Dúvida sobre aprendizado no piano

    Autor Mensagem
    Soluco
    Membro Novato
    # 23/fev/19 02:52


    Há pouco mais de um ano e meio que eu toco teclado/piano ( o piano mais recentemente ) e, por estar numa cidade pequena e por poucas condições financeiras decidi aprender eu mesmo, no início só por diversão, mas comecei a ficar mais sério. Desde então, tenho aprendido músicas que eu gosto, as vezes me atrevo a "experimentar" alguma música acima do meu nível, como a Balada no 1 em Sol menor de Chopin, mas atualmente consigo ler partituras, decorar rapidamente a música, aprender facilmente Bach, Mozart e os Noturnos de Chopin, mas sem ter um repertório vasto, já que o teclado que utilizei grande parte do tempo só possuía 4 oitavas. Entretanto, gostaria de melhorar meu desempenho e não sei se posso continuar fazendo o que faço (apenas tocar), ou devo organizar alguma disciplina de estudo de exercícios como Hanon, Czerny, sendo que vi que existem pianistas que nunca utilizaram nenhum exercício de técnica. Caso a segunda opção seja a melhor, quando eu devo utilizar os exercícios, quais deles e qual repertório musical eu devo adquirir. Obrigado!

    fernando tecladista
    Veterano
    # 23/fev/19 16:55
    · votar


    sendo que vi que existem pianistas que nunca utilizaram nenhum exercício de técnica

    existem pianistas e tocadores de piano, há diferenças

    Soluco
    Membro Novato
    # 23/fev/19 17:13
    · votar


    existem pianistas e tocadores de piano, há diferenças

    quais seriam?

    Insufferable Bear
    Membro
    # 23/fev/19 17:57
    · votar


    Meu professor nunca me passou esses estudos mecânicos, a crítica dele sempre foi focada na performance e os problemas mecânicos que ele vem identificando não seriam resolvidos com isso. Talvez seu caso seja diferente e você ganhe algo com esses métodos, mas acho que só um professor mesmo pra diagnosticar suas deficiências. Às vezes mesmo uma aula pelo Skype já ajuda.
    Mas enquanto não der, continue se divertindo, sei lá, se você tá tocando Chopin acho que problemas mecânicos vão ser o de menos, entenda melhor como interpretar uma peça e trabalhe os detalhes, olha se não tem uma nota saindo mais alta do que deveria, se a melodia soa mais alto que as outras texturas, se você está respeitando o fraseado e respiração indicados pela partitura, etc. Eu to há 6 meses no primeiro movimento de uma sonata do beethoven e ela ainda tá longe de ser concluída.

    Ismah
    Veterano
    # 23/fev/19 23:00
    · votar


    Infelizmente, a limitação técnica é um problema... Sinto bastante dificuldade ao sentar no Privia que volta e meia trabalho, por ter só um Cásio de entrada...
    A sensibilidade, o tamanho e resposta das teclas é complicado... O mesmo para se escutar, a mão esquerda está calibrada mais forte, dado a baixa resposta de graves.

    Não quero dizer que precisa investir 150 mil doletas num piano de cauda 4/4, mas que infelizmente há diferenças bem nítidas e afetam o desempenho. Existe a opção de parar de tocar e ficar reclamando, ou estudar em cima do que se dispõe hoje. rsrs

    Os "problemas" citados, no geral, é muito mais questão de adaptação a um novo instrumento, que de técnica de execução.

    Penso que qualquer exercício é sempre bastante válido, indiferente a finalidade. Se ele vai te tornar um músico melhor, ensinar ou aprimorar uma nova habilidade, aí é outra novela...

    Se gravar e ouvir é algo bastante importante, mas é preciso de senso crítico - coisa que nem todo mundo consegue ter sobre si mesmo.

    BrotherCrow
    Membro Novato
    # 23/fev/19 23:24
    · votar


    Ismah
    Não quero dizer que precisa investir 150 mil doletas num piano de cauda 4/4
    Que isso mano, aqui na Embaixada tem um Steinway M que eu acho incrível. Acho que custou ums 50 mil poucos anos atrás. Tem piano contemporâneo de 150 mil? Ou é mais pra pianos "históricos"?

    Ismah
    Veterano
    # 23/fev/19 23:29
    · votar


    Ah cara, deve ter... Tendo alguém disposto a pagar, sempre terá o que justificar rsrs
    Mas no caso, foi mais figura de linguagem...

    BrotherCrow
    Membro Novato
    # 23/fev/19 23:37
    · votar


    Ismah
    Só curiosidade mesmo. Não entendo nada de piano, sou guitarrista e brinco com teclado de vez em quando. Mas quando fui ver o piano (porque precisava fazer uma licitação pra contratar um afinador pra ele) bati um acorde e fiquei abismado, porque nunca tinha ouvido um piano de alto nível tão perto. Imaginei que seria parecido com plugins de piano que são baseados no Steinway M, mas ao vivo é absolutamente outra coisa. Antes desse Steinway a embaixada tinha um C. Bechstein...

    Soluco
    Membro Novato
    # 24/fev/19 01:42
    · votar


    A minha questão é se dá pra chegar a tocar peças de alta dificuldade técnica apenas tocando, ou se necessita de alguma disciplina

    Soluco
    Membro Novato
    # 24/fev/19 01:44
    · votar


    disciplina de estudo, utilização de exercícios técnicos e tudo mais...

    Ismah
    Veterano
    # 24/fev/19 22:58
    · votar


    O exercício por definição, é uma atividade focada em desenvolver alguma habilidade específica. O que permite maior concentração, e por consequência, observação e correção de erros / dificuldades...

    Habitualmente funciona melhor com exercícios refinar as habilidades, mas sem eles também é provável. O quanto é possível, aí já é discutível...
    O que já observei, é que algumas pessoas tocam uma ou outra peça difícil, mas na prática sabem aquela peça. Saindo dela, digamos para uma improvisação, tem dificuldade ou nem conseguem encaixar. O primeiro caso, é o mais comum. Basta decorar os movimentos em ordem, e tudo bem. Funciona bem até querer apenas imitar. Na hora que vai de se expressar a coisa muda... Nada errado nisso, é algo recorrente mesmo, mas aí já vem o quão fundo tu quer ir no instrumento, quão técnico quer ser... E por aí vai...
    É uma aposta, que tu decide...

    Ken Himura
    Veterano
    # 26/fev/19 22:04
    · votar


    Tem piano contemporâneo de 150 mil? Ou é mais pra pianos "históricos"?
    Tem. Da Steinway mesmo, os models C e D começam em 150-200 mil Reais os desse ano; mais velhos (em excelente condição) são mais caros. De outras marcas, você encontra pianos de nível parecido por essa faixa.

    Soluco
    No mínimo, estude escalas.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Dúvida sobre aprendizado no piano