Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Porque outras pessoas, se preocupam com, e gostam de, coisas diferentes

      Autor Mensagem
      Paludo756
      Membro Novato
      # 21/set/17 12:12
      · votar


      Eu acho que o youtube tende nao a afundar, mas sim mudar o formato das midias, indo mais pra o que ele se propoe a fazer: ser um lugar onde se tem CANAIS autorais. Assim como canais de tv, so que independente.



      Só eu acho que esses Youtubers estão se tornando um câncer na humanidade?

      victorhugorleite
      Membro Novato
      # 21/set/17 12:32
      · votar


      Só eu acho que esses Youtubers estão se tornando um câncer na humanidade?

      Bem, não penso de forma tão radical, mas acho que alguns deles são nocivos para muita gente, em especial a molecada. Eu sou professor de história (na verdade, me formo em dois meses, mas já dou meus pulos...) e vejo como o saber ruim do senso comum (tem senso comum bom também...) é exposto e apreciado on-line de forma violenta. Também vejo como a minha geração (pessoal que tem até 30 anos) é extremamente bestializada, ama o ódio e está alienada.
      E esse meu papo não é de professor de história comunista, até porque não me alinho ideologicamente assim, muito embora eu, enquanto professor, me alinho à esquerda... Mas o que quero dizer é que o YouTube, como grande difusor de conteúdo tem se tornado um perigo para a construção do saber. Muitos tentam, de forma fraca e tosca, se apropriar de saberes acadêmicos muito densos e fazem disso uma aula de horrores. Querem explicar materialismo, Kierkergaard e Freud num vídeo...

      (e esse Whindersson... não julgo ele pelo sucesso que faz, até o parabenizo. Mas que é um bocado fútil, é...)

      entamoeba
      Membro Novato
      # 21/set/17 14:11
      · votar


      Com a TV, por pior que fosse, os conteúdos eram produzidos e filtrados por especialistas, passavam por revisores, e, por mais que a coisa ficasse pasteurizada, havia um mínimo de compromisso com a qualidade. Uma prova disso é que você não costuma ver erros de português grosseiros nos canais de TV.

      O YouTube é democrático, e isso é bom. Contudo, é conteúdo produzido por leigos, com todos os seus vícios, e destinado a leigos. Isso é a fórmula do desastre!

      Já vi alguém comentar (e lamento não poder dar os créditos) que a juventude nunca leu tanto. Em compensação, só lê coisas produzidas por ela mesma, com um nível baixíssimo de linguagem e de conteúdo.

      Ismah
      Veterano
      # 21/set/17 15:23
      · votar


      Paludo756

      Não diria um câncer, mas são famosos apenas, sem nenhum talento específico...
      Não sei quem é o taura aí, mas com toda certeza ele é um em muitos, que tem dificuldade em falar uma frase inteira sem errar - e tu como universitário, deve saber que isso nem de longe, é algo fácil...
      Agora falar com propriedade de algo, o furo é duas vezes mais embaixo. A começar por equívocos, informações mal fundamentadas...
      Chegou a um ponto que o próprio u2b viu que passou dos limites, e criou o YouTube Edu (de Education possívelmente), reunindo o que é entretenimento e o que é ciência...

      Paludo756
      Membro Novato
      # 04/jul/18 12:52
      · votar


      Ismah

      Tem razão, é a velha história, qualquer coisa pode ser estragada por idiotas.

      Julia Hardy
      Veterano
      # 06/jul/18 11:27
      · votar


      O que vocês liam aos 12 anos de idade?

      makumbator
      Veterano
      # 06/jul/18 13:39
      · votar


      Julia Hardy

      Nessa idade eu comecei a ler os clássicos (principalmente romances). Mas gostava de brincar também (ainda mais na minha época, em que 12 anos ainda era considerado criança).

      entamoeba
      Membro Novato
      # 06/jul/18 17:20 · Editado por: entamoeba
      · votar


      Julia Hardy
      Lia muito a Wikipedia daquela época, o Almanaque Abril, além daquelas coleções de contos chamada Para gostar de ler. Acho que eu já me identificava com essa urgência, típica da internet, de ter acesso a conteúdos diretos, sem muitos rodeios.

      Era um mundo mais "palpável", onde a verdade poderia ser alcançada por meio dos estudos. Hoje, as tendências relativistas nascem mais cedo. Com 12 anos, são poucos que acreditam dogmaticamente em qualquer autoridade (isso não vale para crianças criadas dentro da igreja, é claro).

      makumbator
      na minha época, em que 12 anos ainda era considerado criança

      Hoje a coisa está um tanto ambígua, né? Crianças de 12 anos têm contato com temas que eram proibidos em outros tempos, como as questões de gênero, contudo, a adolescência nos grandes centros urbanos dobrou de tamanho. Tem muito adolescente de 30 anos por aí. (não estou fazendo juízo moral em nenhum dos casos).

      JJJ
      Veterano
      # 06/jul/18 17:59
      · votar


      Ismah

      Por onde andas?

      Julia Hardy
      Veterano
      # 07/jul/18 17:13 · Editado por: Julia Hardy
      · votar


      makumbator
      entamoeba

      Parabéns pra vocês. Só acho besteira criticar a molecada por não ser como vocês aos 12 anos. Eu nem lembro se eu lia algo nessa época. Talvez, algum gibi da marvel ou algum mangá. Não passa muito disso. Até hoje, acho Josér Saramago um saco.

      Julia Hardy
      Veterano
      # 07/jul/18 17:16
      · votar


      Crianças de 12 anos têm contato com temas que eram proibidos em outros tempos, como as questões de gênero

      Bons tempos, não é?

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Porque outras pessoas, se preocupam com, e gostam de, coisas diferentes

      305.946 tópicos 7.899.598 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital