Informativo técnico: Tabela de capacitância de alguns cabos importados

    Autor Mensagem
    renatocaster
    Moderador
    # abr/13 · Editado por: renatocaster


    Pessoal, achei interessante essa tabela que determina o número de capacitância de alguns cabos. Pois um fato é no mínimo curioso: Percebam que todos os cabos testados possuem o mesmo comprimento (20 ft. = 6 metros), mas o valores de capacitância são bem diferentes uns dos outros.

    Para quem não sabe, Capacitância em cabos se refere a quantidade de energia elétrica armazenada ou a capacidade de armazenamento de energia. Dependendo dessa capacidade, ocorre interferência na qualidade do sinal.

    Pelo o que andei lendo, há quem diga que num cabo de baixa capacitância, o sinal é mais redondo e orgânico. Ou seja, menos energia ficou retida nos cabos. Já com cabo de alta capacitância, ocorre maior armazenamento de energia, liberando sinal com perda em altas frequências e com prejuízo na intensidade de som.

    Na referida tabela, as informações são as seguintes:

    - MARCA
    - MODELO
    - COMPRIMENTO
    - CAPACITÂNCIA

    - CAP. PER FOOT (Que nesta tabela, nada mais é do que o valor total de capacitância de cada cabo dividido pelo comprimento do mesmo - Foot [ft.] é uma unidade de medida de comprimento. 1 ft. equivale a 30,48 centímetros. Informação by Wikipedia).

    - RESISTÊNCIA (Obs: Um condutor que tenha uma resistência elétrica de 1 ohm, causará uma queda de tensão de 1 volt a cada 1 ampère de corrente que passar por ele. Informação by Wikipedia).

    - CUTOFF (Frequência)

    - SNR (Relação sinal-ruído - Em termos menos técnicos, a relação sinal-ruído compara o nível de um sinal desejado (música, por exemplo) com o nível do ruído de fundo. Quanto mais alto for a relação sinal-ruído, menor é o efeito do ruído de fundo sobre a detecção ou medição do sinal. Informação by Wikipedia).

    OBS: Infelizmente não sei a origem dessa tabela, então esses valores podem variar dependendo dos testes e acuracidade dos aparelhos de medição.

    Espero que sirva para alguma coisa, aí é com vcs, hehehe!

    TABELA DE CAPACITÂNCIA DE CABOS

    renatocaster
    Moderador
    # abr/13 · Editado por: renatocaster
    · votar


    Alguém para complementar as informações do tópico é bem vindo.

    Uma dúvida que eu tenho: Será que essas diferenças no valor de capacitância de um cabo para outro mostradas na tabela, realmente altera alguma coisa significativa no timbre final?

    hein? hein? hein?

    ALF is back
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    nusss ta aqui um bom conteúdo pra eu quebrar a cabeça dps! utilidade publica!

    renatocaster
    Moderador
    # abr/13
    · votar


    ALF is back

    Reparou no cabo Fender Platinum Acoustic? Capacitância absurdamente alta e baixíssima frequência em relação aos demais. Será que é pelo fato de ser "Acoustic"?

    geronimo.correa
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    renatocaster
    Cara que legal, tava pesquisando sobre cabos essas semanas e vi uma tabela bem parecida, nesse endereço: http://www.ovnilab.com/articles/cablechoice.shtml

    O que eu li por ai nessas minhas pesquisas é que esse lance da capacitância influencia da seguinte forma: um cabo com alta capacitância, vão chegar menos agudos no teu ampli, ou seja, os cabos com baixa capacitância são melhores (sem levar em consideração gosto pessoal, por ex, o cara gosta mesmo de menos agudos). Pergunta aos entendidos: procede isso? hehehe

    Só não saquei esse lance do CUTOFF... ao pé da letra é Frequência de corte, seria a frequencia a partir da qual o cabo transmite? No caso esse cabo da fender ai não transmite nada de graves? hehehe

    Abraço, excelente e curioso tópico!

    ogner
    Veterano
    # abr/13 · Editado por: ogner
    · votar


    Cabo faz diferença no timbre. Pode ser muita ou pouca. Mas faz!!
    #FATO

    Marcando pra ler!!!


    EDIT:
    Muita info nesse aqui tb:
    http://forum.cifraclub.com.br/forum/7/188543/

    o/

    Edit2:
    renatocaster
    Alias, pra modo de organização acho que seria melhor só anexar essa info sua lá nesse topico fixo que mostrei, não?!

    Felippe Rosa
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    Marcando para quebrar a cabeça depois...

    makumbator
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    geronimo.correa
    Só não saquei esse lance do CUTOFF... ao pé da letra é Frequência de corte, seria a frequencia a partir da qual o cabo transmite? No caso esse cabo da fender ai não transmite nada de graves? hehehe

    Não pode ser isso! Hehehe! Talvez seja a frequência a partir da qual o cabo NÃO transmite. No caso do Fender ele não enviaria sinal acima de 4.500 Hz.

    geronimo.correa
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    makumbator
    Não pode ser isso! Hehehe! Talvez seja a frequência a partir da qual o cabo NÃO transmite. No caso do Fender ele não enviaria sinal acima de 4.500 Hz.
    Pois é! Mas e daí o Elixir com 61.7 KHz como fica? rsrs

    renatocaster não tem as legendas dessa tabela pra ver se explica algo?

    renatocaster
    Moderador
    # abr/13 · Editado por: renatocaster
    · votar


    geronimo.correa
    ALF is back
    Felippe Rosa

    Pois é, galera, confesso que não tenho quase intimidade nenhuma com isso, hehehe. Mas trouxe a encrenca para cá para aprender mais sobre o assunto e debatermos o que esses valores podem representar no final das contas, ou seja, no timbre final. Até porque os números chamaram um pouco atenção, hehe.

    ogner

    Alias, pra modo de organização acho que seria melhor só anexar essa info sua lá nesse topico fixo que mostrei, não?!

    Vc diz acabar com esse tópico aqui e dar prosseguimento lá?

    makumbator
    Veterano
    # abr/13 · Editado por: makumbator
    · votar


    geronimo.correa
    Pois é! Mas e daí o Elixir com 61.7 KHz como fica? rsrs

    Ué, ele não transmite nada acima de pouco mais de 61 mil hertz. Logo ele seria um cabo melhor do que o Fender dentro desse ponto de vista. Boa parte da música está situada de 15 a uns 8000 hertz. Acima disso há harmônicos superiores, muito responsáveis pelo brilho e sensação de "ar" no som, normalmente a média da população percebe bem pelo menos até 16.000 hertz, indo até uns 22.000 dependendo da pessoa. 61.000 é muito acima da capacidade de qualquer um.

    Portanto o Fender seria um cabo de som mais abafado, enquanto o da Elixir conseguiria enviar todo o espectro musical + harmônicos superiores com folga.

    Claro que tudo isso partindo do princípio que o termo signifique o que pensamos ser.

    ogner
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    renatocaster
    Vc diz acabar com esse tópico aqui e dar prosseguimento lá?
    por ae, mas vc é modera e é que sabe, hehehe!! me parece mesmo assunto, complementar, e nao me lembro de ter visto essa tabela por lá. Pro assunto não ficar espalhado! Mas c que sabe!! :)
    Sei que vou ver mais tarde, pq sou MUITO chato com isso!!

    renatocaster
    Moderador
    # abr/13
    · votar


    geronimo.correa

    Não, não tenho as legendas, mas vou caçar. Consegui identificar o dono dessa tabela!

    Mas sobre a relação capacitância x frequência, é mais ou menos o que o makumbator falou. Quanto mais baixa a capacitância for, maior será a banda passante de frequência. E isso seria "bom" para o timbre.

    makumbator

    Ué, ele não transmite nada acima de pouco mais de 61 mil hertz. Logo ele seria um cabo melhor do que o Fender dentro desse ponto de vista. Boa parte da música está situada de 15 a uns 8000 hertz. Acima disso há harmônicos responsáveis pelo brilho e sensação de "ar" no som.

    Portanto o Fender seria um cabo de som mais abafado, enquanto o da Elixir conseguiria enviar todo o espectro musical + harmônicos superiores com folga.


    Exatamente isso que eu comecei a entender. Esse cabo Fender é quase um "suicídio", hehehehe.

    ogner

    Cara ,confesso que sou meio preconceituoso com esses tópicos fixos (nem todos, alguns). Eles ficam ali paradinhos, meio estagnados...Não é o caso desse dos cabos. Mas agora o negócio já começou aqui, então vamos na maciota? o/

    geronimo.correa
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    makumbator
    Ué, ele não transmite nada acima de pouco mais de 61 mil hertz. Logo ele seria um cabo melhor do que o Fender dentro desse ponto de vista. Boa parte da música está situada de 15 a uns 8000 hertz. Acima disso há harmônicos superiores, muito responsáveis pelo brilho e sensação de "ar" no som, normalmente a média da população percebe bem pelo menos até 16.000 hertz, indo até uns 22.000 dependendo da pessoa. 61.000 é muito acima da capacidade de qualquer um.

    Portanto o Fender seria um cabo de som mais abafado, enquanto o da Elixir conseguiria enviar todo o espectro musical + harmônicos superiores com folga.

    Claro que tudo isso partindo do princípio que o termo signifique o que pensamos ser.


    Sim, sim, pode crer! Não tinha me atentado ao KHz, estava pensando em 61 Hz por isso não estava entendendo! Assim sim, faz todo o sentido o que você disse, ele não transmite acima da frequência de cutoff. Abraço!

    ALF is back
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    renatocaster
    pois é...eu reparei nos numeros, mas nao entendo baralho nenhum! asUHasUHASUH

    mas a curiosidade foi tanta dps q vi os comentarios q resolvi pensar um pouquinho e esse cutoff tbm me deixou encucado!
    os cabos fenders, teoricamente nao transmitem frequencias acima de 4500hz...essa informação me impressiona mto!
    pensa só se usarmos um cabo desses DEPOIS de uma cadeia de pedais e mandassemos pra um PA...o timbre ficaria fechadasso, hein? quer dizer....tudo q os pedais fizeram q passou dos 4500 nao sairia! tipo, wah wah ja ia ficar a coisa mais porca do mundo!
    mas to tranquilo, pq sei q meu raciocinio ta completamente errado! nao pode ser isso, é???

    renatocaster
    Moderador
    # abr/13 · Editado por: renatocaster
    · votar


    Caras, esse cabo Fender deve dar até choque, hehehe! Como armazenar uma quantidade grande de (energia) num cabo de 6 metros? Coisa de louco! O.o

    Gostaria de entender a "proposta" desse cabo, já que ele é bem desigual aos demais. O termo "acoustic" induz a gente a conciliar o fato dele trabalhar em frequências mais baixas, "fechadas".

    ogner
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    renatocaster
    o/

    inExperienced
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    Marcado pra ler com tempo!!!

    FBlues_rock
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    renatocaster

    No site onde está postado essa tem uma outra, assim como gráficos ampliados e algumas avaliações (essas últimas subjetivas).
    Duro é lembrar o site agora...

    renatocaster
    Moderador
    # abr/13 · Editado por: renatocaster
    · votar


    ALF is back

    pensa só se usarmos um cabo desses DEPOIS de uma cadeia de pedais e mandassemos pra um PA...o timbre ficaria fechadasso, hein? quer dizer....tudo q os pedais fizeram q passou dos 4500 nao sairia! tipo, wah wah ja ia ficar a coisa mais porca do mundo!

    Mas faz sentido cara. Isso que vc falou vai de encontro a isso aqui: "Já com cabo de alta capacitância, ocorre maior armazenamento de energia, liberando sinal com perda em altas frequências e com prejuízo na intensidade de som".

    FBlues_rock

    Beleza, se achar poste aqui! o/

    FBlues_rock
    Veterano
    # abr/13 · Editado por: FBlues_rock
    · votar


    renatocaster

    Achei; não é exatamente a mesma, mas muito parecida, com mais modelos.
    Bem interessante o site, embora seja técnico demais para um leigo como eu...

    Comparativo entre os cabos:
    http://www.ovnilab.com/articles/cablechoice.shtml

    Análise da frequência de resposta de alguns cabos:
    http://www.ovnilab.com/articles/cables.shtml

    Mais infos:
    http://www.ovnilab.com/articles/cablewaves.shtml

    E sobre patch-cords:
    http://www.ovnilab.com/articles/cablesinseries.shtml

    geronimo.correa
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    FBlues_rock
    Achei; não é exatamente a mesma, mas muito parecida, com mais modelos.
    Exatamente, é esse site que eu tinha postado lá encima, bem interessante. Abraço!

    FBlues_rock
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    geronimo.correa

    Pois é, li o tópico e faltou olhar seu link.
    Pior que rodei um tanto na net para achar novamente :)
    Top o site, gostei muito da parte sobre Compressores também.

    renatocaster
    Moderador
    # abr/13
    · votar


    Então, pessoal. O lance do "Cut Off" é a banda passante de frequência. Quanto menos capacitância tiver o cabo, mais frequência sera liberada.

    E como disse o makumbator antes, acima de 60KHz muitos não conseguem perceber nuances. Então podemos dizer que quanto menor for a capacitância, melhor será o cabo. Conceito subjetivo, claro.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Informativo técnico: Tabela de capacitância de alguns cabos importados