Fender terá o melhor ano de vendas de guitarras em toda sua história

Autor Mensagem
Del-Rei
Veterano
# 15/set/20 16:48
· votar


Beto Guitar Player
Acho que vai chover anúncio nos Mercados Livres da vida de guitarras Fender usadas quando acabar essa pandemia...

Depois que a China passou a fazer falsificações de instrumentos e a coisa se espalhou como está hoje, dificilmente eu compraria um instrumento no ML. Pode ser a maior oportunidade passando, eu deixo de lado.

Um aceno de longe!!!

felipe bento pereira
Membro Novato
# 15/set/20 16:57
· votar


Mas um tal de guitarrinhas super valorizadas estão varrendo os marketplaces

Não julgo! faço parecido!! kkkkkk

ejames
Membro Novato
# 15/set/20 17:44
· votar


Lelo Mig
Esqueçam comprar com o dólar desse jeito.

Não dá prá culpar Fender, Gibson ou o caraio.

O problema é estar num País de bosta, pobre, subdesenvolvido, incompetente... com dólar a 5,28.


Exatamente! E se o cara sabe o que quer, vai pro lado handmade. Por experiência própria, dá para montar um instrumento que não perde nada para Gibson ou Fender AM por menos da metade do preço.

Del-Rei
Veterano
# 15/set/20 19:31
· votar


ejames
Por experiência própria, dá para montar um instrumento que não perde nada para Gibson ou Fender AM por menos da metade do preço.

Dá sim. Equipamentos excelentes de fabricantes nacionais....
O problema disso é o valor de revenda. Geralmente desvaloriza em maior proporção do que as marcas conhecidas.

Um aceno de longe!!!

ejames
Membro Novato
# 16/set/20 01:12
· votar


Del-Rei
O problema disso é o valor de revenda. Geralmente desvaloriza em maior proporção do que as marcas conhecidas.

Um aceno de longe!!!


Com certeza! E nesses tempos de alta contínua do dólar, instrumento de marca consagrada não apenas desvaloriza menos, como tem tendência a valorizar mais ainda com o passar do tempo. Por isso que fiz questão de citar que é para quem sabe exatamente o que quer, pois é meio que no esquema de que comprou, casou. Dificilmente vai conseguir vender pelo o que gastou.

Contudo, ainda acho que no geral o mercado está bem ok. Mesmo as guitarras de entrada chinesas estão num nível muito bom, o que antes era regra no sentido de encontrar porcaria hoje é quase que exceção. O iniciante que pesquisar direitinho consegue um equipamento bem honesto por um preço razoável. Do outro lado, o cara que quer algo de alto nível pode procurar o handmade, principalmente agora tem todo um nicho muito aquecido; pagando uma fração em relação ao importado.

De forma nenhuma é o ideal, mas dá para conseguir algo bem legal sem desembolsar uma fortuna para não ter que tocar num pedaço de pau com cordas, seja indo pelo lado dos importados de entrada ou indo logo para algo de luthier. Aos trancos e barrancos, o músico iniciante ou profissional hoje em dia está muito melhor do que na época em que o mercado era dominado por Jennifers e Tonantes.

felipe bento pereira
Membro Novato
# 16/set/20 10:23
· votar


Exatamente! E se o cara sabe o que quer, vai pro lado handmade. Por experiência própria, dá para montar um instrumento que não perde nada para Gibson ou Fender AM por menos da metade do preço.

uma handmade nacional que eu acho que não deve em nada pras Gibsons e Fenders custom shop, é a Dunamiz!!
eles usam normalmente materiais nobres, que mesmo nas customs dessas marcas seria o supra sumo!
virei fã do trabalho dos caras!

Buja
Veterano
# 16/set/20 10:40
· votar


Hoje em dia, se eu fosse investir num instrumento excelente, que fosse pra mim, é handmade mesmo.
Nao acho que fender e gibson de hoje valham mais a pena.
So pela hype, nome, revenda, realizar sonho de ter marca X no set.
Fora isso, hoje, acho que uma handmade não so bate fender e gibson. É superior a fender e gibson.

HortaRates
Membro
# 16/set/20 10:48 · Editado por: HortaRates
· votar


Buja
Eu concordo com você. A grande maioria das Fender e Gibsons são instrumentos de linha de produção. Possuem um controle de qualidade bom e materiais de construção bons, mas não são instrumentos feitos pra competir com guitarras feitas de forma artesanal, feitas à mão. Comparar Fender e Gibson das linhas abaixo das Custom Shop com instrumentos handmade é comparar maçãs com laranjas...
Dito isso, eu fico triste que o valor de revenda as handmades nacionais ser baixo... Se não fosse por isso, provavelmente eu investiria nelas. Mas ainda não estou pronto pra "casar" com uma guitarra, gosto de sempre estar trocando a medida que a necessidade muda.

JJJ
Veterano
# 16/set/20 10:54
· votar


HortaRates
Mas ainda não estou pronto pra "casar" com uma guitarra

Eu sou polígamo nesse sentido aí... kkkkkkkkk

Buja
Veterano
# 16/set/20 12:09
· votar


O problema da revenda da handmade ser baixo é até justificavel.
A handmade foi feita segundo os moldes do dono, no gosto dele, para ele.

O que é bom pro dono, pode nao ser pra mim.
Madeiramento, braço, capts, até shape do corpo,
tudo pode não ser o que espero.

Logo se vou dar sei la, 3 pals numa handmade usada,
pego esses 3 e dou de entrada numa handmade 'pra mim'.

No meu ver, ta até certo. O handmade foi feito pra ser seu.
Nao pra revender. Pra comprar hoje pensando em trocar
daqui uns 5 anos, sei la, melhor fender e gibson.

Lelo Mig
Membro
# 16/set/20 12:35
· votar


Caboclo, no Brasil, fala muita besteira.

Gibson, Fender e etc, são boas guitarras mas são instrumentos de massa, vendidos em grandes magazines, e é assim desde os anos 50.

A mítica se criou porque eram os melhores custos x beneficio da época e os grandes guitarristas e o próprio rock se fundiram a estas duas marcas.

Tá cheio de guitar hero monstro lenda de banda essencial que toca com a guitarra do jeito que comprou nas Casas Bahia dos EUA.

Futuras personalizações, adaptações são naturais e esperado de quem vive de música, é profissional.

O resto, é preciosismo inutil de quem discute, ainda hoje, se a cor da guitarra altera o timbre.

Del-Rei
Veterano
# 16/set/20 13:02
· votar


Buja
O problema da revenda da handmade ser baixo é até justificavel.
A handmade foi feita segundo os moldes do dono, no gosto dele, para ele.


Além disso, tem a questão da logo no headstock né? Uma coisa é a marca universal que o mundo inteiro conhece. Outra é a marca que provavelmente só um nicho daqui conhece.

Um aceno de longe!!!

Filippo14
Veterano
# 16/set/20 13:11
· votar


Discordo um pouco de todos e concordo um pouco com todos também.

Primeiro, tenho algumas Dunamiz e tenho muitas guitarras em casa de marcas consagradas. Acho que as Dunamiz são fantásticas, valem o preço que se paga por elas e tenho agora vontade de pegar mais umas 3 com eles, mas não acho que as outras não sejam fantásticas também. Tudo bem que minha Gibson é uma custom shop, mas ela é a melhor guitarra que tenho em casa , considerando todas essas. Pode ser que a mítica em cima dela impacte, que eu me adaptei a essa guitarra, mas, para mim, ela continua sendo a melhor de todas.

Segundo, posso ter dado sorte, mas vendo uma Dunamiz recentemente um pouco mais caro do que paguei para uma outra loja, que está colocando um valor ainda mais alto pela guitarra. A Dunamiz encareceu bem desde que eu comprei e teve uma depreciação cambial altíssima, que gera uma inflação, principalmente em produtos importados ou com matérias primas importadas, mas ainda assim, terei tido um ganho real na venda da guitarra, assim como a loja. Acho que essa questão de handmade vender mais barato é relativo. Isso ocorre muito com guitarra pouco tradicional e muito especifica. Dúvido que uma Dunamiz R9 perca valor, eu inclusive pagaria mais caro por ser a pronta entrega, por estar lá. A Dunamiz começou a fabricar instrumentos sem ser somente por encomenda e não aceita grandes mudanças estéticas que tirem o ar vintage do instrumento. Isso é muito bom para quem quer revender, pois o instrumento passa a ser mais tradicional e a agradar muito mais, mas você perde o poder de customização, tanto que eles não fazem qualquer coisa. Chega lá querendo fazer uma JEM ou querendo a guitarra com cara de nova e eles não farão.

Abraço

HortaRates
Membro
# 16/set/20 13:40 · Editado por: HortaRates
· votar


Filippo14
Eu acredito que a partir de certo nível, "melhor" ou "pior" acaba sendo relativo e questão de gosto pessoal. E acredito que esse nível nem precisa ser muito alto não. Tocabilidade, timbre e acabamento no geral são gostos pessoais.

Muita gente tem reclamado que ultimamente as Gibsons de linha normal tem vindo com "defeitos" de fabricação: trastes mal acabados e acabamento da pintura mal feito são alguns exemplos. Isso sim é quantificável, e acredito que esse tipo de coisa não vai ser encontrado em guitarras handmade nacionais bem feitas, e nem nas custom shop das marcas tradicionais.

Sobre vender mais caro que comprou, não necessariamente você teve ganho de capital. Apesar dos índices oficiais não apontarem uma inflação muito alta, em 2020 o real compra muito menos se comparado aos anos anteriores. Seja em eletrônicos, instrumentos musicais ou até alimentos básicos. Eu não faço ideia dos valores, mas se você não tiver vendido por pelo menos uns 30% a mais que pagou, não sei se é ganho de capital não viu...

entamoeba
Membro Novato
# 16/set/20 14:34
· votar


Lelo Mig
se a cor da guitarra altera o timbre.

Vou pintar de verde jalapeño para deixar o som mais ardido.

Lelo Mig
Membro
# 16/set/20 15:21
· votar


entamoeba

"Vou pintar de verde jalapeño para deixar o som mais ardido."

Pois é... pintei uma de marrom o timbre ficou uma merda.

JJJ
Veterano
# 16/set/20 15:46 · Editado por: JJJ
· votar


se a cor da guitarra altera o timbre.

Outra boa é aquela da tampa de plástico traseira da ponte da Strato. Galera jurando que muda o som se tirar... kkkkkkkk

Del-Rei
Veterano
# 16/set/20 17:36
· votar


Filippo14
Eu acho que existem "handmades" e "handmades".
Uma coisa é falarmos de Dunamiz e João Cassias (e alguns poucos outros) que bem ou mal acabam sendo referências de bons equipamentos no país.... Mas, ainda assim, um nicho específico.

Outra coisa é falarmos de guitarras construídas (ainda que sob encomenda e muito bem feitas), por pessoas mais desconhecidas. Por melhor que seja a guitarra, dificilmente alguém paga o que vale.

Da mesma forma um amp do Pedrone ou TMiranda. Pode ser que o comprador consiga revender até mais caro do que comprou, dependendo do comportamento do mercado. Mas tem nomes por aí que você não revende nem pela metade do preço.

Um aceno de longe!!!

T-Rodman
Veterano
# 16/set/20 17:47 · Editado por: T-Rodman
· votar


a 'handmade' aqui da cidade tá ficando famosinha, rs


Essas meio que são 'geração 3' vamos assim dizer. Eu tenho 1 tele e 1 jazz bass da primeira geração (clone). E uma meio que Mustang da segunda geração que já é mais autoral. Agora tem essa geração mais recente que tem mais identidade própria.

Del-Rei
Veterano
# 16/set/20 18:34
· votar


T-Rodman
Não conheço, mas parecem ser interessantes. Pro equipamento ser conhecido, "basta" o fabricante investir no marketing ($$). Põe o equipamento na mão de gente que tem visibilidade, negocia o merchan.... E dependendo no nível dessa visibilidade, a marca ganha notoriedade.

Aí o resultado depende do nível da visibilidade do "artista"... Engraçado que o Youtube hoje deu muita visibilidade aos guitarristas de quarto, rs. Aliás, embora eu tenha banda, acabado me enquadrando nisso também, porque às vezes posto vídeos gravados em casa. Mas o que tem de guitarrista no YouTube que não toca fora de casa, é incrível. Nada contra, claro. Mas é um fenômeno curioso, e útil ao mesmo tempo.

Lembro que os caras da Dunamiz fizeram uma Gold Top foda e mandaram pro David Gilmour. Não sei o que aconteceu, mas creio que bastaria ser usada uma ou duas vezes pra notoriedade da Dunamiz decolar mundo afora.

É tipo o Neymar falar que o T-Rodman, do FCC, é um guitarrista foda. Ninguém te conhecia, mas você vai passar a receber diversos convites.

O difícil é que às vezes os artistas já têm contratos com determinadas marcas e nem sempre podem aparecer com equipamentos de marcas diferentes.

Um aceno de longe!!!

felipe bento pereira
Membro Novato
# 17/set/20 13:24
· votar


Lembro que os caras da Dunamiz fizeram uma Gold Top foda e mandaram pro David Gilmour. Não sei o que aconteceu, mas creio que bastaria ser usada uma ou duas vezes pra notoriedade da Dunamiz decolar mundo afora.

ele deve ter mandado colocar o logo da Gibson! kkkkkkkkkk
é zuera! mas não duvido!
o Oziel fez isso! tem umas video aulas dele que ele colocou um adesivo bem sem vergonha escrito gibson numa strato!! kkkkkkkkkkkkk
e a proposito! alguem viu a black strat que a Dunamiz fez??
linda demais!!!!

renatocaster
Moderador
# 17/set/20 13:55
· votar


dá para montar um instrumento que não perde nada para Gibson ou Fender AM por menos da metade do preço.

SX com upgrades™

renatocaster
Moderador
# 17/set/20 13:56 · Editado por: renatocaster
· votar


T-Rodman

a 'handmade' aqui da cidade tá ficando famosinha, rs

Bem bacana essa do vídeo do Renatinho, só não curti a captação ativa.

Ahn, tbm não curto muito esse shape do headstock dele, lembra um pouco o daquelas guitarras Jennifer.

Del-Rei
Veterano
# 17/set/20 16:24 · Editado por: Del-Rei
· votar


felipe bento pereira
ele deve ter mandado colocar o logo da Gibson! kkkkkkkkkk

Olha, não seria algo impossível... rs.
Acho que um cara do quilate do David Gilmour deve ter só Les Paul de alto nível, escolhidas a dedo ao longo da carreira em que certamente o cara teve acesso ao que o dinheiro pode comprar de melhor.... Então, pra tentar competir com os atuais instrumentos dele, a guitarra tem que ser altíssimo nível, ainda mais sendo de uma marca desconhecida pra ele. Realmente tem que impressionar.

Vi a Blasckstrat sim. Mas geralmente passo batido por postagens de guitarras que não sejam Lespa, Firebird, Explorer ou uma Semi-Acústica... hehehe.

Será que vão mandar pra ele também? rsrs

Um aceno de longe!!!

Del-Rei
Veterano
# 17/set/20 19:48
· votar




Um aceno de longe!!!

Sub_Zero
Veterano
# 19/set/20 14:46
· votar


Eu tenho 2 fenders atualmente (AVRI 65 e American Original 50), são excelentes guitarras, mas acho loucura pagar mais de 10 mil nessas guitarras, igual a gente vê aos montes sendo anunciadas no mercado livre. Também tenho 2 Dunamiz (1 telecaster 50 e stratocaster 55), são guitarras sensacionais pelo preço que paguei. Acho a Dunamiz, dentro do segmento que gosto (stratos e telecaster), um excelente custo benefício, num toquei em fender custom shop, mas as AVRI e Am. Original que tive oportunidade de pegar não são melhores que elas, e mesmo assim chegam a custar quase o dobro.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Fender terá o melhor ano de vendas de guitarras em toda sua história