votar


victorhugorleite
Ah. Então para você não tem problema cantar músicas que perpetuam ódio racial e étnico, como músicas preconceituosas. Penso que se você fosse judeu, cigano ou homossexual que soubesse o horror do holocausto, você nunca pensaria desta forma.

Não tem problema pra mim. E sou mulato e já sofri preconceito racial velado, então não venha com esse papo de lugar de fala comigo que não cola. Mesmo assim, defendo o direito de racistas em se expressarem. Não importa se eles gostam ou não de mim. A questão não é sobre isso. É a liberdade do discurso, mesmo o dito "de ódio".

Sinto muito se isso te ofende.

Entendo. Bem, de qualquer forma, no Brasil de bolsominions, uma fala como a sua não me impressiona. Não há nada de novo no front.


Ah claro, se eu não concordo contigo só posso ser bolsominion. Tá beleza.

victorhugorleite
Membro Novato
# 12/jun/19 15:32
· votar


makumbator

E sou mulato e já sofri preconceito racial velado (...) Mesmo assim, defendo o direito de racistas em se expressarem.

Lamento por você. Você acha que o racismo é ok por que confunde ser preconceituoso com "falar o que quiser".

Prêmio Charles Darwin para você.

makumbator
Veterano
# 12/jun/19 15:33
· votar


victorhugorleite

Não acho que o racismo é ok, mas acho que o direito de um racista em falar abertamente sobre seu racismo é ok. Acho lindo? Não. Mas não quero proibir isso. Captou ou precisa que eu desenhe?

Prêmio Charles Darwin para você.

Obrigado! Vão mandar aqui pra casa?

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 12/jun/19 15:36
· votar


makumbator
A mim não ofende...
Só espero que você não sofra na pele certas coisas que eu e alguns de minha geração e anterior sofreram...
Ou não veja uma amiga de sua filha ser estuprada por 4 bolsomínios por ser lésbica ou um aluno seu tomar uma surra por ser homossexual e estar com uma camisa #EleNão...
Como também não veja alguém ser assassinado pelo Khmer Vermelho ou pelas Brigadas Vermelhas...
Simples assim...
Tolerar os intolerantes é cavar sua própria sepultura.
Abç

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 12/jun/19 15:36 · Editado por: Mauricio Luiz Bertola
· votar


post duplo

TWT ICE
Veterano
# 12/jun/19 15:37
· votar


victorhugorleite
o racismo não acontece apenas de maneira explicita, mas só é punido o que acontece dessa forma

eu concordo com o makumbator nesse ponto, acho melhor mostrar que é racista logo pra nem se misturar ou já descer a porrada do que ficar com um cara fingindo que aceita mas na real ta pensando e agindo de outra forma

victorhugorleite
Membro Novato
# 12/jun/19 15:37
· votar


makumbator

Não captei. É difícil entender que um sujeito mulato acha que falar sobre racismo é ok. Racismo não é ok. A história do Brasil já evidenciou isso.
Sua fala é semelhante à de judeus dizendo que ok, o nazismo pode se expressar nas suas diversas maneiras. Acho lindo? Não. Mas não quero proibir isso.

Desenhe para mim. Duvido que consiga, por que isso que você está afirmando, não existe. Liberdade de expressão não é outorga para racismo.

Obrigado! Vão mandar aqui pra casa?

É simbólico. Em dezembro, entre em https://darwinawards.com e vote em você mesmo. Já te indiquei!

victorhugorleite
Membro Novato
# 12/jun/19 15:39
· votar


o racismo não acontece apenas de maneira explicita, mas só é punido o que acontece dessa forma

eu concordo com o makumbator nesse ponto, acho melhor mostrar que é racista logo pra nem se misturar ou já descer a porrada do que ficar com um cara fingindo que aceita mas na real ta pensando e agindo de outra forma


TWT ICE, o ponto não é este. O que ele está dizendo é que manifestar-se de forma racista é ok, quando não é. Isso não é liberdade de expressão.

makumbator
Veterano
# 12/jun/19 15:39
· votar


Mauricio Luiz Bertola
Só espero que você não sofra na pele certas coisas que eu e alguns de minha geração e anterior sofreram...

Eu nem digo que essa liberdade não seja em certo sentido perigosa.

por ser homossexual e estar com uma camisa #EleNão...

Isso é justamente o efeito de não defender o livre pensamento. A livre expressão permite tanto a camisa ele não quanto uma louvando o Bolsonaro. Esse caso que você narrou pra mim mostra justamente o efeito da não aceitação do discurso contrário (levado ao máximo, ou seja, a violência física).

Tolerar os intolerantes é cavar sua própria sepultura.

Não penso assim. pelo menos não quanto ao discurso.

victorhugorleite
Membro Novato
# 12/jun/19 15:43
· votar


Não penso assim. pelo menos não quanto ao discurso.

Os discursos configuram as ações. As ações configuram um status quo. Isso é indubitável.

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 12/jun/19 15:43
· votar


makumbator
Quer dizer que você iguala "louvar o Bolsonaro" com uma agressão covarde!!!
Isso eu não aceito...
Esse caso que você narrou pra mim mostra justamente o efeito da não aceitação do discurso contrário (levado ao máximo, ou seja, a violência física).
Não jovem, esse caso que eu narrei evidencia onde os intolerantes, os radicais chegam, o que eles querem, como eles agem. E o que ocorre quando os toleramos...
Mas... Se você quer continuar à viver sob esse princípio de Polyanna... Beleza. Você não é um neonazi...
Abç

makumbator
Veterano
# 12/jun/19 15:44
· votar


TWT ICE

acho melhor mostrar que é racista logo pra nem se misturar ou já descer a porrada do que ficar com um cara fingindo que aceita mas na real ta pensando e agindo de outra forma

Então, essa é uma das vantagens de uma liberdade maior. Cada vez mais o mundo caminha ao oposto, um verniz de que todos são amáveis e compreensivos. Mas apenas na superfície


victorhugorleite
Racismo não é ok.

Cacete! Eu falei que é ok? Porque você não aceita que eu possa tolerar a existência de algo que não concorde? É algo tão louco assim? Deve ser, pois você não absorve esse posicionamento.

Julia Hardy
Veterano
# 12/jun/19 15:45
· votar


Algumas pessoas aqui confundem licenciosidade com liberdade. Pode parecer a mesma coisa, sqn.

victorhugorleite
Membro Novato
# 12/jun/19 15:46
· votar


makumbator

Puro babaquismo de legislação. Só por não concordar com a ideologia deles não me parece correto proibir sua propaganda. Prefiro que todos possam se mostrar ao público (nazistas inclusos). Mais saudável deixar tudo a vera e cada um decide o que quer pensar e seguir.

Babaquismo? Vocês conservadores são tipos muito estranhos. Como permitir a manifestação de algo que é criminoso. Criminoso do ponto de vista do direito e da moral humana. Estes caras sistematizaram a morte de um grupo étnico em nome de um ideal que... Era o que? Tudo isso que ouvimos por aí, inclusive isso: "Pura babaquice da lei".

makumbator
Veterano
# 12/jun/19 15:46
· votar


Mauricio Luiz Bertola
Quer dizer que você iguala "louvar o Bolsonaro" com uma agressão covarde!!!
Isso eu não aceito...


Não Bertola, eu igualo um cara de esquerda batendo em um cara com camisa do Bolsonaro com um cara de direita batendo em um cara com camisa ele não. Foi basicamente isso que eu disse. Mas me referindo que o efeito violento é fruto da não aceitação do discurso contrário. Eu nunca bateria em um nazista ou em um comunista se eles não me agredissem.

victorhugorleite
Membro Novato
# 12/jun/19 15:48
· votar


makumbator

Cacete! Eu falei que é ok? Porque você não aceita que eu possa tolerar a existência de algo que não concorde? É algo tão louco assim? Deve ser, pois você não absorve esse posicionamento.

Eu aceito o posicionamento de outros, como o seu, embora eu ache loucura. Perdão, este é um cacoete meu, já que o ofício de professor de história mistura o homem e o labor... E sim, é algo "muito louco". Você não tem problemas em aceitar o racismo num país que foi construído em bases segregatórias. E você é parte do que foi segregado um dia!

É algo tão louco assim? Deve ser, pois você não absorve este posicionamento...

makumbator
Veterano
# 12/jun/19 15:51
· votar


victorhugorleite
Babaquismo? Vocês conservadores são tipos muito estranhos.

Surpresa pra você: não sou conservador.

Sou a favor da livre expressão extrema
Sou pró aborto (não apenas em estupro/risco para mãe)
Sou a favor de liberação de drogas entorpecentes]
Sou a favor de união conjugal de homossexuais e sua total liberdade em sociedade

Mas sou também a favor de liberação de armas para a população civil
a favor do estado mínimo (se desse pra ele não existir, melhor ainda)
a favor de privatizar geral
a favor de propriedade privada

Como permitir a manifestação de algo que é criminoso.

Só é criminoso pois a legislação assim determinou. Mude-se a legislação e "plim" não é mais criminoso.

victorhugorleite
Membro Novato
# 12/jun/19 15:53
· votar


makumbator

Estado mínimo, privatizar geral, porte de armas... A pauta conservadora tá cheio disso.

makumbator
Veterano
# 12/jun/19 15:54
· votar


victorhugorleite
Você não tem problemas em aceitar o racismo num país que foi construído em bases segregatórias.

Corrigindo mais uma vez. Eu não tenho problemas em aceitar que:

1. Existam racistas
2. Eles tenham direito a viver
3. Eles tenham direito a se expressarem
4. Quem concordar com eles que os abrace.

E você é parte do que foi segregado um dia!

Pois é, pra você ver o que é ser favorável a algo que penso ser mais importante que minha própria existência.

makumbator
Veterano
# 12/jun/19 15:54 · Editado por: makumbator
· votar


victorhugorleite
Estado mínimo, privatizar geral, porte de armas... A pauta conservadora tá cheio disso.


É, mas e o começo. As outras coisas a que me referi. É tudo conservador? fala aí!

As demais que você parece concordar aí tudo bem eu falar.

victorhugorleite
Membro Novato
# 12/jun/19 15:55
· votar


makumbator

Só é criminoso pois a legislação assim determinou. Mude-se a legislação e "plim" não é mais criminoso.

Então, camarada, a lei não é como roupa que mudamos quando queremos. Vivemos a partir delas, do contrário, estaríamos em cima de árvores jogando cocô uns nos outros...

victorhugorleite
Membro Novato
# 12/jun/19 15:56
· votar


makumbator

Corrigindo mais uma vez. Eu não tenho problemas em aceitar que:

1. Existam racistas
2. Eles tenham direito a viver
3. Eles tenham direito a se expressarem
4. Quem concordar com eles que os abrace.

E você é parte do que foi segregado um dia!

Pois é, pra você ver o que é ser favorável a algo que penso ser mais importante que minha própria existência.


Lamento profundamente.

makumbator
Veterano
# 12/jun/19 15:56
· votar


victorhugorleite
Então, camarada, a lei não é como roupa que mudamos quando queremos.

Claro que mudamos. Quantas merdas só de constituições tivemos aqui no Brasil? Muda toda hora e já estão querendo outra.

victorhugorleite
Membro Novato
# 12/jun/19 15:57
· votar


makumbator

É, mas e o começo. As outras coisas a que me referi. É tudo conservador? fala aí!

Bem, de fato, aquelas pautas, exceto a primeira, não configuram o sujeito conservador clássico, mas um neo.

Você não pode enviar mensagens, pois este tópico está fechado.
 

Tópicos relacionados a Vocês conhecem algum artista brasileiro que seja de direita e aborde o assunto nas suas músicas?