Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Arranjador do futuro: Roland E-A7

      Autor Mensagem
      Mauro Candido
      Veterano
      # 01/set/15 09:34


      Vamos ver se dessa vez a Roland acerta nesse seguimento que ela já dominou e hoje deixa muito a desejar.



      http://www.rolandtr.com/arrenger-klavyeler/e-a7-genisletilebilen-arren ger-klavye/

      http://www.rolandmusik.de/products/e-a7/specifications/

      http://cdn.roland.com/assets/images/products/main/e-a7_main.jpg

      fernando tecladista
      Veterano
      # 01/set/15 10:23
      · votar


      E esse é uma versão oriental será que sai uma ocidental?

      Pelo painel parece ser bom

      Mauro Candido
      Veterano
      # 01/set/15 10:34
      · votar


      fernando tecladista
      ele já aparece no site da Roland do ocidente: http://www.roland.com/products/e-a7/

      jorget
      Membro Novato
      # 01/set/15 13:12
      · votar


      Parece mesmo é com o BK-9

      http://www.roland.com.br/products/bk-9/

      Artref
      Veterano
      # 01/set/15 13:20
      · votar


      Arranjador não é minha praia, mas que esse trem é bonito, é! =D

      jorget
      Membro Novato
      # 01/set/15 14:20
      · votar


      Furo da Roland: todos seus sintetizadores e SP agora com muitos sons/timbres sampleados, principalmente de pianos, os tais supernatural e esse arranjador nada tem, pelo menos não indica nas especificações (ou tem?). Deve vir com preços caros, a mais de R$ 10 mil como o BK-9, mas sem supernatural, que apesar de ter sampler e memoria expandível, não deve valer a pena na minha opinião. Ou seja, como o título diz, nada de ser do "futuro" nessa falta.

      fernando tecladista
      Veterano
      # 02/set/15 00:39
      · votar


      achei uma foto grande:
      http://cdn.roland.com/assets/images/products/gallery/e-a7_t_gal.jpg

      pelo visto é um modelo só, pensei que teria um modelo oriental e outro ocidental, como acontece com muitos modelos, mas acho que este é um só
      o mini teclado que serve para alterar afinação nos modelos orientais, neste também pode ter a função de pads

      jorget
      Membro Novato
      # 02/set/15 03:15
      · votar


      fernando tecladista
      Boa foto: pelo menos ela mostra que realmente esse arranjador tem timbres sampleados "supernatural", como se vê o piano na tela (pelo menos 1). Uma pena que um item desses e importantíssimo num teclado (timbres) não apareçam nas especificações.

      André Luiz Keys
      Veterano
      # 02/set/15 10:04
      · votar


      jorget

      Na verdade esse nome "NaturalPiano" não é um timbre SuperNatural. É o piano principal do BK-5/BK-3 (que é muito bonito!).

      O que achei de diferenciais foram:

      1) A quantidade de botões. Normalmente o pessoal adora os teclados da Roland falando em sons e ritmos, mas faltava botões (pois a maioria está acostumada com os milhares de botões dos Yamaha)

      2) Sampler. Enfim um arranjador que tem sampler interno, se bem que sinceramente pelo que converso com tecladistas, principalmente usuários de arranjadores, 1 entre 100 sabem samplear. O restante só copia / baixa programações de outros músicos… mas tem "sampli" agora rs….

      Synth-Men
      Veterano
      # 02/set/15 10:29
      · votar


      André Luiz Keys

      Hoje não (por mudança de função e estilo), mas utilizei muitos arranjadores da Roland (E500, E38, E96, E86, E68, E16, E66), alguns tinham poucos botões mais muito objetivos.

      Faz uns 15 ou 16 anos que não sei o que é um arranjador. Parece que a galera de hoje que olhar para o teclado, pensar e o teclado responder. KKKKKKKKKKKKK!


      Putzs! Duas telas gigantescas, o E-86 era um visos de cristal liquido fininho de duas faixas. Quando vi o visor do E-96 a primeira vez, dei umas duas voltas no quarteirão cantando "We Are The Champions" de tanta alegria. E eu ainda nem tinha tocado nele.

      Também não lembro de um arranjador com sampler. Se teve antes de 15 anos atrás, a galera da antiga vai lembrar. Mas hoje é um diferencial bem bacana.

      Edson Caetano
      Veterano
      # 02/set/15 11:25
      · votar


      Synth-Men
      Toco no meu E-66 até hoje, e a telinha dele eram 3 digitais vermelhos apenas kkk, a linha E me traz sempre muitas boas lembranças

      Sampler não é só a galera dos arranjadores, é a galera dos teclados em geral, 90% quer pegar tudo pronto e programado... na verdade o recurso de ler e instalar bibliotecas de samples prontas é o que a molecadinha quer

      Mal programam seus teclados, quanto mais pegar sons na raça... criação de timbres exclusivos faz parte do meu hobby, e não vou passar pra ninguem kkkk se não cai no mundo e já era, não fica mais exclusivo

      Joesky
      Veterano
      # 04/set/15 20:08
      · votar


      Achei algumas coisas interessantes neste modelo: o Sampler, por mais que seja pouco usado; a quantidade de botões, segundo o que eu lí são customizáveis com num controlador MIDI; os dois visores, um dedicado a ritmos e o outro para timbres... Não acredito que tenha muita novidade em relação a timbres, mas certamente são de qualidade. Talvez agora a Roland volte a ganhar terreno nesta linha de Arranjadores TOP.
      Senti falta do Processador vocal que é uma ferramenta muito legal para quem toca com arranjadores.
      Apesar de ter melhorado em relação ao BK9 e BK5, a Rolanda ainda vai apanhar feio do KORG PA4x e do TIROS 5 ou 6 que deve vir aí!

      Berg Varela
      Veterano
      # 05/set/15 00:36
      · votar


      Quando eu vi o GW-8 ela primeira vez eu gostei,achei lindo,mas tinha defeitos muito grave aquele teclado no manuseio ao vivo.

      Já o BK-5 o BK-3 eu odiei o designer,pra quem ja tinha feito um G-70,E-80 e FANTOM-G, era um insulto.

      Quando saiu o BK-9 ,eu não gostei de cara,mas olhando bem,não era tão ruim.

      Mas esse E-A7 em designer superou todos que ja tinha visto,muito bonito mesmo.

      Parabéns engenheiros da Roland,dessa vez vcs acertaram,nós tecladistas gostamos de teclado com zilhoes de botões de atalho,mesmo que a maioria nao vá usar.

      Sampler hoje é quase um padrão,se não tem,não presta,mesmo que a molecada não saiba samplear nada,mas copia uns dos outros.

      No BK-9 já existia esses 2 display,mas era totalmente diferente o conceito,pois a navegação dentro do display era feito pelo DIAL e no E-A7 é pelas teclas de atalho nas laterais e piso do display,isso faz toda diferença idem aos PSR-S da vida.

      Sobre os 1500 sons,como eu já vivi 15 anos dentro da Roland,conheço vários só por nome e sei que são bons.

      Resumindo,desejo-lhe sorte só no preço,pois teclado agora vcs tem, e quando for fazer o TOP da linha E-A7 ,siga as linhas e o designer que o resto vcs tem,a qualidade não se perdeu,foi esquecida.

      SIDIM
      Veterano
      # 30/jan/16 18:17 · Editado por: SIDIM
      · votar


      Amigos, tive a honra de produzir mais um Review pra Roland, e o do ROLAND E-A7, vai estar no ar nesta segunda feira, 01/02/2016, e garanto a todos fans da Roland, desta vez eles acertaram em cheio neste teclado, porque está muito bom MESMO, eu gostei tanto que vou provavelmente comprar um, pois me agradou muito em todos os sons que testei, e tem coisa que nunca vi em nenhum outro Roland, apesar de serem sons antigos, de outros Rolands, tem uns incríveis, muito bem programados, a linha de Sanfona PRINCIPALMENTE, Sax, Metais, Pianos e Eps estão um show a parte, os 100 Kits de Drums muito bons, muito mas MUITO recurso, e se vc acha que o som está pronto e só, engana-se pois ele tem um editor interno de TONES como num Juno G, vc edita tudo nele, cria seus rítmos nele, e o principal SAMPLE, agora sim, função MULTISAMPLE com 4 camadas como nos Fantom X/G, e tudo se cria, edita, filtra NELE... ( 4 samples por tecla em 88 notas ) leitura de MP3 WAV, Pads pra soltar vinhetas, VÃO SE IMPRESSIONAR, sem falar que tem uns 600 Styles muito massa, e vc pode salvar uma centena ainda na memória interna, falando nela, é FLAHS rs, os samples ficam lá, sem tempo de load no boot.
      ... Aguardem, fiquem ligados no meu facebook segunda feira e na FanPage da Roland BRASIL. Abs.

      petu_ce
      Veterano
      # 30/jan/16 23:11 · Editado por: petu_ce
      · votar




      NEMESYS
      Veterano
      # 31/jan/16 02:13
      · votar


      Fiquei empolgado com as palavras do SIDIM
      só espero que sejam coisas "novas" e boas, nada de trazer lá
      do passado, alguns timbres muito bacanas que foram ignorados
      nos teclados recentes...

      Preparem-se para a exploração nas lojas, mas quem souber
      importar, há lojas no estrangeiro que despacham para o Brasil
      e oferecem bons preços, na qual lá, este teclado aparece como
      um sucessor do BK5 e aqui no Brasil, pra sair mais caro, ele é posto
      à venda como o sucessor do BK9

      NEMESYS
      Veterano
      # 31/jan/16 02:29
      · votar


      Já tinha visto o video dessa apresentação feita para o teclado Roland E-A7
      onde um sujeito com a máscara de Freddy Krueger kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Achei a coisa mais abominável e ridícula que a Roland já fez pra divulgar seu produto.

      Esse é o primeiro Arranjador Roland a ser produzido inteiramente
      por um novo time da China e também o primeiro que é lançado após o encerramento das operações da Roland Europe, em Pedaso, na Itália.

      Esta turma, que liderou a divisão de arranjadores da marca nos anos 90, praticamente sem concorrência, encerrou a parceria com a Roland no final
      de 2013. Após um hiato de 2 anos, a mesma equipe se reuniu e fundou uma
      nova marca - DEX[I]BELL - que está investindo em novas tecnologias de teclados e pianos, como o revolucionário VIVO s7, considerado a re-invenção
      do Piano Digital.

      felipepaz
      Membro Novato
      # 02/fev/16 17:43
      · votar


      de olho no fórum para saber as primeiras impressões deste novo arranjador.
      fiquei empolgado com ele.

      NEMESYS
      Veterano
      # 04/fev/16 00:53
      · votar


      Pra quem ainda não viu:
      Sensacional Apresentação de Sidinho Leal
      do Teclado Roland E-A7
      mostrando que ele vai bem além,
      onde seus antecessores não alcançaram!





      André Luiz Keys
      Veterano
      # 05/fev/16 12:33
      · votar


      Eita menino fera!

      Baita máquina o E-A7!

      Realmente o Sampler vai facilitar bastante para obter os sons que o teclado não tiver… 128Mb da pra brincar bastante!

      jorget
      Membro Novato
      # 05/fev/16 15:07 · Editado por: jorget
      · votar


      NEMESYS
      Realmente só agora ví a a qualidade de timbres desse arranjador, muito superior em som/qualidade ao seu antecessor G-70 (do mesmo nível mas no dobro do peso e sem sampler) e chegando perto em qualidade de timbres ao PA900 (e só nos timbres) na minha opinião ainda o melhor que há a preços possíveis de compra da população (o PA3X é fora da realidade). Apesar de ter um completo sintetizador de timbres/efeitos como dos arranjadores Korg, o EA7 peca por não ter versão de 76 teclas (só 61) e ou pesadas (o BK-9 tem 76 teclas), além de menu/tela muito confusa, de difícil edição, longe da tela do BK-9 e do G8/FA8 (os Korgs tem mesma e fácil/clara tela em todos e com funções gráficas), isso além de não ter sequenciador como no BK-9 (não confundir com gravador-song). Será que o BK-9 é superior? O BK-9 tem mais timbres e com 22 "supernatural"-sampleados. Ou será que sairá o EA-9 pra substituir o BK-9? E com 76 teclas + sequenciador? Só ví comparações ate agora do EA-7 com o BK-7.

      Mas parabéns à Roland com seu novo teclado (com manual em português), apenas parecendo meio ET por ter duas pequenas telas (porque não botaram uma só e grande/colorida?). Mas o que conta é timbres, muito bons, que devem ter alguns 'supernatural"(sampleado como no BK-9) sem dúvida, pelo menos o belo piano ouvido nesse video, além de 30 ritmos Br. Bola dentro da Roland (apenas que baixe o preço para o povo poder comprar e não como os preços absurdos da Korg e principalmente a Yamaha com seus top que já foi a mais popular de todas, hoje impossível).

      felipepaz
      Membro Novato
      # 05/fev/16 22:37 · Editado por: felipepaz
      · votar


      chegando perto em qualidade de timbres ao PA900, na minha opinião ainda o melhor que há a preços possíveis de comprada população

      Amigo, como você pode afirmar que chega perto? Já viu algum comparativo dos dois? Ou ouviu pessoalmente?
      Pq não pode ser igual ou melhor?

      felipepaz
      Membro Novato
      # 05/fev/16 22:50
      · votar


      Agora estou em dúvida no que se refere esse " expansível " do arranjador ea7
      Pode aumentar a memória flash além dos 128mb?

      jorget
      Membro Novato
      # 05/fev/16 22:54 · Editado por: jorget
      · votar


      felipepaz
      Pq não pode ser igual ou melhor?

      Basta ler tudo que botei, ou seja, tudo que falta no EA-7 e "sobra" no PA900 (ou ate PA600, melhor: olhe o seu manual). obs: não disse nada sobre timbres (questão de gosto), apenas funções (olhe na parte "reference" sobre seu editor de ritmos e seu sintetizador na parte "sound mode", entre outras funções, efeitos e sequenciador/sampler).

      NEMESYS
      Veterano
      # 05/fev/16 22:55
      · votar


      O "Expansível" dele se refere justamente a isso:

      Inserção de samples, o que em teclados que possui este recurso,
      possibilita aumento das possibilidades musicais de apresentação
      e gravação.

      NEMESYS
      Veterano
      # 05/fev/16 23:00
      · votar


      Quanto às teclas dele, realmente não condizem com a realidade.
      Infelizmente a Roland, por economia, insiste em lançar os teclados
      middle-range com esse modelo fútil de teclas "nanicas" (GW8 / BK5 /BK3 / Prelude / XPS10 XPS30 ).
      Coisa que ela jamais fazia nos seus synths dos anos 90
      nem sequer nos arranjadores da série E.

      Absurdo, as teclas são feias, o aspecto dos teclados fica "inferiorizado"

      Vejam só os modelos de teclas dos teclados Yamaha / Casio / Korg

      mano_a_mano
      Veterano
      # 06/fev/16 19:18
      · votar


      Quanto às teclas dele, realmente não condizem com a realidade.
      Infelizmente a Roland, por economia, insiste em lançar os teclados
      middle-range com esse modelo fútil de teclas "nanicas" (GW8 / BK5 /BK3 / Prelude / XPS10 XPS30 ).
      Coisa que ela jamais fazia nos seus synths dos anos 90
      nem sequer nos arranjadores da série E.

      Absurdo, as teclas são feias, o aspecto dos teclados fica "inferiorizado"

      Vejam só os modelos de teclas dos teclados Yamaha / Casio / Korg

      O Korg Microkorg é um exemplo de sintetizador maravilhoso, com timbres impressionantes, mas... com as terríveis "mini-teclas"...
      As desse arranjador Roland (e de outros muitos instrumentos da mesma marca) até que são razoáveis, pois ao menos a largura é padrão.

      fernando tecladista
      Veterano
      # 08/fev/16 01:10
      · votar


      mano_a_mano
      pois ao menos a largura é padrão.

      desse modelo eu ainda não vi, mas toquei em um BK que era triste, a largura a mesma mas o comprimento dela é curto, eu vi que estava tocando com a mão muito arredondada (mais que o normal) pra tirar som do teclado, o que no piano dependendo de tonalidade e etc... uma nota que se pega mais acima da tecla no piano, nesses já é o começo da tecla, o que não dá precisão em dinamica

      SILVANOFDS
      Veterano
      # 08/fev/16 13:36
      · votar


      Olá Mano a Mano
      O Korg Microkorg é um exemplo de sintetizador maravilhoso, com timbres impressionantes, mas... com as terríveis "mini-teclas"
      O sistema de mini teclas do microkorg segue o sistema do moog para solos rápidos o que seria inviável para synth com teclas semi pesadas e pesadas.
      Já toquei em tudo que é teclado ,piano ,órgão synth (DX100) e sempre tive que me adaptar. Os yamahas PSR da linha antiga era terríveis. Quem não lembra do PSR510.
      Gosto da KORG e gostei muito do PA600, mas ouvi que ele depende do Sampler criado no PA900 o que fica difícil ter um teclado dependente de outro modelo como aquele tipo de teclado que não monta ritmos mas depende de outras modelos carregar os ritmos.
      Como já tenho o Roland E-50 seria interessante pra mim pois me pouparia de reprogramar tudo.
      Com certeza o recurso de sampler era uma ferramenta que eu precisava mesmo pois tenho toneladas de samples aqui no pc KONTAKT e afins.
      O fato de ter duas telas é um recurso interessante pois a aba style fica separa da parte tone, só é ruim para manutenção.
      Dou os parabéns para Roland pelo número de botão espalhados no teclado, pois fica muito mais ágil na hora de acessar um recurso.
      Sanei minha dúvida com Sidinho Leal referente ao sampler poder ser adicionado no ritmo especialmente a Bateria.
      Só esperar vir com preço razoável.

      André Luiz Keys
      Veterano
      # 08/fev/16 17:09
      · votar


      felipepaz
      Pode aumentar a memória flash além dos 128mb?

      Não. O limite é 128Mb pra Sampler. Já da pra samplear os sons essenciais como sanfona, brass, kit de bateria e alguns synths com tranquilidade.

      Abs

      André Luiz

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Arranjador do futuro: Roland E-A7

      302.346 tópicos 7.829.281 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital