Behringer ACX1800 Ultracoustic - pequeno review

    Autor Mensagem
    Ant--
    Veterano
    # jul/12


    Comprei pela Internet, 1440,00.

    Product Features:

    Powerful 180-Watt, 2-channel stereo amplifier for acoustic instruments and vocals
    2 original 8" BUGERA dual-cone speakers for ultimate sound reproduction
    2 integrated digital FX processors each with 16 awesome effects programs including reverb, modulation, delay, and various effects combinations
    Revolutionary FBQ Feedback Detection system instantly reveals critical frequencies
    2 dedicated instrument and microphone channels with separate Gain, Compressor and FX controls
    Individual 9-band graphic EQ on each channel for awesome sound shaping
    Dedicated Tuner switch per channel for use with external tuner such as BEHRINGER TU100, BTR2000, etc.
    Switchable Phase correction on Channel 1 and Master for feedback prevention
    Instrument and mic FX Inserts for external effects devices (stomp boxes, rack effects, etc.)
    CD input allows you to play along to your favorite music
    Balanced stereo XLR Line Out with Ground Lift switch for direct connection to your mixing console
    Dual footswitch FS112 for FX 1 & 2 bypass included
    High-quality components and exceptionally rugged construction ensure long life
    Conceived and designed by BEHRINGER Germany

    Chegou hoje, com algum drama. Veio com a voltagem para 230v e aqui na minha cidade é 127v.
    Não tinha como eu saber, pois queria agilidade e comprei direto no click, no carrinho de compras, sem fazer perguntas. Pelo jeito só tinha uma peça pois imediatamente ele passou a ser produto indisponível. Inicialmente pensei ser bivolt ou até mesmo aqueles com voltagem variável de 110v~230v. Depois dei umas lidas em artigos e reviews gringos, baixei o manual em PDF e vi que ele é produzido em várias voltagens, dependendo do mercado a que se destina (EUA/Canada = 120v, Europa/UK/Australia = 230v, Japan = 100v, China/Korea = 220v, general Export Model 120~230v.... rezei para ser este).
    Bom, deduzimos que o meu é o para Europa/UK/Australia porque veio marcando 230v. Shit! A solução foi comprar um transformador 110/220/110 de 300W (55,90). Beleza, assim pude testar o bicho.
    O fato de eu ter lido os reviews gringos me deixou preparado para o que poderia ser uma decepção. Inicialmente achei muito fraquinho para um Amp de 180W (90 por canal). Eu já estava com um pé atrás pelo fato de ter 2 falantes de 8", mas por outro lado diziam que os Bugera dual-cone são duca, então dei crédito.
    Então, na maioria dos foruns os compradores reclamavam que o Amp vinha com os falantes com fase invertida, o que matava o som. Alguns pensavam que era normal, outros que era erro de montagem. A verdade é que todos os que resolveram inverter os fios ficaram muito satisfeitos com o resultado. Depois de testar voz & violão em várias regulagens resolvi partir para o MOD.
    Eu já sabia que para tirar os falantes era preciso remover a tela frontal (até porque não tem como acessar por trás) e esta tela é presa por velcro. INFORMAÇÃO IMPORTANTÍSSIMA, ou eu teria quebrado a cabeça. Tirei os 2 falantes e vi que os fios Hot realmente estavam invertidos de um para o outro. Não tinha marcação da polarização nos terminais, então com uma bateria de 3,7v eu testei para ver qual estava correto e inverti apenas o outro (no meu caso o da direita - e no caso de vários outros que li nos foruns).
    Após montar voltei a testar e o resultado foi muito satisfatório. Passou a falar bem mais alto, com mais graves e agudos. Acho que chegou no que se poderia esperar.
    Ele é um Amp que pode ser usado para apresentações com voz e violão e alguma percussão acústica, em ambientes como Barzinhos e pequenas festas, dispensando PA. Dá tranquilamente para isto.

    Aí estão 2 fotos do indivíduo:

    http://www.instrumentpro.com/Merchant2/graphics/00000001/behacx1800.jp g

    http://www.mydukkan.com/media/ACX1800_P0357_RearRight_XXLy10002.jpg

    Depois acrescento mais coisas a respeito. Fiz este review na correria aqui no trabalho, porque sei que pode ajudar a novos usuários, como os reviews gringos me ajudaram.

    Abç,

    Ant

    Ant--
    Veterano
    # jul/12
    · votar


    Um upzinho para dizer que eu mesmo transformei a voltagem do Amp para 115v. Não me agradou a idéia de carregar um transformador de 1kg junto com o ACX1800 que já é bem pesadinho (uns 20kg).
    É muito fácil tranformar a voltagem. Dentro tem um trafo toroidal preparado para as 2 voltagens. Não sei por que já não colocam a chavinha bi-volt de fábrica. Vem um fio azul isolado e ele é quem dá a voltagem de 115v (o vermelho dá 230v). Bastou tirar o vermelho do botão liga-desliga e soldar o azul lá. Também substituí o fusível por um do dôbro do valor (como é recomendado em conversões de voltagens deste tipo). Minha idéia é colocar uma chavinha de comutação entre 115/230v num futuro próximo, mas no momento está só 115v mesmo e já ensaiei com ele hoje belezinha.

    erico.ascencao
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    Ant--
    Ressuscitando pra tirar uma dúvida: o que você achou do timbre do amplificador?

    Peguei um pra mim, chegou ontem em casa, mas sofri pra tirar um timbre mais ou meeeeeeeenos com o violão. O amplificador me soou muito médio, parecendo som de rádio antigo - serviria muito bem para aquela introduçãozinha de Wish You Were Here :P. Colocando um scoop forte na EQ (boostando os graves, cortando quase tudo entre 500 e 1,2 k e dando uma pitadinha de agudos) o som ficou até que legalzinho. Lembrando que o amplificador foi testado com Crafter SM Rose (catação piezo da LR Baggs) e Epiphone EJ-200CE (captação piezo e magnética originais da Epiphone, esta última bem melhor).

    No lado microfone eu não trabalhei muito, mas também não vou ter muito parâmetro pois tem um GPA 57-like pra microfonar o talk box, logo vai soar médio mesmo de qualquer jeito.

    erico.ascencao
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    Revisando o meu breve review...

    Fiz mais alguns testes com violão e microfone e fiquei desapontado com o resultado. Pra chegar num volume de quarto, junto com os meus valvulados de 40 W com o volume em 7 horas, tive que socar o ganho e o master e, desta forma, os falantes começaram a "peidar". No fim das contas chego até a duvidar dos 180 W RMS prometidos, sendo muito otimista acho que se trata de dois amplificadores de 90 W RMS, um para cada canal. O falante de 8" também não deve ajudar muito na projeção sonora.

    Conclusão: não recomendo o violão pra quem procura uma solução para pequenas apresentações ao vivo. No máximo dá pra você fazer um sonzinho em casa.

    falp
    Veterano
    # abr/16
    · votar


    Fala galera! Estou Ressuscitando o tópico.

    Não vou perguntar se o amplificador é bom ou ruim, até porque já estou com ele.
    Gostaria de saber, estou usando corretamente? Qual a diferença do botão Master para o Gain? Estou utilizando os dois como volume.

    Para que serve o Phase? Tem um phase para o Master e outro para o Gain. Quando devo utiliza-los?

    Posso ligar uma guitarra nele?

    Possuo dois violões, um Cort MR710f e um Takamine GC1CE de nylon.

    Segue a página do Ampli em questão para quem não conhece o equipo : Amplificador Behringer ACX1800

    Pessoal, já deu para perceber que estou meio perdido.
    Quem conhece o equipamento, possui o mesmo ou entende bem e puder me orientar, ficarei muito grato.

    Desde já agradeço.

    erico.ascencao
    Veterano
    # abr/16
    · votar


    falp:
    Qual a diferença do botão Master para o Gain?

    O Master é para controle de volume master (volume de saída). O Gain é um controle de ganho, ou seja, de intensidade de sinal de entrada no amplificador. Ganho alto e volume master baixo resulta num som mais distorcido. Ganho baixo e volume master alto resulta num som mais limpo. Se você quer um som limpo, controle o ganho de forma que não dê distorção e abra o volume master a gosto.

    Para que serve o Phase? Tem um phase para o Master e outro para o Gain. Quando devo utiliza-los?

    O Phase é um inversor de fase. Geralmente pode ser útil pra evitar microfonias mas, na minha opinião, só os antifeedback funcionam para combater a microfonia.

    Posso ligar uma guitarra nele?

    Pode, mas não é o amplificador adequado para guitarra. Os falantes de um amplificador de guitarra enfatizam as frequências médias, que são as que caracterizam o som de guitarra. Falantes de amplificadores de violão tendem a ser mais "full range", ou seja, reproduzem uma larga faixa de frequência de forma mais uniforme, o que pode dar à guitarra graves e agudos em excesso.

    Ismah
    Veterano
    # abr/16
    · votar


    falp

    Eu tinha te respondido isso no outro tópico, e indicado este...

    erico.ascencao
    O Phase é um inversor de fase. Geralmente pode ser útil pra evitar microfonias mas, na minha opinião, só os antifeedback funcionam para combater a microfonia.

    Quem dera se inverter a fase evitasse microfonias... Está mais atrelado mesmo a soma com outro instrumento. Algumas vantagens surgem com isso, principalmente com aquele EQ gráfico bagunçando a fase...

    falp
    Veterano
    # abr/16
    · votar


    falp

    Eu tinha te respondido isso no outro tópico, e indicado este...


    Ismah

    Eu sei meu camarada que vc havia respondido, mas bloquearam meu tópico.
    Desde já, agradeço.

    erico.ascencao

    Obrigado pelas respostas.

    Ant--
    Veterano
    # nov/16
    · votar


    Ant--
    Ressuscitando pra tirar uma dúvida: o que você achou do timbre do amplificador?

    Peguei um pra mim, chegou ontem em casa, mas sofri pra tirar um timbre mais ou meeeeeeeenos com o violão. O amplificador me soou muito médio, parecendo som de rádio antigo - serviria muito bem para aquela introduçãozinha de Wish You Were Here :P. Colocando um scoop forte na EQ (boostando os graves, cortando quase tudo entre 500 e 1,2 k e dando uma pitadinha de agudos) o som ficou até que legalzinho. Lembrando que o amplificador foi testado com Crafter SM Rose (catação piezo da LR Baggs) e Epiphone EJ-200CE (captação piezo e magnética originais da Epiphone, esta última bem melhor).

    No lado microfone eu não trabalhei muito, mas também não vou ter muito parâmetro pois tem um GPA 57-like pra microfonar o talk box, logo vai soar médio mesmo de qualquer jeito.


    Responder depois de 2 anos e meio vale? :P
    OK, imagino que vc não precise mais das respostas.
    Me desculpe, erico.ascencao, em 2014 eu devia estar meio afastado do forum. Me passou despercebido e só fui ver agora, dando um search para buscar infos a respeito de um "HUMM" que me incomoda nesse amplificador.
    Estou uppando o topic por isso. O de vcs também tem esse zumbido? É um ruído que aparece mais no silêncio, e não altera se abrir o volume ou abaixar total. Ele está sempre lá, parecendo coisa de fonte.
    NOTA: sempre teve esse ruído. Agora está me incomodando mais porque estou usando esse amp para estudo no quarto, ligando minha guita e o baixo de minha esposa nos 2 canais. E sim, fica bem legal pra ensaiar em baixo volume. Os Buguera full-range respondem bem ao contrabaixo e à minha pedaleira Boss ME-80. Claro que é apenas usado nessa config para ensaio a dois, não para apresentação.
    Anyway, estou até pensando em levar a algum técnico para ver esse ruído. Quero saber de vcs se é normal, ou se o de vcs é silencioso.

    Abs

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Behringer ACX1800 Ultracoustic - pequeno review