Frank Sinatra - The Voice

    Autor Mensagem
    andre735
    Veterano
    # 27/abr/20 18:58


    Para os especialistas, o que fez a voz do Old Blue Eyes ser tão única?
    Há muito pouco material sobre a voz de Sinatra na internet em termos de técnica etc. Aqui acredito que está uma de suas melhores performances

    https://www.youtube.com/watch?v=OqH7VwpSwBo

    Lelo Mig
    Membro
    # 27/abr/20 19:12 · Editado por: Lelo Mig
    · votar


    andre735

    "Para os especialistas..."

    Não sou especialista, nem cantor, mas vou dar meu pitaco.

    Na época dele quase cantor nenhum estudava canto, então, técnica em cantores populares é algo meio relativo.

    Mas, antes de qualquer avaliação técnica, faça um esforço de imaginação, comum, de algumas qualidades que até um cantor de chuveiro pode ter: Afinação (minha mãe não sabe nem o que é canto e era afinadíssima de jovem, cantava belamente), Timbre bonito (algo que até se pode melhorar, mas muita gente nasce com voz bonita).

    Sinatra era muito afinado e tinha uma bela voz. Some a isso uma potência/volume/força, uma voz firme e encorpada. Ele devia ter um ouvido muito bom, porque "talhado" no jazz, ele fazia improvisos arriscados e uma divisão silábica/rítmica com umas divisões bastantes difíceis, saindo muitas vezes fora do esperado sem estragar a canção ou errar. Sua dicção também era acima da média e uma coisa que sempre me chamou muito à atenção; você não ouve ele respirar.

    Devia saber e fazer exercícios básicos e cuidar muito da saúde vocal, porque sua carreira foi muito duradoura e sua voz pouco deteriorou com a idade.

    Gostos à parte, um cantor de jazz espetacular, com uma bela voz. Sinceramente, ainda que não seja o tipo de música que mais ouço, pago um pau pro sujeito. Muito acima da média, em minha opinião.

    E, por último, o que mais me agrada: Cantava prá caralho sem ficar fazendo malabarismos e firulas.



    Gansinho
    Veterano
    # 27/abr/20 20:16
    · votar


    Não sou fã do Sinatra, não é meu estilo de música. Mas o que ele tinha de especial era o timbre. Uma voz muito bonita e que cantava fácil.

    Tipo 8
    Membro Novato
    # 29/abr/20 00:11
    · votar


    andre735

    Embora não seja o tipo de música que eu goste, analisando o cantor, existem várias coisas somadas que podem explicar esse sucesso:

    Primeiramente era uma época onde se valorizava muito quem fazia as coisas direito (não o vale-tudo que é hoje), ou seja, se não soubesse cantar ou fosse ruim...já era.
    Analisando a voz dele e não somente a voz, tem vários aspectos que vale a pena comentar, começando pelo timbre. É uma voz agradável, um timbre diferenciado. Tem um bom fraseado. Tem um grande controle da voz, mas eu acho que tem uma questão que está acima neste caso. Eu sempre comento que o cantor deve dizer as coisas com verdade. Se notar nesta apresentação mesmo, ele não está cantando as notas apenas. Há o empréstimo da própria emoção para dizer o texto. Ele está realmente contando uma história.
    MInha maior queixa contra os cantores de hoje. Quase ninguém faz mais isso. Sinatra fazia e fazia muito bem.

    Lelo Mig
    Membro
    # 29/abr/20 01:25
    · votar


    Tipo 8

    "Eu sempre comento que o cantor deve dizer as coisas com verdade. Se notar nesta apresentação mesmo, ele não está cantando as notas apenas."

    Concordo. A questão interpretação é fundamental. Têm cantor que chega quase a ser um ator nesse quesito. O grande exemplo desse poder interpretativo foi Elis Regina..

    Buja
    Veterano
    # 29/abr/20 09:20
    · votar


    Ele está realmente contando uma história.
    MInha maior queixa contra os cantores de hoje.


    É que a esmagadoria maioria dos artistas de hoje, do mainstream, nao compoem mais.
    Eles compram as letras de quem compoem. Simplesmente cantam.
    E so cantam, com autotune e backing track, e mais nada.

    Eles nao tem sentimento por aquela musica, sem 'atuam' sobre ela,
    porque ela nao significa nada pra eles.
    É so um trabalho, uma forma de ganhar dinheiro (muito dinheiro).

    Criticas a parte, a era do Roberto Carlos já passou, que dou o devido merecimento,
    é (ainda vivo) um dos maiores compositores e cantores do século, brigando com titãs da música.
    Ainda que eu não goste dele nem da musica.

    lamas92
    Membro Novato
    # 29/abr/20 10:26
    · votar


    Sinatra era o cantor predileto do meu pai e por isso algumas de suas músicas fazem parte das minhas favoritas. My Way, então, me lembra demais o velho...

    Algumas de suas músicas eu busquei no Cifra Club, pra brincar na guitarra mesmo.
    Não à toa, era conhecido como The Voice. Um timbre único.

    No ano passado, assisti ao documentário All or nothing at all), em dois episódios, que estava no NetFlix (mas já saiu).

    Se acharem por aí, vale à pena!

    BrotherCrow
    Membro Novato
    # 29/abr/20 10:41 · Editado por: BrotherCrow
    · votar


    Sobre a interpretação, acho que passa pela escolha de repertório. O Sinatra se consagrou cantando músicas que se encaixavam na persona dele. Lembro de uma entrevista com o Paul Anka (que escreveu a letra da versão em inglês de My Way) dizendo que ele tentou capturar o estilo de falar do Sinatra na letra. Aí você vê o resultado: soa com uma convicção que você raramente vê por aí.

    E outra: o Sinatra focava em cantar. Pra isso, se cercava de uma estrutura que permitisse que a voz dele brilhasse. Essa estrutura era formada tanto de elementos legítimos (grandes letristas, produtores, compositores, arranjadores, instrumentistas) quanto de elementos mais duvidosos (ligações com a máfia e políticos).

    Buja
    É que a esmagadoria maioria dos artistas de hoje, do mainstream, nao compoem mais.
    Eles compram as letras de quem compoem. Simplesmente cantam.
    E so cantam, com autotune e backing track, e mais nada.

    Acho que a mentalidade do artista que faz a música do começo ao fim é coisa do rock (e outros estilos como o folk mais autoral). Música pop sempre funcionou como "fábrica de hits", seja Motown, Nashville ou o que for. Engraçado você levantar esse argumento justamente num tópico sobre o Sinatra, que não era compositor nem instrumentista.

    Ningen
    Veterano
    # 29/abr/20 11:55 · Editado por: Ningen
    · votar


    Buja

    É que a esmagadoria maioria dos artistas de hoje, do mainstream, nao compoem mais.

    Engraçado... ontem mesmo estava vendo uma entrevista onde o Elton John dizia algo que talvez vá na direção contrária. Segundo ele as letras caíram de nível justamente porque hoje o cenário é bem mais favorável aos cantositores, aos que fazem ambos.

    Talvez o problema não seja alguém diferente escrever a canção, mas o tipo de persona que o mainstream insiste em colocar nos holofotes hoje.

    https://youtu.be/tc_MI4jdbJs?t=294

    Lelo Mig
    Membro
    # 29/abr/20 12:20 · Editado por: Lelo Mig
    · votar


    BrotherCrow
    Ningen

    Grandes cantores, desde os clássicos do passado até os crooners de jazz, gospel, pop, country, mpb, românticos e etc, e muitos do rock, não compunham, foram grandes intérpretes, e é justamente sobre o interprete que eu falei e entendi que o Tipo 8 se referiu.

    Ella Fitzgerald, Elvis Presley, Caruso, Edith Piaf, Elis Regina, Janis Joplin, Tina Turner, Otis Redding, Nina Simone, e tantos outros, não eram compositores, eram essencialmente intérpretes.

    Buja meio que se equivocou ou considerou somente o mundo "banda de rock".

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Frank Sinatra - The Voice