Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Boss GT-100: Finalmente Boss lança pedaleira top pra bater a POD HD 500

      Autor Mensagem
      Bog
      Veterano
      # jan/12 · Editado por: Bog
      · votar


      hugo_prado
      essa aí no minimo 6 meses pra aparecer nas lojas.

      NORMALMENTE, a Roland costuma demorar menos, 2 ou 3 meses. Claro, falando de lançamento no Japão, EUA e afins. Estou torcendo para sair em Fevereiro mesmo, aí eu peço para a minha esposa trazer do Japão, agora que a minha farra de testar tudo o que lançavam acabou...

      A propósito, pelo menos nisso a Roland sempre mandou bem. Muitas marcas anunciam os produtos precocemente, quando eles ainda estão em desenvolvimento, demora para chegar no mercado, e quando chega, às vezes parece beta de tanto bug que tem. Ou então vira vaporware, porque eles notam que o negócio não foi bem recebido. Exemplos: a James Tyler Variax coreana (soltaram pouquíssimas no mercado, acharam defeitos, e faz mais de um ano que sumiram) e os amps da Maverick que a Digitech ia lançar internacionalmente (mais de um ano e ninguém sabe, ninguém viu mais). Quando a Roland anuncia o produto, pode saber que ele já foi bastante testado (tem poucos bugs, quando tem) e que eles já estão com a produção adiantada e a distribuição engatilhada. O que esses caras não têm de senso estético, têm de eficiência logística!

      MauricioBahia
      Moderador
      # jan/12 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Eu li que os caras remodelaram as simulações todas né? Detalhe pro nome completo do produto: Boss Amp Effects Processor. Interessante.

      Sinceramente, eu estou otimista pra caramba. Muito mais que com o lançamento das POD HD. Uma intuição apenas...

      espman

      Editei seu 1º post com um novo link pois o que havia postado foi pro espaço!!!

      Abs

      ps. e não vamos esquecer da debutante da vez!!!

      Fender Mustang Floor
      http://forum.cifraclub.com.br/forum/7/278721/

      andre_mkvl
      Veterano
      # jan/12
      · votar


      Acho o design no hd 500 muito mais doido e moderno do que esse GT-100, que lembra muito a pedaleira me-33...

      Agora só saberemos se ele superará o HD 500 quando for lançado!

      lipe_2104
      Veterano
      # jan/12
      · votar


      Droga, tenho que vender minha gt-10 logo, antes que desvalorize uhauhahuahu

      espman
      Veterano
      # jan/12
      · votar


      sera q vai deixar a hd 500 no xinelo?

      GuitarRockMan
      Veterano
      # jan/12
      · votar


      Bog
      COSM é só um nomezinho de fantasia, cara. Eles podem mudar o processo inteiro e continuar chamando de COSM.

      Acho pouco provavel cara se eles mudacem todo o processo acho q eles iriam apelar para o classico " uma revolução no mercado, a nova , a maravilhosa, a revolucionaria ....... um novo metodo de simulação muito mais real" e coisas do tipo

      Bog
      Veterano
      # jan/12 · Editado por: Bog
      · votar


      GuitarRockMan

      Eles disseram no anúncio que tinham reescrito o código.

      Vou te contar um segredinho: na verdade, NENHUM desses fabricantes usa técnicas que não sejam conhecidas por quem mexe com processamento digital de áudio. Tudo é baseado em um conjunto de técnicas clássicas e basicamente duas abordagens possíveis. Pouquíssimos fabricantes usam coisas fora desta base (ex: o Tone Reactor da Vox). Fora isso, até a Fractal usa coisas conhecidas da comunidade de pesquisa e dos engenheiros.

      Mas então por que o fabricantes têm assinaturas sonoras? Por que todos soam diferentes entre si? Os motivos são:

      1. Conversores ADA e filtros de hardware melhores. Por questões de custo, exceto pelo lado mais hi end da turma (Fractal), é esperado que todos os fabicantes "normais" usem conversores mais ou menos equivalentes. Hoje em dia, até uma Zoom G1 tem um conversor decente.

      2. A implementação dos algoritmos. O conjunto de técnicas é sempre o mesmo, mas a forma como elas são implementadas (e combinadas) varia de empresa para empresa. Imagine que as técnicas são ferramentas: todos têm disponíveis as mesmas ferramentas, que cada um usa de um jeito.

      3. As medições e máscaras. Uma das coisas que várias destas técnicas exigem é a repetição do fenômeno simulado em laboratório, onde se fazem várias medições e se montam "máscaras" para representá-las. As condições nas quais as medições são feitas e o tipo de máscara que se obtém fazem os resultados mudarem.

      4. Hardware. Com um hardware mais poderoso, você pode, em princípio, trabalhar com algoritmos mais complexos e usar máscaras maiores, que representam mais detalhes de certos fenômenos (especialmente no que diz respeito ao comportamento temporal). Mas note que um hardware ótimo com uma implementação capenga não faz nada melhor que capenga.

      Dito isso tudo, a Roland fez no anúncio duas afirmações (olhar sempre com ceticismo): que reescreveram o COSM e que trocaram o DSP. Em princípio, se eles reescreveram o código, é provável que também tenham feito novas medições. Ou seja, eles podem ter mexido em 3 das 4 coisas que mais afetam o resultado final!

      Como mencionado, eu já vi de perto como essas decisões sobre nomes acontecem. Elas não são técnicas, mas mercadológicas. Alguém dentro da Roland acredita que COSM é um nome forte, e provavelmente está certo. Lembre-se que o mercado deles é muito maior que os fóruns de Internet. Se eles fizeram uma pesquisa de mercado e viram que o nome COSM está associado à marca, e se tiveram boas vendas no passado, é muito provável que eles mantenham o nome. Eles fariam exatamente o que a Roland fez no anúncio: dizer que "aprimoraram" o COSM, que "reescreveram" as simulações, que estão usando "um DSP muito mais potente" e por aí vai.

      Eu não estou aqui defendendo que a GT-100 vai soar bem, que vai ser uma melhora considerável para a GT-10, nem nada. Eu nunca ouvi uma, nunca usei uma, e já estou muito mais que escolado para hype de fabricante. Simplesmente não dá para descartar o produto porque ele usa um nome de fantasia igual ao anterior.

      GuitarRockMan
      Veterano
      # jan/12
      · votar


      bom contra fatos ñ a argumentos Bog wins

      minha opinião é baseada unicamente no histórico da linha de produtos da boss historicamente o q tenho visto na linha de produção da boss como a melhor solução digital deles é algo ainda abaixo do q a concorrente direta oferece claro para os meus ouvidos..... agora com a explicação do bog a uma fagulha de esperança, óo o tempo dira

      Bog
      Veterano
      # jan/12 · Editado por: Bog
      · votar


      GuitarRockMan

      Concordo com a tua pulga atrás da orelha. Os caras têm um histórico, não dá para descartar. Eles afirmam que reescreveram os modelos e que trabalham agora com um novo DSP. Legal, supimpa, mas é sempre bom ficar com os dois pés atrás quando se trata de papo de fabricante. Não por causa de siglas marqueteiras, mas do histórico da empresa.

      Gabriel Laymann
      Veterano
      # jan/12
      · votar


      Até que é bonitinha..

      amandinha_loira
      Veterano
      # jan/12
      · votar


      acabou de sair no site da Boss, tem até um video la...

      Delson
      Veterano
      # jan/12 · Editado por: Delson
      · votar






      Tudo isso plugado num JC-120. WOW!!!

      Delson
      Veterano
      # jan/12
      · votar


      http://www.rolandconnect.com/product.php?p=gt-100

      Bog
      Veterano
      # jan/12 · Editado por: Bog
      · votar


      Delson

      Heheh, na propaganda o sujeito fala em "spectacular new hi-res COSM amps and effects". Hi-res? HonDe será que eu já ouvi esse tipo de papo?

      Edit depois de ver o vídeo: é óbvio que não dá para saber direito vendo videozinho no YouTube, mas a demo não soa lá muito distante do que já ouvi da GT-10 ou GR-55...

      Delson
      Veterano
      # jan/12 · Editado por: Delson
      · votar


      Bog

      mas a demo não soa lá muito distante do que já ouvi da GT-10
      Exatamente o que eu estava pensando. Mas nada melhor do que testar ela pessoalmente e observar a qualidade das simulações, suas dinâmicas, etc.

      spectacular new hi-res COSM amps and effects
      Considerando esse vídeo, parecem mais palavras de marketeiro, hahahaha... Tudo pra não falar HD, pois essa sigla pode ser associada a POD.

      Jim Marshall
      Veterano
      # jan/12
      · votar


      Achei cuti cuti..hehehe

      Bilelo
      Veterano
      # jan/12
      · votar


      pelo menos a GT-10 vai ficar mais barata.

      MauricioBahia
      Moderador
      # jan/12
      · votar


      spectacular new hi-res COSM amps and effects

      Só falta em breve lançarem um aparelho auricular pra gente poder ouvir o "hi-res" com definição "pure hi-res". Sinceramente, depois de mais velho eu custo acreditar no que anunciam por aí. Só consigo ver cifrões nas entrelinhas das propagandas. Acho que preciso de uma terapia pra eu tirar essa visão cruel.

      Jim Marshall
      Veterano
      # jan/12
      · votar


      Engraçado é que sempre o lançamento é melhor do que TUDO que a empresa já fez e blá blá blá..

      Precisam inovar esse marketing, tá mais surrado do que perdedor do UFC.

      espman
      Veterano
      # jan/12
      · votar


      MauricioBahia

      valeu por colocar um link valido..
      ja to juntando um dinheiro aqui pra comprar qdo chegar ao mercado
      com certeza eles nao iriam lançar uma pedaleira que nao batesse de frente
      com a hd 500
      estou realmente otimista

      fabrizzio
      Veterano
      # jan/12 · Editado por: fabrizzio
      · votar


      Hum ...
      Acho que ainda é cedo pra falar. Mas eles limparam a cara e sumiram com os botões para acessar os efeitos individualmente.
      Antes para ligar/desligar ou ajustar um delay era só pressionar o botão do delay e fazer os ajustes.
      Pelo visto, agora terá que navegar pelos menus ...
      Pra quem tem um patch pronto e quer dar uma mudadinha é tranquilo. Pra quem quer ficar testanto uma combinação de liga um efeito, desliga outro, e assim por diante, vai ficar pouco prático.

      Limpa a cara dela. Mas distancia mais do mundo dos pedais ...

      Talvez a Roland esteja muito convicta que quem for construir um patch sempre usará o eztone ...

      Sei lá. Acho que estou precipitando no meu comentário. Mas ... vai que ...
      Talvez daqui 3 anos surge o GT-XYZWK voltando os botões, que era parte do marketing da GT's anteriores.

      igor.schecter
      Veterano
      # jan/12
      · votar


      UATA FOCA ITI IS GENIAU! MEU GAIS ESTÁ SAINDO PELAS ENTRANHAS CORPORAIS.


      Parando com a brincadeirinha hehe, putz bem legal pra da uma atiçada no GAS

      igor.schecter
      Veterano
      # jan/12
      · votar


      Bom pros pobri que vai diminui o preço das gt 8 HAUAHUAHUAHUAHUA

      fabrizzio
      Veterano
      # jan/12
      · votar


      igor.schecter

      Bom pros pobri que vai diminui o preço das gt 8 HAUAHUAHUAHUAHUA


      Mais fácil a GT-8 desaparecer das prateleiras ....
      Engraçado é que o dolar e o euro despencaram e essa máquina que não é fabricada no Brasil não abaixa o preço nem a pau.
      Os donos de loja são uns gananciosos ...

      MauricioBahia
      Moderador
      # jan/12 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      O o legal é que as GT-10 da vida vão acabar desvalorizando e, se vacilar, saindo de linha em breve. Legal pra quem compra né? heheh

      MAs eu sou adepto as unidades compactas. Acho que uma Me-25, G3, M9 e Nova Drive por exemplo tem um tamanho ideal. Portabilidade, ocupação de espaço e peso são atributos que eu levo muito em conta no set. Não preciso de pedal de expressão até pq tenho um externo e modular.

      Abs

      Ramsay
      Veterano
      # jan/12 · Editado por: Ramsay
      · votar


      O maior problema da Boss/Roland é que ela pega coisas de 10 anos atrás e põe nos lançamentos.
      Ou seja, ela nunca parte do zero, e lança produtos, como o GT10 com USB1.1, enquanto os concorrentes já estão em USB 2.0 há algum tempo.

      Será que ela corrigiu isto na GT100??

      MauricioBahia
      Moderador
      # jan/12
      · votar


      Ramsay

      Deve ser pra baratear os custos, não?

      Abs

      igor.schecter
      Veterano
      # jan/12
      · votar


      MauricioBahia
      nossa cara mais na 25 de março voc compra um cabo usb por 5 reais imagina o que eles devem gastar, apenas centavos de dolar.

      Ramsay
      Veterano
      # jan/12
      · votar


      MauricioBahia

      Na verdade eu não sei, e simplesmente não tem explicação, porque a tecnologia com o tempo fica ultrapassada, mas, a Roland/Boss simplesmente não abre mão da tecnologia de 10 e até de 20 anos atrás!!

      Ou seja, a Roland/Boss acha que está colocando experiência em seus produtos, quando na verdade está colocando ineficiência!!

      Há anos atrás eu sugerí modificações numa bateria eletrônica da Boss que foram enviadas ao Japão e na nova versão foram introduzidas as modificações que eu propus.
      Só que mesmo assim essa bateria eletrônica ainda não é perfeita e tem limitações.

      ricardocezario
      Veterano
      # jan/12
      · votar


      Rapaz, não acho que vai revolucionar o mundo dos efeitos digitais.

      Mas acho que ta BEM legal hein? De certo modo eu confio na Boss.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Boss GT-100: Finalmente Boss lança pedaleira top pra bater a POD HD 500

      305.414 tópicos 7.889.833 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital