Muito decepcionado com Marshall JCM 800 2203!

Autor Mensagem
Van_Lorien
Veterano
# fev/09
· votar


Dark Fallen Angel
HAHAHA, mas pra mim existem outros tops além dos Mesa/Boogie, que diga-se de passagem, eu nem curto muito. Sou mais os BadCat, Vox, Marshall, Orange, Fender, ENGL, etc.

guitarg3
Veterano
# fev/09
· votar


hahahha set bem humilde.. uma gibson com um marshall jcm800.. ms enfim.. q bom q conseguiu arrumar o problema =).. deve ser desesperador vc fazer um investimento desses e o negocio nao condizer com suas espectativas.. e no fim um problema tao bobo hahaha.. volume baixo.. tem q ficar alto pra ficar bom! eu tenho problema com volume alto hasuehIA nao pode aumenta mto se nao fode td

Gabriel Chincha
Veterano
# fev/09
· votar


Dark Fallen Angel


Cara o clean é animal! Mas é só na entrada low. Tem brilho pra caramba e os graves são na medida! Essa entrada no amp pula o primeiro estagio de ganho e nessas condições sim, o JCM 800 é muito semelhante ao Plexi.

Tenho uma stratinho da shelter e fica bem legal. Acho do caralho timbre de strato mas não me dou muito bem com elas na hora de tocar heheheh.

wiskeria
Veterano
# fev/09
· votar


lembre-se que o atenuador, faz com que o som dos falantes trabalhem menos para entregar o som, mas o amp em sí esta trabalhando como se fosse num show... Ou seja vc esta consumindo valvulas, energia e forçando como num palco.
Num palco de verdade esqueça o atenuador e faça o volume mesmo.

guitarg3
Veterano
# fev/09
· votar


soh por curiosidade.. quanto saiu esse marshall jcm800?

Gabriel Chincha
Veterano
# fev/09
· votar


wiskeria

to ligado!

guitarg3

7,5 K

PEMAMETAL
Veterano
# fev/09
· votar


Gabriel Chincha

Caralho mano, que pedrada no peito. Voce comprou no Brasil ou trouxe de fora? Vem com a caixa 4x 4 juntou ou nem?

Por que eu andei pesquisando preços la fora e olhem só, não é tão caro assim, as Gibson são muito mais caras.

http://guitars.musiciansfriend.com/product/Marshall-JCM800-2203-Vintag e-Series-100W-Tube-Head?sku=482713

O do kerry King ta mais barato até, e tem mais recursos, se alguem ja ouviu no youtube, é animal!!!!

http://guitars.musiciansfriend.com/product/Marshall-2203KK-Kerry-King- Signature-JCM800-100w-Tube-Guitar-Amp-Head?sku=481031

guitartube
Veterano
# fev/09
· votar


rsf
resumindo, limitei-me a falar sobre qualidade sonora, que, aliás pelo que li no seu ultimo post, vc concorda comigo...o twin é tão superior em qualidade sonora que vc precisa "estragá-lo" para tocar certos estilos....

Vc viaja cara. Diz ae pra gente qual o melhor carro, mulher, bebida, xampú, comida,..... , certamente deve ser o que vc mais gosta. Isto chama-se, Sindrome do Gurú.

Eu não concordo que é o melhor timbre não, pq depende de vários fatores.

quando me refiro à qualidade de um equipamento, refiro-me unica e exclusivamente sob a perspectiva de quem toca e não sob a perspectiva de quem ouve...

A qualidade que vc atribui sendo tocando ou ouvindo, é pessoal e intrasferível.

sei a diferença de um ampli ss para um ampli valvulado, somente quando eu estou tocando...que é o que me importa...

Então pra que falar de timbre. Parei por aqui.....

guitartube
Veterano
# fev/09
· votar


Gabriel Chincha
Por isso apostei num atenuador THD Hot Plate. Problema resolvido! O segredo é trabalhar com o master volume acima do 60% que já era! Timbre animalesco somente Guitarra+Amp.

Se vc gostou então tá blz.

Vou só comentar que eu nunca gostei de atenuadores, pq daqui a pouco chega um cara que não sabe interpretar uma conversa e diz o contrário.

flw!!!!!

Gabriel Chincha
Veterano
# fev/09
· votar


PEMAMETAL

2.200,00 Dólares dá R$ 5.060,00 Mais 60% de importação dá 8.096,00. Sem contar o frete.

Quem arrisca ir para os EUA e trazer um bixo desse de quase 20 Kg na miúda sem declarar? Se te pegam sem declaração já nem é mais 60% sobre o valor do produto. Eles te esfolam pra valer!

Comprei amp Na Made In Brazil. Tem garantia de 1 ano + nota Fiscal, não precisei me arriscar, o amp deve ter sido transportado de uma forma decente, não jogado dentro de um avião,etc... Cara tem uma série de fatores a favor de eu ter comprado aqui mesmo!

Consegui esse preço porque esse lote de amps estava ainda no preço do dólar antigo

rsf
Veterano
# fev/09 · Editado por: rsf
· votar


Gabriel Chincha

além do 60%, ainda tem o imposto estadual...todas as compras que fiz no exterior fui "esfolado" como vc disse..com o pagamento de todos os impostos possíveis e imagináveis..hehehehe....algumas eu acho que se tivesse comprado aqui teria sido mais barato, sobretudo em razão do frete..que é uma fortuna...as empresas pulverizam o valor do frete em razão da grande quantidade...já nós...como apenas importamos uma unidade...o bicho pega...
parabens pela aquisição e sucesso com o novo ampli

moirinho
Veterano
# mar/09
· votar


Não sei porkê?

O jcm 800 é um excelente ampli. eu tenho um feito por mim mas modifiquei todo ele : Tem resonance pot, extra gain stage e ainda lhe coloquei mais um canal CLEAN.
Caixa 4x12 --- 2 vintage 30 uma g 12-65 e g 12 -75 este tem um som super, tanto no clean como no overdrive.
Mas para melhorares o teu som basta só colocares o resonance pot.

Abç
paulomoirinho@msn.com

ZioNN
Membro Novato
# 02/fev/19 20:26
· votar


Vamos lá. Eu tenho um bicho desses e tiro um puta som dele, sem fizz, sem agudos, só aquele maravilhoso timbre lendário, mas penei até entender como chegar no som.
- Primeira coisa que eu fiz foi trocar as válvulas. Tirei as originais e coloquei tudo JJ novas, levei num bom técnico e ele fez o ajuste de BIAS dele deixando o amp um pouco mais quente (tecnicamente ele aumenta a corrente nas válvulas).
- Os falantes que eu uso são exatamente os G12T-75 só que INGLESES. Antes testei com V30 china, e G12T-75 China e não gostei do som. Em parte porque ambos os falantes eram novos e ainda não estavam amaciados, em parte porque o timbre deles realmente muda para os falantes ingleses (que vc só acha usado hoje pra comprar).
- Agudos e presence sempre abaixo de 9h. Este amp tende a falar mais agudo mesmo.
- E se depois disso tudo você ainda achar que não está bom, você pode fazer uma mod muito simples que diminui os agudos no Lasco, em São Paulo. Ele é um dos melhores e mais experientes técnicos daqui. A mod é ridícula de simples, e ajuda a controlar os agudos. Eu fiz, por curiosidade, mas te digo que, no meu caso, antes da mod já estava com um puta som, só com as providências acima.
Sei que o post é antigo, mas muita gente ainda deve cair aqui com a mesma pergunta, então fica aí minha experiência e como resolvi. Abraços a todos.

Ismah
Veterano
# 02/fev/19 21:35
· votar


Não querendo ser chato, mas isso só aponta o "óvio": é bem "marromeno"...

Soma o preço do amp, da troca de válvulas, da modificação, dos AF's e veja quanto gastou... Juntando tudo, mesmo sem saber o valor final, dava para comprar outro amp, melhor...

Também demorei a dar o braço a torcer pra isso, mas é o caminho mais em conta... Casos assim, são boa oportunidade para quem domina o ferro de solda, ou alguém próximo que o faça...
A lei do plug'n'play para analógicos acho muito válida, e a primeira experiência do tipo foi magistral... Não precisei usar pó de pirim-pimpim, chifre de cobra, e escama de morcego para chegar onde queria... Isso é muitas vezes esquecido, e se tratando de amp é essencial.

Del-Rei
Veterano
# 03/fev/19 04:02
· votar


Eu posso estar enganado... Mas acredito que esse amp quando foi projetado, era pensando nas caixas 4x12 que se usavam na época, e em volumes altos. Nas décadas de 70/80 tudo era tocado alto pra dedéu e o agudo desse amp se equilibrava com os graves de altos volumes e gabinetes enormes. Hoje não há essa aplicação tão ignorante em termos de volume e o amp obviamente vai se comportar diferente pros meros mortais que não passam do 1 em casa (isso quando chega no 1...).

Um aceno de longe!!!

Ismah
Veterano
# 04/fev/19 01:58
· votar


Uma boa questão... Esse amp é um marco negro na história da Marshall, mas quem não tem um podre? rs
Até aceito como possibilidade isso Del-Rei, mas seria estranho apenas UM modelo não se comportar bem com outras caixas que não modelo X ou Y...
Soa contraditório, pois eu mesmo sustento que é mais notável a diferença ao trocar a caixa, do que trocar o amp... Mesmo assim, nunca tive um resultado ruim, apenas diferente.

Del-Rei
Veterano
# 04/fev/19 02:14
· votar


Ismah
Esse amp é um marco negro na história da Marshall, mas quem não tem um podre?

Cara... Sério isso?
Marco negro na história da Marshall? Rsrs.

Um aceno de longe!!!

Ismah
Veterano
# 04/fev/19 04:24
· votar


E não é ? Foi o momento Bólido Sideral da marca, e tu não considera um marco negro ? kkk

Les Strato
Veterano
# 04/fev/19 08:25
· votar


Ismah

momento Bólido Sideral

Cara, acho que o momento bólido sideral foi o JCM 900, que é bem difícil de timbrar até. O JCM 800 foi um grande marco na década de 80, tanto que uma cacetada de bandas da época consagraram altos timbres maneiros usando esse amplificador ai, já o 900...

Del-Rei
Veterano
# 04/fev/19 13:28
· votar


Ismah
Até acho que originalmente ele não tenha sido projetado para ter o melhor rendimento em baixos volumes - assim como Plexi, JTM45, JMP... E na época era como se obtinham os drives, atochando o volume.

Mas considerar que esses amps são marcos negros é jogar fora mais da metade das discografias dos clássicos de rock que conhecemos hoje.

Um aceno de longe!!!

rafael_cpu
Veterano
# 04/fev/19 18:53
· votar


Ismah
Esse amp é um marco negro na história da Marshall, mas quem não tem um podre?

Vou discordar de você, amigo Ismah. Mas respeito absolutamente a sua opinião...

Del-Rei
Mas considerar que esses amps são marcos negros é jogar fora mais da metade das discografias dos clássicos de rock que conhecemos hoje.

Exatamente, Del-Rei.

T+

Ismah
Veterano
# 05/fev/19 00:06
· votar


Les Strato
rafael_cpu
Del-Rei

Lembrem que não estamos falando de QUALQUER JCM800, mas o reissue 2203, que é um amp BEM ESPECÍFiCO...
Tenho um grande apreço pelo JCM800, mas esse...

Del-Rei
Veterano
# 05/fev/19 02:13
· votar


Ismah
Cara, estou confuso.
Você disse que o amp foi um marco ruim na história da Marshall, sendo que o 2203 Reissue é o JCM800 atual, único do modelo, ainda vendido pela marca. Ou você está tentando sair pela tangente ou está se perdendo mesmo, rsrs. Certamente a Marshall não considera um marco negro...

Ainda assim (focando no Reissue) não concordo, rs. Vale lembrar que a década do JCM800 foi bem complicada pra Marshall e tiveram várias versões desse amp, com algumas diferenças de componentes pra diminuir custos. Naquela época dificilmente um soava idêntico ao outro.

O que eu acho é que esses amps precisam de volume aberto e gabinete grande pra equilibrar o som e chegar no melhor rendimento. É uma característica do amp, do projeto original. A maioria das pessoas que reclamam do amp talvez nem passem do 1 no volume.... 100W hoje é algo inviável mesmo pra palcos.


Juntando tudo, mesmo sem saber o valor final, dava para comprar outro amp, melhor...

Até podemos falar sobre isso... Hoje eu diria que há marcas que fazem Marshalls melhorados (Friedman, Metropoulos...) e que investem em Master Volumes que soam muito bem mesmo em baixíssimos volumes. Mas dizer que o 2203 Reissue é um amp "ruim".... Dá não.

Um aceno de longe!!!

Ismah
Veterano
# 05/fev/19 02:33 · Editado por: Ismah
· votar


Estamos no tópico sobre o fusca 63.
Se quiser falar do 65, favor abra novo tópico, para manter a coisa organizada...

Sonoramente, ele é o mais meia boca da série JCM800... Longe de ser o pior do mundo, mas não tem nada que chame a atenção também... Se me perguntar qual o pior amp que já toquei, não vou dizer que é este, fique tranquilo... rs
Mas, se puder escolher outro, não vou ficar chateado...

Foi uma figura de linguagem ter dito que é um marco negro, caso não tenham entendido assim. Pois numa série de amps aclamados e que ditaram onda e timbres por pelo menos 2 décadas, tem um que soa muito mais como seu parente 900...
E foi, porque o amp não é lançamento! Já tem alguns anos no mercado...

PS... Não precisamos concordar sobre.

Del-Rei
Veterano
# 05/fev/19 02:55
· votar


Ismah
Del-rei, estamos num tópico sobre o fusca 63.
Se quiser falar do 65, favor abra novo tópico, para manter a coisa organizada...


O tópico é sobre o JCM800 2203.
Você chegou aqui generalizando e disse que foi um marco negro. Depois argumentou que é especificamente sobre o Reissue. Mas aqui, até então, não havia distinção entre Reissue ou original - aliás, você foi quem primeiro proferiu o termo Reissue nesse tópico.


Foi uma figura de linguagem ter dito que é um marco negro, caso não tenham entendido assim. (...) E foi, porque o amp não é lançamento! Já tem alguns anos no mercado...

Então você está dizendo que o tal marco negro da Marshall é... o momento presente? A marca está vivendo um momento negro porque você não gosta do 2203 Reissue...? Cara, acho que você está viajando, rs.
E está se enrolando mais.


PS... Não precisamos concordar sobre.

Claro que não. Só que às vezes tento entender seus argumentos mas me parecem perdidos. E isso não é uma crítica ou ofensa (não entenda assim), é porque eu realmente tento entender e fico perdido.

Um aceno de longe!!!

Ismah
Veterano
# 05/fev/19 17:21 · Editado por: Ismah
· votar


De minha parte, entrei no tópico sobre o tal amplificador, respondendo de forma complementar, ao rapaz que relatou ter conseguido dar uma melhorada nos problemas do amp... Presumo que ele fale do 2203, e não genérica sobre JCM800, apesar de nos referirmos assim volta e meia...

Del-Rei
Veterano
# 05/fev/19 20:19
· votar


Ismah
Presumo que ele fale do 2203

E de onde você tirou o reissue?
Você inicialmente disse que todo 2203 é uma bosta.
Depois especificou que só o reissue é uma bosta.
Agora presume que o alvo do seu comentário não seja o reissue, mas o 2203.

Eu acho que você veio aqui falar mal do amp, mas tá se enrolando. rsrsrs.

Um aceno de longe!!!

Drinho
Veterano
# 05/fev/19 21:31 · Editado por: Drinho
· votar


O JCM 800 não seria a minha escolha atual, já foram feitos muitos amplificadores depois dele com muito mais flexibilidade e com vozes muito mais elegantes para os meus ouvidos.....

hoje minha paixão são os engl e os custom audio (mas eles também são até mais caros que o jcm)

Porém.....

Quem diz que o trem é ruim 1 - não sabe tocar 2 - não sabe timbrar 3 - não entende que é um amplificador especifico para apenas aquela voz 4 - ouviu alguém que não sabe tocar nem timbrar no youtube

Tirar som do jcm 800 é a coisa mais simples do mundo

1 - cabo no high
2 - pré amp no máximo (ou quase no maximo)
3 - grave no meio
4 - medio no meio
5 - agudo do meio pra tras (depende do instrumento e da forma do sujeito palhetar)
6 - presença fechada (abrir um pouco apenas se ficar opaco e escondido o que é improvavel nesse amplificador)
7 - master de acordo com a necessidade (óbvio que quanto mais melhor)

Não tem como sair som ruim disso e nem precisa de tubescreamer também....

Ismah
Veterano
# 06/fev/19 08:52 · Editado por: Ismah
· votar


Del-Rei

Sim, claro, meu patrocinador fica feliz assim, e me dá mais guitarras de ar...
O reissue tirei de um site qualquer e pouca confiabilidade, onde ele está na sessão "Vintage reissues", e é citado assim algumas vezes, mas claro... Posso aceitar o conceito que quiser acerca disso, como bem posso estar equivocado que todos os 2203 são reissue... Até onde sei, o são.

https://marshall.com/marshall-amps/products/amps/vintage-reissues/jcm8 00-2203

Em resumo, não compreendo onde quer nos levar, tampouco a finalidade das tentativas de achar falhas no que escrevo... Meio que parece o extremista religioso, que tenta te converter...

Então pra fechar... O reissue, lançamento, produto, caralho a 4 ou como queira chamar, de código, número, série, lote ou lá nome que seja ou que signifique o 2203, é no máximo um amp razoável e não faz jus aos demais...

:)

Drinho

Entre 3 e 5 descreveu o que chamamos de flat... Evidentemente timbre é algo subordinado, a onde se quer chegar... Nem sempre precisa ser bom, Nuno Bettencour gravou o disco do Extreme, "Waiting for the punchline", com um Twin (?) com tudo no talo e o som é ruim, horrível... Mas funciona muito bem no contexto do disco.

Não tem como soar mal? Bem... Isso é empírico para qualquer situação...

Drinho
Veterano
# 06/fev/19 09:33
· votar


Ismah

Eu sou incisivo na idéia de que timbre é relativo partindo de certo nível de bom senso.


Uma coisa é você ouvir um guitarrista iniciante tocando como iniciante em um amplificador meteoro com falante de 8 polegadas buscando timbres de metal em uma pedaleira zoom usando reverb e delay juntos.....

Isso é ruim e não é questão de opinião.....


Outra coisa é você ouvir um bom guitarrista que tem uma personalidade formada e senso de som profissional tocando bem e usando equipamento profissional com objetivo de reproduzir o som que ele tem em mente como é o caso do amplificador discutido....

Aí é simplesmente questão de opinião

Exemplo disso para mim é o Dimebag Darrel

Foi talvez um dos maiores guitarristas de metal, tinha uma personalidade formada, tocava bem seu instrumento, tinha um conceito de som bem definido.

Eu acho uma porcaria, uma sujeirada infantil

Mas extremamente de acordo com o objetivo que ele tinha, nesse sentido eu não posso atribuir que ele era incapaz ou que seu equipamento era de má qualidade porque não era...

Simplesmente eu não gosto....é uma opinião minha e ela pouco importa para quem quer que seja....

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Muito decepcionado com Marshall JCM 800 2203!