::::: Jam Impakto - Resultado :::::

Autor Mensagem
silvG8
Veterano
# nov/12 · Editado por: silvG8


Gostaria de agradecer pela participação de todos os colegas nessa jam. Fiz uma mixagem bem rapidamente porque estou meio sem tempo hoje.

Acho que não pequei em muita coisa, talvez na ordem dos solos... essa foi a minha maior dificuldade, escolher ao certo os solos que se seguiriam. Dei uma modificada no volume de todo mundo, no geral um pouco para menos, inclusive o meu - tentei igualar todos em termos de volume, mas posso ter falhado porque tentei igualar o volume mais alto de cada participação. De qualquer maneira, aí vai o resultado!

http://soundcloud.com/synthway/jam-impaktor-resultado/s-L0XxY

00:00 - Intro
00:18 - Casper
02:13 - Die Kunst Der Fuge
03:57 - Edson Caetano
05:42 - overlappingcircles
07:34 - waltercruz
09:22 - silvG8


Gostei bastante do resultado de todo mundo. O legal foi ver várias idéias completamente diferentes... muito bom mesmo! Parabéns a todos!!

Já vou comentar sobre cada um individualmente porque está fresco na cabeça...

Casper
É o que mais se aproximou à sonoridade que imaginei em termos de tonalidade/alegria na música. Gostei bastante dos sons individualmente e também do solo, embora em algumas partes tenha ficado "perdido" (não foi bem isso, mas não sei explicar). Mixagem bem equilibrada. É bem semelhante a algo que eu faria e que inicialmente estava pensando... quando recebi pensei: "pqp, vou ter que inventar outra coisa". Gostei!

Die Kunst Der Fuge
Um dos mais diferentes... gostei de ter conseguido mudar tanto a sonoridade da BT. Os acordes tensos ficaram bem legais. Acho que poderia ter explorado umas sonoridade mais exóticas com a guitarra, principalmente de efeitos mais extremos. Na parte musical ficou excelente e fugiu bastante de tudo que imaginava. Na mix senti falta de graves mais pesados... a galera aqui gosta dos graves! Hehehh!

Edson Caetano
Amigo, apenas críticas construtivas... gostei do início e até da sonoridade escolhida para as partes, só acho que em termos de musicalidade faltou alguma coisa. A partir de certo ponto as idéias ficaram meio desconexas. Em termos de adaptar o iPad ao PC sem ruídos, depois a gente conversa direitinho... não acho que isso foi um "deal breaker". Em termos mais gerais, os sons foram bem escolhidos... só faltou um pouco mais de musicalidade.

overlappingcircles
Gostei da maior parte. Musicalmente ficou bem interessante, principalmente a parte do início. Os sons foram bem escolhidos e a mixagem v2.0 ficou boa. O que posso fazer de crítica é o fato de ter usado um VST de guitarra (??) ou similar, que ficou com um som bem "pobre" no ponto alto da mix. Poderia ter explorado um baixo mais agressivo, a la Skryllex ou bem distorcido - o resultado seria infinitamente melhor. Os solos de piano poderiam ser um pouco mais variados e ficaram com um ar de improviso repetitivo.

waltercruz
Parece bastante com a trilha sonora do Tron (música "The Grid"), pelo menos a parte inicial. Essa participação sua ficou sensacional! Inicialmente deu uma sonoridade muito especial... colocou uns pianos com efeitos que enriqueceram bastante a participação, assim como os arpejos do final e a voz. Enfim, tudo muito bem escolhido. A única crítica que tenho a fazer é que apagou muito a BT. Mesmo assim é possivelmente a participação mais interessante em termos de modificação.

silvG8
iPad & Animoog / Logic 9 Pro
A idéia inicial foi a linha dos baixos na segunda parte. A partir daí fui adicionando tudo. Toquei tudo no iPad, diretamente na tela, e criei a medida que encontrava uma sonoridade que me agradasse. Na verdade o iPad, e mais especificamente o Animoog, me surpreendem quando vejo um resultado como esse. Gostei da minha participação...

Minha intenção quando vi a BT pronta era utilizar algumas vozes ao estilo coral com vozes africanas, flauta, etc. Tive um problema com meu pendrive e perdi muita coisa que tinha criado com o V-Synth GT e fiquei desanimado para criar os sons novamente. Acabei optando pelo iPad por ser uma solução mais fácil pra mim...

viktor 999
Veterano
# nov/12
· votar


Vou ver se começo a participar também..ficou Muito bom Gostei muito da parte do Die Kunst Der Fuge , que está de parabéns , não apenas ele com todos. já pensaram em fazer algo tipo meio clássico tipo soundtrack .

overlappingcircles
Veterano
# nov/12
· votar


A minha pior participação de sempre, hehehe, é o que da fazer as coisas correndo!!! para a proxima melhora. Mais tarde escuto e comento.

vadimVladimir
Veterano
# nov/12
· votar


Caramba muito legal mesmo, mas a do Waltercruz ficou fantástica !!!

makumbator
Veterano
# nov/12 · Editado por: makumbator
· votar


silvG8

Baixando! Em breve comento.

EDIT: Seria legal ter colocado o resultado final em mp3 ao invés do arquivo em wave, pois fica mais prático para quem gosta de baixar (como eu).

Edson Caetano
Veterano
# nov/12
· votar


Casper - se me der um som as escuras, eu tenho certeza que irei acertar qual é a sua parte, sua levada rítmica é fantástica, puro feeling, qual sabe um dia eu deixe de ser tio e vá para veio Edson e com sorte chegue perto destes resultados

Off1 - estou com uma prima em Miami e vou pedir um analógico barato para ela, quase que o mopho já entrou no jogo, se tiver alguma sugestão de 300 doletas e que esteja a venda nas grandes lojas tipo guitar center e Sam Ash, porque a guria é leiga, tem que ser tiro certo Hehe

Die Kunst - o clima tenso incial das suas guitarras sao a melhor parte da Jam, depois os elementos eruditos, o baixo desempoeirado, muito bom mesmo... Gostaria muito de ver voce mais vezes aqui nos Keys

Overlapping - correria louca deve estar, mas a sua Jam nao teve nada de ruim, acho muito difícil encaixar pianos nestes ritmos, e você fez com tranqüilidade, muito bom e as guitarras pesadas deu gosto

off 2 - cara preciso daquela batera sua em separado tem o arquivo? Ou agora eu tenho a base pronta, dá para fazer ainda a seu gosto? Queria tentar fechar até fim de novembro... Please hehehe só para dar mais correria ainda

Edson - então, fazer tudo em um tablet foi um desafio, falta a pegada das teclas, mas tenho certeza que minha sonoridade mudou mesmo que tenha sido muito repetitivo, muito interessante a plataforma, certamente vou fazer novamente e melhorar ainda mais

off 3 - Igor depois vou conversar mesmo sobre o acerto de volumes entre os apps, não foi determinante porque na tua mix camuflou bastante os ruídos

Walter - mestre das vozes, demais, teu som é perfect... Se um dia for a Bsb quero ouvir isso aí ao vivo, um climão digno de qualquer trilha, já sou teu fã amigo

Igor - e agora Hehe fiquei sentindo falta do seus Megas timbres matadores do GT e do LP, mas o animoog não ficou muito atrás, fantástico o que dá para fazer com algo tão pequeno, colocou muito menos elementos do que eu e ficou melhor, ou seja, a simplicidade realmente é um ótimo caminho

Aos demais - o que estão esperando para participar Hehe, é muito bom

Parabéns a todos, e que venha a próxima
Tenho uma BT na cabeça, quem sabe daqui umas duas Hehe

waltercruz
Veterano
# nov/12
· votar


Baixei aqui pra ouvir, daqui a pouco eu comento.. De repente eu lance uma BT daqui uns dias.

silvG8
Veterano
# nov/12
· votar


overlappingcircles
De vez em quando não estamos com pressa né!? O problema é que a correria faz parte da vida de todo mundo. Sua participação não ficou ruim como pensa... não deu pra manter a qualidade de sempre, mas continuou bom!

makumbator
Esperando os comentários... :)
Esperando também a participação em uma de nossas jams!! Heheh...

Edson Caetano
Obrigado pelo comentário amigo Edson. Eu honestamente consigo achar o Animoog tão interessante quanto qualquer outro instrumento... em termos de som, acho que nada do que já usei tem o peso do Phatty, mas mesmo assim é possível conseguir resultados extraordinários com qualquer instrumento, basta saber o que quer.

a simplicidade realmente é um ótimo caminho
Com toda certeza! Estou aprendendo isso a cada gravação que faço. Antes me lembro de sempre querer "fritar" em cada uma das jams... hoje tento criar algo mais musical!

vadimVladimir
Tenta participar na próxima! É bom ver um pessoal diferente por aqui.

silvG8
Veterano
# nov/12
· votar


waltercruz
Esperando a BT... :)

Tenho esperado bastante coisa ultimamente né? Hehehh!

waltercruz
Veterano
# nov/12
· votar


Casper
Gostei, a parte rítimica tem uma certa ginga bem interessante e os synths comendo tudo! Essa frasesinha do synth 'moog' é bem chiclete. Normalmente eu tenho um certo problema na parte melódica, admiro esse traço nos outros. A trilha do Casper com certeza é uma das que tem uma característica aqui já. E não descaracterizou a BT tanto quanto eu :)

Die Kunst Der Fuge
Que sequência de acordes dminutos animal. Eu gosto muito desses acordes dão um clima de tensão e expectativa muito legais. Depois a parte 'neo-clássica' ficou demais.. Bachiana, eu diria? Synth-bach. A parte que vc dobra a 'melodia' com a guitarra wah é bem bacana

Edson
O Edson aos poucos tá criando um estilo. eu gosto MUITO desse synth que faz esses acordes com sétima maior. Sério, fiquei com inveja desse timbre. Mas depois não sei.. acho que as idéias ficaram confusas. Mas imagino que deva ser muito complicado coordenar as coisas num ipad não?

overlappingcircles
gostei dessa melodia da entrada e acho muito loco esse synth que fica variado o resonance, confere? Mas acho a passagem pra parte b um tanto abrupta. Não sei. Eu teria colocado um delay nesse piano. Os mano pira num delay! Final bem melancolicozão!

waltindead
respondendo ao silvG8, eu ia descaracterizar AINDA mais a BT. Quando, no outro post, eu disse que tinha uma beteria a refazer, na verdade tirei toda uma bateria que tinha na primeira parte, deixando só a BT mais pura (equalizada e um pouquinho comprimida). Achei que ficou bem melhor do que o que eu tinha planejado antes.

silvG8
Gosto muito dessa! Começa bem vazio e de repente aparece esse baixao com a melodia, e esse synth-agudo meio ebow, um dialogo muito doido entre os dois!

waltercruz
Veterano
# nov/12
· votar


Se alguém tiver curiosidade, a voz feminina que eu usei no final é da Tonehammer Forgottem Voices - Cait. Aliás, a Tomehammer acabou e se quebrou em duas, 8dio e soundiron e quem ficou com a série Forgotten Voices foi a 8dio.

http://8dio.com/?btp_product=forgotten-voices-cait

waltercruz
Veterano
# nov/12
· votar


vadimVladimir
valeu pelo elogio! Aproveita que vc está estudando as DAWs aí e entra na próxima jam. Acredite, estamos aqui todos em processo de evolução e eu posso dizer que só evoluí aqui.

makumbator
Veterano
# nov/12 · Editado por: makumbator
· votar


silvG8

Acho que já participei de uma jam do Casper, que se não me engano foi aqui no fórum de teclado, não foi?

Bem, vamos aos comentários:

Casper

Gostei muito da linha de baixo, tanto do timbre quanto a melodia propriamente dita! Logo na primeira nota da sua parte lembrei da trilha sonora daquele fime dos anos 80, Um tira da pesada (com o Eddie Murphy)! Hhsahsahas! Bem legal, gostei também da forma como você terminou, retirando os elementos.

Die Kunst Der Fuge

Acordes misteriosos no início, que contrasta com a linha de guitarra limpa que se segue (que é meio cômica, mas de modo contido).

Adorei a guitarra com drive que faz o acompanhamento em ostinato logo na segunda parte (e notei uma limpa de fundo também né?), mas a melodia da guitarra principal é ainda mais expressiva.

Abusou dos efeitos hein? Muito show! Adorei! Parabéns!

Gostei da transição entre a sua parte e a do Edson Caetano.

Edson Caetano

Você fez tudo no ipad? Não sei se foi esse fato, mas te achei menos criativo nessa participação do que de costume. Ficou legal, mas sempre espero mais de você...hehehe!

overlappingcircles

Muito bom! Me lembrou umas coisas que eu gravava com um amigo tecladista (ele no teclado e eu no baixo com distorção) há "mil anos atrás". Era esse mesmo clima! Sua base me levou de volta à metade dos anos 90! Hashsha! A gente usava a batera do teclado mesmo e ia improvisando uns lances assim só de brincadeira.

waltercruz


A transição entre a sua parte e a anterior ficou a mais perfeita, quase como se soubessem o que o outro fez. Você investiu nos climas no início (meio Blade runner), mas quando entra o vocal mudou bastante!

silvG8

Na minha opinião você se saiu melhor no ipad que o Edson...hehehe! A maneira de entrar os elementos foi bem legal. Normalmente a gente quer colocar tudo de uma vez, e esquece da importância da sensação de vazio com poucos elementos. Gostei!

A todos:

O mais interessante é que cada participação ficou bem diferente uma das outras, o que é sempre bem legal! Acho que gostei um pouco mais das participações do Die e a do Over, mas o nível foi bem alto.

Parabéns galera!

Edson Caetano
Veterano
# nov/12
· votar


É eu fiz tudo no iPad, ou melhor só os synths, a gravação foi no Sonar como de praxe através da Audiobox, é diferente sim, mas dá para ir alem, muito alem...

Mas vou parar de ser mala Hehe, jogar ele no controlador e ir mais para cima dos timbres do que tentar se virar na tela touch, e algo que esta vindo a cabeça a tempos, inserir algo de cordas, os amigos colocando guitarras, baixo, está dando vontade...


makumbator
Pode deixar que eu vou caprichando mais, até eu me surpreendo do nível rídiculo de um ano e pouco atrás e o de hoje, mas vai ficando mais díficil manter a regularidade Hehe

makumbator
Veterano
# nov/12
· votar


Edson Caetano

Você já viu a DAW para ipad da PSP Audioware?

http://www.pspaudioware.com/auria/

Die Kunst der Fuge
Veterano
# nov/12 · Editado por: Die Kunst der Fuge
· votar


00:00 - Intro
00:18 - Casper

Simplesmente sensacional, jovem Casper! Sempre piro nos seus sons.
Adorei sua versão, timbres super interessantes, a linha grave bem cativante, melodia muito legal. Sem contar sua mix que soou divina!

Sua sonoridade me remeteu a algo da infância que eu ainda não consigo lembrar, cara, mas desperta algum sentimento bem feliz, acho que é algo relacionado a vídeo game, mas sei que também me lembrou Rei Leão, qando eu lembrar eu posto.

Só sei que adorei!

02:13 - Die Kunst Der Fuge

Usei:

Guitar Condor Les Paul > Behringer Guitar Link > Reaper > Th2 overloud

Contrabaixo Strinberg > Behringer Guitar Link > Reaper > Guitar Rig 4

Meu solo pode ser dividido basicamente em quatro partes:

Na primeira parte usei uma escala octatônica, fazendo uma linha de baixo simples e, seguindo o baixo, na guitarra fui arpejando os acordes diminutos que se formam quando você harmoniza a escala em terças.

Na segunda parte fui pro tom de Lá menor, fazendo uma progressão manjada em ciclo de quartas. Nessa parte uma guitarra faz um solo enfatizando a tríade dos acordes. Uma segunda guitarra faz um tapping de duas notas, sempre pertencentes aos acordes soando no momento, porém a sequência de notas do tapping foi escolhida para que as trocas das notas tocadas fossem poucas (uma nota pra cada troca de acorde, a outra nota é mantida) e sempre para notas vizinhas, conforme os acordes fossem mudando (deu pra entender? É só condução de vozes ehehe). Tem uma terceira guitarra, com phaser no fundo, batendo bem seca a tríade da progressão dos acordes utilizando o ritmo do barulhinho alegre da BT (que acabou sendo engolido e incorporado pela guitarra).

Na terceira parte volto pra escala octatônica, botei umas guitarras abafadas dobrando o baixo, fiz um arpejo com dois acordes diminutos no fundo e um solinho distorcido usando essa escala (pouco inspirado esse solinho, por sinal).

Pra parte final volto para o mesmo ciclo de quartas da segunda parte, só que dessa vez no tom de Ré menor. Uma guitarrinha arpeja a tríade e a guitarra solo com phaser acompanha a progressão pela seguinte lógica: um padrão de arpeggio da tríade seguido de uma escala descendente com um pedal point, a nota pedal é feita com um tapping (mais pra facilitar do que pela sonoridade, confesso). Nisso vai seguindo o ciclo, até que quando voltaria para o Ré menor, encerro tocando um acorde diminuto seguindo o ritmo do barulhinho alegre da BT.

Tá aí uma explicação sobre como eu penso as coisas. No geral gostei da minha participação, mas fiquei insatisfeito por não ter feito um tema que unificasse todas as partes, pois isso é uma coisa que gosto e busco.

03:57 - Edson Caetano

Sua versão teve vários timbres muito interessantes e idéias legais e bem diferentes uma das outras, mas no geral as diferentes idéias não me pareceram interconectadas, acho que faltou uma unidade, coesão.

05:42 - overlappingcircles

Achei o seu excelente também! A entrada casou todo um suspense e preparação na medida para a entrada triunfal da guitarra e do piano, seguido por um ótimo riff! Adorei sua participação.

E como é que tu me diz que essa foi sua pior participação? Tá querendo levar os outros à depressão? =/ Depois bora pegar esses riffs aí e fazer uma música =]

Uma coisa em especial que gostei do seu som é que não se rendeu à alegria que a BT sugeria.

07:34 - waltercruz

Muito foda, cara!! Também começou com um clima de suspense/preparação na medida! Digno de qualquer trilha sonora profissional, quando entrou a voz foi demais, muito bom, muito musical, adorei, você poderia aproveitar essa idéia e fazer uma música inteira com ela.

09:22 - silvG8

O pai da criança! Ficou muito bacana seu som, você foi bastante criativo na utilização dos timbres e explorou uma sonoridade por um caminho completamente diferente de todos os outros participantes.

Geral:

Galera, sensacional esta Jam! Gostei muito, todo mundo fez bonito, foi divertido, foi estimulante, foi demais \o\

Da minha parte, uma coisa maneira de participar aqui é ver como vocês têm uma maneira de pensar a música que nunca me ocorreria! Mesmo os caras que também tocam guitarra, como o jovem Casper e o overlapping, têm umas sinistras que nunca me passariam pela cabeça. Espero absorver isso de vocês participando mais das Jams aqui.

----------------------------------------

silvG8
Um dos mais diferentes... gostei de ter conseguido mudar tanto a sonoridade da BT. Os acordes tensos ficaram bem legais. Acho que poderia ter explorado umas sonoridade mais exóticas com a guitarra, principalmente de efeitos mais extremos. Na parte musical ficou excelente e fugiu bastante de tudo que imaginava. Na mix senti falta de graves mais pesados... a galera aqui gosta dos graves! Hehehh!

Fico feliz que você tenha gostado. Ehehe sobre os efeitos, dê um tempo que eu vou me soltando da ortodoxia timbrística do mundo das guitarras, já dei uma melhorada em relação à minha última Jam aqui das teclas.

Fico muito feliz também por ter gostado da parte musical, e especialmente por dizer que fugi do que imaginava, ahaha pois é essa sensação que eu tenho quando ouço tudo que vocês fazem.

Sobre graves, entendo perfeitamente, meu fone é bem mascarado nos graves, aí acaba me prejudicando, não tenho uma boa monitoração, ah, e também sou um completo analfabeto em mixagem =P

viktor 999
Gostei muito da parte do Die Kunst Der Fuge , que está de parabéns

Muito obrigado o/

Edson Caetano
Die Kunst - o clima tenso incial das suas guitarras sao a melhor parte da Jam, depois os elementos eruditos, o baixo desempoeirado, muito bom mesmo... Gostaria muito de ver voce mais vezes aqui nos Keys


Ahahaahah por falar em desempoeirado, as cordas desse baixo estão completando 10 anos de vida, parabéns pra elas =P

Pretendo participar mais aqui das Jams de teclado, são um ótimo exercício de criatividade. E é bom pra trocar influências também. E espero um dia me juntar de vez a vocês nas teclas também (mas sem abandonar a guitarra, senão o overlapping não vai mais me convidar pra fazer sons com ele =P)

waltercruz
Que sequência de acordes dminutos animal. Eu gosto muito desses acordes dão um clima de tensão e expectativa muito legais. Depois a parte 'neo-clássica' ficou demais.. Bachiana, eu diria? Synth-bach. A parte que vc dobra a 'melodia' com a guitarra wah é bem bacana

O bom de uma BT sem harmonia é poder fazer essas brincadeiras, que bom que gostou ehehe
E que isso, "bachiana" é elogio demais pra mim, valeu mesmo.

A parte com "wah" é na verdade um phaser, e ela saiu de uma maneira inesperada, foi meio que uma "síndrome de rec ao contrário". Eu tinha pensado nela na cabeça, mas eu ia ter que dar uma praticada pra poder tocar, só que de sacanagem apertei o rec pra gravar mesmo sem treinar e não é que ela foi e saiu de primeira? Vai entender a psicologia da coisa...

makumbator
Acordes misteriosos no início, que contrasta com a linha de guitarra limpa que se segue (que é meio cômica, mas de modo contido).

Adorei a guitarra com drive que faz o acompanhamento em ostinato logo na segunda parte (e notei uma limpa de fundo também né?), mas a melodia da guitarra principal é ainda mais expressiva.

Abusou dos efeitos hein? Muito show! Adorei! Parabéns!


Valeu, makumba, fico feliz que tenha gostado! Na segunda parte tem uma guitarra com phaser, fazendo o ritmo daquele barulhinho que vem na bt.

E sobre os efeitos, "Quando em roma, faça como os romanos.", e ainda assim o silvg8 achou que eu deveria usar mais ehehe

Brigadão por comentar! Espero que você também participe das Jams por aqui, te desafio a fazer um arranjo só com linhas de baixo usando toda a tessitura do seu baixo de 6 cordas =P

Abração

waltercruz
Veterano
# nov/12
· votar


Agora uma coisa, meu workflow e uso das ferramentas tá ficando cada vez mais intenso, meu core 2 duo já tá começando a dar leves sinais de cansaço... Tive de fazer vários freezes na track para poder encerrar o mix/master

Casper
Veterano
# nov/12
· votar


00:00 - Intro

Pessoas de trás para frente?

00:18 - Casper
Dei uma preenchida na percussão, parecia um pouco vazia.
A idéia central foi em 0:50, o resto foi meio encher linguiça.
A mudança de tom foi induzida pela BT. Fui pelo lado fácil.

02:13 - Die Kunst Der Fuge
Sua explicação técnica foi ótima. Confesso que nem de longe
penso em algo do tipo, vou mais na intuição. Sua coesão
musical é muito boa.

03:57 - Edson Caetano
Atirou em mais de uma direção ao mesmo tempo, o que não
é errado, mas faltou "ligar" as partes, algo que a participação
anterior fez com maestria. Bons timbres.

05:42 - overlappingcircles
A mais minimalista das participações. Um pouco de
variação no começo poderia prender melhor a atenção do ouvinte.
Mas a parte lá pelo 6:27 eu gostei muito mesmo. Tem uma cara
de NIN, eu adoro essa mistura.

07:34 - waltercruz
O Walter Cruz tem uma característica que eu invejo: ele é consistente
e musicalmente muito coeso. Eu tive a ligeira impressão que
o compressor (no master bus?) em uns certos momentos mexeu com
o volume da BT, de uma forma meio exagerada, mas mesmo assim
foi uma boa mix.

09:22 - silvG8
A participação que eu mais gostei, musicalmente falando.
Os graves na mix ficaram um pouco mais altos que os dos outros
participantes, tive que diminuir o subwoofer, para não quebrar
os cristais. Aposto que deve ter usado muito pouco (ou nenhum)
compressor.

Final
Pessoas de trás para frente? Ou Russos?

waltercruz
Veterano
# nov/12
· votar


Casper, se importa em dar uma ouvida na minha versão sem passar pela cadeia de 'masterização' tosca que eu fiz aqui? Pra ver se essa questão do compressor confere?

Tem um compressorzinho de leve, 1:30 pra 1, depois dele o Vintage Warmer pra dar uma aquecidinha, e depois o limiter.

silvG8
Veterano
# nov/12
· votar


waltercruz
Obrigado pelo comentário Walter! Eu queria criar uma espécie de introdução para a entrada da parte mais rítmica da BT. Fico feliz que tenha funcionado.

makumbator
Como disse acima para o Walter, a idéia era realmente essa! :)
Obrigado por comentar mesmo sem ter participado da jam. Espero te ver por aqui no futuro.

Die Kunst der Fuge
Obrigado pelo comentário... :)
Quanto aos seus efeitos, acho que gostaria de ouvir algo mais exótico e menos guitarrístico... heheheh! Por isso falei pra abusar dos efeitos. Me amarro em guitarras extremamente processadas e com uma sonoridade totalmente alterada.

Casper
A participação que eu mais gostei, musicalmente falando.
Fico feliz véio Casper! Eu tentei fazer a minha participação o mais musical possível no tempo que tinha pra fazer. Confesso que também gostei do resultado!

Aposto que deve ter usado muito pouco (ou nenhum)
compressor.

Apostou certo! Nenhum compressor!! Heheheh!

Casper
Veterano
# nov/12
· votar


Caro waltercruz:

Manda os .WAV para meu e-mail:

menegass@gmail.com

Nesse fim de semana vou ter acesso a uma sala
civilizada, posso ouvir os dois arquivos e dar
uma opinião melhor. O Vintage Warner você usou
no modo multibanda? O limiter geralmente não
causa esse efeito colateral.

waltercruz
Veterano
# nov/12
· votar


Foi sim! A conf foi essa:
http://dl.dropbox.com/u/573540/vw-impakto.png

Hj a tarde renderizo o arquivo de novo e te mando!

overlappingcircles
Veterano
# nov/12
· votar


00:18 - Casper - Reconheceria os teus sons em qualquer lugar, identidade do veio Casper bem marcada, apesar de simples foi eficaz. Na parte do meio onde vc poderia ter usado melhor esses “trills”

02:13 - Die Kunst Der Fuge – começou bem dark, com algumas dissonancias que me soaram muito bem (desculpem a redundancia) a segunda parte quase que me lembrou Santana!!!! Arpeggios muito bem colocados. So achei os timbres um pouco magrinhos. De resto excelente trampo.

03:57 - Edson Caetano – o inicio me pegou de surpresa, achei as dissonancias mal colocadas, mas depois melhorou bastante, senti falta de uns timbres com mais presenca para contrapor com as sonoridades mais suaves.

05:42 - overlappingcircles – participei fazendo tudo as pressas e acho que poderia ter feito melhor (nao fiquei satisfeito nem com a parte ritmica nem com alguns timbres que usei) mas fiz questao de estar presente :)

07:34 - waltercruz –excelente inicio!!! Todo o ambiente me fez viajar, e a parte da voz foi extremamente bem colocada, meus parabens!!!

09:22 - silvG8 – cool bass para iniciar e o reverse na lead inicial ficou show. Harmonias bem trabalhadas e com muito bom gosto, timbres excelentes. Tenho de pegar um brinquedo desses para ir brincando nas folgas do trampo!!!

Desculpem o atraso nos comentarios, mas so consegui ouvir hoje!!! Como sempre a qualidade esta altissima. Parabens a todos e obrigado pelos comentários de todos.

waltercruz
Veterano
# nov/12
· votar


acabei de perceber a compressão exagerada na minha parte. Ou algo errado na track mesmo. Depois da segunda parte, o volume fica variando de uma forma bem esquisita.

Casper
Veterano
# nov/12
· votar


Caro waltercruz:

A versão antes de masterizar está bem melhor, na minha opinião.
Não ouvi esse efeito de compressão exagerada que apareceu na JAM.
Eu daria apenas uma equalizada sutil, mas achei melhor que a
masterizada.

Tenho algumas teorias:

a) Pode ser que o attack do compressor estava muito curto;

b) Pode ser que o Threshold do compressor estava muito sensível;

c) Como o ratio estava moderado, pode ser que o release do compressor estava muito lento;

d) O encoder de MP3 pode ter sido o culpado;

e) Pode ser uma combinação de tudo acima.

Pronto. Não ajudei em nada e na verdade atrapalhei.
Peço desculpas.

waltercruz
Veterano
# nov/12
· votar


Imagina! De repente só um limiterzão no final da mix tava de bom tamanho, as vezes a gente quer melhorar o que já tá bom.. Mas é tudo um grande aprendizado :)

waltercruz
Veterano
# nov/12
· votar


Ah, eu usei o PolySquasher no começo de tudo, fazendo uns testes aqui, ele que causou essa flutuação. Vou dar uma estudada mais no assunto!

silvG8
Veterano
# nov/12
· votar


overlappingcircles
Obrigado pelo comentário! Fico feliz que tenha gostado. Tentei fazer o mais musical possível dentro das limitações de usar apenas o iPad.

Na verdade o lead está sem reverse, são umas coisas loucas que se consegue reproduzir com o Animoog. O brinquedo diverte bastante!! Atualmente não fico mais sem música em lugar algum.

Casper
Veterano
# dez/12
· votar


Vamos para a última JAM do ano?
Alguém quer organizar, ou posso fazer uma BT?
Que tal algo, digamos, Natalino?

Edson Caetano
Veterano
# dez/12
· votar


Manda bala Casper, antes que o mundo acabe

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a ::::: Jam Impakto - Resultado :::::