Guitarra Fnder Mexicana com avarias, vale a pena consertar e trocar compenentes?

    Autor Mensagem
    Nebuchadnezzar
    Membro Novato
    # 30/nov/19 15:23


    Comprei uma Fender Standard mexicana de 2005, segundo o dono toda original e que passou por blindagem. Ela tem uma avaria na curva do corpo, parece uma pacada que decascou a pintura, uma arranhão meio profundo na parte da frente e a parte da ponte que prende as cordas tem o que parece ser oxidação. Segundo o dono, esses danos não afetam em nada o som. No geral está boa mesmo. Vou levar numa loja para avalição se é tudo original ou não, pois paguei R$ 3.500 nela. Vale a pena arrumar esses pontos? Comprar uma ponte nova, completa e levar num luthier para trocar e restaurar esses descascões? Não é só pela estética quero saber se isso pode permitir a umidade afetar o madeira interna dela.

    Lelo Mig
    Membro
    # 30/nov/19 23:01
    · votar


    Nebuchadnezzar

    "parece uma pacada que decascou a pintura, uma arranhão meio profundo na parte da frente"

    Cara, pela sua descrição não parece ser nada sério ou que comprometa o instrumento.

    Mas, estas dúvidas você têm que tirar num luthier, é como levar carro no mecânico antes de comprar, tem que levar em quem entende.

    Você diz que "já comprou"... tinha de levar num Luthier antes.

    LeandroP
    Moderador
    # 01/dez/19 13:35
    · votar


    estas dúvidas você têm que tirar num luthier

    Concordo com o Lelo Mig

    De um modo geral, pela sua descrição, não vejo nada de mais.

    Já em relação à ferrugem, é bom observar melhor.

    Se puder postar imagens do instrumento, facilita bastante a avaliação.

    Nebuchadnezzar
    Membro Novato
    # 01/dez/19 16:01
    · votar


    Lelo Mig e Leandro P,

    Eu vou levar numa loja, que tem um cara que entende muito para ver e atestar se é original. Caso precise levo em um luthier. Tenho 7 dias para devolver, comprei no mercado livre.

    Segue imagens:
    Oxidação da ponte.

    Descascado na curva do corpo.

    O outro arranhão não dá para capturar, pois o que tenho é um vídeo. Ainda não estou com a gutarra.

    LeandroP
    Moderador
    # 01/dez/19 18:58
    · votar


    Nebuchadnezzar

    Os saddles (carrinhos da ponte) podem ser substituídos facilmente. Este descascado não tem nada de mais. Eu deixaria como está mesmo.

    Nebuchadnezzar
    Membro Novato
    # 01/dez/19 19:05 · Editado por: Nebuchadnezzar
    · votar


    Leandro P

    Tá certo! Muito obrigado. Então são coisinhas resolvíveis. Vou mandar para uma revisão para checar a parte elétrica e ver como tudo está.

    Obrigado também ou outro colega.

    Lelo Mig
    Membro
    # 01/dez/19 23:42 · Editado por: Lelo Mig
    · votar


    Nebuchadnezzar

    Pelas fotos parece estar tudo ok, coisas normais de uma guitarra usada.

    "tem um cara que entende muito para ver e atestar se é original"

    Já que você têm essa pessoa, sempre é bom recorrer prá ver originalidade e outras coisas. Nunca é demais uma avaliação de quem entende.

    E felicidades com a nova aquisição. Parabéns!

    Nebuchadnezzar
    Membro Novato
    # 02/dez/19 09:24
    · votar


    Lelo Mig

    Obrigado pela ajuda!

    acabaramosnicks
    Membro Novato
    # 02/dez/19 10:06 · Editado por: acabaramosnicks
    · votar


    Nebuchadnezzar
    É uma bela guitarra. A oxidação não é grave, e é esperado de uma guitarra usada, no sentido de que a pessoa toca com ela de verdade. O lascado na pintura não é grave também, e não traz risco à integridade do instrumento.
    Estou com o Leandro, deixaria como está. A oxidação vai voltar conforme vc mesmo tocar, e o lascado é como um charme a mais, tipo um beauty mark

    Nebuchadnezzar
    Membro Novato
    # 02/dez/19 10:39
    · votar


    acabaramosnicks

    Obrigado. Sim, não sou tão apegado assim a parte estética, sempre admirei meu clarinete e um sax barítono que estudava, ambos eram já bem gastos. Mas fiquei preocupado com a integridade da madeira interna. Tenho uma outra dúvida, pois sou estreante em instrumentos elétricos.

    Lelo Mig e Leandro P
    Alguém poderia avaliar o post abaixo para ver se aproveito os preços mais baixos:

    Dúvida sobre caixa passiva e cabeçote

    T-Rodman
    Veterano
    # 02/dez/19 11:19
    · votar


    hum, nah. não iria atrás de o'neal não.
    Por R$ 2000 tem combos ou caixas de 10/12 com 30w valvulados mais interessantes - principalmente pra tocar em casa ou em lugares pequenos.
    Mais do que isso não vale à pena ir atrás.

    eu até iria sugerir algum combo multiefeitos de marca tradicional, ou um Boss Katana da vida, Fender Mustang, Vox VT, etc.

    acabaramosnicks
    Membro Novato
    # 02/dez/19 11:32
    · votar


    Veja, são produtos diferentes com propostas totalmente diferentes. Vou dizer o que eu entendi da proposta, se entrega ou não o que foi prometido é outra história.

    Esse oneal, ao que entendi, tem a proposta de ser um half stack, totalmente analógico (old school), transistor (melhor mantenabilidade e resistência em relação a equipamentos valvulados), com bastante potência (suficiente pra qualquer apresentação sem ter que microfonar). No caso, ele é a opção mais barata pra quem busca este tipo de produto. É o tipo de amp mais próximo de plug n play.


    O Marshall Code tem outra proposta. É pra ser um amp versátil, e com boa portabilidade, com bons timbres de todos os tipos garantida por suas simulações digitais de amps, pedais, etc de alta qualidade. Veja que este também é transistorizado, e a potência é sete vezes menor, com apenas um falante com caixa open-back. Com certeza não dá conta de grandes apresentações sozinho, daí tem que microfonar ou mandar sinal de linha. Acredito que sirva para ensaios a depender do ambiente e do braço do baterista, mas não posso te dar certeza.

    Meu conselho é não pegar o oneal, este é um tipo de produto pra quem tem um problema/demanda específico e procura uma solução barata, se este fosse o teu caso, não estaria perguntando aqui, é o tipo de produto pra um consumidor mais específico. O Marshall, se não te atender adequadamente, depois vc vende com facilidade por causa do logotipo. Os concorrentes da linha CODE foram citados acima. Eu, particularmente, não curto este tipo de amp, mas prefiro os Vox VT

    Nebuchadnezzar
    Membro Novato
    # 02/dez/19 11:48
    · votar


    T-Rodman e acabaramosnicks

    Obrigado pelas respostas. Assim desencano desse Oneal, pois o preço está baixo em relação o que estava poucos dias atrás e foco em compreender melhor e com calma esse mais portáteis.

    É para uso doméstico e quando dominar um pouco a guitarra usar pedais e conectar a softwares de gravação para verificar espectro de acordes essas coisas.

    Muito obrigado!

    acabaramosnicks
    Membro Novato
    # 02/dez/19 12:44
    · votar


    Nebuchadnezzar
    Não foi nada. Depois volta aí pra dizer o que achou de seus novos equipos. Abraço.

    fontes_rio
    Veterano
    # 02/dez/19 13:41
    · votar


    Rapaz. Está difícil vender instrumento. Fiz uma Black Friday da minha guitarra Fender americana, extremamente nova, com case de luxo, sem arranhão, blindada, regulada, pedindo apenas 5000 reais e nada.

    T-Rodman
    Veterano
    # 02/dez/19 14:14 · Editado por: T-Rodman
    · votar


    Nebuchadnezzar
    vai atrás dos pequenos que tem conexão USB (Fender Mustang e Boss Katana creio que tem).
    Veja review deles, e como que eles se conectam com o PC.
    Creio que eles possam te encaminhar para isso que você está imaginando com menos problemas.

    exemplos:
    Katana com um programa de DAW
    https://www.youtube.com/watch?v=nOeJH1gfgQw

    Fender Mustang:
    https://www.youtube.com/watch?v=qjZFSZwxjAk

    LeandroP
    Moderador
    # 02/dez/19 14:27
    · votar


    O Katana é show de bola!

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Guitarra Fnder Mexicana com avarias, vale a pena consertar e trocar compenentes?