Referências e estilos para um fã de David Gilmour aprender?

    Autor Mensagem
    Sávio Assis
    Membro
    # jun/13


    De uns 2 anos pra cá, eu só ouço Pink Floyd...Meu estilo na guitarra acabou virando uma cópia do David Gilmour, querendo ou não...Todo mundo já percebeu isso, alguns elogiam, outros criticam...

    Eu quero variar, mas me faltam referências...Eu sou fã do Kiko Loureiro, do Zakk Wylde e do Jason Becker, mas eu não tenho a velocidade deles, e to meio velho pra aprender isso agora...Já vou fazer 17 anos, e tem menino de 12 no youtube que já tem 10x a minha velocidade

    Eu estudei escalas gregas por um tempo, mas só domino a pentatônica mesmo...Tem um video de eu fazendo um solo improvisado na Pigs, e isso é basicamente o meu melhor, mas eu acho bem repetitivo: http://www.youtube.com/watch?v=E3-TvgnM9x8

    Então me deem dicas de guitarristas pra eu estudar, a partir da minha capacidade...Já me falaram Eric Clapton...Eu gosto dele, mas acho que falta feeling, e feeling é a principal coisa que eu aposto nos meus solos.

    Spect
    Veterano
    # jun/13
    · votar


    Como assim? Fica difícil os outros sugerirem algo para você tocar se nem mesmo você sabe o que quer. Se é para dar uma sugestão, toque blues. De raiz mesmo, delta.

    Só uma coisa: no outro tópico você disse que acha que não perde nada para estudantes da Berklee. Eu acho que tá bem longe disso. Além do fraseado que como você mesmo citou ficou meio repetitivo, tiveram muitos bends ali fora do tempo e do tom.

    Sávio Assis
    Membro
    # jun/13
    · votar


    Spect
    Como eu falei, eu comecei a pegar firme nos treinos há poucos meses...Antes eu só tocava por diversão

    Esse video por exemplo é do ano passado, e eu errava muito mesmo. Eu peguei aulas com um cara, ele falou pra eu controlar mais os bends, e me passou umas técnicas...Eu tenho que arrumar uma camera pra gravar um video novo.

    E eu disse também, tecnicamente eu to muito abaixo dos caras da Berklee...Mas tem vários video de admissão que os caras não são grande coisa, e são elogiados...

    sebber
    Veterano
    # jun/13 · Editado por: sebber
    · votar


    Sávio Assis

    Cara, minha situação é praticamente a mesma, no sentido de soar como ele nos solos (não estou estabelecendo comparação, apenas referências sonoras). Já me preocupei mais, hoje não estou me importando muito.

    Também ia sugerir blues, mas como já disseram, recomendo Jimmy Page (Led Zeppelin) ou Augusto Licks (Engenheiros do Hawaii), em especial nos discos A Revolta dos Dândis e Várias Variáveis. Nesses aí Augustinho matou a pau.

    Sávio Assis
    Membro
    # jun/13
    · votar


    sebber
    É, eu me preocupo em prolongar as notas e os bends, os caras acabam falando que eu sou imitão do estilo do Gilmour.

    Eu curto bastante coisa do Jimmy Page, mas o estilo dele já desgastado pra pra mim...Não conheço o Augusto Licks, vou dar uma olhada aqui, valeu!

    felipelfln
    Veterano
    # jun/13
    · votar


    Sávio Assis

    Vai procurando musicas dificeis pra tirar. Pra ir aumentando de nivel. Mesmo que voce nao goste muito, vai te ajudar.
    Os solos do guns sao bons pra quem ta mais devagar ganhar uma velocidade, tem umas frases rápidas e não muito complicadas. Iron Maiden também é bom, várias frases de penta, mas rápidas. Depois desses, procura pantera, bandas assim. Um solo legal de tirar é o da Nightmare do Avenged (provavelmente voce nao gosta hahaha), ele assusta, ouvindo parece complicado, mas é simples.
    Zakk Wylde usa MUITA frase de penta, pra você que diz que domina as pentas nao vai ser um grande desafio.
    Dificil mesmo é John Petrucci, Steve Vai, Malmsteen, esses caras. Os outros estão ao nosso alcance.

    JJJ
    Veterano
    # jun/13
    · votar


    Tá velho porque tem 17 anos?!

    Então eu sou o Tutankamon...

    Filippo14
    Veterano
    # jun/13
    · votar


    Sávio Assis
    Mano, uma sugestão que eu daria seria de ver efeitos de estúdio, tipo os que o Page (em estudio) e o Steve Vai ( viagens na própria guitarra) fazem, isso pode te ajudar a ter uma nova percepção da guitarra e utilizar em um som mais prog. Puça bandas como genesis (época boa), King Krimson, Yes, Jethroo Tull, ELP, resumindo, progressivo. Vive isso ai, se vc gota do Gilmour vc tem que amar o prog ahahaha.

    Pegando tecnicamente, Caras como o Jeff Beck são muito bons, ligados sem parar e ótimo feeling. Outro cara que tem uma onda tecnica "oposta" ao Beck mas é extremamente criativo é o p´roprio Steve Morse. Eles tem frases e ideias bem diferentes e que podem ser incorporadas em qualquer tipo de som.

    Cara, outra ideia que eu daria seria ouvir outros estilos musicais, abrir a cabeça, ouça jazz, fusion, hard rock, metal, blues, country.......
    Da mesma forma que vc tem que conhecer prog por estar perto do estilo de guitarra que vc curte, vc precisa conhecer outras fontes para ser original.

    Abraço

    Lelo Mig
    Membro
    # jun/13 · Editado por: Lelo Mig
    · votar


    Sávio Assis

    Cara, me desculpe, mas seu maior erro não é de guitarra e sim de auto avaliação.

    Eu vou perder um certo tempo aqui, então espero que não leve para o "mimimi" e saiba encarar um conselho positivo, porque você solicitou ajuda, portanto creio que queira ouvir algo que te ajude.

    Então, presta atenção:

    1- "To meio velho...Já vou fazer 17 anos"

    Mas que poha é essa? Grande parte de guitarristas que ficaram famosos, quando tinham a tua idade, não faziam nada além de descabelar o palhaço e se tornaram grandes músicos!

    Esquece esse lance de idade, estipula um objetivo e corre atrás...

    2- "e tem menino de 12 no youtube que já tem 10x a minha velocidade"

    Pare de se comparar com quem quer que seja, a não ser que seja para progredir. Cada um têm suas facilidades e deficiências, alguns têm mais foco e disciplina, que são importantes, mas não são determinantes.
    70% desses "velocistas" do Youtube, daqui 3 anos estarão com suas guitarras aposentadas, barrigudos, atrás de uma mesa de escritório.

    3- "eu só ouço Pink Floyd"..."Eu quero variar, mas me faltam referências"

    Funcionou para tocar no estilo Gilmour né? Será que ouvir Sabbath não funciona para tocar no estilo Iommy? Ouvir Led não funciona para tocar no estilo Page? Deep Purple para tocar no estilo Blackmore? George Benson para tocar estilo Benson?
    Se aprende muito ouvindo e tirando estes e mais dezenas de guitarristas, abre a cabeça rapá, ouça outros caras e tente aprender com eles.

    "Eu sou fã do Kiko Loureiro..."

    Kiko têm técnica apurada, é um shredder. Você não irá tocar Kiko se não toca Jimmy Page, Jimi Hendrix, Steve Ray Vaughan... etc.

    Manja escada? é igual... têm degraus, um por vez. Não vai tocar rápido com técnicas complexas se quiser "pular" etapas.

    Não estou dizendo que Kiko é melhor ou pior, estou dizendo que ele domina técnicas complexas e pode se fazer boa música ou merda com isso. Técnica é uma coisa...criatividade, outra!


    Poderia escrever uma bíblia aqui... Mas, conselho, não faz ninguém tocar melhor, pode no máximo ajudar a enxergar mais longe...

    Estude, treine, devagar sem pressa.

    Coloque músicas de guitarristas que você pode tocar e diga alto prá você mesmo:

    Eu Quero, Eu Posso, Eu Consigo!!......e vai à luta!

    Mas seja coerente...se disser "Eu Quero, Eu Posso, Eu Consigo!!" e colocar um CD do Steve Vai, dependendo de seu nível, você só vai se frustrar.

    Pés no chão... o resto é consequência de querer e se esforçar!

    Finalizando: Quanto à estilo!

    Você nunca fugirá de um único estilo ouvindo um só guitarrista. E pior, nunca vai ser melhor que ele.

    Então ABRA A CABEÇA!

    Sávio Assis
    Membro
    # jun/13
    · votar


    felipelfln
    Sim, cara...Iron tem bastante frase na pentatônica, só que acontece justamente o que acontecia com o Zakk Wylde...Eles colocam muita velocidade...Aquele solo da No More Tears, eu peguei, mas levei muito tempo...Vi vários covers, fui fragmentando os movimentos dos caras, e transcrevendo de acordo com a música.

    Eu não sou grande fã do Zakk com o Ozzy, na verdade. Ele só toca com velocidade...Acho que o melhor momento dele foi o Book of Shadows, álbum solo dele. Lá ele mostra o guitarrista que ele é.

    Sávio Assis
    Membro
    # jun/13
    · votar


    JJJ
    Hehehehe...Ah, eu já to velhinho...Era pra eu ter mudado minha objetividade há muito tempo já

    Sávio Assis
    Membro
    # jun/13
    · votar


    Filippo14
    As bandas prog que você citou aí, eu ouço bastante...To ouvindo muito os dois álbuns do King Crimson com o Greg Lake.

    Jeff Beck e Steve Morse são caras que eu procurei ouvir por um tempo, mas não me aprofundei neles; mas gosto do Beck em especial.

    E é isso aí, cara...Eu tava contando com dicas aqui sobre guitarristas pra eu ouvir, não importa o estilo...Eu peguei aula com um cara um tempo, e ele é fã de gospel e me passou umas músicas...Eu sou meio ateu, então nunca gostei do estilo, hehe...Mas eu parei pra ouvir, e tem solos muito bons...Não dá pra se saber de qual estilo pode vir inspiração

    Sávio Assis
    Membro
    # jun/13
    · votar


    Lelo Mig
    Valeu pelas dicas, cara.

    Acho que determinação pra treinar foi uma coisa que eu adquiri muito tarde, ano que vem eu já posso procurar faculdade, e sou um guitarrista muito aquém da minha capacidade...Eu não duvido que eu possa recuperar o tempo perdido, só fico frustrado pro não ter abrido os olhos antes.

    Antes de chegar no Pink Floyd, eu ouvia bastante Black Sabbath e Led Zeppelin...Mas isso, eu tinha 1 ano de guitarra, e 1 ano levado na brincadeira, então não tinha capacidade pra tocar os solos do Iommi e do Page. Mas a questão de ouvir esses caras, eu ouço. Eu só to procurando novos guitarristas, mais próximos ao estilo que eu toco.

    Você falou que o Kiko é shredder, mas eu nunca admirei o lado shredder dele mais do que o lado melódico...Se pegar os álbuns solos dele, dá pra ver que ele faz mais do que só fritar.

    E é verdade, eu preciso enxergar mais longe. Eu tomei consciência há um tempo de que se eu quero fazer faculdade mesmo, eu tenho que me tornar um músico melhor...É muito fácil pegar os solos do Gilmour, tocar com a banda no final de semana, e deixar a guitarra de lado o resto do tempo...E era isso que eu tava fazendo.

    E determinação é uma coisa que me falta, eu tenho que dizer. Acho que até por isso, eu nunca vou me tornar virtuoso. Mas não é meu objetivo, de qualquer maneira.

    Eu quero treinar pra chegar num nível que me satisfaça...Eu não sei qual vai ser esse nível, mas eu tenho que progredir pra descobrir.

    Foi mal pelo tópico bobo, mas eu to meio sem dicas...Não sei se eu tenho capacidade e cabeça pra levar a guitarra a sério, da forma que tem que ser levada. Eu tenho vontade, mas só isso não basta.

    ALF is back
    Veterano
    # jun/13
    · votar


    Sávio Assis
    fora as dicas q já deram, acho q pode estar faltando um pouco de paciência tbm...vc falou q já pegou escalas gregas, mas domina mesmo é a pentatonica....imaginei vc procurando as "escalas gregas", subindo e descendo shape por shape delas e dps já voltando pra sua zona de conforto na penta...vc precisa de um disciplinado e paciente estudo dos MODOS gregos mesmo...nao das escalas...nao sei se é o caso, mas a forma como vc colocou sugere q vc esteja cometendo o erro comum de achar q os modos não sao nada além de shapes diferentes de uma escala natural...quando na realidade sao mto, mas mto mais q isso...ou melhor, não são nada disso! nao vou me alongar neles aqui pra não desvirtuar o assunto principal do tópico, mas entenda q não é atoa q os modos gregos chamam MODOS, e não ESCALAS...cada um tem sua sonoridade característica e estão diretamente atrelados à harmonia, diferente de uma escala...
    Se vc já sabe bem disso tudo, desculpe por chover no molhado! Se não, upa um tópico de modos gregos ai (tem vários) expondo suas duvidas q a gente te ajuda!

    felipelfln
    Veterano
    # jun/13
    · votar


    Sávio Assis

    Tem solos e solos do iron maiden... Tem muito solo mesmo haha tem rapidos, lentos, tem pra todo gosto. Acha um mais complicado pra você e tira. Eu particularmente acho que as guitarras do Iron Maiden nao tem taaanta velocidade assim. São licks simples sempre.

    Giggs
    Veterano
    # jun/13
    · votar


    Sávio Assis

    Dá uma olhada no Andy Latimer do Camel...gênio, puro feeling e estilo parecido com o Gilmour. E se vc é fã de Pink Floyd imagino que curta prog rock também. Totalmente desconhecido, mas pra mim uma das referências e motivações de tocar.
    Recomendo as músicas: Ice, Stationary Traveller, Lady Fantasy e Snowgoose

    Lelo Mig
    Membro
    # jun/13 · Editado por: Lelo Mig
    · votar


    Giggs

    Andy Latimer is God!!



    Giggs
    Veterano
    # jun/13
    · votar


    Lelo Mig

    Hahaha é exatamente isso que eu penso dele, só não queria falar assim logo de cara pra não acharem que sou maluco, chamar de deus um guitarrista que ninguém conhece. Eu nem costumo comparar ele com outros guitarristas que curto, porque pra mim ele vai muito além disso como músico.

    Legal encontrar gente que curte também. Abraços!

    makumbator
    Veterano
    # jun/13
    · votar


    Sávio Assis

    Já recomendaram muita coisa boa!

    Uma ideia inicial seria você pensar nos dois caminhos que pode seguir:

    1. Buscar algo na linha do Pink Floyd, apenas para ampliar um pouco sua gama, mas sem sair do estilo em que você se encontra hoje.

    2. Buscar algo totalmente diferente dessa linha ( e provavelmente nem ligado à guitarra)


    São duas opções BEM diferentes. Cabe a você decidir o que pode ser melhor para o seu caso e sua busca musical pessoal.

    mrs.blues
    Membro
    # jun/13
    · votar


    Me diga o que você entende por feeling? Muitas pessoas acham que feeling do Gilmour são aqueles bends longos mas não é, pelo menos eu vejo mais coisa dentro do estilo dele que não vi com muita frequência no que eu escuto. Gilmour usa um Lapsteel, ouça o solo inicial de 'Breathe' do DSotM. Usa também o vocalize, cantando junto com a nota da guitarra. Há coisas abrangentes que talvez você já saiba mas não esteja incorporando.

    Vale a pena sim estudar Eric Clapton, mas é extenso, porque tem obras distintas: Yardbirds,John Mayall & the Bluesbreakers,Derek, Blind Faith, Cream, Solo. Você precisa procurar nos lugares certos: olha esse versão de 'Old Love', é elétrica, mas a versão acústica também é linda.



    Se não achar muito feeling, só lhe mostro isso:



    Meio off-topic, mas essa Pattie Boyd devia ser foda, inspirar canções como Layla, Wonderful Tonight e até Something dos Beatles.

    Lelo Mig
    Membro
    # jun/13
    · votar


    mrs.blues

    "Meio off-topic, mas essa Pattie Boyd devia ser foda..."

    Analise e esclareça suas dúvidas......hehehe

    Pattie Boyd

    RenatoSchoen
    Veterano
    # jun/13
    · votar


    Sávio Assis

    Treinar é o segredo. Aumente o gain e treine Palm Mute, Powerchords, Tapping... diminua o gain e treine acordes e harmonias. Use a escala toda, descubra acordes iguais em várias posições do braço.... varie bastante a execução.

    Tire músicas do Andy Summers, do Frusciante, do Tom Morello. Ouça Pearl Jam, Metallica, Lulu Santos. Busque ser mais eclético.

    Toque U2 e abuse do Delay.... Teine as pentas do Santana, tente entender os solos do Zappa....

    Música é uma viagem que nunca acaba, não tem essa de idade não....

    00H2
    Veterano
    # jun/13
    · votar


    Sávio Assis

    meu conselho é: leia o q o Lelo Mig disse, ele tem toda razão

    vintagentleman
    Veterano
    # jun/13
    · votar


    JJJ

    Tutancâmon foi o faraó menino. E morreu adolescente... É uma múmia, mas nunca foi velho rsrsrsrs. Na sua próxima metáfora eu recomendaria Matusalém rsrsrsrs

    Sávio Assis

    Na verdade você não tem um problema. Você apenas é muito novo e ainda não tem uma boa bagagem cultural (no caso em termos musicais), referências outras para enriquecer suas influências e o seu gosto...

    No seu caso acho interessante ouvir de tudo, de POP inglês à MPB, de Blues à Bossa Nova.

    Como você citou o estilo dito progressivo, sou obrigado a lhe dizer que, embora o Gilmour seja um dos melhores guitarristas da história, muito melodioso e faça bends incríveis, além de ter um repertório invejável e monumental, o Floyd é senso comum no estilo, é o popular, o que todo mundo conhece e admira (com razão).

    Teve um cara aí em cima que citou um troço extremamente foda no progressa, que seria o "hard core" do estilo, uma banda chamada King Crinsom, que teve várias formações de músicos extremamente virtuosos, técnicos e muito arrogantes. Um cara sempre presente nela é um tal de Robert Fripp, que uma vez teve moral de dizer que um tal de Hendrix era superestimado...

    Só que talvez você ache digamos, indigesto, assim de cara.

    Então eu recomendo uns ingleses que fazem músicas maravilhosas: Marillion. É a banda de um guitarrista genial chamado Steve Rothery, um cidadão que sabe usar o tempo a seu favor quando "surfa" na guitarra. Ele faz solos que fazem menino grande chorar rsrsrsrs

    Abraço

    Rapha_krust...
    Veterano
    # jun/13
    · votar


    Lelo Mig
    FDP eu ia citar o Andy Latimer...rsrsrs

    Eu como fã do Gilmour ao extremo me sinto "em casa" ouvindo Camel.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Referências e estilos para um fã de David Gilmour aprender?