Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Shredder ou Blueseiro? O que você quer ser quando crescer?

      Autor Mensagem
      JJJ
      Veterano
      # nov/14 · Editado por: JJJ


      Ok... você já cresceu... E aí? Escolheu qual caminho?

      Eu já fiz uma enquete sobre guitarra aqui. O PentaBlues está fazendo outra (maior). Mas a pergunta acima é a mais básica de todas, na minha opinião, e acho que não pintou em nenhuma enquete... Que "tipo" de guitarrista você quer ser (ou é), com relação à forma de tocar solos?

      Tá... tem outros tipos... Flamenco, Heavy Metal "duro", Jazz, Bossa Nova, etc... Mas esses dois aí do título são, de longe, os dois jeitos de solar que mais aparecem por aqui e, não raro, entram em conflito!

      Me toquei de falar sobre isso, quando vi um tópico recente do De Ros, onde ele aparece tocando (com outros dois guitarristas) sobre uma base clássica de blues, 12 compassos, I IV V... Não é a praia dele (deixou isso claro, ao me responder). A praia dele é velocidade, porrada, escala pra cima e pra baixo deslizando no braço. Não sei se ele vai concordar com o termo "shredder", mas, pra simplificar, fica o rótulo e já as minhas desculpas, caso ele não concorde... rs

      Mas, voltando ao tema... Tenho certeza que, num primeiro momento, alguns vão pensar "os dois!". Dá pra ser rápido e fazer um solo cheio de "feeling bluesy" ao mesmo tempo! Sim... claro que dá! Mas isso não invalida a pergunta. Uma forma de tocar, um estilo, um jeito, uma predileção sempre prevalece. Aquele jeito que você, quando pega a guitarra, já sai, instintivamente, fazendo. É disso que eu tô falando. Sacou?

      De um lado, temos aqueles que vão sempre se espelhar em Clapton, SRV, Hendrix, Gilmour.

      E de outro lado, teremos outros que sempre vão se espelhar em Satriani, Wylde, Petrucci...

      EDIT: Ok, tem aqueles que não vão se espelhar em ninguém, mas isso é raro, o cara ter um estilo tão "próprio" logo de cara (ou então não gosta de solar, sei lá).

      Discorram, escorram, discordem, concordem, ampliem...

      EDIT IMPORTANTE: NÃO SE TRATA DE TÉCNICA VS FEELING!!! PELAMOR!!!

      ogner
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      - Blüsêro

      hehe

      renatocaster
      Moderador
      # nov/14
      · votar


      Prevejo a porrada comendo neste tópico em 3, 2, 1...

      ----------------------

      Sobre o assunto em questão, eu confesso que tenho uma "quedinha" a mais pelo lado shredder.

      Thiago Livgren que toca mais ou menos
      Membro Novato
      # nov/14
      · votar


      Já que eu não consigo tocar rápido ainda, estou preso no lado azul da bagaça, kkkkk.
      Mas, sinceramente, eu gosto de explorar a lentidão, e tal. MENOR HARMÔNICA FOI FEITA PRA SER TOCADA LENTAMENTE!!!!!!! MWAHAHAHA!!!
      Então, meu voto vai pro Blues. o/

      f14gomes
      Membro
      # nov/14
      · votar


      Já que responder os dois ficou fora de questão. O sonho era seguir o Sat, mas já cresci e não rolou, então me contentaria em quando atingir a melhor idade estar mandando um Clapton de responsa.

      BJAofficial
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      Costumo compor meus solos dividindo-os em duas partes, cada uma com um desses estilos mesmo. haha

      Lelo Mig
      Membro
      # nov/14 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      JJJ

      Eu cresci faz tempo... não optei por nenhum dos dois caminhos.

      Hoje, estou fora de forma, mas quando estava em forma e tocando profissionalmente, havia optado por uma linha menos "músico"... explico:

      Gosto muito de harmonia, dos acordes e dedilhados. Gosto de solos, pensados e arranjados, com intenção, começo, meio e fim. Não me preocupo com escalas, com campo harmônico, nada disso. Apenas as coisas soarem como "ouço dentro da cabeça" e reproduzir.

      Gosto de variação de timbres, soar X numa música Y em outra.

      Gosto de efeitos pensados.... um delay preciso numa frase, um flanger estudado para aquele arpeggio, um tremolo "no pulso" para aquele "final de canção"... e etc.

      Então, optei, pela versatilidade sonora e desenvolver um estilo próprio. Velocidade e etc, sempre foram secundários. Só estudava se algo que eu criasse pedisse treino e exercícios, somente em função do objetivo, nunca me preocupei com isso antes.

      Gosto de SRV, gosto de Petrucci........mas nunca quis soar como nenhum dos dois. Nem como nenhum outro que admiro.

      Prá ser sincero, esta coisa de "guitar hero" me entedia um pouco. Gosto de música! A guitarra e os guitarristas são meros coadjuvantes, muitas vezes desnecessários, que deveriam saber fazer silêncio em prol da música, muitas vezes.

      BrotherCrow
      Membro Novato
      # nov/14
      · votar


      Lelo Mig
      Cara, tua descrição me lembrou George Harrison em vários momentos.

      Lelo Mig
      Membro
      # nov/14
      · votar


      BrotherCrow

      Puxa cara, fico feliz de verdade!

      Nunca havia pensado nisso! Tomo como um puta elogio... obrigado!

      erico.ascencao
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      Se for pra escolher um dos dois, tendo para o lado blueseiro. Ainda sou criancinha guitarristicamente falando, mas já me identifico mais com este estilo de tocar.

      SuicideGuy
      Membro
      # nov/14
      · votar


      É difícil escolher, todo guitarrista "shredder" tem lá suas músicas mais lentas e cheias de feeling, mas se eu tivesse de escolher um dos dois estilos eu escolheria o "shredder" pois se come muito mais "marias shampoo" com isso do que com blues! O lance é tocar, não importa o que, os dois me servem. Então vamos analisar as consequências do que acontece depois que se toca!
      ahauhauahauhauauahaauhuha

      De Ros
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      JJJ

      Só para deixar claro -

      "Me toquei de falar sobre isso, quando vi um tópico recente do De Ros, onde ele aparece tocando (com outros dois guitarristas) sobre uma base clássica de blues, 12 compassos, I IV V... E não curte (deixou isso claro, ao me responder). Não é a praia dele. O que ele curte é velocidade, porrada, escala pra cima e pra baixo deslizando no braço. Não sei se ele vai concordar com o termo "shredder", mas, pra simplificar, fica o rótulo e já as minhas desculpas, caso ele não concorde... rs "

      Não é que eu não gosto de blues. É eu não toco blues.
      E 99% dos guitarristas que costumam fazer esse tipo de jam não tem ideia de como tocar blues.

      Essa confusão de ficar tocando um mais rápido do que o outro sobre uma base I, IV, V que eu acho um saco.

      Mas eu adoro Clapton, Buddy Guy, Steve Ray Vaughan, Bonamassa, B.B. King eassemelhados. Só não sei tocar como eles.

      Ismah
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      De Ros

      Quando li pensei o mesmo...

      JJJ

      Blues ever! Não digo que eu seja o novo bluesman da terra, mas eu gosto e muito, da melodia acima da velocidade...

      Lu_Soares
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      rhythm blues... please !

      Wuju Wu Yi
      Membro Novato
      # nov/14
      · votar


      falando de guitarra, eu gostaria muito de tocar como guthrie govan, alex hutchings, uns guitarristas de metal, tipo o do pantera, que faz uns solos esquisitos, dissonantes e legais. E gostaria de tocar blues daqueles bem de motel. Bem, não consigo responder assim tão categóricamente entre essas duas alternativas, não consigo excluir uma.

      Mas quando crescer mesmo queria tocar piano, trumpete, saxophone, e bateria em bandas de Jazz, principalmente de Bebop.

      cafe_com_leite
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      Nossa. Que dicotomia besta... Sei lá mano, não me identifico com nenhuma das duas. Quero ser o cara que faz música. Serve?

      kandrade1
      Membro Novato
      # nov/14
      · votar


      Começando nessa arte, mas já tenho certeza que estou do lado azul também!

      JJJ
      Veterano
      # nov/14 · Editado por: JJJ
      · votar


      ogner
      - Blüsêro

      Eu não tinha a menor dúvida disso... hehehe

      renatocaster
      Prevejo a porrada comendo neste tópico em 3, 2, 1...

      Só depois da página 7.

      Lelo Mig
      cafe_com_leite

      Pelas respostas de vocês, eu sinto que...
      (a) vocês não se vêem como guitarristas solo, mas como base (sem demérito nenhum, que fique claro), algo como Andy Summers, por exemplo ... ou ...
      (b) vocês preferem outro estilo de guitarra solo (como eu já havia elencado antes: flamenco, jazz, whatever) ... ou ...
      (c) vocês fazem bem ambos. Existe uma categoria (rara) de guitarristas que conseguem transitar com tranquilidade entre o "bluesismo" e o "shreddismo" com maestria (Vai? Malmsteen?).

      SuicideGuy
      eu escolheria o "shredder" pois se come muito mais "marias shampoo" com isso do que com blues

      Eu não apostaria nisso... kkkkkk

      De Ros
      Essa confusão de ficar tocando um mais rápido do que o outro sobre uma base I, IV, V que eu acho um saco.

      Realmente, não combina nem um pouco com a ideia da coisa!

      Lu_Soares
      rhythm blues... please !

      Quando digo blues, digo blues e tudo que dele deriva, claro. Gilmour, por exemplo, não toca blues, especificamente, mas é clara a "intenção bluesy" dos solos.

      carlcarl
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      toco guitarra porque foi o violão que estava por perto(meu pai tocava)mas o meu negocio é musica independente de estilos e instrumentos musicais.
      como foi dito sabiamente pelo
      Lelo Mig
      eu tambem não tento soar nem tocar como os meus ídolos , eles tocam muito bem e eu não,mas estou feliz com o que tenho e o que faço.
      enfim,não estou enquadrado em nenhuma das duas opções.
      abçs

      Marc Snow
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      Temos aí alguns fatos:
      - 99,999999...% das crianças quando começam a tocar escolhem uma guitarra com modelo cheio de pontas, torta, fora do convencional e o grande esquema é tocar rápido.

      - Muitas conseguem o feito.
      Outras não conseguindo, desistem e passam a meter o malho em velocidade com aquele velho e surrado jargão clássico:"O CARA NÂO TEM FEELING!"
      Como se Feeling fosse tocar devagar.... Se fosse assim, os iniciantes seriam quem mais tem feeling, pois estão executando tudo devagar para aprender...

      Os que conseguem tocar rápido tem dois caminhos:
      - Um é daquela molecada que acha que sobe e desce velozmente é alguma coisa ou seja : O famoso "BULULÚ"

      - E outro é aqueles que procuram aliar a velocidade como complemento de sua tecnica, usando sempre com melodia

      - Molecada tambem acha que BLUES = Escala Pentatônica m7
      Ao aprender essa escala já acha que nasceu no Mississipi, mesmo sem saber quem é Robert Johnson, BB King, John Lee Hooker, Buddy Guy, Robert Cray, ... e uma infinidade.

      Entre tudo isso eu digo o seguinte:
      MELODIA é a alma do negócio. Lento ou rápido, sem melodia, não rola!
      PEGADA é fundamental tambem.

      ogner
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      Ué, estamos falando sobre tocar rápido x devagar?

      Vou ler novamente o tópico inicial...

      Tem blues rapido como tem musicas que não são blues lentas.. Oras..

      Do que estamos falando??

      Estilos ou velocidade?

      JJJ
      Veterano
      # nov/14 · Editado por: JJJ
      · votar


      ogner

      Certíssimo! A coisa é mais pro lado do estilo mesmo.

      Pense no seguinte: você pega a guitarra pra solar. O que sai? Algo com viés "bluesy" melódico ou você tenta fazer aquelas escalas pra cima e pra baixo, com agilidade? Intenção. Atitude. Forma. Estilo.

      Não é discussão técnica vs feeling. Até porque, como bem disse o Marc Snow, ambos são necessários. E eu jamais abriria um tópico pra discutir isso.

      Lelo Mig
      Membro
      # nov/14 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      JJJ

      Pelas respostas de vocês, eu sinto que...
      (a) vocês não se vêem como guitarristas solo, mas como base (sem demérito nenhum, que fique claro), algo como Andy Summers, por exemplo ... ou ...
      (b) vocês preferem outro estilo de guitarra solo (como eu já havia elencado antes: flamenco, jazz, whatever) ... ou ...
      (c) vocês fazem bem ambos. Existe uma categoria (rara) de guitarristas que conseguem transitar com tranquilidade entre o "bluesismo" e o "shreddismo" com maestria (Vai? Malmsteen?).


      a- Errado! Guitarrista solo e guitarrista base, é um conceito que veio com as bandas de 2 guitarristas. No meu conceito não existe esta divisão, guitarrista faz ambas as coisas. Por coincidência, quase que 80% de minhas bandas favoritas possuem apenas um guitarrista.

      b- Errado novamente! Usemos um exemplo para facilitar: Steve Howe (Yes) é um guitarrista de que estilo? De todos e de nenhum... entendeu onde queria chegar?

      c- Errado novamente!...hehehe. Não vejo dessa forma JJJ. Steve Vai ou Malmsteen são superiores tecnicamente ao The Edge ou Robert Fripp? Sim, contudo, o "conceito funcional", ou seja, o objetivo da guitarra dentro da música dos dois últimos, prá mim é muito superior ao dos dois primeiros.

      É apenas uma questão de "visão"....

      MMI
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      É mais ou menos o que o amigo carlcarl falou. Não me limito a um rótulo desses. Eu tenho plena consciência que nunca vou tocar melhor que Clapton, SRV, Gilmour, Satriani, Vai, Van Halen etc. Especialmente quando se trata de tocar as músicas que eles mesmo criaram. Então quero tocar do meu jeito, me satisfaço assim, mesmo que seja tocando mal.

      Geralmente quero tocar blues com mais acordes, mais inversões; jazz com um jeito meio bossa; clássico em chord melody; rock mais para blues... E assim vai.

      Já estudei e tentei tocar metal, virtuosismo e tal. Cada vez vou menos para esse lado, mas nada me impede de arriscar ás vezes. Atualmente estou mexendo com esse lado também...

      Ou seja, não estou nessa também...

      Obs.: também não toco como o De Ros, esse nem me arrisco. Não é a toa que o cara é um dos maiores do Brasil... :)

      Funeral Doom
      Membro Novato
      # nov/14
      · votar


      tenho quase 40 e é Shredder pq blues pra mim é insuportavel de chato

      JJJ
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      Lelo Mig

      Vou insistir (modificando de leve) na letra (a) então, dados os exemplos que você citou: Howe, Edge, Fripp (e mesmo o Summers, que eu tinha citado) solam.

      Porém... Nenhum deles é exatamente o modelo de um guitarrista solo!

      Nenhum deles tem as características que são comuns, por exemplo, a Clapton e Satriani. A princípio você pode dizer que Clapton e Satriani não tem nada em comum... É... mas ambos são, fundamentalmente, guitarristas que tem essa "alma" (na falta de palavra melhor) de solista. Nesses outros que você citou, eu não vejo isso.

      Realmente, se você segue nessa linha, não se encaixa na dicotomia (besta, segundo o café_com_leite) do tópico. Eu me encaixo, assim como tantos outros.

      ogner
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      Lelo Mig
      Caraca, JJJ tirou zero (0)!!! ahahahahahahaha!

      JJJ
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      ogner

      Zero não... lê lá minha resposta e veja se concorda... exijo pelo menos um 4 nessa prova! hehehe

      ogner
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      JJJ
      Lelo Mig
      Captei essa outra vertente que se abriu na classificação de guitarrista solo.

      Eu sempre fui ( como acredito 95% ) dos guitarristas iniciantes um guitarra solo, da maneira que pega a guitarra e sola, licks, melodias e fod@-se acordes , triades, e etc. Hoje nao sou mais assim. E mais comum eu pegar a guiarra e fazer uma progressao blues/jazz invocada que dar uns bends e fazer licks na guitarra.

      Tocando num trio agora, que toca muita coisa ( tem acordes com 5° tb, hehe, mas sempre tento entorta-los) to cada vez mais indo nessa linha, que considero mais ¨completa". E tudo isso dentro do Blues/Rock

      JJJ
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      ogner
      Lelo Mig

      Ocorre que, mesmo num guitarrista que tente fazer essa "linha mais completa" que o ogner citou... E na hora de solar? Vai de que jeito? Qual a intenção do solo?

      Então, ainda assim, cabe a pergunta.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Shredder ou Blueseiro? O que você quer ser quando crescer?

      306.119 tópicos 7.902.860 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital