A qualidade de sintetizadores é dependente de aplificadores? Qual utilizar?

    Autor Mensagem
    Soulzard
    Membro Novato
    # 07/jun/19 09:49


    Tenho um sintetizador Roland Juno DS88 e a utilizo com um cabo P10 mono (sem marca) na entrada MONO/L e utilizo uma caixa de com Oneal modelo OCM 126. Todavia, ao comparar a qualidade dos timbres e demais sons com vídeos do Youtube do mesmo sintetizador (comparando o uso de timbres não editados, mas originais, como vem de fábrica) verifica-se que os meus estão aquém do esperado. Neste caso, como não encontrei informações no manual do produto e nem na internet, gostariam que me ajudassem com as seguintes informações:

    1. Será que devo adquirir uma mesa de som, usar o teclado em stereo ou trocar de amplificador (ou tudo isso junto)?

    2. Podem me indicar um amplificador melhor só para este fim (utilizar com o sintetizador)?

    acabaramosnicks
    Membro Novato
    # 07/jun/19 10:24
    · votar


    Eu acho que antes de tudo vale a pena fazer o teste de tentar gravar em linha. Pluga na interface e grava mono, depois grava em estereo. Se a qualidade ficar melhor em estereo, vc já sabe que é a saída em mono que está limitando a qualidade do som.
    O amplificador que vc tá usando é de alta fidelidade (teoricamente), então ele deveria reproduzir com alta fidelidade o que chega nele.
    Se na gravação vc não perceber grandes diferenças entre mono e estereo, fica claro que o ampli que está sendo o elo fraco. Porém, se vc pegar o sinal estereo da mesa e jogar de volta pro ampli em mono, acaba não ficando bom também. O esquema é um sistema todo estereo. Eu usaria um par de caixas ativas e mandaria o sinal de cada lado direto pra cada caixa. Em relação a marcas e modelos, prefiro não indicar nada pq eu manjo mais é de guitarra.

    M.André
    Membro Novato
    # 07/jun/19 14:27
    · votar


    Eu acredito que seja dependente da amplificação, sim... Se usarmos um fone de ouvido ligado no teclado, o resultado é sempre muito melhor do que ouvirmos o mesmo som pela saída L/MONO (como todo mundo geralmente usa).

    Qualquer teclado atual apresenta timbres em mono e em estéreo, com camadas que se complementam nas saídas L e R. O desafio é sempre deixar isso o mais próximo possível do que se ouve no fone de ouvido. Pra isso, o ideal é sempre usar as duas saídas (L e R) no sistema de som que usamos como amplificação. E pode apostar que esses vídeos do youtube possuem a captação do som nos dois canais.

    No entanto, eu mesmo utilizo apenas a saída L/MONO, pra não ter que carregar ainda mais tralhas do que já carrego.

    Soulzard
    Membro Novato
    # 08/jun/19 09:18
    · votar


    Eu acho que antes de tudo vale a pena fazer o teste de tentar gravar em linha. Pluga na interface e grava mono, depois grava em estereo. Se a qualidade ficar melhor em estereo, vc já sabe que é a saída em mono que está limitando a qualidade do som.

    Vou fazer estes testes então, pra saber, depois posto o resultado aqui. Obrigado!

    No entanto, eu mesmo utilizo apenas a saída L/MONO, pra não ter que carregar ainda mais tralhas do que já carrego.

    No meu caso, é somente para uso em casa. Não pretendo sair com ele. Então não ficaria mudando de local direto. Mas, mesmo assim, notei que sempre estão usando as duas saídas mesmo. Vou testar isso também. Obrigado!

    ThyagoAmaral
    Veterano
    # 08/jun/19 09:38
    · votar


    É importante ter a ciência para que o teclado foi produzido! Todo sistema de som deverá ser “Flat” ou seja, o mais alinhado possível. A qualidade do som do teclado é apenas uma, você precisa ter algo condizente com isso, cabos de qualidade, sistema de som de qualidade.
    Será assim com qualquer instrumento. Nada vai soar bem em uma caixa multiuso.

    fernando tecladista
    Veterano
    # 08/jun/19 20:02
    · votar


    essas caixinhas não soam bem, pra teclado pior ainda

    amplificador pra teclado tem que ter no minimo um falante de 12" uma alegria em um falante de 15" e até dá pra tirarr um de 10", menos que isso é só pra estudo e não é pra se levar consideração a qualidade

    kokada
    Veterano
    # 10/jun/19 08:57 · Editado por: kokada
    · votar


    Soulzard
    O timbre que vc ouve no youtube é sempre melhor - diferente quando vc liga o teclado numa caixa amplificada, que aí vai depender sim da qualidade do amplificador.

    Eu recomendo ligar em stereo, porque tem timbres que tem efeito de PAN (os pianos elétricos principalmente), que fazem a diferença.

    Eu não conheço esse amplificador que vc ta usando - parece daqueles que servem pra tudo. Eu recomendo no caso de teclado, usar 2 monitores ativos de estúdio, que reproduzem o som mais fiel possível do instrumento. Os mais famosos (e mais caros) são os da Yamaha da série HS - pode começar pelo HS5: Link para o site

    Preço do HS5 na Teclacenter: Link

    Tem várias marcas tb: Roland, KRK, Alesis, etc...

    O meu é um da marca ESI nEar 05 (a maioria não conhece essa marca), que dá bem pro gasto e é mais em conta - veja um par usado do modelo mais antigo dele: Link

    kokada
    Veterano
    # 10/jun/19 09:11
    · votar


    fernando tecladista
    só vc é sobrevivente das antigas heim... esse forum tá bem paradão né? Vc não quer começar um grupo no Facebook? Procurei grupos de tecladistas por lá, mas todos estão largados, a marioria só com vendas! Podia montar por lá e divulgar aqui...

    acabaramosnicks
    Membro Novato
    # 10/jun/19 09:12
    · votar


    Cara, eu tenho um par de "monitores" da Edifier, puta som de qualidade. Os Yamaha HS eu não sou fã, mas tem muita gente que gosta. Sou mais os KRK, esses sim são daora memo.

    kokada
    Veterano
    # 10/jun/19 09:18 · Editado por: kokada
    · votar


    acabaramosnicks
    Pq vc não curte os da Yamaha? E qual modelo da Edifier vc tem? Eles são bem mais em conta né?

    Casper
    Veterano
    # 10/jun/19 09:21
    · votar


    Em uma cadeia de equipamentos,
    a qualidade final depende de todos
    elementos, e geralmente a qualidade
    final é determinada pelo elo de menor
    qualidade.

    Isso para qualquer coisa na vida.

    Caro acabaramosnicks:

    Me desculpe a sinceridade, mas Edifier é bem marromeno.
    Alguns Yamaha HS são excelentes (o HS8 8" é um dos
    melhores custo benefício do mercado).
    E KRK é um lixo, a série toda.

    Synth-Men
    Veterano
    # 12/jun/19 16:29
    · votar


    Me desculpe a sinceridade, mas Edifier é bem marromeno.

    Sinceramente, dos baratos "marromeno" entre Edfier e Kurzweil eu iria no monitor Kurzweil.

    Ismah
    Veterano
    # 12/jun/19 18:33 · Editado por: Ismah
    · votar


    Casper
    Edifier é bem marromeno.
    KRK é um lixo, a série toda.

    Pois é... Mas lembre que nosso amigo que ficou sem nick, pode não ter a experiência/vivência para discernir isso... Indo mais além, as referências podem não ser boas... Pouca gente gosta de som "flat", e por motivos diversos.
    Medir um sistema é extremamente complexo, mesmo com certo know how, eu não tenho meios de fazer isso. Precisaria aceitar que o mundo não é perfeito e me virar assim.
    Outro ponto, é que nem existe viabilidade de um som realmente flat. Os melhores monitores do mundo, estão sujeitos ao ambiente e coisas assim. Aparecem LPF generosamente altos - até por limitações de potência, AF e demais... Geralmente os excelentes respondem bem de 70 Hz até 18 KHz...

    No contexto do problema, tudo coopera. Inclusive a falta de fidelidade no áudio dos vídeos do U2B... É visado inteligibilidade mínima, dentro da viabilidade de transmissão - ou seja, geralmente aquém de um MP3 128 kbps

    fernando tecladista
    Veterano
    # 12/jun/19 20:34
    · votar


    kokada
    Outro dia fazendo limpa no HD encontrei uma foto da expomusic, onde esta você

    De synth Tem uns grupos bacanas em whatsapp
    Ou procura um grupo no facebook com nome de "casio lovers" esse é meu, ai pelo menos fica o contato

    Synth-Men
    Veterano
    # 13/jun/19 14:37
    · votar


    Ismah

    pode não ter a experiência/vivência para discernir isso...

    Isto conta muito.

    Eu por exemplo, fico muito satisfefeito com um Monitor de 70Hz a 20Khz, para dentro do meu quarto. Até mesmo porque tenho a ciência que ninguém vai ouvir o meu baixão de 50Hz e o meu agudão de quase 30Khz no aparelho de som de suas casas, celulares, caixinhas xing-lig e fones de ouvido.

    Mas este é apenas um dos meus critérios. O que mais me preocupa mesmo é algumas marcas vendendo caixas de som melhoradas, como monitores. Mas ai cai novamente na sua citação: "...experiência/vivência para discernir isso"

    Mas, com qualidade e sem qualidade, não é relativo em alguns quisitos. Já caracteristicas sim.

    Quem não tem instrumentos para fazer medições técnicas e não vai fazer nada profissional, pode ser basear nos dados técnicos da aparelhagem, tranquilo. Mas ai, tem que no minino fazer uma pesquisa básica sobre o porquê e para que a aparelhagem existe.



    Mas agora voltando para a solicitação do amigo que abriu o tópico. Creio que um Juno DS merece sim um monitor de referência, ao invés de caixas amplificadas.



    1 - Será que devo adquirir uma mesa de som, usar o teclado em stereo ou trocar de amplificador (ou tudo isso junto)?


    Mano, esquece trocar o Juno DS. Se você colocar um Nord Stage em uma caixa amplificada qualquer, vai ver a bosta que vai ficar. A coisa mais horrivel e bizarra de ser ver é ouvir um Nord em banda de Shopping. Só Deus na causa.

    Mano! Se você quer um som bom do teclado, comece hoje mesmo a catucar nas ediçoes dele. Aprenda sobre cada efeito e o que eles fazem no som. Dificilmente um efeito faz o que você não quer, se sim, é por que você não sabe por que esta utilizando. Leia os manuais, veja a lista de efeitos e pesquise sobre o eles fazem. Ai você poderá começar a raciocinar sobre edição de timbres.

    Mesa de som? Só será mais uma gambiarra que o sinal enviado terá que atravessar. Além disto, vai comprar essas mesas que os componentes é um mix de ferro, aluminio, latão e reciclados. Com o tempo, só vai piorar a situação.

    Não importa se o teclado está em mono ou estereo. O som será sempre o mesmo. O que pode interferir é o meio por onde está sendo transmitido e o fim que está transmitindo o sinal.

    Caixa amplificada, tem que ser especifica para teclado. Para dentro de casa, é 10 polegadas. Mas acima disto, já começa a ficar encomodo, pelo tamanho, potencia e volume. Para começar a ficar legal, caixa amplificada é a partir de 12 polegadas. Essas caixas abaixo de 10 polegadas, não espere nada delas.

    Em um monitor de referência (mesmo os mais baratos até $2000 bolsomitos), poderá ter ouvidos mais sensiveis as ediçoes dos timbres e aos timbres nativos do teclado.

    Tá duro, sem grana? Tem várias marcas, mas Edifier deixaria por último.




    2. Podem me indicar um amplificador melhor só para este fim (utilizar com o sintetizador)?

    Se você não quiser monitores de referência, sugiro os amplificadores Roland, Behringer ou Peavey (na ordem de prioridade que você quiser). Os caras fazem caixa amplificada para teclado mesmo, de verdade. Mesmo as abaixo de 10 polegadas.

    Se tiver sem grana, sugiro os monitores de referência. A desvantagem dos monitores de referência é a potência para tocar em público, caso haja esta possibilidade.

    Ismah
    Veterano
    # 14/jun/19 22:57 · Editado por: Ismah
    · votar


    Pois é amigo sintético... Volta e meia aparece alguém querendo que eu meça o seu som - não tenho, mas alugo o equipamento se necessário.
    Aí a primeira pergunta é: o que tu quer medir? Normalmente a resposta é a mais confusa possível... Resumindo: não tem sentido a procura, quando não se sabe o que é que estamos procurando...

    Realmente, temos um boom de caixinhas bem "marromeno", vendidas como "monitores"... Encaro que é a resultante do que se paga...
    Nessa aplico a filosofia de que "todos os dias um bobo e um esperto saem de casa querendo se dar bem, quando os dois se encontram, é negócio na certa"...
    Ainda assim, falam que os NS10 são tão ruins, que se soar bem neles, vai soar bem em qualquer sistema...

    Honestamente, fone é sempre duvidoso, mas eu sinto falta... Um bom fone de uns 500 pila usado, é melhor para mim... Sai mui mais barato, do que tratar toda uma sala, posicionar os monitores e blá blá blá...
    Sem isso, uma Genelec ou a corneta do carro de pamonha, é meio seis por meia dúzia... Claro, se faz algo consistente, eliminando/atenuando os pontos fracos, mas é isso...

    Estou indo para os estudos de comportamento de massas de ar enclausuradas. A primeira coisa que aprendi é que uma sala, se comporta como uma caixa de som, onde o volume X ressona a uma frequência Y... Para 100 Hz, já precisaria uma sala com pé direito de 3,5 m, 50 Hz de 7 m... Ninguém tem isso...

    Soulzard
    Membro Novato
    # 21/jun/19 20:24
    · votar


    Acredito ter entendido mais do que procurava, pessoal. Obrigado!

    Utilizei com dois cabos (agora no estéreo) e também testei com cabo RCA. Não houve diferença. Em uma visita a uma loja especializada, não encontrei amplificadores como os indicados pelo Synth-Men (Roland, Behringer ou Peavey), mas vi diferença ao utilizar monitores. Acredito então que eles serão minha próxima aquisição.

    Sim, kokada, este é meu maior problema na atualidade: editar um som em mono em uma caixa de baixa qualidade em casa e no ensaio ou na própria apresentação o timbre soar diferente do editado, não somente por estar em estéreo, mas também pela qualidade do amplificador, pelo que notei...

    ThyagoAmaral, como já disse para os demais colegas na presente postagem, vou tentar sim alinhar tudo da melhor forma possível, deixando de ser pão duro na medida do possível.

    Synth-Men
    Veterano
    # há 13 horas
    · votar


    Acredito ter entendido mais do que procurava, pessoal. Obrigado!

    Não espere tirar um som do seu teclado, como na demonstração do fabricante. O video do fabricante foi para estudio e foi tratado com os devidos cuidados, para que o som saisse da melhor forma para os telespectadores.

    Mas você pode utilizar a qualidade de som que ouviu como referência. Depois é correr atras dos equipamentos que irão fazer o seu som sair com a qualidade de sua referência.

    Bandas, ensaios e shows, o négócio é caixas amplificadas especificas para tal fim mesmo. O negócio é a galera regular os volumes e você ir aprendendo a tirar o melhor som da sua caixa, já que o teclado já vem basicamente com sons prontos.

    Eu por exemplo tenho cubos de violão(6,5pol), guitarra(8pol), baixo(10pol). Para o meu teclado eu utilizava um Woofer de pequeno porte, com + 2 falantes de 4 polegadas. Para dendro da minha casa, isto tudo era perfeito, pois eu sempre procurei extrair o melhor som dos meus equipamentos, mesmo tendo outras referências de qualidade.

    O Woofer pegava na faixa dos 50-60Hz a 8Khz e 2 falantes chineses que complementavam algo entre 5khz e 16khz.

    Por que eu estou usando termos basicamente técnicos (basico é tudo que eu sei). Por que nesta faixa eu sei o que posso realmente ouvir e que nada que eu tinha iria ultrapassar estes limites.Depois sim eu comecei a correr atras de qualidade.

    Se você entender o básico disto, vai saber otimizar o seu som e deixar vários técnicos de som felizes, pois falarão a mesma linguagem.

    Por exemplo uma caixa de teclado de 15 polegadas pega na faixa de 48Hz a 6Khz. Os tweets vão na faixa dos 4Khz a 20Khz (cê nem vai precisar disto tudo), dando enfase a determinadas faixas, dependendo do volume.

    Com o equalizador da caixa, você poderá ponderar, atenuar, intensificar destacar e suprimir várias destas faixas de frequencias. Talvez é bom você também aprender basicamente sobre isto.

    Boa sorte meu caro!

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a A qualidade de sintetizadores é dependente de aplificadores? Qual utilizar?