Mais um que comprou a Cort M600T

    Autor Mensagem
    Ramsay
    Veterano
    # jul/10


    Quando eu cheguei na loja e a ví, linda, zero Km, foi paixão a primeira vista, me deu um g.a.s danado, e como eu não tinha nenhuma guitarra nesse estilo (tipo PRS) acabei comprando a guitarra!!

    Essa guitarra é feita com materiais de boa qualidade, e tem um bom custo/benefício!!

    Construção: Set-in (braço colado no corpo)
    Corpo: Mogno com quilted maple top
    Braço: Mogno em forma de "C"
    Escala: Rosewood com 24 e 3/4 de polegada
    Trastes: 22 de 2.7mm
    Tremolo: Wilkinson modelo WVPC cromado (que assim como os vintage da Fender repousa sobre a corpo da guitarra quando não utilizado)
    Tarrachas: Die Cast
    Captadores: EMG-HZ OPEN SA1 no pescoço e TB1 na ponte

    Uma das coisas que eu não gostei foi a ação do tremolo que é extremamente duro, dificultando as alavancadas.
    Mas, assim que acabar a garantia, vou dar um jeito nisso e vou deixar a alavanca do tremolo molinha e confortável.

    Estranhei também a escala que é muito larga, tipo, as Gibson, mas isto vai do gosto de cada um!!

    Fiz uma jam com duração de 4 horas tocando com cds contendo arranjos de baixo e bateria para testar a guitarra e compará-la com outras que tenho e o resultado foi o seguinte:
    A Cort M600T tem um som bem legal, mas, perde para as minhas guitarras Top, bem mais caras, com EMGs 81 e Seymour Duncans, mas não faz feio!!

    Agora vamos aos Prós e Contras:

    Prós:

    - É muito bem acabada e sem falhas.
    - Tem um som orgânico, mas, ao mesmo tempo, aberto e bem diferente de todas as outras guitarras que tenho, e talvez isso se deva ao tamanho do corpo de mogno que é volumoso, mas, o fato é que é difícil de explicar isto por palavras, só ouvindo!!
    - tem um clean muito límpido, apesar de só ter humbuckers!!
    - Excelente para Crunch, as notas não embaralham!!
    - tem bons harmônicos

    Contras:

    - Não consigo fazer tap com ela de jeito nenhum, simplesmente não faz, seriam os captadores EMG HZ que são bonzinhos, mas, nada demais??
    - Conforme já frisado o tremolo é extremamente duro e difícil de se fazer alavancadas (corrigível) mas, é!!

    Abaixo, as fotos da guitarra:
    http://img201.imageshack.us/i/ramsay0606.jpg/

    http://img717.imageshack.us/i/ramsay0607.jpg/

    http://img46.imageshack.us/i/ramsay0608.jpg/

    http://img256.imageshack.us/i/ramsay0609.jpg/

    http://img138.imageshack.us/i/ramsay0610.jpg/

    http://img571.imageshack.us/i/ramsay0611.jpg/

    http://img844.imageshack.us/i/ramsay0612.jpg/

    http://img38.imageshack.us/i/ramsay0613.jpg/

    alfacorrea
    Veterano
    # jul/10
    · votar


    Eu já tive uma Cort M600 sem o tremolo, com a ponte fixa.

    É um guitarrão mesmo.

    Mas... Como nem tudo são flores... A parte elétrica (principalmente os captadores) precisam ser mais baratinhos mesmo, para que o valor da guitarra não fique muito caro e para que o fabricante tenha mais e mais lucro.

    Outra coisa que faz uma diferença AVASSALADORA é a qualidade da ponte, que também pode não ser dar melhores. Se a ponte for da marca "sung-il" já pode pensar em ir trocando.

    Minha dica é a seguinte: juntar dinheiro para trocar os captadores e colocar uma ponte realmente boa na guitarra.

    Mas a sua guitarra é um GUITARRÃO!

    Parabéns.

    mqolf
    Veterano
    # jul/10
    · votar


    Ramsay

    Bem vindo ao clube eheheh
    Parabéns, guitarra muito bacana !!!

    A minha é a azul.
    Abs !

    Ramsay
    Veterano
    # jul/10
    · votar


    mqolf

    Obrigado, cara, mas, se te interessar eu posso te passar as dicas de como tornar o tremolo bem mais macio e acessível!!

    Tabacudo
    Veterano
    # jul/10
    · votar


    Comprou na musicware, né? Os preços de lá são muito bons. No teu lugar, teria pegado a versão sem tremolo, não só pelo sustain a mais, mas também pela ausência dessa casca grossa de tinta atrás do corpo e no braço.

    Ramsay
    Veterano
    # jul/10
    · votar


    Tabacudo

    Eu não compro guitarra sem tremolo, simples assim.

    mqolf
    Veterano
    # jul/10
    · votar


    Ramsay

    Po cara, se encomodar gostaria de saber a sua dica sim !!!
    Abs!

    MMJr
    Veterano
    # jul/10
    · votar


    Mas, assim que acabar a garantia, vou dar um jeito nisso e vou deixar a alavanca do tremolo molinha e confortável.

    Ramsay

    Voce ta quetrendo dizer que so pode regular a guitarra de acordo com o seu gosto depois que acabar a garantia???

    Nao entendi...




    Valeu,.,,

    Ramsay
    Veterano
    # jul/10 · Editado por: Ramsay
    · votar


    mqolf

    Não incomoda, pelo contrário, é até um prazer ajudar um colega do fórum e que tem guitarra semelhante!!
    Você, como eu, já percebeu que esse tremolo de tão duro que vem de fabrica é inviável!!
    Então, para resolver o problema você tem que fazer o seguinte:

    1) Desaparafuse a placa que cobre o tremolo na parte de trás da guitarra.
    2) Você vai encontrar 3 molas, e então tire fora a do meio.
    3) Afrouxe as cordas da guitarra e depois pegue uma chave de fenda philips parruda e afrouxe cerca de 1 volta aqueles 6 parafusos que prendem a ponte ao corpo da guitarra, para permitir que a ponte trabalhe um pouco.
    4) Afine as cordas da guitarra até o nível normal.
    5) A ponte vai subir um pouco, então, com a chave de fenda philips parruda aperte os 2 parafusos da chapa metálica que prende as molas no corpo da guitarra até que a ponte volte a repousar no corpo da guitarra e pronto!!
    Com isso, a sua alavanca de tremolo vai ficar bem mais leve, menos pesada e mais sensível ao toque!!
    Faça isso e depois me retorne o resultado!!
    Abçs.

    mqolf
    Veterano
    # jul/10
    · votar


    Ramsay

    E ai cara, ainda não vou mexer nela pois tb tem pouco tempo que estou com a guitarra, e ainda não acabou a garantia.

    Mesmo assim a dica está guardada aqui :)
    Valeu, Grande abraço !!

    Ramsay
    Veterano
    # jul/10
    · votar


    alfacorrea

    A ponte dela é boa, é Wilkinson!!
    Melhor só Gotoh.
    Agora quanto aos captadores EMG HZ eu concordo que eles são meia boca!!

    Tamehiro
    Veterano
    # jul/10
    · votar


    Ramsay
    Aquele "tap" que tu não consegue fazer é tapping, two hands? Tenta abaixar bem a ação das cordas, acho que melhora.

    Ramsay
    Veterano
    # jul/10
    · votar


    Acrescentando ao tópico:

    Como eu já disse antes, a guitarra é muito bonita, muito bem acabada, e lembra muito uma PRS.

    Mesmo com humbuckers ela tem um clean muito límpido, e mesmo sem o push-pull ativado (que torna os captadores single coil) só perde pras Fender Stratocaster Standard made in USA. (seria exagero da minha parte?).

    O braço é em "C" achatado é muito largo, tipo as Gibson Les Paul, e dificulta pra tocar pra quem como eu não tem nenhuma guitarra com o braço tão largo.

    O som dela é muito bom para rock classic e jazz, já pra metal não é tão bom.

    Como eu já disse antes, o tremolo Wilkinson dela é extremamente duro (confesso que nunca ví uma guitarra com tremolo tão duro como essa), mas isso é contornável e assim que acabar a garantia eu dou um jeito!!

    Então é isso, e peço aos colegas do fórum que postem as suas opiniões!!

    StratoBlues
    Veterano
    # jul/10
    · votar


    Ramsay

    Bela compra! Parabéns. Eu ainda farei um modelo PRS como esse, mas custom.

    Nunca viu guitarra com ponte tão dura? É que você nunca tocou na minha strato com cordas 0.12...

    É praticamente impossível alavancar...

    Abç

    Ramsay
    Veterano
    # jul/10
    · votar


    StratoBlues

    Obrigado, mas nessa com cordas 0.10 já é bem difícil de se alavancar.
    Confesso que não sei porque isso acontece, já que é uma ponte Wilkinson parecida com as que vem nas Fender Stratocaster.
    Seria um erro de projeto??
    Mas, assim que acabar a garantia eu dou um jeito nisso!!

    Paulo Heineken
    Veterano
    # ago/10
    · votar


    Opa, que estranho, eu tenho uma M600, e consigo fazer tapping de boas :)
    talvez vc não esteja acostumado com o tipo de braço, um pouco mais largo que os de superstrat..porem esse não chega a ser tão gordo e longo quanto de uma gibson...

    logo logo tu afia isso ae!

    bela guitara...mas sou supeito pra falar, hahahahahaha

    abração

    Metalo
    Veterano
    # nov/10
    · votar


    Esse é um dos modelos que mais gosto da Cort: a M600. A guitarra é bem construída, bom acabamento e um timbre fora de série.
    Tenho uma Viva Gold II e gosto muito dela.

    Ramsay
    Veterano
    # nov/10 · Editado por: Ramsay
    · votar


    Metalo

    é uma boa guitarra e nada mais.

    Daniel_rsf
    Veterano
    # abr/11
    · votar


    os captadores da versão sem tremolo são melhores?
    e o tremolo muda o tipo de som da guitarra tbm?
    eu to dividido entre a versão com ou sem tremolo...

    thmenezes_RJ
    Veterano
    # abr/11
    · votar


    Daniel_rsf
    Não precisa ficar upando vários tópicos sobre a guitarra... basta um, espere que a galera responde.

    Já te respondi no outro.

    Scravish22
    Veterano
    # nov/12
    · votar


    Pessoal, bom dia!
    Estou pensando em comprar essa guitarra, eu toco na igreja (estilos variados] e tenho uma banda de metal.. Essa guitarra me atraiu muito, me aconselham eu comprar? E essa madeira mogno é boa? Ao aguardo (:

    MusicDan
    Veterano
    # nov/12
    · votar


    Scravish22
    Cara, mil pessoas podem falar que o equipo é bom, e algumas outras que não é tão bom assim... mas nada se compara com vc mesmo ir até uma loja e tocar nela... experimente todas as possibilidades, só assim vc vai saber se vai gostar dela ou não (timbre, maciez, tocabilidade, versatilidade, etc)
    falou!

    Nefelibata
    Veterano
    # nov/12
    · votar


    Ainda vou ter uma, fico em dúvida se pego com tremolo ou não.

    Claudio Cz
    Membro Novato
    # 09/jan/19 23:37 · Editado por: Claudio Cz
    · votar


    Tenho a uns dois anos. É compatível com as melhores, já impressionou muita gente que conheço, inclusive quem tem gibson e fender americana. Tiro todos os sons com ela. O Humbucker do braço tem um som límpido, bem jazzístico. Veio com captadores Duncan Design e não sinto necessidade de trocar. Pra mim é injusto o valor dela, vale mais do que o preço cobrado. Excelente acabamento, igual ao das melhores marcas. Nunca vou me desfazer dela!

    qew
    Veterano
    # 10/jan/19 14:56
    · votar


    Cort M600T
    compatível com as melhores
    já impressionou muita gente que conheço, inclusive quem tem gibson e fender americana.

    a guitarra é bem boa mesmo, mas para por aí né..

    Claudio Cz
    Membro Novato
    # 10/jan/19 16:05 · Editado por: Claudio Cz
    · votar


    Sei não, talvez seja apenas impressão minha ...realmente gosto dela! Já tive oportunidade de tocar em tantas boas guitarras e nenhuma estava tão distante da m600, com exceções do preço! Acho q a popularização da tecnologia e os processos de mecanização na fabricação de guitarras distanciou muito as grandes marcas de marcas novas. Acho q muita gente se deixa levar pelo status das antigas fabricantes e se dispõe a pagar o preço desse “valor”. Mas é apenas minha opinião, posso estar enganado.

    Eu removi uma das molas da ponte e ficou muito macia, agradável de tocar. Vi em mensagens acima alguns reclamando da ponte, basta apenas tirar uma mola e apertar/folgar as demais. Mas senti necessidade de substituir as tarrachas para evitar desafinar. Coloquei com travas. Ajustei a ação das cordas e altura dos captadores, além da entonação, ficou muito agradável o timbre. Acho que esses ajustes podem fazer toda a diferença.

    qew
    Veterano
    # 11/jan/19 07:48
    · votar


    Acho q muita gente se deixa levar pelo status das antigas fabricantes e se dispõe a pagar o preço desse “valor”

    com certeza, isso acontece não somente com guitarras, mas carros, celular, etc...

    Acho que esses ajustes podem fazer toda a diferença.

    chegou a levar em um luthier?

    Claudio Cz
    Membro Novato
    # 11/jan/19 12:27
    · votar


    chegou a levar em um luthier?

    Na verdade não levei. Havia levado uma Cort X11 no luthier indicado pela Cort em Ribeirão Preto. Fizeram um ótimo trabalho, mas achei caro. Isso foi em 2016. Desde aquela data passei a ler sobre o assunto e vi vários videos de luthieria, principalmente dos EUA e europa (são mais bem detalhados que os nacionais). Comprei algumas ferramentas básicas e passei a fazer esses ajustes. Depois q se entende o princípio dos ajustes, percebe-se que é possível fazer alguns sozinho.

    qew
    Veterano
    # 11/jan/19 13:18
    · votar


    percebe-se que é possível fazer alguns sozinho

    sempre parto desse principio antes de chamar eletrecista, encanador, pedreiro.. luthier é mais complicado, haha

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Mais um que comprou a Cort M600T