Me venderam um violão de um preço e me cobraram um preço mais do que devido !

Autor Mensagem
rocks_serato
Membro Novato
# mar/15


Bom dia galera tudo bem, quero trocar ideia com vocês, eu estou muito magoado, aconteceu um seguinte sábado dia 28/03/2015 fui numa loja aqui na minha cidade de franca, uma loja de musica, fui comprar meu violão, falei para o dono lá que gostaria de um violão e queria uma coisa boa, uma coisa boa mesmo, fui testar os violões lá testei um strinberg, não pergunte o modelo não sei, um outro lá com formato jumbo, e o tagima Kansas mahogany, testei só esses 3 pensei que ele ia me apresentar vários outros violões, sabe tipo os takamine, e outros, o preço não tinha problema, no máximo até 1,500 eu poderia gastar se, se tivesse algo muito melhor por pouca diferença de preço eu gastaria mais um pouco, bom depois de testar os 3 violões, gostei do tagima kansas o único dos 3 que agradou, a surpresa vem agora, na hora de fechar a compra simplesmente o cara falou o esse violão tagima kansas é 1,300 reais, disse a tudo bem né deve ser esse preço mesmo, fechei a compra e sei lá veio uma duvida sobre esse violão, e fui pesquisar na net, quando vi lá o mesmo violão em vários lugares na net e vi que seu preço o máximo era 800 reais, cara fiquei tão puto, gostaria que me ajudasse, o cara fez errado, ?????

Hitman
Veterano
# mar/15
· votar


rocks_serato
O cara nao fez errado. Num ponto de vista como vendedor, ele fez certissimo, conseguiu um bom lucro! Voce fez errado por comprar na cega e desinformado.

Fernando
Veterano
# mar/15
· votar


Se o preço da loja é esse mesmo, não tem o que fazer, você aceitou.

Agora, se o preço da loja for 800 e o cara cobrou 1300 porque viu que você era fácil de enganar, aí já tem má fé e você pode tentar fazer alguma coisa.

entamoeba
Membro Novato
# mar/15
· votar


Hitman
Mais ou menos. O que certos vendedores fazem beira a imoralidade! Mas concordo que o consumidor tem que ficar esperto, ainda mais antes de investir alto em um instrumento. Com tantas informações disponíveis na Internet, chegar numa loja com o discurso que o rocks_serato chegou é pedir para ser enganado. Infelizmente!

O comprador foi honesto, expôs sua fraqueza e o vendedor se aproveitou disso. Não soa "sujo"?

Não sei como funcionam as normas para devolução de mercadoria. Talvez seja possível voltar atrás e devolver o produto, mas essas viadagens legais não são da minha alçada.

strinbergshredder
Veterano
# mar/15 · Editado por: strinbergshredder
· votar


rocks_serato
Nas relações de livre comércio, o vendedor pode cobrar o preço que ele quiser, envolvendo todos os custos + margem de lucro dele, e cabe ao consumidor pagar ou não o valor solicitado pelo produto. Cabe ao consumidor, que realmente dá valor ao seu suado dinheiro, pesquisar sobre os produtos, preço, qualidade, e outros fatores, junto à concorrência e à opiniões de terceiros, caso convenha, e aí sim fazer sua decisão.

No seu caso cara, você pagou (às cegas) o preço que o vendedor pedia, então é isso aí, bola pra frente!

ps: salvo se for o caso apresentado pelo camarada Fernando aqui em cima ^

Abraços!

Iversonfr
Veterano
# mar/15
· votar


rocks_serato
disse a tudo bem né deve ser esse preço mesmo, fechei a compra

Esse foi seu erro. A loja cobra o valor que quiser, cabe a você pagar ou não. Tomara que pelo menos tenha aprendido algo pra próxima compra, independente do que seja.

renatocaster
Moderador
# mar/15
· votar


rocks_serato

Cara, ele não fez nada de errado não. Ele vende o produto dele pelo preço que ele quiser, e também paga pelo preço que ele está cobrando quem quiser. O certo seria vc ter pesquisado o preço deste violão antes de comprar.

LeandroP
Moderador
# mar/15 · Editado por: LeandroP
· votar


Comprou o violão e levou uma lição de se informar antes de fechar negócio. Sendo ainda inexperiente, deveria ter feito uma pesquisa e retornado à loja no dia seguinte. É lógico que preço de Internet nem sempre estará alinhado com a realidade das lojas físicas, mas é sempre bom ter uma referência pra não "tomar na cabeça".

Agora, se ainda estiver dentro do prazo, pode até solicitar seu dinheiro de volta e devolver o instrumento. Verifique isso e veja o que pode ser feito legalmente.

Iversonfr
Veterano
# mar/15
· votar


LeandroP
Verifique isso e veja o que pode ser feito legalmente.

No Brasil até onde sei não existe nenhuma obrigatoriedade da loja aceitar a devolução. Ela pode até fazer isso amigavelmente, pensando em sua reputação, no cliente em potencial que ele seja, etc, mas nada a obriga. Ainda mais se tratando de um instrumento que aparentemente não apresenta nenhum vício, estando perfeito ao que se propõe. A única proteção legal que existe até onde sei (e que não se aplica à este caso) é a seguinte:

CDC - Lei nº 8.078 de 11 de Setembro de 1990
Dispõe sobre a proteção do consumidor e dá outras providências.
Art. 49. O consumidor pode desistir do contrato, no prazo de 7 dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço, sempre que a contratação de fornecimento de produtos e serviços ocorrer fora do estabelecimento comercial, especialmente por telefone ou a domicílio.


O negrito acima é meu. Apenas compras online, por telefone ou à domicílio tem a possibilidade de devolução por arrependimento. Comprando na loja, sem chance. Se tiver algum advogado aqui seria até melhor para auxiliar, pois isso aí que coloquei é o que sei como consumidor.

rocks_serato
Membro Novato
# mar/15
· votar


Pessoal realmente muito obrigado mesmo de coração, a prendi uma grande lição, mesmo o cara sendo amigo do meu pai, eu me lasquei kkkkk, mais não estou insatisfeito com o meu violão não sabe ele faz o som muito bom, mais tem aquela coisa né, tipo poderia ter um melhor se eu tivesse mais informado, mais atento, mais uma vez rapaziada, muito obrigado mesmo, precisando de ajuda tamo ai...

entamoeba
Membro Novato
# mar/15
· votar


Esse violão tá por R$520 no Kabum...

Não posso dizer o que eu faria porque certamente vai contra as regras do fórum.

JJJ
Veterano
# mar/15 · Editado por: JJJ
· votar


A regra é clara:

NUNCA COMPRE POR IMPULSO...

Pesquise antes os preços, leia os reviews... e só compre se tiver certeza de estar comprando algo dentro da qualidade esperada e pelo preço justo.

Mas agora, camarada... Desencana... já foi. Curte a viola aí! Não pensa mais nisso.

Ismah
Veterano
# mar/15
· votar


entamoeba

Iria pesquisar, obviamente... Não? kkk

alexfs0
Veterano
# mar/15
· votar


Pois é, você vacilou.
O ideal seria você pesquisar o preço do violão na internet com frete e ver se compensava.
Quando eu vou em loja física, costumo pesquisar o preço na internet no smartphone ou depois em casa com calma pra ter o que comparar.
Obs: Geralmente as compras na internet valem mais a pena.

A propósito, como você comprou em loja física, não será possível a devolução.
Em suma, se lascou, hehe.

LeandroP
Moderador
# mar/15
· votar


Obrigado pelo esclarecimento, Iversonfr. É sempre bom saber desses pequenos detalhes dos direitos do consumidor.

ogner
Veterano
# mar/15
· votar


Queima ele na internet...

Eu faria...idependente se vc deu mole ou nao.

Se o preço de mercado desse violao EM LOJA FISICA ( nao compare com lojas vurtuais, sao mais baratas na media).
Enfim, se em lojas ta 800,00 e ele te vendeu por 1.300,00
Eu colocaria nas redes sociais q a loja do cara é extremamente careira e nao recomendaria. Sao 500,00 a mais...ta louco..

fernando tecladista
Veterano
# mar/15
· votar


undefinedogner
Eu colocaria nas redes sociais q a loja do cara é extremamente careira e nao recomendaria. Sao 500,00 a mais...ta louco..

Dessa forma pode até ganhar um processo por difamação
eu vejo que a compra foi feita por vontade propria, ficar agora difamando na internet é coisa imatura
poderia ter ido na loja, testado o violão, voltado pra casa pesquisado o preço ver preços de frete....cchegar na loja o vendedor te atenderia todo ansioso, ai comentado que ele poderia fazer ja que voce encoutro o mesmo mais em conta

Resta agora não colocar o pé mais na loja

Ismah
Veterano
# mar/15
· votar


Resta agora não colocar o pé mais na loja

Eu já não vejo causa para tal... Apenas ser um pouco mais esperto e não comprar no impulso.

entamoeba
Membro Novato
# mar/15
· votar


Fico de cara ao ver como as pessoas são conformadas com as putarias do mercado! R$ 800 é o maior preço que você encontra um violão desses na internet. É fácil achar um na faixa de 500 - 600 reais. O cara pagou MAIS DO QUE O DOBRO!

A chance do vendedor ter se aproveitado da postura do rapaz é imensa! Talvez a lei não diga que isso é ROUBO, mas o bom senso diz que é! Vale lembrar que a lei não passa de um arremedo de tentativa de formalizar a moral.

Hoje tá todo mundo histérico com a corrupção na política, mas, em casos como esse, acham que a culpa é do enganado. Está implícita a crença de que o ingênuo merece ser enganado, sem se tocar que, na política, os ingênuos somos nós.

Daniel_tecladista15
Membro Novato
# mar/15
· votar


Segundo o Aurélio Buarque de Holanda, o nome disso é AFOBAÇÃO!!!

Não vejo meios legais de se processar a loja apenas por ter vendido o produto acima do preço médio. Difamar também não recomendado, agora postar nas redes sociais que a loja do cara é careira não é difamação.. é informação. Acho bastante válido.

Eu mesmo já tive problemas com uma loja que me vendeu um piano já usado (comprei como novo). Tive vontade de esculhambar, mas me limitei a postar um desabafo aqui no fórum. A loja é bastante conhecida e o nome começa Tecla e acaba com Center, mas nem adianta que eu não vou dizer qual é a loja!!!!

JJJ
Veterano
# mar/15
· votar


entamoeba

Você está certo, mas não há muito o que fazer, exceto devolver o violão e receber a grana de volta (caso ainda esteja dentro do prazo legal).

makumbator
Veterano
# mar/15
· votar


JJJ

Mas que prazo legal? Ele comprou na loja, não tem prazo nenhum pra devolução obrigatória. A não ser que um vendedor tenha majorado o preço normal da loja para se aproveitar dele, mas se o valor do violão naquele estabelecimento for esse absurdo não tem muito o que fazer né?

alexandrecoppo
Veterano
# mar/15
· votar


rocks_serato
Peça para outra pessoa verificar o preço do violão com outro vendedor na mesma loja, se forem preços diferentes você ainda pode fazer alguma coisa fora isso não vejo o que fazer.

renatocaster
Moderador
# mar/15
· votar


E isso está longe de ser novidade, não precisa ir numa lojinha lá na rebimboca da parafuseta para descobrir a discrepância de preços. Só uma pesquisa em vendas pela Internet vc já encontra diferenças de preço absurdas!!! Um exemplo rápido para demonstrar o que eu estou falando. A mesma guitarra em dois locais de venda diferentes (P.S.: Ambos fornecem nota fiscal, garantia e case incluso).

http://www.playtech.com.br/guitarra-les-paul-gibson-studio-chrome-com- case-sunburst-31985.aspx/p

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-627892912-guitarra-gibson-les-p aul-studio-chrome-vintage-sunburst-_JM

Alex guitar man
Veterano
# mar/15
· votar


renatocaster

E eu sou playtech kkkk

Lojas fisicas, ainda mais no interior são assim mesmo.

Ismah
Veterano
# mar/15
· votar


renatocaster

Considere que ML pode ser muamba, sonegação de impostos e ausência de funcionários. E claro, não creio que um anúncio do ML venda mais que uma loja, logo o dólar estar alto pode explicar a discrepância.

Teoremas, mas que devem ser considerados.

renatocaster
Moderador
# mar/15 · Editado por: renatocaster
· votar


Ismah

Os dois são e-commerce. Não estou comparando um e-commerce com uma loja física. Claro que a Playtech mesmo sendo um e-commerce tem uma estrutura maior, mas são quase 2K de diferença. Não acho que justifica tamanha diferença.

Considere que ML pode ser muamba, sonegação de impostos

Leu o anúncio todo? Como o cara vai sonegar impostos se ele fornece nota fiscal, garantia, e tudo o que qualquer outra loja oferece? E mesmo assim, de qualquer forma, os mesmos impostos que eventualmente ele pode sonegar uma loja também pode, como já sabemos que aconteceu no passado.

E claro, não creio que um anúncio do ML venda mais que uma loja, logo o dólar estar alto pode explicar a discrepância.

Leu o anúncio todo? (2). Verifique o volume de vendas no perfil do vendedor no ML, tem uma boa qualificação, não é um Zezinho da esquina que começou ontem. É 100% garantido não ter algum problema? Não. Mas na Playtech também não. E o dólar está alto para todo mundo.

Teoremas, mas que devem ser considerados.

2000 reais de diferença, em um produto com nota fiscal, garantia, como se tivesse comprando em uma loja física? Obrigado, mas não considero não.

Vou ser sincero contigo. Se a diferença de preços fosse uns 200 reais, eu daria preferência à Playtech, mas 2000,00? Nem fudendo, parceiro.

ogner
Veterano
# mar/15
· votar


Daniel_tecladista15
agora postar nas redes sociais que a loja do cara é careira não é difamação.. é informação. Acho bastante válido.
Exato...

Nao tem nada de errado nisso!! Totalmente saudavel...

JJJ
Veterano
# mar/15
· votar


makumbator

Quando é loja física não tem um prazo não? Não sabia. Então ferrou mesmo...

makumbator
Veterano
# mar/15
· votar


JJJ
Quando é loja física não tem um prazo não? Não sabia. Então ferrou mesmo...


Não há nesse caso previsão de arrependimento de compra, uma vez que foi feita pessoalmente no estabelecimento físico da loja. Só há o prazo de arrependimento para compras fora do estabelecimento comercial (seja por telefone, internet, catálogos via correio, etc...).

Obviamente que qualquer loja pode fazer a gentileza de cancelar a compra se quiserem (já aconteceu comigo, comprei pessoalmente, me arrependi e dois dias depois a loja da qual era cliente há muitos anos aceitou de volta sem problemas).

Claro que tudo isso é quando o produto está em perfeitas condições, não apresentando defeitos, vício oculto, falsificação ou problemas de documentação (falta de nota ou nota aparentemente fria).

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Me venderam um violão de um preço e me cobraram um preço mais do que devido !