De ralar em startup

Autor Mensagem
Buja
Veterano
# 22/fev/19 17:20


Tanto falei que nao iria entrar mais, mas ceis vao entender.

Regime: Não faço, deveria. Ah, mas a contratação é CLT.

Salário e benefícios:
500 bolsonarions maior que meu PJ anterior. Só ai ja valeu tudo.

Agora sou trabalhador da massa, tenho carteira assinada, férias de 30 dias, INSS, Seguro de Vida, Plano de Saúde Total (dente tambem), 13º, PL, Gympass, transporte, alimentação e mais uma trecaiada de coisas que nem sabia que existia.

Isso já me fez vim até rebolando o tchan. Mas ai começa os bereguedere de startup.

Café quente obrigatorio 100% do tempo.
Na outra empresa, alem de eu ter que fazer o cafe, muitas vezes eu tinha que ir no supermercado comprar o pó, com meu salario. Isso se quisesse.

Frutinha liberê. Goiaba, pera, maça. Tudo pra ser fatness!
Na outra empresa, rsrs, nem falo.

Pc top. Antes eu tinha era um i3 com 4gb. Ah e vem instalado CS e Spotify.

Fone de ouvido de ps3 top. De gratis. La eu levava meu foninho apple, e uma certa vez que tinha deixado la, tinha sumido.

Sinuca, totoh, ping pong, ps4. Pode usar na hora que der na telha. Mesmo.
Tem nego aqui virando noite ralando e jogando de dia. E dormindo nos colchonetes da empresa.
Hmmm, nem tem base de comparação.

Horario flexivel. Mesmo.
No-dress code. Mesmo.
A estagiaria do marketing aproveita que é uma beleza de se ver!

Ar condicionado que gela. Mesmo. Antes, era um ventilador que eu tinha levado de casa.

Caneca de cafe, caneta, camisetas, premiações, brindeszinhos, guloseimas liberadas, até maquiagem pra mulher tem no banheiro feminino, de gratis pra elas claro. Alguns "eles" tambem usam.

Estacionamento gratis. Coisa que nunca vi, nem em empresa master que ja ralei.

Reuniões de scrum as 17 todo dia. Jogando futebol ou sinuca. Sem grilo nenhum.

Pedi pra trazer uma guitarra pra tocar no fone de ouvido.
Disseram: Opaaaa demorou. Dai apareceu um baixista do nada e disse que ira trazer tambem.

E nao poderia esquecer:

CERVEJA liberada toda sexta. A partir das 17, bate ponto e vai beber.
Tem um freezer cheio de original só pra isso.
Tem refri tambem, mas como quase ninguem toma, ele fica pra ser tomado durante a semana. Liberado tambem.

Todo fim de mes, almoço no raja grill. Liberado. E se bater venda de grande cliente, sorteio de certos itens: notebook, celular, tv, essas bobaginhas.

Mordi a lingua. Falei que nao entrava mais em startup...

Viciado em Guarana
Veterano
# 22/fev/19 17:26
· votar


Na outra empresa, alem de eu ter que fazer o cafe, muitas vezes eu tinha que ir no supermercado comprar o pó, com meu salario.
Antes eu tinha era um i3 com 4gb.
Antes, era um ventilador que eu tinha levado de casa.


Tu trabalhava na senzala, véi?
Isso é já violação de direito humanos!

makumbator
Veterano
# 22/fev/19 17:28 · Editado por: makumbator
· votar


Buja

Deve ter uma pegadinha escondida. Leia nas letras pequeninas da proposta que devem te obrigar a fazer blowjob em alguém. Claro que você pode ver isso como mais um ponto positivo...

Buja
Veterano
# 22/fev/19 17:52
· votar


Tu trabalhava na senzala, véi?
E pior...avisei que sairia de la faltando meia hora pra nao voltar mais. NUma sexta-feira as 17:30!
O chefe de la ta me mandando mensagem feito louco, dizendo que os clientes tao cancelando contrato com ele, que ta tudo pegando fogo, que nada anda...
Infelizmente ne....

Se eu pudesse postar aqui agora, postaria meu copo de cerveja na mao ...

devem te obrigar a fazer blowjob em alguém.

with benefits!

DarkMakerX
Veterano
# 22/fev/19 18:26
· votar


Vou assumir que é para desenvolvedor, numa empresa que diz ser de tecnologia acima do negócio de fato e em SP.

Melhor cenário para trabalhar hoje.

sallqantay
Veterano
# 23/fev/19 04:55 · Editado por: sallqantay
· votar


tem adicional de insalubridade (hipsters afetados mimimi)?

Insufferable Bear
Membro
# 23/fev/19 07:50
· votar


Trabalho é trabalho, com certeza ainda vai aparecer algo pra matar seu espírito.

Black Fire
Gato OT 2011
# 23/fev/19 07:55
· votar


Na outra empresa, alem de eu ter que fazer o cafe, muitas vezes eu tinha que ir no supermercado comprar o pó, com meu salario.
Antes eu tinha era um i3 com 4gb.
Antes, era um ventilador que eu tinha levado de casa.


Opa, já é melhor do que a que eu trabalhava um tempo atrás: passava 10 dias por mês com energia e água cortadas, não tinha papel higiênico, atrasava salário, dava calote no FGTS..

entamoeba
Membro Novato
# 23/fev/19 08:17
· votar


No-dress code. Mesmo.

Duvido.

Buja
Veterano
# 23/fev/19 10:10
· votar


Black Fire
Vc era meu colega de trabalho?

Nunca na vida malhei uma empresa no love Mondays.
Sou daquela, não posso falar bem, não falo.

Mas pra segurança nacional essa que eu estava tive que descascar. O dono já é cassado até pela CIA.
Ele simplesmente vive sem pagar nada pra ninguém.
Só com uma pistola na cabeça.
Folgado e desonesto a nível milhão.
Fazia tudo que vc disse e ainda mais

TWT ICE
Veterano
# 23/fev/19 10:41
· votar


Tao aceitando currículo?

Buja
Veterano
# 23/fev/19 12:06
· votar


Se vc é de BH, e é de tecnologia, acho que tem vaga sim. Mande mp

Svensk
Membro Novato
# 23/fev/19 16:26
· votar


Assalariado tem 30 dias de férias remuneradas por ano? Nossa essa clt é muito sexy mesmo

Fidel Castro
Veterano
# 23/fev/19 21:02 · Editado por: Fidel Castro
· votar


Eu tenho uma dessas, só que por ser financeira nego só quer bônus, aliás, se não fosse minimalista o escritório, malandro venderia o PS4 pra aumentar a receita e, por conseguinte, o bônus



Lição de vida: bônus (PLR) > mimos pra millenial

sallqantay
Veterano
# 24/fev/19 04:42
· votar


cook the book

PLR = 0

Buja
Veterano
# 24/fev/19 22:25
· votar


Nunca tive plr....ou alias, ja sim...recebi 300 e poucos na epoca. Quanto lucro!

sandroguiraldo
Veterano
# 25/fev/19 08:54
· votar


Black Fire
Opa, já é melhor do que a que eu trabalhava um tempo atrás: passava 10 dias por mês com energia e água cortadas, não tinha papel higiênico, atrasava salário, dava calote no FGTS..

Trabalhei numa marcenaria (empresa de brinquedotecas) que era tenso.
Galpão com telha de barro, pé direito baixo, era um forno.
Aí mudaram a fábrica e levaram o bebedouro... o dono deixava pago na vendinha do outro lado da rua 2 garrafas de água, 1,5lt, para 3 funcionários... por dia...

Papel higiênico vira mexe acabava... tinha que pedir pra tia da vendinha vender fiado, ou pagar do bolso. Sabonete então... esquece.

Graças a Deus sobrevivi a essa!

Buja
Veterano
# 25/fev/19 09:15
· votar


sandroguiraldo

Cr3do.
Aqui nao chegou a tanto, mas passou raspando.

Onde trablahei os chefes nao iam la, raramente. A baderna era total e eu responsavel por absolutamente tudo. Desde servidores na nuvem até lavar a banheiro (sim, fiz isso por higiene mesmo). Tambem ja matei ratos.
Lavava as maos e depois continuava a criar o SQL para o relatorio, ou fazia deploy de aplicativo.

Nao tinha passagem/transporte, nao tinha almoco/refeicao e nem dava pra levar, por o microondas nao funcionava. A geladeira mega-velha deu curto e ficou la de efeite. Eu tinha meio que do dos 3 estagiarios que ralava la, que aguentava cada situacao humilhante, e eu levava pacote de biscoitos e cafe de casa. Alem de ter que faze-los no serviço.

O ventilador (unico para a empresa) quebrou e tive que levar o meu. Apenas o notebook era marromenos, i3 com 4g, porem levava meu monitor, porque o do note tinha um risco no meio.

Energia era gato. Por isso nao cortada. Agua so acabou quando estourou um cano, e ficou estourado mesmo. O pai do chefe mandou um pedreiro e consertou la. Internet e servidores cairam frequentemente por falta de pagamento. Dai as ligacoes pipocavam ao nivel hardcore, e ele acaba ligando la e dando promessa de pagamento. Fazia isso por 2 vezes e entao pagava.


Varias vezes tive que ir a cliente com meu proprio carro, por iniciativa propria, porque o cliente ameaçava cancelar um contrato, e o chefe me ligava desesperado pedindo pra que ir la "e dar um jeito".
Numa dessas reunioes tinha um advogado presente e quase me obriga a colocar minha assinatura e cpf num documento. Quando recusei firme, eu e minha mae fomos xingados a ameaçados. Poderia até ter prestado queixa.
Mas muito trabalho pra nada.

Ixe, se for falar, encho uma pagina inteira.

No inicio do ano vi um levantamento estatistico que mostra empresas do brasil que foram classificadas como trabalho escravo.
E vi cada absurdo, que merecia pena de morte.

Essas coisas assim deveriam ser denunciadas, mas como sei na pele que nao é simples assim, isso nao acontece. Muita gente precisa do emprego, muita gente tem medo de perde-lo, e muita gente sofre assedio moral e tem medo de ir em frente.

Pleonasmo
Membro Novato
# 25/fev/19 09:34
· votar


Buja
É uma startup do que???
Você é desenvolvedor lá ou qual a função??

sandroguiraldo
Veterano
# 25/fev/19 09:52
· votar


Buja
Essas coisas assim deveriam ser denunciadas, mas como sei na pele que nao é simples assim, isso nao acontece. Muita gente precisa do emprego, muita gente tem medo de perde-lo, e muita gente sofre assedio moral e tem medo de ir em frente.

É bem por aí mesmo. Quando eu tinha 18 anos, trabalhava de balconista numa empresa. Aconteceram 2 coisas que me marcaram muito.

1 - o dono resolveu abrir aos sábados; eu dava aula de guitarra num escolinha e ia ter que parar de dar aula pra trabalhar na loja.
Quando fui explicar pra ele, perguntar como ia ser, se ia ter aumento e tal, ele disse que não haveria aumento algum. Eu expliquei que trabalhava em outro lugar e tirava uma graninha extra, ele simplesmente disse: "você ganha mais lá ou aqui? Por que você vai ter que escolher onde quer trabalhar".

2 - uma outra vez, ele descobriu que eu pegava carona com uma moça até metade do caminho pra pegar o ônibus (já que o horário de saída não batia com o horário do busão) e me ameaçou mandar embora por justa causa, dizendo que eu vendia o vale transporte.

São situações que hoje eu percebo como eram humilhantes e o camarada só fazia porque eu era novo e precisa do emprego. Alguns poucos anos depois a empresa faliu. Eu tive o oportunidade de ter uma negociação comercial com ele depois em outra situação e foi bem diferente, da outra vez, ele precisava de mim.

*lembrei de algo: ele reclamou uma vez do consumo de copo descartável e se dispôs a comprar uma canequinha pra cada um...

Buja
Veterano
# 25/fev/19 11:01
· votar


Pleonasmo
Startup de software de gestão hospitalar.
Sou dev back-end aqui. Nao tem linguagem definida. Tudo pode e tudo deve. Node, PHP, .NET, Java, Python....num dia so pego em 3 ou mais.

sandroguiraldo
No meu primeiro emprego, eu era humilhado de varias maneiras. Uma vez meu patrao nao tinha pago o transporte para o mes completo. Eu nao tinha coragem de cobrar. E quando acabou, eu fui trablahar de onibus, sem ter dinheiro pra almoçar ou pra voltar pra casa. Eu passei o dia com uma maçã, e voltei pra casa a pé. 24 km! Cheguei em casa querendo cair.

Quando peguei um pouco de experiencia, decidi fazer entrevistas. Mas era inexperiente em dar desculpas, e meu patrao descobriu.
Virou pra mim e disse as palavras que nunca esqueci:
"Ou você caga ou sai da posição abostiva".
Mandei um palavrão dirigido a avó dele (me arrependo disso), e nunca mais vi a cara dele. E ele já me add no face, ja me ligou, mandou email, e ele nem sabe se to vivo ou morto.

sandroguiraldo
Veterano
# 25/fev/19 12:02
· votar


Buja
"Ou você caga ou sai da posição abostiva".

essa é muito boa!!!

Esse meu primeiro patrão era um italianão de 1,90mt e uns 120kg, falava alto e grosso, metia medo em qualquer um.

Quando ele vinha no estoque gritando, parece que a gente ia diminuindo de tamanho kkkkkkk

brunohardrocker
Veterano
# 25/fev/19 12:24
· votar


Buja
sandroguiraldo

Acho que é bem comum, a não ser que o ser já nasça em berço de ouro. No meu primeiro emprego, aos 16, como aprendiz de tecnico em informática, eu fui um burro de carga. Pra nunca mais.
Isso serve para aprender lições.

lamas92
Membro Novato
# 25/fev/19 13:09
· votar


Buja
Estar feliz no emprego já é motivo pra comemorar! Parabéns!

Pleonasmo
Membro Novato
# 25/fev/19 13:52
· votar


Nunca fui humilhado, mas já presenciei situações desagradáveis e sempre orientei e voltar com advogado e meter os dois pés no peito, deu certo em todas as ocasiões.
A última pessoa que me recordo, foi uma moça que trabalhava e um helpdesk e o supervisor mandou ela a merda. A empresa perdeu uns 40.000 e um supervisor.

Buja
Veterano
# 25/fev/19 14:16
· votar


Pleonasmo
Ai sim! Concordo.
Tenho certeza que nao foi somente um simples "vai a merda". Com certeza foram muitas vezes seguidas, e em tons piores. Assedio moral. Isso sim, tem que ser denunciado, e tomar 40 mil no peito afora.

sallqantay
Veterano
# 25/fev/19 14:18
· votar


software de gestão hospitalar

velho, vai estudar norma técnica dessa área, tu faz um arregaço achando falha nessa zona chamada BR

sandroguiraldo
Veterano
# 25/fev/19 14:20
· votar


Assédio moral é um negócio complexo, porque muitas vezes começa naquele tom de brincadeira, todo mundo ri, o chefe faz uma piada sem graça, mas você ri pra se enturmar, tá começando no trampo essas coisas.

Daqui a pouco isso se torna hábito e as coisas vão piorando.
Já vi gente saindo esculhambado de dentro da empresa, com o chefe atrás gritando e mandando embora. A única coisa que passou pela minha cabeça foi:
"amanhã será comigo".

sandroguiraldo
Veterano
# 25/fev/19 14:23
· votar


Buja
sallqantay
Vou dar um pequeno exemplo, ainda que não seja exatamente sua área, Buja, mas de como o sistema hospitalar tem grandes demandas.

Hoje por norma cada centro cirúrgico deve ter um sistema elétrico, com uns disjuntores, DRs bla bla bla, é obrigatório. Toda sala nova já deve ter, e as antigas tem que se adequar.

A WEG, uma das empresas que chutou essa bola pro gol, estima que apenas 15 / 20% dos centros cirúrgicos tenham um equipamento desse... ou seja, há muito mercado para nadar de braçada, agora, imagine na sua área?
Eu não sei se há alguma norma que regulamente isso, mas seria bom conhecer a fundo.

Buja
Veterano
# 25/fev/19 14:42
· votar


sandroguiraldo
sallqantay

Bom saber dessa. Aqui o software de gestão engloba desde marcação de consultas online até plot e analise de imagens, para diganostico de doenças cerebrais e outros orgãos. É um negocio meio punk, nao imagino a equipe tentando criar isso apenas batendo papo com neurologistas.

Tem muito mercado, tem, e muito o que melhorar, nuuuuu, se tem...

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a De ralar em startup