Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Memphis by Tagima (mg 32) é boa?

      Autor Mensagem
      guitarrista_boladao
      Veterano
      # jan/06
      · votar


      cara leva sua memphis pra um luthier da uma olhada te da uma dica troca os cap dela bota fender ou esp
      eu tenho uma mg32 com cap fender e otima
      tenho uma ibanez grg270dx tbm e otima

      xandelux
      Veterano
      # jul/07
      · votar


      Cara se essa eh a sua primeira guitarra ta mais do que bom..
      Mesmo se nao for a primeira ela nao eh ruin..

      alecrunch
      Veterano
      # dez/08
      · votar


      Oi pessoal, já são 4 anos desse tópico mas acho que vale a pena eu dizer algumas palavras. Toco há muitos anos e não sou profissional, toco por lazer. Gosto de equipamentos, tenho 4 guitarras, nenhuma TOP (epiphone, LTD, Ibanez), mas todas ultra reguladas. Hoje toco num Laney LV 300 twin e de efeitos... só um Cry Baby Dunlop. Uma das guitarras é uma Memphis 32 2008 que eu "dei" pro meu enteado, rsrsrsrs. Olha, o instrumento tem um acabamento impressionante, as ferragens são realmente sólidas o braço é encorpado e mantém muito, mas muito mesmo a afinação, e olha que eu tenho uma pegada bem forte. Uso 0.11 Ernie Ball e vou investir pra acertar mais ainda o ângulo do braço e fazer as cordas baixarem mais ainda. PAGUEI R$ 249,00... Já toquei em Fender e Gibson, mas estou louco pra colocar essa Memphis nas mesmas condições de amplificação. Então, antes de dizerem algo sobre um equipamento, toquem, ajustem e depois tragam algo de informação útil pra essa comunidade!
      Feliz 2009!

      alecrunch
      Veterano
      # dez/08
      · votar


      http://www.tagima.com.br/nova_home/videos/mg32.asp

      Tio Frank
      Veterano
      # dez/08
      · votar


      alecrunch

      Não sei quanto a MG 32 de 2008, mas a minha de 2005 não era muito legalzinha, eu me arrependi de ter escolhido essa pra começar. Ela tinha um acabamento ruimzinho e não segurava muito bem a afinação.

      Pense também se você não tá exagerando um pouco em comparar com Fender e Gibson...

      Jg Destroyer
      Veterano
      # dez/08
      · votar


      Tio Frank
      ele não comparou com gibson, acho que ele quis dizer que ele tem experiencia, pois ja tocou com essas marcas =)

      Tio Frank
      Veterano
      # dez/08
      · votar


      Jg Destroyer

      É pode ser, mas continuo tendo minhas dúvidas com tantos elogios pra uma guitarra barata, o pessoal costuma exagerar as vezes.

      Headstock invertido
      Veterano
      # dez/08
      · votar


      Tive uma MG32 por dois anos...se eu te falar que ela é uma boa guitarra estou mentindo...porém ela não é ruim. é mediana e serve para iniciantes...se tunada seguraria pequenas apresentações numa boa...porém , pelo preço..não acho uma boa tunar ela, seria mais benefício vender, juntar coma grana do tunning e comprar uma melhor...mas nada além disso.

      BulletForMyValentine
      Veterano
      # dez/08
      · votar


      alecrunch

      A memphis mg32 não é nada melhor que uma guitarra para iniciantes. Ponto.

      ogaitnas
      Veterano
      # dez/08
      · votar


      tudo é questão de upgrades, a madeira dela (pelo menos da minha
      não é ruim), só o hardware que vem com ela é muito furreca, na minha
      eu troquei tudo, tarrachas (gotoh), trastes (dunlop jumbo), captação
      dimarzio fred e stellfner humb soft, elétrica toda refeita, cordas 0.11 e
      regulada, e o som é ótimo. só que foi uma reforma digamos bem cara,
      só fiz pq me acostumei com a guitarra, gosto da tocabilidade dela,
      eu diria que um up mínimo para ela ficar decente, é uma captação melhor,
      e tarrachas que segurem a afinação... e claro regulada...

      Thyagw
      Veterano
      # dez/08
      · votar


      Verdade
      E ela eh de basswood, nao de compensado, so conferir no site da Tagima
      Mas o que essa guita da de problema n eh brincadeira. A minha ja deu no plug, em um cap, na ponte

      Matheus xD
      Veterano
      # dez/08 · Editado por: Matheus xD
      · votar


      Olha, eu tenho uma que eu acho que é a sua :

      http://www.mundomax.com.br/products/zoom/guitarra_mg32_azul_memphis_by _tagima_500_1.jpg

      Ela é boa, tenho ela a um mês e está dando pra me divertir tranquilamente, o som é bacana, mas não sou apto pra falar mais especificamente :x:x:x

      O meu sonho é uma Telecaster !
      Mas com essa eu tô beeeem feliz

      alecrunch
      Veterano
      # jan/09
      · votar


      Bom moçada, é para isso que essas discussões servem. Tem muita gente que fala, fala, fala e a verdade está estabelecida. As madeiras e ferragens utilizadas na MG 32 são de boa qualidade, assim como as das Tagimas de série normais (veja o Zaganin falando no meu comentário acima). Conheço diversos profissionais e como todos sabemos, guitarra é um ser especial, nenhuma é igual a outra. Já ouvi camaradas que arregaçam mesmo dizendo que tocaram em Gibson e Fender originais, muito mal reguladas e que não trocariam as suas guitarras mais modestas por elas. Vai até a Theodoro e puxa uma Fender Strato ou uma Telecaster pendurada lá... e tenta fazer um som... Garanto que vai ser a maior decepção da tua vida.... Especialmente se plugar num Meteoro... Nunca disse que a MG 32 se compara às top e é sim de baixo custo (baixíssimo) e de custo benefício inacreditável. É ótima para iniciantes e para quem sabe tocar e acertar uma guita (oitavas, ação, ângulo de braço) e usa encordoamento consistente (0,10 ou mais espesso) nossa... por 249,00? Agora eu não tunaria com ferragens ou captadores. Se é assim, compro uma Fender em 12 x. Pra se chegar a um som legal é necessário tempo, paciência, conhecimento técnico e,... equipamento: guita + ampli decente. Se combinar Fender ou Gibson com Marshall... é o céu.
      Abraço

      alecrunch
      Veterano
      # jan/09
      · votar


      Esse é um video que gravei com essa guita saída da caixa, sem regulagem e encordoamento 0,09. Foi com um pod XT Live, direto no notebook simulando um crunch e com o captador da ponte.

      http://br.youtube.com/watch?v=VKEPlD4OhB4

      MatheusFarage
      Veterano
      # jan/09
      · votar


      Memphis by Tagima (mg 32) é boa?
      Não

      LeLa_LeMaO
      Veterano
      # jan/09
      · votar


      tenho uma que comprei 2006, acho que um ponto fraco dela, eh em questao de segurar a afinaçao, nao segura nada, ainda mais quando se usa a alavanca, mas pra iniciante da pra usa legal, acho uma boa pra iniciante! xD

      Slave of hell
      Veterano
      # jan/09
      · votar


      Memphis by Tagima (mg 32) é boa? . 2 .

      não

      Lucas-Hammett
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      o unico problema dela e a parte eletrica q e ruim mas a madera da pro gasto tranquilo
      eu coloquei os seguintes pickups
      DiMarzio-Super distortion Bridge
      Dimarzio-Chooper Medio
      DiMarzio-CruiSer Braço
      Fico uma beleza
      vale mesmo a pena

      Paul.Gilbert
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      Enviado: 2/jan/09 17:25

      2 anos atrás... Mas de qualquer forma...

      o unico problema dela e a parte eletrica q e ruim mas a madera da pro gasto tranquilo
      eu coloquei os seguintes pickups
      DiMarzio-Super distortion Bridge
      Dimarzio-Chooper Medio
      DiMarzio-CruiSer Braço
      Fico uma beleza
      vale mesmo a pena


      Realmente acredito que tenha ficado bom o resultado final, mas me desculpe, investir 800 reais de captadores em uma guitarra que custa um terço disto, simplesmente não compenssa.

      A Mg é uma guitarra medíocre apenas. Já detectei os mesmos erros de fabricação que vejo em 70% das guitarras chinesas nela. O que mostra apenas que é um instrumento como qualquer outro de baixo custo. E nem é a Tagima que monta essas guitarras, eles só fazem uma revisão quando ela chega da China e Despacham.

      Córtex Frontal
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      Paul.Gilbert

      Ta certo cara.. mas o intuito dela é justamente esse, ja que é feita para iniciantes que nao sabem diferenciar timbre e qualidade.

      E muitas vezes ate desistem de tocar, sendo assim o prejuiso vai ser pequeno.

      Paul.Gilbert
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      Córtex Frontal

      Concordo, é uma guitarra Honesta, e isso é indiscutível. Mas não invista 800 reais nela...

      Guitarristas criam laços com essas guitarras de baixo custo, e as endeusam, isso é errado. O cara tem que saber até onde o instrumento responde, e até que ponto ele vale a pena. Não estou falando para ele comprar outra, ou para desgostar da guitarra, só saiba adimitir as limitações dela, e que mesmo tunada ao máximo, não vai chegar perto de uma top... Já cansei de regular e arrumar este tipo de instrumento.

      Lucas-Hammett
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      a madera dela e bem boa mas troquei as tarrachas q desafinao muito,knobs e o escudo branco todo encardido por um de acrilico
      e um conjunto de pickups da DiMarzio e fico uma beleza


      kurt Hammet

      o cara olha as cordas como estao posicionadas na Pestana da guitarra ae em cara a minha tmb dava isso mais so de uma lichada na pestana muita pouca coisa msm e resolveu
      Flw

      tisth
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      cara, assim pra iniciar eh boa,
      mas nao gosto muito, meu amigo tem uma nao curti o som...
      essa eh strato neh!? se for ela tem corpo basswood o q nao ajuda pra stratos... se for pra fazer up em strato pega uma de alder ou ash q dai sim tem o som estalado, irado!

      flws

      kinguitar
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      Fala ai galera,

      Eu tenho uma dessas....
      Coloquei um trio de caps Kent Armstrong série prata e ficou legal
      Tenho uma Cort cr100 e colocando em comparação, chega perto.
      Quanto as tarrachas, eu aperto os parafusos da minha a cada afinação e segura bem pra caramba, chego a tocar meses sem desafinar.
      Mais toco sem alavanca.
      Realmente, temos que aprender a não criar laços afetivos com os nossos instrumentos, essa mesmo é a minha guita de estimação, eu aprendi tudo nela e não troco ela nem por uma fender(por motivos emocionais).
      Quem tiver iniciando e quiser comprar uma eu recomendo, mais não gaste mais de 200 reais e upgrade nela.
      Abr

      edSom
      Membro Novato
      # 04/dez/18 11:49
      · votar


      Todo produto industrializado após adquirido necessita revisão e ajustes para o correto uso. Com uma guitarra que viajou mais de 1/2 mundo não é diferente. É uma boa guitarra sim, com acabamento perfeito e boa musicalidade. Dizer que é para iniciante seria só pelo fato do preço de aquisição, mas estando regulada pode ser usada em qualquer situação amadora ou profissional, em uma analogia, não é que o cara seja piloto de formula um, que ele se sentirá impedido de conduzir um carro popular.

      ejames
      Membro Novato
      # 04/dez/18 20:40 · Editado por: ejames
      · votar


      edSom
      Deve-se lembrar que muito do que você lê aqui no fórum foram coisas ditas em outras épocas. Esses modelos de entrada evoluíram bastante nos últimos cinco anos. Inclusive peguei uma MG32 dessas mais recentes alguns meses atrás e achei um instrumento bem honesto.

      não é que o cara seja piloto de formula um, que ele se sentirá impedido de conduzir um carro popular.

      Verdade. Mas coloque um carro popular num circuito, sendo levado aos seus limites e em duas ou três voltas os freios, embreagem e pneus vão superaquecer e você terá que parar se não quiser sofrer um acidente. Isso vale até mesmo para esportivos de rua que custam milhões de reais, pelo simples fato que seus componentes são dimensionados para uso em rua, não em pista onde se trabalha com forças muito maiores.

      Acontece o mesmo quando você compara o iniciante com o profissional. O primeiro tira a guitarra do bag, toca algumas horas por dia (se muito) e guarda. O segundo faz shows longos (as vezes até mais de um por noite), tem que carregar o instrumento de lá pra cá no porta-malas do carro que pode passar dos 50°C, no outro dia vai fazer uma gravação onde qualquer ruído da parte elétrica possa atrapalhar, etc.

      estando regulada pode ser usada em qualquer situação amadora ou profissional
      Poder, pode. Mas é inegável que componentes de maior qualidade vão te dar muito mais conforto. Mesmo com uma boa regulagem não dá para esperar a mesma estabilidade de afinação ou confiabilidade da elétrica quando se compara com instrumentos mais caros.

      Para evitar contratempos, o ideal seria a troca das tarraxas, potenciômetros e jack de maior qualidade, um nut novo, bloco da ponte mais espesso, cordas, blindagem e uma regulagem num luthier. Acontece que somando tudo isso você tem praticamente o preço de outra MG32, talvez até mais dependendo da mão de obra do luthier e dos componentes que você use; tudo isso sem nem falar em captadores. Ou seja - será que vale mesmo pro profissional?

      Claro que a história muda completamente quando o cara já tem a guitarra a anos, possui algum valor afetivo pra ele, etc. Mas eu não vejo situação onde seria racional pro cara que já é profissional comprar numa loja um instrumento onde ele vai ter que investir tudo isso em cima.

      Por esses fatores que se costuma dizer que são instrumentos para iniciantes. Não é que o som seja ruim, mas o dia a dia de quem toca profissionalmente acarreta em exigências que esses instrumentos nem sempre vão atender.

      lamas92
      Membro Novato
      # 07/dez/18 09:27
      · votar


      Não tenho dúvidas de que as guitarras de entrada não são mais baratas à toa... No processo de produção, usam os materiais mais baratos possível e gasta-se menos tempo com qualidade e acabamento. Sim, isso faz diferença.

      Uma American Fender vem praticamente perfeita. Seus trastes são bem acabados e sem pontas. A borda do braço é bem acabada. Sua elétrica possui material de boa qualidade. E mesmo assim, pela produção ser industrial, eventualmente, algo vem mal acabado...

      Nas guitarras pra vender em volume, as ocorrências são bem maiores.

      Olhe os vídeos do Renatinho Stauros sobre guitarras de entrada, regulagem e pequenos ups e os resultados finais.

      Um comparando uma Memphis com uma Fender (o famoso "Tagima+Malagoli dá pau em Fender?")
      https://www.youtube.com/watch?v=5X9OZ35equc

      E um outro onde ele regula uma MLP-100 e bota um Malagoli.
      https://www.youtube.com/watch?v=CJ3aSNSlvZI&t=163s

      Olha o som que saiu das guitarras! (Nas mãos de quem sabe, fica tudo mais fácil)

      Por conta desses vídeos, quase fiz o mesmo, pegar guitas de entrada e dar um belo up. Mas acabei, por conta de oportunidades, pegando produtos intermediários por preços melhores (o que não impede upgrades).

      ejames
      Membro Novato
      # 07/dez/18 12:57
      · votar


      lamas92
      Olha o som que saiu das guitarras!

      Então, o que eu quis dizer é que a questão de ser um instrumento "para iniciante" não tem muito a ver com timbre.

      Sem dúvidas dá para tirar um som muito bom com guitarras de entrada atualmente, mesmo sem trocar captadores nem nada. Mas uma coisa é o cara fazer uma gravação dentro do quarto/home studio dele, outra é subir num palco e tocar por 2, 3 horas seguidas, ou fazer uma gravação numa sessão paga - a questão não é o timbre em si, mas sim a estabilidade da afinação, ruídos, confiabilidade e robustez das ferragens e elétrica, etc.

      Já vi uma boa quantidade de youtubers, tanto daqui do Brasil quanto de fora fazendo comparações desse tipo, o problema é justamente que muitos deixam de mencionar esse lado ou o fazem superficialmente.

      edSom
      Membro Novato
      # 08/dez/18 00:19
      · votar


      Eja mes, concordo plenamente com você. É bem isso, instrumentos caros o são pela qualidade embarcada e também pelo peso das marcas.
      E a Tagima é um produto corrente que responde legal ao básico musical. Para músicos top o equipamento tem de ser top. Mas para músicos como eu que faço voz e violão (atividade extra) há décadas, não compensa levar instrumentos caros nos "bares da vida", nos churrascos das chácaras, nas bodas, etc. Pois os quatrocentos contos não pagam nem o prejuízo com cabos.

      Sandoval Quaresma
      Membro Novato
      # 09/dez/18 21:38
      · votar


      Tenho duas tagimas e uma ltd, o dinheiro que paguei na ltd da para pagar as duas tagima e ainda me sobram 500 contos, no entanto a diferença maior só esta no preço mesmo, para se sincero prefiro as tagimas que a ltd que só tem me dado dor de cabeça e aborrecimento.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Memphis by Tagima (mg 32) é boa?

      306.448 tópicos 7.907.839 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital