Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Quais teclados os profissionais e famosos estão usando?

      Autor Mensagem
      Rick Santos
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      Piano ON GRACE

      sim, ele e a Banda Domingão acabam sair do Faustão, li hoje pela manhã no Jornal regional aqui do sul, Jornal NH, eles não quiseram por causa de desavenças financeiras entre o programa e a banda.

      RafaelPiccolo
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      MAB Keyboard
      Está certo, até entendo seu lado, mas concordo em gênero, número e grau com o pomtwo. Não me leve a mal, não estou querendo desrespeitar você nem suas crenças.

      lembremos de que estamos tratando de religião e não apenas tocar um instrumento musical
      O que tem que lembrar é que esse aqui é um fórum de tecladistas e não de religião....

      Não concordo que um tecladista mande a música e a técnica p/ segundo plano por qualquer que seja o motivo (tanto faz se o motivo é religioso ou não).

      Mas dando continuidade ao assunto do tópico:

      Artista: Don Airey
      Banda: Deep Purple
      Data do set: 97/98 (não sei até quando manteve esse set, nem quando começou.... só sei que nesse período era isso)

      Set:

      Rack
      - Korg TR Unit
      - Roland Fantom XR
      - E-mu Systems ESI 4000

      Mixer
      - Yamaha O1V

      Teclados
      - Hammond C3 do final dos anos 60 (é o original que o Jon Lord usava)
      - Moog Little Phatty
      - Nord G2
      - Kurzweil PC2X (controlador principal)
      - Moog Voyager

      Falantes e Amplis
      - Leslie Speaker
      - Hughes & Kettner 100 Watt pro Hammond (overdrive)

      Pedais e efeitos
      - Moogerfooger analogue delay
      - Moogerfooger ring modulator
      - Pedal de volume
      - Boss RV5 Digital reverb

      Buhbor
      Veterano
      # dez/10 · Editado por: Buhbor
      · votar


      pomtwo
      tecladista gospel nao eh o problema .. o mal esta nas bandas hehehe... tipo eh sempre o mesmo feijao com arroz miseravel

      eh sempre aquele rock 3 acordes , ou entao aquelas caidas que vc ja ate sabe o que vai acontecer ..

      o pessoal idolatra o ronald , por que ele eh um dos que inventa mais ,... apesar que agora estao aparecendo coisas novas por ai .. mas nada que ainda se abra a boca pra dizer esse sim faz o som legal ...

      o que mais me deixa encucado eh a ultilizaçao do orgao .. nossa o orgao praticamente eh a peça chave da musica gospel americana e na brasileira ele aparece tao timido .. parece que no brasil , sinonimo de gospel bom eh guitarra solando e baixo correndo de cima pra baixo .. teclado coitado .. ou faz aquele strings filha da mae de ruin .. ou faz aqueles organs com leslie em fast so de fundo . e o resto eh regado a puro piano acustico com acordes cheios .. isso eh o que eu vejo hj em dia no cenario gospel

      o ronald tambem por muito tempo uso kurzweil e era endorser da marca por um bom tempo .. agora ele trabalha so com roland .. porem hj em dia ele nao toca a metade do que ele tocava antes



      Você não conhece nada do meio evangélico/católico então.

      Veja esses vídeos abaixo e tire suas proprias conclusões.

      Jean Carlos
      http://www.youtube.com/watch?v=R7fFH5gNwgs

      Francis Botene (so precisa ver a introdução)
      http://www.youtube.com/watch?v=mLQKQdY-E7M

      Marcelo Duarte e Francis Botene
      http://www.youtube.com/watch?v=8HEnZc4P9hg

      Nem são os melhores, foram os que eu pensei agora.

      Toque esses solos que vc vai ser reconhecido por qualquer músico. Pq pra falar como vc falou vc tem que no mínimo tocar isso ai.

      Quanto ao rock de 3 acordes, arrume os melhores musicos que vc conhece e toquem essa música do primeiro vídeo, e posta pra a gente apreciar depois...
      ;)

      pomtwo
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      o que eu to tentando eh que os tecladistas do meio gospel ainda estao bem pra tras em certas coisas ..

      tambem sou evangelico a mais ou menos 15 anos .. e desde entao toco na igreja , porem eu vejo no gospel americano algo que no brasil nao tem ... voz em primeiro plano e a ultilizaçao de piano e orgao como segundo plano claro isso em igrejas negras ...

      foi citado o video do jean carlos (endorser kurzweil) um cara que eh bom , porem nao eh dos meus preferidos ..ja vi ele tocando ao vivo tambem ... a cerca de 3 metros de mim e tal .. no dia ele com toda a oficina g3 se apresentaram mal e tal , mas isso nao vem ao caso ..

      porem comparar ele com rafael vernet .. mesmo que seja pra Deus o que ele faz , ele ainda fica devendo .. assim como nos tambem as vezes ficamos devendo pra ele e tals .. isso eh normal na musica

      esses dias tava ouvindo fred hammond .. e tentando tirar algumas musicas deles .. a ultilizaçao do teclado eh fantastica .. e os acordes sao tao simples e bem colocados que chega ser dificil de fazer .. tentei por horas achar as notas ali ..e vi que o cara eh muito criativo .. pois ele usa sete acordes da escala , e a musica tem uma coloraçao espetacular

      mas hj em dia por exemplo no meio gospel , eh dificil se ouvir um jazz , um blues , um boogie ... coisas desse genero que sao considerados os estilos mais dificeis de se tocar ... claro ha algumas cançoes ou outras .. mas dificil se ver um cd so de jazz gospel .. ou algo que inove a cena que esta tomada pelo rock

      ha ainda tecladistas otimos no meio gospel , esses dias ouvindo cassiane , vi a ultilizaçao do hammond de uma forma incrivel numa musica .. porem pelo estilo so vi esse .. ate mesmo no raiz coral que procura resgatar esse estilo gospel americano .. ainda a ultilizaçao de orgao e piano eh bem fraquinha se comparado ao americano .. onde o hammond b3 tem sua hora de destaque dentro de um culto ..

      procure por wendel lowe , e veja como ele toca o hammond b3 e procure alguem do cenario que faça algo igual a ele .. nao que ele seja o melhor , mas no cenario gospel brasileiro o pessoal nao da tanta importancia pro hammond como la

      mas o que da pra concordar com a maioria aqui .. eh que os motif de todas as geraçoes , eh o teclado mais visto nas bandas gospel ..

      Buhbor
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      pomtwo

      Dos três que eu postei, o mais fraco é o Jean Carlos. E pelo visto é o único que vc conhece.

      Perdão aos amigos por desviar o assunto do tópico.

      Marcos Martini
      Veterano
      # dez/10 · Editado por: Marcos Martini
      · votar


      tiago scott
      logo me dei conta que ele é mais um dos milhares que segue a mesma coisa de sempre no gospel Músicas em Sol que seguem a mesma linha G - D/F# - Em - Am - D7, com o clássico timbre de piano elétrico alá Bells, ou Galaxy etc.


      Musica Gospel é isso msm:

      Feijão com Arroz.
      Algo facil e simples para os outros sairem tocando por aew !!!

      Por isso tenho escutado mais DT do que dt.

      O DT é o do Rudess.
      o dt é o do Paulinho e tbm era do gustavinho.

      fernando tecladista
      a roland br jura de pé junto que não tem politica de endorser

      Cheguem as suas próprias conclusões.

      Notícias: tecladistas GOSPEL.

      Trazendo a Arca

      Clicando no 7º ou 8º treko da direita vc vai ver esta imagem:

      Ronald Fonseca AGORA É Roland . O mais novo endoser!

      pomtwo
      mas no cenario gospel brasileiro o pessoal nao da tanta importancia pro hammond como la


      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Ñ dá tempo !!!
      para cada 1 cantor existe 10 cantores gospel.

      Então os tecladistas de estudioe palco só tocam musikinha pq são muitas musikinha e ñ dá tempo para estudar ou compor uma musica de verdade !!!

      fernando tecladista
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      Marcos Martini

      eu lembro dessa noticia no outro tópico, tanto que fiz praticamente o mesmo comentario com os mesmos links que coloquei aqui

      falta entender o por que de não constar o Ronald Fonseca na lista de parceiros da roland desde 2009
      naquela lista não tem só "globais", tem bandas alternativas, professores, músicos evangelicos (Juninho Afram )
      bola fora da Roland

      tiago scott
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      MAB Keyboard

      Cara me desculpe mas este comentário nada a ver !!!
      Não é de se esperar uma guitarra com distorção num samba e pagode, pois ela não compõe um dos elementos daquele estilo, do mesmo jeito que um solo de Lead distorcido praticamente não vai encontrar lugar na música gospel, pois não faz parte dos elementos essenciais desse estilo
      Faz e muito cara !!!!
      Basta você abrir seu You Tube e procurar por cantores como Fred Hammond, Kirk Franklin, Raiz Coral, Tonex que você vai ouvir uns leads, Hammonds, Rhodes, distorções, pedaleiras abençoadissimas !!!

      O meio gospel do Brasil, é sempre esse musicalidade chinfrinha onde o cara grava um refrão tipo: Jesus te Ama!!! que se repete 900 vezes e faz sucesso.

      Tirando a parte espiritual da coisa, e só avaliando o musical ainda não ví tecladista gospel que me encha os olhos a mesma coisa de sempre !!!
      Por isso continuo com os Ed Motta, Pedro Mariano, Luciana Mello, Diana Krall, Hancock da vida, por que aprender boa música no gospel não rola !!!!

      MAB Keyboard
      Veterano
      # dez/10 · Editado por: MAB Keyboard
      · votar


      tiago scott

      "Tirando a parte espiritual da coisa, e só avaliando o musical ainda não ví tecladista gospel que me encha os olhos a mesma coisa de sempre !!!"

      Mas ai é que está a diferença entre a música Gospel brasileira, digo brasileira pois existem contextos que diferenciam a daqui com a americana, sobretudo a cultura musical.

      O que o pomtwo está mais preocupado é que os músicos do gospel nacional não fazem músicas como as dos americanos. Mas não se pode deixar de lado a cultura musical local.

      Jazz e Blues são estilos musicais da cultura americana, logo não se pode exigir que se faça aqui músicas nesses estilos. Algum compositor e/ou arranjador pode até utilizar desses estilos musicais para fazerem algumas música, mas elas não irão dominar o senário musical gospel aqui no brasil, pois não fazem parte do gosto popular.

      Já com o Rock, que também faz parte da cultura musical americana, a coisa é diferente, pois há décadas esse estilo musical entrou no Brasil e conquistou o gosto popular, sobretudo entre os jovens.

      Agora em se tratando do potencial do músico gospel, o fato de não se explorar este ou aquele estilos musicas, não necessariamente implica em dizer que não é competente. Muito pelo contrário, existem muito musico gospel profissionalíssimo, mas o estilo padrão não o propicia expor tais qualidades.

      RafaelPiccolo

      "O que tem que lembrar é que esse aqui é um fórum de tecladistas e não de religião...."

      E oportunamente, quero deixar claro que a música gospel, possui características diferentes da música secular, e, portanto não tem como separá-la da religião. De forma que o músico religioso se enquadra dentro desse universo, e não tem como desassociá-lo desta realidade.

      DuduXP
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      E oportunamente, quero deixar claro que a música gospel, possui características diferentes da música secular, e, portanto não tem como separá-la da religião. De forma que o músico religioso se enquadra dentro desse universo, e não tem como desassociá-lo desta realidade.
      Fato!

      pomtwo
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      digo as coisas baseando no gospel primitivo , ou seja , os primeiros gospel´s do brasil .. desde hinarios, harpa crista , cantor cristao e outros mais .. que sao ate faceis a primeira vez que se olha .. mas se fazendo um estudo possui acordes dificilimos e tecnicas de organ tambem dificilimas ...o que deixa bem mais promixo do gospel americano ..

      lembrando tambem ja que mencionaram a parte espiritual da coisa .. que nossas igrejas nada mais sao do que igrejas formadas por sua maioria estrangeiros .. ou seja o Brasil nao se tinha cultura do evangelho .. e eles trouxeram isso pra nos ... entao fugir dessa realidade seria fugir de nossas raizes ...

      pegamos por exemplo cassiane como base ... os hinos dela apesar de serem bons na parte espiritual , a sua parte musical .. eh algo muito simples e nao exige nada dos musicos ..pelo menos de mim .. que so de ouvir ja consigo saber onde tera as caidas ...

      porem vamos esquecer tudo isso e focar no principal que eh o tema do forum , onde queremos saber quais os teclados que os profissionais mais usam

      Marcos Martini
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      pomtwo
      porem vamos esquecer tudo isso e focar no principal que eh o tema do forum , onde queremos saber quais os teclados que os profissionais mais usam


      PONTO !!!

      Marcos Martini
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      Artista: Tutuca
      Banda: Roberto Carlos
      Data do set: natal de 2010
      Setup: YAMAHA Motif XS7 e YAMAHA W7 e outro teclados na esquerda que ñ sei qual é.
      Algeum sabe?

      e o Piano deles é um Roland RD700

      RafaelPiccolo
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      Tem uns vídeos no Youtube do Jordan Rudess mostrando o gear dele.

      Turne do Six Degrees
      http://www.youtube.com/watch?v=w3yqB4AOfFk&feature=related

      Turne do Train Of Thought
      http://www.youtube.com/watch?v=8Aob__CEC5w&feature=related

      Pedais
      - 1 Sustain
      - 1 Wah-wah
      - 1 Switch p/ Leslie Rotary Speaker
      - 1 boss fs-5u p/ (Program Change)
      Eu escrevi 1, mas na verdade é tudo 2. Tem 2 pedais de cada, pq o teclado gira, então tem um set-up p/ ele ficar de frente pro público e outro p/ ficar de lado.

      Teclado Principal
      Kuraweil 2600 ou Korg Oasys

      Rack
      - 3 Racks do Kurzweil 2600 (sendo que um deles é apenas backup, ele usa 2... ao todo ele usava 3 2600... um do teclado e 2 racks)
      - 2 Tritons (1 é de backup)
      - 2 HDs com samples
      - 1 Korg Karma. Na verdade fisicamente esse não está no Rack, mas ideologicamente sim, rs... não existe versão Rack do Karma, então ele leva o teclado inteiro e deixa num cantinho lá, p/ ser controlado pelo teclado principal

      Diferenças entre os 2 set-ups
      - Obviamente o teclado principal que passou de Kurzweil 2600 para Korg Oasys
      - Program Change Pedal, estranhamente diminuiu... antes tinha 2, um p/ cada posição do teclado e agora tem um só.... não entendo o motivo, não sei se ele achou que não precisava ou se é alguma limitação da mudança de equipamentos.
      - No-Break c/ autonomia de 20 minutos se cair a força
      - Tablet PC mostrando partituras, anotações, etc.... muito boa a idéia, além das partituras ele tem lembretes, dizendo em qual nota está o sample X ou em oitava estão os strings por exemplo... Eu sempre me perco nessa porcaria, faço um monte de split, se fico um tempo sem praticar, começo a esquecer onde configurei cada coisa
      - 1 Mixer adicional... outra boa idéia. O mixer principal é o que manda o som pro cara da mesa, mas ele tem outro Mixer que é p/ controlar o som que chega p/ ele. Bom demais, pq ficar dependendo do cara da mesa é uma inhaca... então ele mesmo ajusta os volumes dos outros instrumentos do retorno dele.
      - Claro, p/ não mencionar aquele monte de apetrechos (continuum, ipod, nano não sei das quantas, etc)

      R Santiago
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      Vi no programa da Xuxa uma participação da Ivete e o setup do tecladista ( Hadamés....não lembro o sobrenome kkk) era bem pobrinho.... Acho que ele é endorsser da Clavia...kkk

      NORD STAGE
      NORD WAVE
      NORD C1 ( Simulador de Hammond)

      Fraco....kkkkk

      DuduXP
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      NORD STAGE
      NORD WAVE
      NORD C1 ( Simulador de Hammond)


      Modo Inveja [on]

      setup muito repetitivo, todos os equipamentos da mesma marca, muito ruim.

      Modo inveja [off]


      Que sonho de set!

      tiago scott
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      R Santiago

      Fraquíssimo !!!!

      Você só esqueceu de citar, que o Set dele não é muito bom para eletromecânicos: Piano, Rhodes, Clav etc, que o Wave não é lá essas coisas para sintese, não sei nem por que colocaram o nome do synth de Wave ....
      A e o C2, é melhor o timbre de Hammond do meu Motif.

      Meu Deus que sacrilégio, kkkkkkkkkkkkkk.

      R Santiago
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      DuduXP

      kkkkkkkkkk pois é... ele deve ser Vitória ou Flamengo...kkkk tudo vermelho e preto... sem graça...kkkkk

      Certamente com esse show que ela fez em NY o cara fez a festa nas lojas..kkkk

      O set-up do tecladista od Bem Happer é bem parecido:

      NORD ELECTRO 61
      NORD ELECTRO 73
      NORD (ACHO QUE WAVE)
      HAMMOND C3

      R Santiago
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      tiago scott

      pois é... que sacrilégio... p tocar... E AI...CHUPA TODA!!!..vAIIIIIIIIII...KKKKKKKKKKK

      Mas o Hadamés é um dos melhores tecladistas do Brasil. O cara toca muito (qualquer estilo, do clássico ao heavy metal) e é super simples.
      Na verdade na banda de Ivete só tem fera.

      R Santiago
      Veterano
      # dez/10 · Editado por: R Santiago
      · votar


      Ganhei de Natal um DVD do Paul Mccartney. O show é de 2008 e se eu não me engano é o mesmo que ele tocou aqui no Brasil. (Pelo menos o palco é igual e o set list bem parecido)

      Vi que o set-up do tecladista continua o mesmo que citei alguns posts acima. Só mudou o simulador de Hammond. Acho que ele tá usando um VK8M. para controlar o Native B4. Dá p ver bem ele aberto no notebbok. Sonzeira. Na faixa 7 Let me roll it tem um baita solo de Hammond muito bom :))

      tmurback
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      Pessoal,

      Tecladista Michael Jackson, no filme This Is IT, usa um Korg M3-73 e um Yamaha Motif XS8 (isso já foi falado em outro tópico);

      Chick Corea, DVD Return To Forever Live In Montreaux, usa um piano acústico, um Fender Rhodes, um synth para Lead que eu não consegui identificar e um Yamaha Motif XS8;

      Stevie Wonder e Tecladistas, DVD Live, usam Hohner Clavinet D6, Yamaha Motif XS8, Korg Triton e Triton Extreme;

      Pianista e Tecladista do George Benson, DVD Absolutely Live, usa pino acústico, Fender Rhodes, Kurzweil PC88, Roland XP-80, e, salvo engano, um Yamaha da linha EX;

      Tecladista Ed Motta (Raphael Vernet), DVD ao vivo, Ed Motta usa um Nord Electro e Vernet usa um Triton;

      Tecladista do Herbie Hancock, DVD Possibilities, usa um Yamaha Motif XS8.

      Na minha opinião, os teclados que marcaram a década e mais usados foram: YAMAHA MOTIF XS e KORG TRITON.

      elektrodisco
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      Stevie Wonder e Tecladistas, DVD Live, usam Hohner Clavinet D6, Yamaha Motif XS8, Korg Triton e Triton Extreme;

      A tecladista usa tambem um Fantom X !

      alexandrespa
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      A invasão dos Nords!!!

      Tem havido um crescimento da marca? É isso?

      tiago scott
      Veterano
      # jan/11 · Editado por: tiago scott
      · votar


      alexandrespa

      Com certeza, ainda mais na gringa onde os valores são mais acessíveis. Tenho visto diversos artistas americanos e da europa sempre subindo aos palcos com os Nords. Os principais que vejo são o Nord Stage EX e o Nord Wave.

      tmurback

      Só acrecentando.
      Tecladista Michael Jackson, no filme This Is IT, usa um Korg M3-73 e um Yamaha Motif XS8 (isso já foi falado em outro tópico);ele também usa um Macbook com alguns VST.

      Stevie Wonder e Tecladistas, DVD Live, usam Hohner Clavinet D6, Yamaha Motif XS8, Korg Triton e Triton Extreme;
      O Stevie tambem usa um piano Yamaha C2

      Pianista e Tecladista do George Benson, DVD Absolutely Live, usa pino acústico, Fender Rhodes, Kurzweil PC88, Roland XP-80, e, salvo engano, um Yamaha da linha EX;
      Na verdade o Joe sample não usa um Rhodes, é um Wurlitzer.

      Tecladista Ed Motta (Raphael Vernet), DVD ao vivo, Ed Motta usa um Nord Electro e Vernet usa um Triton;
      O Vernet também usa um Microkorg.

      Mr Madruga
      Veterano
      # fev/11 · Editado por: Mr Madruga
      · votar


      Não se alguém por aqui conhece, mas o caras são muito bons...
      Quais teclados esses caras do Riverson Viana usam?
      Pelos leads e hammonds deve ser Korg

      Tiago Teclas
      Veterano
      # fev/11
      · votar


      Kra so to Vendo Motif XS7 XS8 - Parece que é Febre !

      Vejo Muito Tbm RD700GX Fantom X7/G7 e Kurzweil PC1X...

      camilin
      Membro
      # jan/13
      · votar


      Por que q hoje muitas bandas estão usando teclados vermelhos, será que é uma questão de estilos ou outra coisa assim?

      waltercruz
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      camilin
      Uai são os Nords se tornando mais populares... Ou vc viu teclados de outras marcas pintados de vermelho?

      Edson Caetano
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      Certamente são Nords invadindo a área, os outros improváveis que conheço vermelho, são os controladores UMX e CME...

      Ops, tem o SV1 que é vermelho

      Não é tendência não, só é belos equipamentos pintados na cor vermelha

      Berg Varela
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      Teve um tópico meses atras que eu já falava que os NORDs estava cada vez mais nas mãos dos tecladistas de bandas famosas e fui até meio crucificado por falar isso.os tecladistas do fórum só viam mais MOTIF XS junto com controladores e FANTOM X7.

      Pois eu estou vendo demais os NORDs em Programas de TV tipo Programa do Jô,Som Brasil e principalmente no Altas Horas pois é bem na hora que chego em casa depois do show,tomo banho e ligo a TV e ta passando.

      Esse ROLAND RD-700GX também vejo muito.

      Em bandas de Forros daqui só da MOTIF XF6 e Fantom G7.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Quais teclados os profissionais e famosos estão usando?

      303.304 tópicos 7.849.411 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital