Motif XS, o que achei

    Autor Mensagem
    silvG8
    Veterano
    # set/09 · Editado por: silvG8


    Esse texto estava em outro tópico, mas achei que ficou meio subestimado do ponto de vista de ajudar os usuários do fórum, por isso resolvi criar um novo tópico. Quero mostrar um pouco uma outra visão, já que dos donos de equipamentos top, acredito que 60-70% sejam Motif XS, e o restante dividido entre Fantom-G, PC3X, M3. Por esse motivo a opinião deles pode estar sempre puxando um pouco pro lado do Motif (eu não consigo entender, mas tem gente que quer falar que o próprio equipamento é o melhor do mundo, não faz pra mim muito sentido).
    Confesso que depois de usá-lo senti vontade de ter um, mas não foi uma vontade maior do que a de ter o Fantom-G. Questão de gosto. Se achar que vale a pena ler, siga em frente!

    Nesse tópico eu vou colocar a minha experiencia com o Motif XS e compará-lo ao Fantom-G (que possuo)... sei que existem inúmeros tópicos, mas todos são de usuários Motif XS que utilizaram o Fantom-G por um pequeno tempo, então achei que seria interessante colocar o oposto. Usei ele (Motif XS) durante umas 6 horas direto na casa de um amigo e pude perceber coisas antes não vistas... mais adiante explico melhor. Só pra deixar bem claro desde já, gostei MUITO do bicho!!

    Quando fui comprar meu Fantom-G eu cheguei a testa-lo lado a lado com um Motif XS. Fui direto ao que mais me interessava a nível de timbres... piano e orquestrais. Cheguei a conclusão de que pra mim o Fantom-G era melhor, isso além de ter olhado na internet diversas funções, principalmente a de sequenciador.
    Gostei muito do timbre de ambos, mas achei que para a parte que gosto em timbres(pianos, orquestrais, pads, e leads) e para o sequencer(que pra mim era primordial que fosse muito fácil de usar, ter uma boa capacidade, mixer bom de usar) eram essenciais, já que não pretendia usar computador na criação de minhas músicas. Quanto ao sequencer, não existem dúvidas, era muito melhor, pude perceber no pouco que pesquisei e no que (tentei) usar dos 2.

    Outro fator que pra mim foi decisivo, foram as teclas... toco piano a uns 10 anos, e pra mim teclas eram talvez mais essenciais do que timbres, já que entre eles nãp existe nenhuma superdiferença em timbres como todos falam. Enfim, sabia que as teclas eram iguais às do RD-700GX e consegui testá-lo e comparar com as teclas do S90 ES, provavelmente até melhores do que as do Motif XS8, e decidi que queria o Fantom-G8. Obviamente eu estava escolhendo somente teclas pesadas, nem sei avaliar as teclas de synth direito.

    Outra coisa desestimulante é que o Motif é muito feio!!!! Design muito boca de porco! A tela não é ruim, só é menor, mas o acabamento azul é muito feio!

    No sábado passado, tive a oportunidade (depois de 1 ano que já tenho o Fantom-G) de USAR realmente um Motif XS6... e como todos que chegaram a usa-lo durante um bom tempo como eu (fucei ele mais ou menos 6 horas direto!) AMEI!!!! Adorei vários sons e algumas funções e percebi também algumas falhas, assim como no meu Fantom-G.

    Falando sobre o Motif XS:
    Timbres: Gostei de muitos timbres. Enfim, a parte de violões, woodwinds, e guitarras (BASE somente) é muito boa. Outra coisa que reparei, é que os strings SOLO são até melhores que o Fantom (principalmente o violino, o único fraco é o violoncelo que perde pro Fantom-G). A parte de sons étnicos também dá uma lavada no Fantom-G, embora ainda seja ruim. Existem muitos timbres muito bem programados de fábrica, muito bons, sem ter nem o que fuçar, diferente do Fantom-G, onde cerca de 50% dos timbres devem ser mexidos para conseguir o efeito esperado. Acho que ficar falando sobre timbres sem poder mostrar fica meio vago, então falarei sobre outras coisas.

    Modo VOICE: Igual a todo teclado, fuçar e tocar! Agora quando se tratando de edição de timbre, embora tenha recursos muito bons, assim como o Fantom-G, as coisas são um pouco mais dificeis de achar, nada é muito na cara. Difere em uma coisa ou outra. Provavelmente possui a mesma capacidade de síntese, mas é mais complicado de mexer.

    Modo PERFORMANCE: Tem coisas muito legais quando a intenção é brincar... muitos arpejos, sons bem legais, muito bem montados e bem diversos, parece até que é um arranjador com sons de alta qualidade. Os arpejos são de deixar o sujeito boquiaberto... principalmente os ritmos dos violões, que são MUITO bons... realmente impressionante. Agora, achei que para uma real performance ao vivo o modo é fraco. Em primeiro lugar é enjoado pra caramba criar seu próprio timbre e bastante limitado pelo fato de ter somente 4 layers. Muitos vão falar que existe uma maneira de colocar até 16 layers, e realmente existe mesmo, mas não no performance, que deveria ser o de uso ao vivo. Muito divertido e tals, mas perde feio pro modo LIVE do Fantom-G, além de não possuir o recurso de não cortar a troca de timbres.

    Modo PATTERN: Muito legal pra se tocar sozinho na noite, enfim, funciona meio que como um arranjador também, podendo colocar vários padrões para execução de uma música já pré-gravados. Interessante...... a única coisa semelhante com isso no Fantom-G são os pads disparando frases gravadas, que é inferior. É bem fácil de trabalhar com os patterns.

    Modo SONG: Que sequencer RUIM! Tá doido!!!!!!! É MUITO INFERIOR, não tem nem comparação. Primeiro que até selecionar os 16 timbres ja é umas 10x mais complicado que no Fantom. A resolução do sequencer é ruim até quando se usa zoom. Não tentei usar samples na gravação que fiz, mas realmente é muito chato. Tentei usar o arpejador junto com o sequencer e também é MUITO CHATO! Selecionar os arpejos é complicado e demorado, não é nada semelhante com a busca de timbres (que por sinal É MUITO BOA). Os botões de REC, STOP, PLAY, REW são muito mal feitos, parece que estão meio frouxos, muito "molengo" e mal projetados. O Fantom-G possui mais recursos para sequencer, então não existe comparação. O único fator positivo é que ele carrega músicas mais rapidamente, mas achei no todo uma bosta!

    Modo MASTER: Não soube usar direito o modo Master, até porque não me interessou muito, mas vi que parece com o Favorite dos Rolands.

    A MINHA OPINIÃO HOJE:
    Fiquei muito satisfeito em saber que fiz a escolha certa para meu primeiro synth. Prefiro os timbres de piano, e orquestrais, o sequencer e muitas outras funções que encontro no Fantom-G. Não quero dizer que para por aí; gostei demais dos arpejos do Motif XS, gostei de muitos sons, assim como gosto dos sons do Fantom (pra mim, sinceramente, fica no empate em nível de sons), gostei muito do PATTERN e também de brincar no PERFORMANCE, da busca de timbres e também das teclas (no caso Motif XS6).
    Hoje me encontro numa situação complicada: carregar o Fantom-G8 pra lá e pra cá, é pra mim, inviável! Estou querendo tocar em casamentos e carregar o Fantom-G todo semana a mais de um lugar não tem como. Ele é muito pesado e tenho muito medo de quebrar durante um desses transportes.
    Então, nesse sábado, cheguei a conclusão de que eu vou poder facilitar muito a minha vida com a aquisição de um Motif XS6! Realmente gostei muito dele, embora ainda ache horrorozo, ele vai ser muito útil pra mim. Vou poder parar de tirar o peso de casa e vou conseguir usar na noite mais facilmente.
    ACREDITO EU QUE NO COMEÇO DO ANO QUE VEM EU ESTOU COM UM!

    E é isso... espero ter ajudado. Se alguém tiver alguma pergunta, sinta-se a vontade.
    Valeu!

    Artref
    Veterano
    # set/09
    · votar


    comparar com as teclas do S90 ES, provavelmente até melhores do que as do Motif XS8

    É o mesmo mecanismo, o BH.

    Na sua decisão de comprar o XS6, sei não...acho o Fantom G e o MotifXS bem parecidos entre si. Mas se for usar um OU o outro então beleza pura

    Eraques Neto
    Veterano
    # set/09
    · votar


    silvG8

    Por que não um Kurzweil PC361?!?!?

    silvG8
    Veterano
    # set/09
    · votar


    Eraques Neto
    Eu acho a interface do Motif XS melhor, embora ame os timbres orquestrais do PC3... o problema é que além de não achar o PC361 em lugar nenhum pra comprar eu acho que ele é meio superfaturado pro que é... acho bom também poder usar samples no Motif, coisa que não tem no PC3.

    Artref
    Eu vou usar um em casa (Fantom-G) pra fazer músicas (possivelmente usarei os dois, mas principalmente ele) e o outro pra tocar em casamentos e coisas semelhantes... então acho que ter os dois não seria uma má idéia. Eu queria mesmo o V-Synth GT, mas não rola pelo fator grana (o troço CARO pro que é) e também porque faltaria piano!

    MayckonCouto
    Veterano
    # set/09
    · votar


    que confusão entre esse MXS e o FG eihn... um puxa pra cá outro puxa pra la... bah alguem fala com os caras pra botar um sampling no PC3 e pronto todos ficam felizes rsrs!

    silvG8
    Veterano
    # set/09
    · votar


    MayckonCouto
    botar um sampling no PC3 e pronto todos ficam felizes rsrs!
    HAushAUhAUshUAshUAhuAhAUShASu
    Estaria resolvido o problema........ Alias, não sei se você leu tudo, mas gostei muito do XS, pretendo até adquirir um, não acho que o Fantom-G seja melhor,........................... mas também não acho pior! Só coloquei o que realmente acho em relação a funções. Falar sobre sons é muito subjetivo!

    Valeu!

    MayckonCouto
    Veterano
    # set/09
    · votar


    silvG8

    Fala serio pra mim ... fala aew!! rsrs
    Os sons do PC3 são acima da média entre os tops. eu nunca mechi em um pra saber como é a edição nem entendo nada da VAST, só ouvi mesm... mas o piano principalmente bah que som.. mas como tu falo gosto não se discute neh.. e isso é verdade cada um vai puchar pra um lado... uns pelo gosto.. outros pelo investimento realizado.. e porae vai...

    queria eu tá la na expo agora encomodando o korgman pra testar o SV-1.. mas isso é outra história rs abraço!

    silvG8
    Veterano
    # set/09
    · votar


    MayckonCouto
    Rapaz, acima da média eu não sei te dizer, mas sei que o sons orquestrais e também os organs são muito bons. Principalmente os orquestrais... os pianos também são bons!
    Eu só não tenho coragem de pagar o preço que eles pedem nele com aquela interface da idade as pedras.

    Engraçado que até agora ninguém falou nada sobre o motif! HehEHEHhEhEH

    yurikat
    Veterano
    # set/09
    · votar


    silvG8
    Engraçado que até agora ninguém falou nada sobre o motif! HehEHEHhEhEH


    Acho q esse assunto já esta mais que batido no Fcc... Já ocorreu muito briga e muitas besteiras foram ditas.

    Eu mesmo penso muitas vezes antes de postar alguma coisa sobre o Xs, depois vem os "donos enfurecidos de outras marcas" e a coisa descanba para a baixaria... é uma pena.

    Falou

    fábio_soul
    Veterano
    # set/09
    · votar


    yurikat

    Acho que você tem um XS, né? Veja se você pode dar uma ajudinha no meu tópico lá...

    http://forum.cifraclub.com.br/forum/8/217804/

    Valeu.

    MAB Keyboard
    Veterano
    # dez/09
    · votar


    Olá pessoal.

    Acompanho as opiniões deixadas aqui no forum a um bom tempo, e tenho me utilizado delas para ajudar a formar minha opinião na hora de decidir pelo novo teclado. Sou músico de igreja a 16 anos, fazendo parte da mesma Banda. Já possuí Yamaha DX7 I, Yamaha SY22, Roland XP 50, Kurzweil SP76 + Módulo Roland JV 1080, Yamaha MO6, Yamaha MO8 e agora um Fantom G7. Só nunca adquiri Korg porque primo pelo som de piano acústico+Polifonia, e nesses quesitos a Korg sempre deixou a desejar.
    Gostaria de deixar minhas considerações a respeito dos Motif XS e Fantom G:

    Motif XS

    Vantagens: menor preço; excelentes sons (todos sem exceção); melhor arpegiador(bom para quem precisa utilizar).
    Desvantagens: só reparte o teclado em 4 partes no modo perform.; o som perde suas características de efeitos tanto no modo perform. quanto no seqüenciador(exigindo maior habilidade do tecladista na edição do som para garantir a qualidade; seqüenciador tradicional.

    Fantom G

    Vantagens: maior tecnologia embarcada; display maior e com melhor definição; praticidade na edição, visto que o display proporciona uma facilidade e intuição dos comandos (fácil de mexer); preserva a maior parte das características do som tanto no modo live (perform) quanto no modo studio (seqüenciador); não corta as características nem os efeitos na troca de um som para outro (esta função é opcional); seqüenciador mais moderno e com maior capacidade (128 canais midi, 16 canais externos e 24 canais de áudio); as placas de expansão possuem polifonia própria não consumindo a do teclado (funcionam como um módulo de som).
    Desvantagens: maior preço; os sons de EP's e Órgãos precisam ser editados para atender ao gosto do freguês (exige maior habilidade em edição de timbres).

    Obs: Procurei fazer uma análise imparcial dos teclados em questão, levando em consideração que cada um tem seu timbre característico, o que nos faz ao escutar uma música distinguir qual destes está sendo usado. E aí entra o gosto pessoal, que não pode ser mensurado. A pesar de ser apaixonado pelos sons do Motif, optei pelo Fantom G, pois acredito que com toda a tecnologia embarcada e com o que a Roland ainda pode oferecer, e é claro, porque costumo ler todos os manuais do começo ao fim e assim extrair o máximo do potencial do equipamento, sempre estarei como a Chevrolet "Andando na frente".hahaha...

    Espero ter contribuído para o bem geral da Nação!

    Levy_Carvalho
    Veterano
    # dez/09
    · votar


    MAB Keyboard
    Membro Novato



    meu velho, vc naum precisa colocar a mesma resposta em varios topicos!!

    a galera vai ler a sua resposta e vai entender sua mensagem!!!
    vc ta poluindo o forum dessa forma!!

    manera ai!!

    se vc procurar tods os topicos sobre o FG e o XS pra dar a mesma resposta essa pagina vai encher só de respostas suas!!
    e diga-se de passagem, duplicar não acrescenta as conhecimento a ninguem!!

    fábio_soul
    Veterano
    # dez/09
    · votar


    MAB Keyboard

    Motif XS
    o som perde suas características de efeitos tanto no modo perform. quanto no seqüenciador

    Engraçado... no meu Motif ES, as características e efeitos de inserção são reservados no modo Performance e no modo Song (até 8 timbres com os efeitos originais dos voices simultaneamente). que ele não preserva são os 2 Master FX de cada voice (na verdade não chmam Master FX... esqueci o nome deles agora).

    yurikat
    Veterano
    # dez/09
    · votar


    Desvantagens: só reparte o teclado em 4 partes no modo perform.; o som perde suas características de efeitos tanto no modo perform.
    fábio_soul
    Engraçado mesmo... só se for no XS dele q isto acontece... no MEU XS eu posso misturar até 16 partes... e os sons não perdem seus efeitos...
    Falou

    KeysMan
    Veterano
    # mar/10
    · votar


    Olá, galera!

    Apesar de eu usar o FCC há um tempinho, posto muito pouco. E acho que a ocasião é conveniente para mim.

    Aproveitando o tópico, queria compartilhar com todos o que achei do meu novo Motif XS, comprado dias antes do carnaval. Ainda não tive muito tempo para "revirá-lo", mas aqui vai a opinião de mais um dono dessa máquina:


    MODOS (Voice, Perfomance, etc...

    Ainda não tive tempo de mexer nesses modos. Até agora me limitei em usar o modo Voice. Até um tempo atrás, quando eu ainda estava numa banda progressiva, em que se fazia necessário uma alteração constante de timbres, talvez esse fator possuísse bastante importância para mim.

    TIMBRES

    Piano Acústico

    Quando eu pensei em trocar meu antigo Korg TR por um novo teclado, os timbres de Pianos Acs eram o que motivavam a fazer a troca. E sem dúvida evoluí muito com o Motif! Até agora curti todos os pianos que testei. Todos "usáveis", na minha opinião. Alguns melhores que outros, obviamente. Gostei muito do fato de que cada voice possui 8 partes, e há timbres em que se utilizam 8 partes para construírem o som final. Isso proporciona um som mais fiel ao som real. O Full Concert Grand, por exemplo, possui 4 divisões de velocidade, com um timbre diferente para velocidade. Quando vc toca, vc sente em seus ouvidos um feeling maior. Além disso (no próprio Full Concert Piano), há também uma parte - dentre as 8 citadas - com o timbre de key off, disparada cada vez que vc solta a tecla.

    EP's

    Logo nos primeiros contatos com o teclado, fui procurando os melhores timbres de cada intrumento, e, instintivamente, olhei logo os primeiros da lista... E jsutamente esses primeiros EP's não se pareciam com o que eu queria (detalhe: não são timbres ruins!). Eu estava querendo algo parecido com um Rhodes, só que os primeiros da lista me parecem piano ac com strings ou algo assim... Mas foi só eu passar uns 3 ou 4 timbres e achei o que eu queria! Todos ali, sem precisar alterar nada (ou quase nada). Todos muito bem caprichados e editados, alguns com efeitos de pan simples, mas q dão uma sonoridade show, além de quase tudo poder ser editado "ali", no knob, ou no Ribbon...

    Além disso, A Yamaha caprichou ao criar sub categorias... É prático para quem quer achar rapidamente um FM ou Clavi (que estão na categoria maior - Keyboards - juntamente com os EP's). E já que estão juntos, deixe-me falar logo sobre eles aqui.

    Até agora adorei todos os FM que testei, e pelo para mim, que não utilizo muito FM's, é satisfatório.

    As clavis tb dão um show! Não vejo a hora de poder utilizar algum dos mais de 15 timbres de clavis de fábrica, incluindo o Pedal Wah Clavi, pré-programado para, como o nome já diz, inserir efeito de wah wah com um pedal de expressão.

    Nessa sessão de EP's e afins, só achei que os Wurli não obtiveram muito espaço (em relação à quantidade de timbres). Eles preferiram nomear uma subcategoria destinada a Keyboards synths, ao invés de destinar esse espaço para Wurlis, que, ao meu ver (é a minha preferência), é mais utlizado que Keys Synths ( são espécies de EP's que me fazem lembrar leads, que PARA MIM, não tem utilidade). Porém, mesmo assim, Os Wurli's de fábrica são ótimos, e só preciso alterar mesmo efeitos em tempo real, não para MELHORAR o timbre, mas apenas para MUDÁ-LO, como o ganho de phaser, ou overdriver, ou um pouco mais de tremolo.

    Organ

    Está aqui um ponto que me frustrou um pouco... Não que os organs sejam ruins, mas acho que ainda não consegui me acostumar com os organs do motif... Eu usava muito organ no meu TR, e acho que acabei acostumado com seus os timbres (que eu achava ótimos). Talvez por isso eu esteja tendo um pouco de dificuldade em aceitar esses organs. Mas acho que aos poucos eu vou me acostumando.

    em alguns presets, a Yamaha tentou fazer uma mini-simulação de hammond, usando os faders com drawbars, mas claro que não ficou parecido nem de perto. Contudo, dá até para se divertir um pouco. E para quem não se contentar, vc tem amostras de som para cada harmônico, e pode ir editando até achar que está bom.

    Dá pra se fazer muita coisa com o Rotary Speaker! Talvez não tenha todos os parâmetros de um hammond de verdade, mas para um teclado não dedicado, é show!

    Guitar

    Aqui é englobado guitarras e violões.

    Os violões, nem preciso falar... Acho que a Yamaha tentou criar um violão com teclas! Perfeito! Meu amigos e companheiros de banda que tocam violão dizem que querem um desses... huahuahuhua
    E de fato, são de causar inveja... Você tem timbres variados, alguns com aquele som peculiar de slide nas cordas, e outro com harmônicos disparados de acordo com a key velocity. E são sons totalmente reais! Não tem quem ouça e desconfie que não seja um violão de verdade.
    Acho que foi a sonoridade dos violões foram inquestionavelmente caprichada.

    Quanto às guitarras, podemos dividir em Clean e com Distorção...

    As guitarras Clean também são lindas! Bem reais... Guitarras com chorus ou wah wah são encontradas de forma que atenda aos ouvidos de quase todo mundo.

    Porém, esses timbres (guitarra clean e violão), memso sendo ótimos, podem ser desnecessários para muitos (como são para mim), já que, quem toca em banda, toca junto com alguém q toque violão ou guitarra de verdade. É claro que alguns utilizam esses timbres quando tocam sozinhos, ou para gravação, estudio... E ainda há outros que usam, mesmo tocando ao lado de outro violão ou guitarra.

    Guitarra com distorção... não muito o que falar. Não testei muito... e o pouco que usei, não gostei. Achei sem peso, sem falar no som em si, que não achei muito parecido com o real. Talvez com uma bela editada melhore.



    Logo vou enviar o resto do meu review.

    KeysMan
    Veterano
    # mar/10
    · votar


    Continuando...

    Strings

    A sessão de strings é muito boa! Muitos timbres, todos "usáveis". Sons de cordas para solo, ou ensemble, além de uma subcategoria exclusiva para pizzicatos e ainda outra para timbres que me lembram pads. E todos podem ser usados em suas respectivas situações!

    Brass

    São bons sons. Há trumpets bons, inclusive alguns muted trumpets. Mas não utilizo muito, então, pode ser que não agrade a quem realmente necessite. Mas conheço alguns colegas que fazem milagres quando o assunto é metais, apenas com edição!

    Sax e afins

    Também não mexi muito, mas uma coisa é certa: a Yamaha caprichou bastante nos intrumentos acústicos. Os sax são todos bem trabalhados. Há tb alguns timbres ao estilo Big Band que são show tb!

    E não há do que reclamar das flautas! Parece que to vendo alguém do lado tocando flauta. O que citei sobre os pianos Ac e suas 8 partes tb se aplica aqui... Há uma amostra de som próprio para o sopro forte que o flautista dá, e é de uma realidade incrível!

    Leads

    Os leads do motif são bons, mas não acho que dá testa a leads da Korg. Acho que ainda falta um pouco de peso a eles. Mas mesmo assim, não deixa a desejar.

    Outros sons

    Eu me limitei a englobar os outros sons num amontoado só pelo fato de que não os testei nem dei muita ênfase para eles...
    O que tenho a dizer é que:

    A bateria acústica é show!

    Pads são ótimos! Dá pra tocar com praticamente todos!


    Depois vou arranjar um tempo para falar sobre outras coisas... por exemplo, o que eu achei de teclas, controles, efeitos, praticidade...

    Espero ter ajudado!

    Abraços!

    dnalor sampler
    Veterano
    # mar/10
    · votar


    e gostei realmente das resalvas do meu amigo silvG8, e vou contribuir de um modo diferente eu tenho um xs7 peguei a pouco tempo mais na questao de dar opiniao sou extremamente frio, pq nao gosto de envolver meu gosto nisso e sim deixar claro o q eles tem a oferecer, a tecnologia no brasil graças a deus esta chegando com mais força e em tao pouco tempo ,por isso q agora estamos tendo o prazer de ter boas maquinas conosco, comparar o xs e G e bacana msm, o q eu tenho a dizer e q sao duas maquinas sao semelhantes e quem tiver uma delas estara bem por um bom tempo rsrsrsrsrs ou se tiver as duas melhor ainda ,existe a questao do gosto por ex eu
    toco a 20 anos sou usuario da roland ha 15 e no entanto entendi depois desses lançamentos q ja era hora de explorar outras linhas qd me deparei com xs motif com cara de geladeira amor a primeira vista e a sonoridade era td q eu procurava no momento isso e pessoal mais de certa forma tb conheco o G claro se tivesse grana agora comprava um , dica para tecladista explore bem outras marcas de sint e se puder monte um set com variedades isso e bacana , um dia vi um set de teclado em um trio em porto seguro o cara tava usando 3 xp 80 rsrsrs piada nao? rsrsr , e espero ter contribuido de alguma forma com deus abrcss qq duvida so perg

    KeysMan
    Veterano
    # mar/10
    · votar


    Concordo com o dnalor sampler...
    Não existe uma máquina perfeita... Meu sonho era ter um PC3 (e ainda tenho esse sonho), mesmo todo mundo me falando que o Motif XS era melhor... Isso é questão de gosto e necessidade.
    Meu TR, que nem era top, só me deixava na mão quando eu precisava de piano ac. Mas sempre me dei muito bem com ele quando o assunto era organ, leads, EP's...
    Depende muito do que cada um toca... Tocar Deep Purple ótimos timbres variados, porém, sem organs bons, é complicado...
    E por aí vai...

    Espero que dnalor sampler enriqueça o tópico com sua opinião sobre essa máquina MOrTÍFera!

    Abraço a Todos!

    dnalor sampler
    Veterano
    # mar/10
    · votar


    qd eu estiver mais intimo do xs eu vou falar algumas coisas dele, claro gosto de falar mais sobre a funcionabilidade dos sintetizadores e ta encaminhando futuros donos de sintetizadores para as compras e gostos mais certos,, para q nao haja a troca de sintetizadores em tao pouco tempo depois da compra ,eu sempre digo q e sempre bom estudar os sint e saber realmente o q quer , a internet tai e so pesquisar, aqui nos tiramos duvidas da funcionabilidade em geral do equipamento o q vc espera ou acha q espera dele abrcs com deus qq coisa so perg

    dnalor sampler
    Veterano
    # mar/10
    · votar


    KeysMan e por ai ..... rsrs abrcs

    dnalor sampler
    Veterano
    # mar/10
    · votar


    antes de ser lançado eu ja sabia dessa maquina xs , so q tb sabia q ia chegar aqui muito cara, esperei, no entanto ja fui estudando ela msm sem ter pra saber se realmente era aquilo q queria , e faltou so a parte do teste colocar a mao e sentir,entrei em uma loja fiz q ia comprar , sem duvidas era aquilo, e foi assim depois de dois anos esperando adiquiri a maquina .esperei baixar de preço e sabia q era a maquina q eu queria , por isso digo q a pesquisa ela e muito importante ate a compra ,hj eu acredito q devo ficar com essa maquina por uns 5 anos no minino isso sem programa.la ainda. nao gosto de trocar de sint e acompanhar tecnologia,ja nao comprava teclado a mais de um ano tenho outro aqui e usava ele msm, sem pressa .... rsrs pesquisa bastante so nao deixa q as pessoa escolham teclados pra vc ... abrcs com deus qq duvida so perg.

    dnalor sampler
    Veterano
    # mar/10
    · votar


    Pra que serve aquela extensao para o motif xs q tem la pra baixar?qual a finalidade dela ? alguem sabe?

    lucvonRS
    Veterano
    # mai/10
    · votar


    Pessoal quero levantar uma questao aqui no forum com relaçao a compra do MOTIF, eu estou interessado em adquirir um e portanto me deparei com o preço abusivo cobrado aqui no brasil. Entao comecei a dar uma pesquisada sobre fornecedores e olhem o que eu encontrei, gostaria de saber se alguem ja viu isso ou ja negociou alguma vez com esses fornecedores, porque a diferença de preço é muito grande, mas nao quero entrar em uma fria se isso nao for verdade.

    http://anuncios-classificados.net/para-venda-yamaha-motif-xs8-88-key-m usic-synth-wo/c13-d6-m944-ie6d8896a_e9d0_455d_a8ed_4f7064ee3b9d-d.aspx

    http://portugal.habitamos.com/listing/612f5b7bf6a9b4f497c8646c9ac73e7f

    http://www.jtmusicalstore.page.tl/Piano-Price-List-.htm


    Eu enviei email para alguns desses anuncios e eles me responderam com fotos da loja e o procedimento de compra e tudo mais, mas somente por western Union.

    Oque voces acham disso? Quais sua experiencias com isso?

    No caso do nosso amigo jt_instrument@hotmail.com ele me enviou um email descrevendo tudo e o preço do MOTIF XS8 ficaria em torno de $ 1400,00 dolares, ou seja muito barato, sendo que o valor dele em lojas de Miami esta em torno de $ 2800,00 dolares ou mais. E sem falar que aqui no Brasil ta na faixa de 9 mil reais ou mais ainda nas lojas.

    Bom, agora aguardo alguem no forum que ja tenha tido alguma experiencia com isso. Sabe que ja ate pensei em testar isso comprando algo de pequeno valor?

    rafacosta1981
    Veterano
    # ago/12
    · votar


    Oi Pessoal,
    Pergunta de um leigo:
    Eu quero usar o MOTIF acoplado a meu computador com SONAR. Toco em uma banda e quero usar o SONAR acoplado ao MOTIF pra tocar as partes de teclados, cordas, etc.
    Eu li no manual que para usar o MOTIF acoplado ao computador eu preciso apertar a tecla MULTI - fiz isto, mas os sons que saem nao sao como os da midi no SONAR mas sons de grupos que o MOTIF tem pre-estabelecido. Nao estou achando nenhum dentro do MOTIF que combine legal.
    A minha pergunta e': o MOTIF pode conversar com o computador e casar melhor os sons? Ou tenho que achar todos os sons 'na mao'?
    Muito obrigado,
    Rafael

    J.Dionatan
    Veterano
    # ago/12
    · votar


    Toco em uma banda e quero usar o SONAR acoplado ao MOTIF pra tocar as partes de teclados, cordas, etc.

    Olá meu caro, não entendi bem sua pergunta. Para tocar ao vivo o Sonar é complementa dispensável quando se tem um Motif. Falo porque tenho um XS e Sonar só é legal para facilitar (e muito) na hora de progamar songs, sequencers etc. Para uso ao vivo, nada melhor que ligar o Motif e tocar. Simples assim. Aprenda a usar os modos Performance e Song e verás que já tem tudo o que precisa na ponta dos dedos.

    El_Cabong
    Veterano
    # ago/12
    · votar


    Este avanco do Motif XS para o Motif XF, de usar memórias flash não volátil é uma solução muito cara para resolver a espera em carregar samples. Isto poderia ser resolvido de uma forma mais barata.

    Bastava que a conexão USB do novo Motif viesse como sendo USB 2.0 que já resolveria o problema da morosidade em carregar timbres sampleados.
    Demora por exemplo, uns 5 minutos para carregar um sample de uns 800MB via USB do pendrive para o Motif XS. Se fosse USB 2.0 demoraria uns 30 segundos.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Motif XS, o que achei