Os Instrumentos Elétricos facilitam a vida do musico?

Autor Mensagem
_Raulzito_
Veterano
# abr/07


Estava se bobiando esses dias tentando tirar alguma coisa de um piano acustico da igreja que frequento e percebi que voce tem que usar certa força pra bater nas teclas, o mesmo nao acontece quando voce vai tocar um teclado por exemplo, ai lembrei que eu axo guitarra mais facil de tocar que o violao por que voce nao precisa por mais força na palhetada, eh soh aumentar o volume.

Entao voces acham que os instrumentos eletricos facilitam a vida do musico moderno?

Obs: Nao estou dizendo que os musicos que usam instrumentos acusticos tocam melhor ou que os que usam instrumentos eletricos nao sabem tocar, soh estou dizendo que os instrumentos eletricos facilitam muito mais.

Releed
Veterano
# abr/07
· votar


Depende,se você consegue tocar para uma multidão de 1 milhão de pessoas com um violão..nao facilita.

Caso contrário,sim..facilita..

MatheusMX
Veterano
# abr/07
· votar


¬¬'

CheshireCat
Veterano
# abr/07
· votar


Eu faço aulas de piano e adoraria ter um em casa, mas na falta de um, estudo no da escola e no teclado que eu tenho...
E eu me dou bem melhor com as teclas do piano O_o O teclado tem teclas mais leves e eu várias vezes esbarro na tecla vizinha quando tô tocando, isso não acontece no piano... Mas deve ser porque eu sou desajeitada mesmo ahuahahahah(pelo menos tô treinando mais no teclado e isso tá melhorando)
Se os instrumentos elétricos facilitam ou não, acho que vai de cada um...

Gan
Veterano
# abr/07
· votar


não, cada instumento tem suas dificuldades

Nasch
Veterano
# abr/07
· votar


Acredito que não procede uma comparação desse tipo.
Tenho comigo que os instrumentos elétricos foram desenvolvidos, não para substituir os acústicos, mas sim como meio de se ter maiores recursos na exploração dos timbres dos mesmos.

Valefort
Veterano
# abr/07
· votar


no caso de bateria +/-

nao se vê muitos bateristas com bateras eletricas por ai, soh acusticas, porem com triggers ou microfones.

pacman jp
Veterano
# abr/07
· votar


cara, quando acaba a luz, ou quima uma fonte, um instrumento elétrico só serve pra fazer raiva...

depende do contexto, hehehe

Hugo capitalista
Veterano
# abr/07
· votar


Não posso dizer nada com relação ao piano vs. teclado. Porém, digo que na guitarra tudo pode parecer mais fácil, já que se sua pegada é xoxa, beleza, você vai lá e aumenta o volume. Mas não é tão simples, esse volume e o som comprimido da guitarra trazem à tona uma série de ruídos e harmônicos inaudíveis no violão. Fazer uma guitarra alta e distorcida soar "limpa", só deixar passar os sons que fazem parte da música, exige uma outra abordagem, diferente do violão.

Zakk Wylde_
Veterano
# abr/07
· votar


Eu acho violão bem mais difícil. Consegui chegar a um nível bom/ótimo em guitarra em 3/4 anos e violão erudito.. tô capengando

Dogs2
Veterano
# abr/07
· votar


_Raulzito_
voce tem que usar certa força pra bater nas teclas, o mesmo nao acontece quando voce vai tocar um teclado por exemplo

Mas piano digital você faz a mesma forma de piano normal

castanho
Veterano
# abr/07
· votar


Dogs2

minha prima tem um bom piano digital, apesar das teclas serem pesadas, ainda assim não é a mesma coisa que o normal

CheshireCat
Veterano
# abr/07
· votar


Dogs2
Mas piano digital você faz a mesma forma de piano normal
No caso ele tava comparando piano com teclado... Eu acho que as teclas do piano digital são relativamente mais leves que a de um piano normal(pelo menos o que tem na minha escola é assim), mas dá pra configurar e deixar mais pesadas e tal... Particularmente eu não gosto muito de piano digital, mas apenas gosto pessoal =\

Hugo capitalista
Veterano
# abr/07
· votar


Zakk Wylde_
Eu te entendo, violão erudito é realmente muito difícil, mas existe também uma questão de estética. Muito do repertório erudito do violão é de peças solo, muita coisa herdada do alaúde, com duas ou três vozes em contraponto. O violão também tem aquele estilo de chord-melody, que eu acho q

Hugo capitalista
Veterano
# abr/07
· votar


(ops) que veio do jazz, e já vi isso no choro também.

fernando tecladista
Veterano
# abr/07
· votar


muita coisa tá ai facilitando no quesito microfonação, regulagem.. como e o caso de baterias eletronicas e pianos digitais e já que é eletronico as vezes você acaba tendo um timbre melhor do que seria uma bateria ou piano pau velho

em sempre toquei por ai com o timbre de piano do meu teclado e em casa tenho o acustico pau velho, então o resultado final sai mais bonito no teclado, ai se pensa: "o teclado ajuda" já que é eletronico

mas certa vez eu tive o prazer de tocar em um piano de cauda todo afinado, regulado... pronto pra um concerto, o resultado foi surpreendente

quanto a estudio facilita porque eu não toco nada de bateria, mas com algum programa eu me torno um bateria melhor do que alguns que tem por ai
-----------------
quanto ao papo que tá rolando ai em cima sobre violão x guitarra, acho que a mesma música tem dificudade igual nos dois, um erudito na guitarra é dificil tanto quanto no violão, talvez até mais porque guitarra é escandalosa por natureza e se você quer conter isso tem que aprender a domar sem que o som soe "pra dentro"

pianoid
Veterano
# mai/07
· votar


Vc está comparando laranjas com maçãs: teclados eletrônico se originaram de órgãos e o órgão é um instrumento sem dinâmica (fortes e baixos).

O piano, assim como guitarra ou violão é um instrumento capaz de produzir sons altos e baixos e é preciso saber maneirar no toque para produzir a expressividade desejada: vc não "bate" nas teclas como um tecladista de fato faz. O piano não é um instrumento de percussão.

Uma comparação mais precisa seria comparar um piano acústico com teclados eletrônicos que empreguem ação (mecanismo) de piano: os chamados pianos digitais. Nesse caso, não há diferença notável, dependendo do modelo, claro...

fernando tecladista
Veterano
# mai/07
· votar


O piano não é um instrumento de percussão

é sim

_Raulzito_
Veterano
# mai/07
· votar


pianoid
Post esclarecedor, valeu!

Agora q comecei a pensar, Beethoven eu acho que usava muito isso de dinamica.

Tem um porém, piano nao é exatamente um instrumento de percusao mas pode dar ritmo a musica. Ex: Jerry Lee Lewis!

makumbator
Veterano
# mai/07
· votar


pianoid

Os órgãos de igreja tem sim controle de dinâmica!!!! Não é chapado igual tecladinho vagabundo não! Esse controle é feito na escolha dos registros, que além de mudar o timbre e caráter do som, funciona como variação dinâmica, uma vez que se modifica em quais e em quantos tubos há som. Claro que essa variação de dinâmica não se compara com a de um piano, que nesse quesito não pode ser comparado com nenhum instrumentos(atenção: não sou pianista!!! Apenas gosto do instrumento)
O piano pode ser sim classificado como intrumento de percussão conforme já comentaram antes. Quando se analisa a forma de produção sonora, o piano é percussão, afinal o martelo percute as cordas, não pinça.

MatheusMX
Veterano
# mai/07
· votar


Em termo de amplificação é lógico que facilita

pianoid
Veterano
# mai/07
· votar


fernando tecladista

Mas vc entendeu, não? São cordas de metais batidas por martelinhos de madeira, mas isso não quer dizer que o pianista deva esmurrar com toda força as teclas: dinâmica é muito importante no piano, o qual deve seu nome exatamente a isso (piano-forte, seu nome original). O pianista deve usar todo o potencial dos mais baixos pianos aos mais altos fortissimos para trazer a música à vida...

O cara que não conhece a ação dinâmica do piano realmente bate nas teclas de qualquer maneira pq acha que vai sempre resultar no mesmo som com o mesmo volume...

pianoid
Veterano
# mai/07
· votar


_Raulzito_
Beethoven eu acho que usava muito isso de dinamica

Sem dúvida! Os clássicos é que realmente iniciaram expressividade dinâmica em música. Mozart com seus movimentos sinfônicos iniciando altamente com fortes dramáticos e passando subitamente para piano e vice-versa. Beethoven foi ainda mais além e os românticos continuaram daí. Os barrocos quase não se importavam com dinâmica, até pq seus principais instrumentos de tecla (órgão de tubos e cravo) não eram capazes. Bach quase nunca anotava dinâmica em música.

pianoid
Veterano
# mai/07
· votar


makumbator
Os órgãos de igreja tem sim controle de dinâmica!!

hmm, essa é nova pra mim. Mesmo aqueles antigos, de tubo?

Quando se analisa a forma de produção sonora, o piano é percussão, afinal o martelo percute as cordas

sim, sim. O que quis dizer é que se um pianista simplesmente bater nas teclas, não vai realmente utilizar o instrumento como ele deve ser tocado...

pianoid
Veterano
# mai/07
· votar


makumbator
Esse controle é feito na escolha dos registros, que além de mudar o timbre e caráter do som, funciona como variação dinâmica

hmm, agora fiquei curioso. E esse controle por meio de registros é feito de acordo com a pressão e velocidade que se aplica nas teclas como no piano? Ou pelos pedais? Ou é algum botão fora do teclado? No último caso, acho que dá pra entender pq geralmente é considerado um instrumento sem dinâmica...

jimmy vandrake
Veterano
# mai/07
· votar


Instrumentos elétricos e amplificadores são invenções muito recentes, apesar de terem amadurecido rapidamente. Não tem nada a ver esse lance, tanto é que em apresentações sempre estarão violões acústicos capatados com microfones de alta precisão, idem pianos etc...
Os timbres destes instrumentos jamais serão substituídos.

pianoid
Veterano
# mai/07
· votar


_Raulzito_
piano nao é exatamente um instrumento de percusao mas pode dar ritmo a musica.

música tem ritmo (variações de duração entre silêncios e sons) com ou sem instrumentos de percussão. E, sim, de fato muitos rockeiros e jazzistas tratavam o piano apenas como instrumento de percussão, não como um instrumento melódico. Até pq não faz muito sentido tocar o piano baixinho com toda a zoeira em volta... :D

fernando tecladista
Veterano
# mai/07 · Editado por: fernando tecladista
· votar


Os órgãos de igreja tem sim controle de dinâmica!!

hmm, essa é nova pra mim. Mesmo aqueles antigos, de tubo?


o controle é em apenas alguns teclados
tem o manual recitativo onde os tubos ficam em uma "caixa expressiva com persianas, (igual vitrô de banheiro) o abre e fecha delas pelo pedal, faz a dinamica

pianoid
Veterano
# mai/07
· votar


fernando tecladista

Obrigado, Fernando. Se é em apenas alguns teclados, acho que realmente não se pode generalizar e afirmar que órgão é um instrumento com dinâmica...

John Arch
Veterano
# mai/07
· votar


Em determinados aspectos sim, em outros não. No que tange à microfonação, obviamente. Antigamente, um cantor, por exemplo, só poderia cantar pra uma grande platéia com a acústica adequada do ambiente. Além disso, um cantor q não utilizasse as técnicas do lírico, só poderia ser ouvido por um nº mto restrito de pessoas à sua volta.
Agora, em outros aspectos é td mto diferente. Guitarras distorcidas e teclados realmente facilitam a velocidade, mas aí vc já começa a desenvolver td uma técnica buscando a nitidez das notas (sem q uma nota coma a outra; sem q notas fiquem picadas, e por aí vai). Logo, vc passa a corrigir problemas q antes não existiam...

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Os Instrumentos Elétricos facilitam a vida do musico?