Abandonar ou não ligar para o que falam?

    Autor Mensagem
    Tiagodb
    Membro
    # ago/13


    Boa tarde. Uso FL Studio para música eletrônica há uns 4 anos e gosto bastante do modo de trabalho que tenho com ele.
    Montei um homestudio pra mim, e como não consegui instalar o Pro Tools, o qual também estou acostumado, estou ainda usando o FL.

    Muitas pessoas por aí afirmar que o FL não presta pra nada além de brincar ... o que vocês acham?

    Devo deixa-lo de lado e ir para um Cubase, por exemplo, só pelo que o povo diz? Ou é sim possível gravar uma banda por exemplo dentro do FL?

    Eu não vejo diferença de um Cubase para FL. Nada além da aparência.

    Qual sua opinião?

    Obrigado!

    Obs: Caso venham se perguntar o por que de eu não estar usando Pro Tools, é o seguinte ... ainda não tive a oportunidade de compra-lo pois não sei se vale a pena, e, ao instalar, o mesmo fica sem plugins nativos. Muito estranho!

    Slash_1989
    Veterano
    # ago/13
    · votar


    Tiagodb
    acho que o FL deve ser pessimo para a edição de audio. Só acho.

    makumbator
    Veterano
    # ago/13 · Editado por: makumbator
    · votar


    Tiagodb

    Olha, em termos de música eletrônica normalmente é requerido muita capacidade de edição midi profunda. Não sei em que ponto é o nível dos recursos midi do FL studio. Normalmente o Cubase é o mais indicado nessa área (edição midi e música eletrônica em estúdio, ou seja, sem ser no uso ao vivo). Eu uso o Cubase justamente por causa dos recursos avançados no midi (e na versão 7 tem coisas muito úteis para música eletrônica, como o gerador de acordes).

    Mas isso varia de cada usuário, e a verdade é que ninguém faz uso "completo" de todo os recursos de qualquer DAW.

    Nada impede que você continue usando o que gosta e está acostumado. Há espaço para todas as DAWs. O que você pode se perguntar é:

    1. Sinto que falta algo? Sinto-me limitado pela DAW no uso que faço?
    2. Gostaria do recurso X, ou Y que está disponível em outro programa e não tem no que uso?
    3. O "workflow" e "filosofia" de uso da DAW que tenho me agrada?
    4. Tenho disponibilidade para aprender uma nova DAW?

    Tudo isso vai te ajudar.

    Mas não mude apenas por alguém dizer que usa a DAW A ou B, ou só por mudar.

    Slash_1989
    acho que o FL deve ser pessimo para a edição de audio. Só acho.

    Talvez seja (não faço ideia), mas em música eletrônica normalmente se grava da maneira tradicional tão pouco que pode nem ser um item extremamente importante. Nessa área acho que os recursos midi, capacidade de edição, manipulação e uso de samplers e loops muito mais relevante que o paradigma tradicional de gravação de áudio.

    Tiagodb
    Membro
    # ago/13
    · votar


    Slash_1989

    Eu não acho. Não vejo algo a mais em outros softwares que o FL não tenha, além de fama.

    makumbator

    No momento eu gostaria mesmo é de usar o Pro Tools, mas como expliquei brevemente no post, há algum problema que os plugins não aparecem.

    Muito obrigado pela sua resposta, muito informativa e esclarecida. Obrigado àos dois.

    makumbator
    Veterano
    # ago/13 · Editado por: makumbator
    · votar


    Tiagodb

    No momento eu gostaria mesmo é de usar o Pro Tools,

    Mais saiba que ele não é o mais indicado e usado em música eletrônica, justamente pelas razões que apontei. Mas é claro que nada impede de usar também.

    A não ser que estejamos falando de coisas diferentes aqui, pois por música eletrônica eu me refiro a estilos fortemente baseados em síntese, loops, batidas sampleadas, sequenciamento midi, etc... e não meramente o uso de gravação por computador.

    Você citou gravar uma banda, e aí já sai um tanto do conceito tradicional de música eletrônica, e se aproxima mais do métier ideal do Pro Tools.

    Não vejo algo a mais em outros softwares que o FL não tenha, além de fama.

    Certo, mas aí a sua vontade de usar outro não se daria justamente pela fama dos outros sobre o FL studio? Nesse caso EU não vejo uma razão realmente razoável para mudar. Mas isso sou eu né. Varia de cada um.

    Slash_1989
    Veterano
    # ago/13 · Editado por: Slash_1989
    · votar


    Tiagodb
    Eu não acho. Não vejo algo a mais em outros softwares que o FL não tenha, além de fama.
    Eu não conheço o FL, mas acredito que até pela proposta dele, ele não possua ferramentas como o elastic audio, beat detective e MUITAS outras coisas que as DAWs mais conceituadas possuem.

    Como o makumbator disse, pra musica eletronica o FL deve bastar, mas se quiser mexer com audio, acho sim que ele vai deixar a desejar.

    Adler3x3
    Veterano
    # ago/13 · Editado por: Adler3x3
    · votar


    TiagoDB

    Não ligue para o que falam.
    E falam sem conhecimento de causa.
    O FL Studio tem várias versões e é uma DAW voltada principalmente para a música eletrônica.
    É puro preconceito do pessoal esta de dizer que o FL é de brinquedo.
    É certo que esta DAW é voltada para o pessoal jovem, tem um design apropriado.
    Acho uma DAW muito bonita, além de poderosa, tem muitos recursos , alguns até exclusivos que outras Daws não tem.
    Talvez a origem do preconceito esteja no nome "Fruity Loops"
    Ou até no plugin de bonequinhos que dançam na tela conforme o ritmo da música. (que é muito legal)
    Mas repito é puro preconceito.
    Mas o certo é que é muito divertido mexer no FL.
    Não vejo erro nenhum no software ser divertido, muito pelo contrário.
    Não é porque é divertido que é simples.
    Gosto de escutar as Demos, pegar na Internet arquivos de outros músicos, muito legal.
    E música é diversão, só que o FL é muito mais do que mera diversão.
    Tem outras DAWs que são muito burocráticas e chatas e principalmente pesadas.
    E em música eletrônica o que conta é a produtividade, pois o sons em sua maioria são sintéticos.
    Assim não existe diferença de qualidade de áudio.
    Eu gosto sempre de experimentar diversas DAWs e considero a FL num nível muito bom, e dá para produzir qualquer estilo musical.
    Obviamente o escopo desta DAW é voltada mais para a música eletrônica em geral.
    Mesmo os usuários mais experientes em outras DAWs mais famosas, "ditas como top", ficariam impressionados com a quantidade de recursos que o FL Studio tem, se tivessem experimentado.
    E constatariam que muitos recursos que adicionaram a sua DAW favorita, tem no FL só que com um custo bem menor, e muitos plugins são mais bem elaborados e fáceis de usar, pois tem uma melhor integração pois são nativos.
    Tem uma ótima aparência, dá para abrir várias janelas, e fica sempre leve.
    Tem recursos de manipulação de áudio que não deixam a desejar, muito mais fácil de usar, e tem muito coisa que as outras não tem.
    É uma DAW completa.
    DAW boa é aquela que você melhor se adapta.
    Que trabalhe bem com loops e arquivos de àudio, assim como com midi, e que aceite os VSTS, manipulação de áudio,vem com razoáveis instrumentos, e tudo isto o FL faz muito bem.
    E tem a relação custo benefício que é muito boa.
    De tempos em tempos instalo o FL DEMO para curtir um pouco, e até usar alguns instrumentos e plugins em outra DAW via VST.
    Vem muita coisa dentro do FL mesmo na versão mais básica.
    Outras DAWs vem quase sem instrumentos.
    Um dia ainda vou comprar a versão completa.
    Se você já esta usando a mais de 4 anos continue.
    Pode até usar outras Daws, mas mantenha a sua base no FL, não abandone.

    Jawbreaker
    Veterano
    # ago/13
    · votar


    Tiagodb
    Eu uso o FL Studio tanto pra Midi (que eu uso com muita frequência) e áudio, já que eu faço minhas gravações de guitarra nele mesmo. É bem mais amigável (especialmente a parte do Midi), em se acostumando a lidar com o "raciocínio" particular dele eu não vejo porque levar mais tempo pra se ambientar a outra DAW.

    JJJ
    Veterano
    # ago/13
    · votar


    Está te atendendo? Faz tudo o que você precisa? Então, use e seja feliz...

    Agora, se tem alguma coisa que você tenta e não consegue, ou se demora muito a fazer uma tarefa que seria simples em outra DAW, ou se você já viu e sabe de um recurso de outra DAW que você gostaria de ter, ou se só está a fim de conhecer outra DAW... Aí experimente outras! Mas mantenha sua base de FL, para o caso de não gostar!

    Eu sempre usei Sonar, mesmo quando ele tinha o nome da empresa (Cakewalk). Como foi um dos softwares pioneiros (e eu também... rs) fiquei por muuuuuuuuuito tempo fuçando as escaramuças dele. Tentei usar outras DAWs só de onda, pra aprender, ver diferenças e tal e sem preconceitos. Mas costume é uma coisa muito complicada de se desfazer. Prefiro o Sonar pra quase tudo. Acho que com você deve acontecer parecido. Talvez você encontre alguns recursos que o FL não tem (ou tem, mas é complicado de usar) em outras DAWs, mas, mesmo assim, o costume de abrir o FL e gravar nele vai acabar falando mais alto (pelo menos em boa parte dos seus projetos).

    waltercruz
    Veterano
    # ago/13
    · votar


    Cara, mantenha! :)

    Eu não uso e não conheço, mas se atende tuas necessidades, blz.

    Por exemplo, dentro do meio de música eletrônica, diz-se que o Logic 'soa' melhor que as outras DAWs. Já ouvi mais de uma pessoa dizer. Mas não me parece lógico.

    Eu uso o Ableton. Gostaria de legalizá-lo, mas ele custa muito caro. Mas não vejo nada que se encaixe no meu workflow tanto quanto o Ableton. Mas vou testar o Logic, por ser uma DAW de preço bem acessível.

    Dito isso, se o FL te atende, mantenha. :)

    Adler3x3
    Veterano
    # ago/13 · Editado por: Adler3x3
    · votar


    O Sonar é muito bom, mas muito bom mesmo.
    Já usei várias versões desde as mais primitivas, quando a companhia que desenvolvia o software se chamava 12 Tones. (no tempo do velho DOS)
    Assim é um programa que muito contribuiu ao longo do tempo para a produção musical até os dias de hoje.

    O Ableton não consegui testar, sempre deu problema na configuração da placa de áudio, não consegui resolver.
    Só consegui fazer funcionar uma versão bem mais antiga, e me pareceu pelo seu desenho bem leve.
    Mas o Ableton é muito utilizado na música eletrônica, é outra DAW poderosa.
    Seguindo a linha dos grandes fabricantes de teclados: arranjadores, workstation, sintetizadores e mais:
    - Yamaha - tem parceria com a Steinberg produtora do Cubase;
    - Roland - a empresa comprou a Cakewalk, assim os produtos das duas empresas são integrados, e tem excelentes produtos;
    - Korg - ainda não usei os produtos, mas esta na linha independente na junção de software com hardware, mas funciona bem com a maioria das Daws;

    O Importante neste setor de música e áudio e de existir a livre concorrência, e até softwares de produção musical gratuitos.
    Assim não existe nenhuma DAW que seja a melhor para todos os gostos, cada uma tem as suas características, que devem se adaptar as necessidades de cada um.
    Monopólio nunca é bom.
    Quem gosta de monopólio são os Americanos do Norte (Eua), que tem na sua economia uma forte tendência ao monopólio, onde uma empresa vai comprando as outras até obter a dominação do mercado.
    Até combatem os monopólios, mas nos dias hoje com a Globalização, acabam tolerando , pois o monopólio tem alcance estratégico no mundo todo.
    Na Europa já é diferente.
    Lá também usam Protools, mas também usam o Cubase e outras.

    No geral as DAWs são todas muito parecidas, o que muda é a "GUI" (interface visual e menus para utilizar o programa), algumas mais práticas e objetivas outras nem tanto.
    E a maioria das principais DAWs já tem anos e anos de estrada.

    geronimo.correa
    Veterano
    # ago/13
    · votar


    Tiagodb
    Cara, se te atende, se não te limita, se você consegue fazer tudo o que quer no FL, se você sabe mecher nele, pra que mudar? Pra quem vai ouvir tua música não faz a minima diferença se você usou o software A ou B, e sim se a música agrada ou não. Vai fundo! Abraço!

    waltercruz
    Veterano
    # ago/13
    · votar


    Adler3x3
    O que eu curto no Ableton é a Session view:

    http://cdn.loopblog.net/wp-content/uploads/2011/01/Ableton.png

    Onde podemos trabalhar com elementos de uma forma não linear, e é o que permite 'tocá-lo' como se fosse um instrumento.

    Estou aguardando o bitwig (criado pelos ex-desenvolvedores do Ableton) para ver se ele consegue trazer algo novo: http://www.bitwig.com/bitwig-studio

    Ao menos ele promete ter uma versão para Linux!

    Adler3x3
    Veterano
    # ago/13 · Editado por: Adler3x3
    · votar


    waltercruz

    Isto que acho legal no Ableton.
    Tem um design que leva em consideração nem tanto a beleza visual, mas sim a praticidade.
    Nas janelas tem mais texto do que gráficos, e assim fica mais leve.
    E tem gráficos quando precisa de gráficos.

    Tenho para comigo, que uma DAW é um grande instrumento com infinitas possibilidades.

    Tiagodb
    Membro
    # ago/13
    · votar


    Adler3x3
    waltercruz
    geronimo.correa
    JJJ
    Jawbreaker
    Slash_1989

    Obrigado à todos! O FL me agrada muito no que faço. Sempre " me dei bem " com o sistema dele.

    A única coisa que não gosto, é a parte de gravação. Talvez haja alguma forma de arrumar isso, mas não sei. Sempre que vou gravar violão, por exemplo, dou REC e a timeline simplesmente vai correndo, como se não tivesse gravando, ou seja, o Fruity Loops não tem o tal " liverecording ". Ele grava e após o término, é processada a waveform e não enquanto o som é realmente tocado. Isso pode ser um problema principalmente pra saber se está ou não gravando.

    De resto, gosto muito dele e vou continuar até conseguir outro que me agrade! Muito obrigado à todos.

    makumbator
    Veterano
    # ago/13
    · votar


    Tiagodb
    por exemplo, dou REC e a timeline simplesmente vai correndo, como se não tivesse gravando, ou seja, o Fruity Loops não tem o tal " liverecording ". Ele grava e após o término, é processada a waveform e não enquanto o som é realmente tocado. Isso pode ser um problema principalmente pra saber se está ou não gravando.

    Em geral isso é uma opção das preferências do usuário. Pelo menos no Cubase é assim (pode-se ir criando a imagem aos poucos ou só no final da gravação). Será que no FL também não é possível escolher?

    Normalmente é mais econômico (em termos de RAM e CPU) não ter as imagens mostradas em tempo real enquanto se vai gravando, então tem gente que prefere deixar a formação da imagem para depois que parar a gravação (principalmente se o computador em questão estiver perto do limite ao gravar).

    Tiagodb
    Membro
    # ago/13
    · votar


    makumbator

    Se tiver, eu não sei como faz pra ativa-lo. Sei que seria ótimo!

    Vou dar uma pesquisada. Obrigado.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Abandonar ou não ligar para o que falam?