Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Como gostar de Prog?

      Autor Mensagem
      Adler3x3
      Veterano
      # 24/dez/17 16:00 · Editado por: Adler3x3
      · votar


      E o CCDB onde entra nesta de progressivo?

      Este irmão mais velho dos Mutantes é proficiente.

      Talvez daqui alguns anos alguém grave a obra dele, será um trabalho monumental.

      Para quem não conhece aqui esta o site dele.

      http://www.ccdb.gea.nom.br/index-xy.html

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 24/dez/17 16:07
      · votar


      Adler3x3
      Conheço o Claudio César. Ele avaliou meu projeto "open source" educativo Bertola's MiniFuzz.
      Ele destacou-se mais como engenheiro eletrônico e escritor. Como compositor, pouco conheço de sua obra.
      Abç

      Lelo Mig
      Membro
      # 24/dez/17 17:27
      · votar


      Adler3x3


      CCDB é um mito da eletrônica e do áudio, muito antes deste tipo de profissional ser reconhecido no País. É um pioneiro muito a frente de seu tempo.

      Os Baptistas todos, são geniais, sou fã de todos eles.

      O problema foi o excesso de LSD em suas mamadeiras.

      Mykeleaomachado
      Membro Novato
      # 13/jan/18 17:56 · Editado por: Mykeleaomachado
      · votar


      Muito bom o tópico, cheio de informação boa.

      Yes é uma banda que eu curto muito. Meu álbum preferido também é o “Tales from Topographic Oceans”. O engraçado, é que diferente de muita gente que gosta do Yes e fala mal desse álbum, não acho que nele tenha nada exagerado. Sou fissurado em suítes musicais e virei fã do Yes quando escutei a música “Close to the Edge”. Acho uma das grandes obras primas do rock em geral.

      O Emerson, Lake and Palmer tive mais dificuldade para gostar no início, mas sabia que o problema não era a banda, mas sim eu. Depois de um tempo ouvindo, comecei a absorver melhor o som da banda e gosto de tudo o que eles fizeram até os “Works”. Meu álbum preferido é o Tarkus. O Keith Emerson era um puta tecladista/pianista e, além disso, tinha uma presença de palco legal: Pulava em cima do teclado, se jogava debaixo do teclado (ATENÇÃO: Ele fazia isso desde os tempos de The Nice, portanto antes do Jon Lord). Também tem as interpretações de músicas que eles faziam de compositores eruditos e uma das melhores adaptações foi “Hoedown”, do Aaron Copland, que aparece no álbum “Trilogy”



      O Soft Machine é uma das grandes bandas de jazz rock de todos os tempos. Não curto muito o primeiro álbum deles que é um álbum de psicodélico puro. O segundo já é mais interessante, as letras também, falando de patafísica e dadaísmo. Tem uma música muito bonita nesse álbum chamada “Dedicated to you but you weren’t listening”. No Third, eles já mergulham de cabeça no jazz rock. Tem um álbum muito f*da deles com o Allan Holdsworth na guitarra, o “Bundles”, esse álbum é perfeito!

      O Triumvirat é uma banda bem subestimada, muito pelo fato de terem um som parecido com o ELP, mas eram excelentes músicos e, até o “Pompeii”, os discos deles são excelentes. O que se tem que dizer é que eles realmente “pegavam emprestado” alguns trechos de músicas do ELP. O “Illusions On A Double Dimple”, acho que na primeira música, tem uma parte muito semelhante a Close To The Edge (aquela parte do início em que banda para de tocar por um breve momento e o Jon Anderson solta um “Aaaaaah”). Gosto dos temas abordados por eles como as histórias do Spartacus e de Pompeia. No primeiro álbum deles, tem uma suíte muito boa chamada “Across the Waters” em que eles utilizam, no começo e no final da música, um tema de Mozart chamado “Die Entführung aus dem Serail (Overture)”.

      O King Crimson é uma das minhas bandas favoritas e gosto muito de tudo o que eles fizeram até o “Red” (até de álbuns meio ignorados pelos fãs como o “Islands” e o “Starless and Bible Black”). A fase deles mais pop, com o Adrian Belew, também é interessante.

      Gentle Giant é outra banda genial. O legal é que cada integrante tocava vários instrumentos e nos shows ao vivo, tem no youtube, ora o tecladista tá tocando violino, ora flauta, ora xilofone. Indico tudo o que eles fizeram até o “Interview”.

      Bom, é isso aí, o rock progressivo é um sub gênero riquíssimo. Vale a pena escutar essas bandas.

      JJJ
      Veterano
      # 13/jan/18 18:42
      · votar


      Mykeleaomachado

      Spartacus ė um clássico. Concordo com você: Triumvirat é muito subestimado.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Como gostar de Prog?

      306.090 tópicos 7.902.302 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital