Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      yamaha, um violão bom?

      Autor Mensagem
      Nandhe
      Veterano
      # nov/06
      · votar


      Falando sério, a Yamaha faz violões bem medíocres mesmo. Os da série APX simplesmente não têm graves. Tenho um APX-6 que é um violão que uso só pra bater mesmo, acampamentos, festinhas, etc. Tenho também um de nylon, o C-70, que é outra coisinha sem graça. Tem uma afinação razoável, mas não perfeita, e um acabamento honesto, sem ser refinado. E são baratíssimos. Aqui, tem gente que vende APX até por 2000 reais, só porque é Yamaha. Lá fora, um usado não sai por mais de 150 dólares no Ebay, enfim, violão de 3ª categoria. Yamaha nunca teve o nome, em termos de violão, que tem a Gibson, a Martin ou a Taylor - é uma outra categoria, sem chance de comparação. Agora, se for pra comparar com Giannini e Di Giorgio, aí sim, a Yamaha vence, porque esses violões nacionais são ruins de doer, sequer afinam.
      No Brasil, os violões que estão oferecendo a melhor relação custo/benefício são os Crafter, da série Lite ou séria Pro. Valem a pena, tem muito melhor acabamento que os Takamine, pela metade do preço, para violões de mesma configuração de madeiras.

      Nandhe
      Veterano
      # nov/06
      · votar


      Detalhe importante: os violões da Crafter têm afinação perfeita. Os Takamine, nem todos. Já tive um EG523SC, Jumbo, que não afinava com perfeição. E foi mais caro que o TGAE36N da Crafter que tenho hoje. Sem falar que os Jumbo da Takamine não tem agudos, de jeito nenhum, são violões muito desequilibrados. Tá certo que os violões Jumbos têm mais resposta nos graves, normalmente, mas não podem ter os agudos tão esquálidos.

      Mr. Pereba
      Veterano
      # nov/06
      · votar


      Nandhe

      cara, discordo completamente de vc! tenho um apx9C e vou te falar pq:

      Os da série APX simplesmente não têm graves.
      ja teve musico profissional q emprestou meu apx pra gravar pq o martin dele nao igualava nos graves...alem do sistema de captação dupla ser bem superior...

      Tem uma afinação razoável,
      tem certeza q nao tem nenhum defeito na madeira esse teu? nunca tive esse problema!

      são baratíssimos. Aqui, tem gente que vende APX até por 2000 reais, só porque é Yamaha. Lá fora, um usado não sai por mais de 150 dólares no Ebay,
      paguei 900 euros no meu na Europa e nao faz muito tempo...sendo q pesquisei em 2 países diferentes...agora se vc procurar encontra um apx3 usado no ebay sim...se tem americano vendendo carro a 50 dolares....violao a 150 eh otimo negocio! coisas usadas desvalorizam muito la, todo mundo sabe disso....

      Yamaha nunca teve o nome, em termos de violão, que tem a Gibson, a Martin ou a Taylor
      cara, vc nao ta sendo justo nessa comparaçao...pq comparar o teu apx6, q nao ta nem perto dos top da yamaha, com um martin ou um taylor q vao custar no minimo o triplo do preço...vc poderia pelo menos escolher um cpx, q eh usado por varios profissionais, ou violoes de series mais especificas...mas tudo bem, essa discussao vai longe...

      eu com esse discurso to parecendo endorser da yamaha, mas pra vc ter uma ideia meu sonho de consumo eh um taylor...aquele da ediçao especial de 30 anos (U$ 30.000)....mas um GS ja tava de bom tamanho....
      agora vc com esse teu apx6 q ja deve estar bem surrado (levando pra acampamento, festinha etc...bom, o violao nao vai estar propriamente em perfeito estado) ficar comparando com martin e taylor e chamar a yamaha de mediocre ja eh apelar!
      cara, foi mal se peguei pesado, nao era minha intençao...mas eh um assunto bem sensivel pra vc chegar e dizer as coisas como se fossem verdades absolutas...eu por exemplo acho q a crafter nao presta...e por ae vai....

      valeu!

      Bog
      Veterano
      # nov/06
      · votar


      Nandhe
      Mr. Pereba

      Concordo com o Mr. Pereba, pelo menos quanto a querer comparar Yamaha APX6 com Gibson e Martin. Aqui no Japão, Yamaha, Takamine e Crafter são na sua maioria marcas para violões "médios". Gibson e Martin são violões "tops", mas custam às vezes 3 vezes mais. Dizer que Yamaha não faz violões bons é quase como dizer que a Chevrolet não faz bons carros porque "bom mesmo é Ferrari". E usar o APX6 para fazer essa comparação é como usar o Celta ou o Corsa na comparação com a Ferrari.

      Também é preciso entender as diferenças nos formatos dos violões. APX tem caixa de ressonância pequena, é claro que tem menos volume e menos resposta nos graves, e a própria Yamaha faz os CPX, que se saem muito melhor neste quesito.

      E gosto é mesmo muito relativo. Se dependesse exclusivamente disso, eu teria uma coleção de Gibsons, Martins, Dobros (aqueles ressonadores) e afins. Por outro lado, não sou muito fã de Ovation, que muita gente adora. E simplesmente não consigo gostar de violão Crafter e Ibanez (sim, isso existe).

      gabert
      Veterano
      # nov/06
      · votar


      Mr. Pereba, já toquei em quase todos esses violões que você citou, e sem dúvida, concordo plenamente com sua opinião. Tenho a impressão que
      Nandhe se precipitou um pouco...

      GILMOUR_GibsonGuitar
      Veterano
      # nov/06
      · votar


      Nandhe
      Vc falo bosta, tenho um Yamaha APX-4A e naum troco ele por nada, eh todo perfeito e eh LINDO !!!!! Mto bom mesmo !!!!!!!!!!!!

      Mr. Pereba
      Falo bonito

      \o/

      AEEEEEEEEEEEE !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      Nandhe
      Veterano
      # nov/06
      · votar


      Bem, questão de gosto. E de conhecimento. Toco violão há 30 anos, sei do que estou falando. APX, de qualquer modelo, é violão de 3ª categoria, conheço o APX9 e até o APX10, não vi mta diferença. Pelo preço de um APX, compra-se um Crafter TGAE036N. É só tocar um e depois o outro, pra ver a distância infinita que os separa. Depois, olhe o acabamento de um, depois do outro; a beleza de um, de outro. É preciso ser cego e surdo pra não perceber a tremenda superioridade do Crafter. Não vamos continuar a discussão, não leva a nada - sugiro que façam o teste, apenas isso.

      Bog
      Veterano
      # nov/06
      · votar


      Nandhe

      Concordo que é questão de gosto. Quanto ao conhecimento, eu só estava dizendo que muitos dos seus argumentos não fazem sentido. Continuo dizendo que comparar um Yamaha que custa 200 dólares aqui no Japão com um Gibson ou Martin de 2000 dólares é completamente sem sentido. O APX é de 3a. categoria para você porque não te dá o que você espera. Eu também já toquei em violões que muita gente adora, e não gostei. Você disse que o APX não tem boa resposta para os graves, e eu disse que ele é assim mesmo. A questão é que você está esperando graves de um violão que não se propõe a te dar isso. É óbvio que você não vai gostar do que ouve. Quanto à beleza, isso é ainda mais subjetivo. Ou seja: é perfeitamente compreensível que VOCÊ não goste do APX. Mas isso não o torna um violão "medíocre".

      Quanto a testar: eu recentemente comprei um violão, e te garanto que testei vários e vários. Não consegui gostar de nenhum Crafter. O som não me agradou. Não me dava o que EU esperava. Nem por isso saio por aí dizendo que "Crafter é medíocre". Também não compraria um Ovation ou um Ibanez. Nem por isso eles são medíocres. Eles simplesmente não ME agradam.

      Nandhe
      Veterano
      # nov/06
      · votar


      Francamente, há coisas que extrapolam a questão de gosto simplesmente. O que estou pedindo é para que comparem qualquer APX com o Crafter que falei, violões na mesma faixa de preço. O Crafter é muito superior, por qualquer critério que se olhe. Brilho dos agudos, clareza dos graves, acabamento, tocabilidade, afinação, tudo.

      Bog
      Veterano
      # nov/06
      · votar


      Nandhe

      Pois é, eu testei vários violões, incluindo Crafter. Não gostei de NENHUM. Se isso não é questão de gosto, vai ver meu ouvido está com defeito. Ou vai ver minha mão está com defeito por eu achar Ovation desconfortável? Realmente, não é questão de gosto. Eu é que sou todo esquisito.

      Nandhe
      Veterano
      # nov/06
      · votar


      Há Crafters e Crafters, assim com há Yamahas e Yamahas. Não vou, obviamente, comentar ironias, porque são inúteis, não acrescentam nada ao debate. Tenho um outro violão Yamaha, o C-40, que é um violão muito ruinzinho mesmo, comparável a um Di Giorgio estudante. O que falei é de pegar um Crafter TGAE036-N e compará-lo a qualquer Yamaha da série APX. E olha que o Crafter é até mais barato...
      Respondo nesse tópico para auxiliar um eventual desavisado, que pense estar fazendo um bom negócio comprando APX. Ele pode usar o dinheiro dele bem melhor comprando o violão de que falei. E ainda economiza.

      Bog
      Veterano
      # nov/06
      · votar


      Nandhe

      Sim, e o que eu estou te dizendo é que é questão de gosto. Se o cara gosta do APX, ele vai estar fazendo um bom negócio. Simples assim. É claro, comprar só porque está escrito "Yamaha" no violão é uma grande bobeira. Mas eu toquei recentemente num APX-900 e gostei. E ninguém vai conseguir me convencer que eu não posso gostar. Posso não tocar há 30 anos, mas também não sou um iniciante que começou a tocar ano passado. Claro, está longe de ser um violão top. Na qualidade e no preço (eu moro no Japão).

      Outra coisa, você mudou completamente a tua argumentação. No teu primeiro post, o que você transmitiu foi uma generalização, como se todos os violões da Yamaha fossem medíocres (chegou a comparar com Gibson, Martin e Taylor). Agora, você está dizendo que "há Yamahas e Yamahas", e restringiu a comparação a um modelo específico da Crafter (no início era "série Lite ou série Pro").

      Entendo perfeitamente que o Crafter se adapte melhor ao teu gosto. O que você parece não entender (ou aceitar) é que um APX-900 possa se adequar ao MEU gosto.

      Nandhe
      Veterano
      # nov/06
      · votar


      Restringi minha argumentação para a coisa ficar clara, irretorquível. Mas continuo assinando embaixo de tudo o que disse acima. Yamaha não se compara a Gibson, Martin e Taylor (é incrível, mas tem gente que acha que sim, e um tópico desses é para esclarecer a todos, não apenas aos iniciados). E pegue qualquer violão Crafter, das séries Lite ou Pro, e compare com equivalentes em preço da Yamaha. A Crafter vence todos, pau a pau, em afinação, acabamento e sonoridade.
      Quanto a vc gostar de Yamaha, nada a comentar, idiossincrasias existem. Mas garanto que 99 em 100 pessoas que compararem violões equivalentes em preço dessas duas marcas vão preferir o Crafter.

      Bog
      Veterano
      # nov/06
      · votar


      Nandhe
      Yamaha não se compara a Gibson, Martin

      Concordo, apesar de ser uma comparação meio sem sentido, como eu disse várias vezes acima (por conta da diferença de preço).

      pegue qualquer violão Crafter, das séries Lite ou Pro, e compare com equivalentes em preço da Yamaha.

      Como eu já disse várias vezes, eu *FIZ* isso. E preferi o Yamaha.

      garanto que 99 em 100 pessoas que compararem violões equivalentes em preço dessas duas marcas vão preferir o Crafter.

      Qual foi a tua amostragem? Você está falando baseado no SEU gosto, e estendendo isso a "99 em 100 pessoas"? Ou concluiu isso baseado em critérios objetivos, que não envolvem nada do tipo "preferência pessoal"?

      Curiosamente, eu conheço um profissional com mais de 20 anos de carreira, que toca em uma banda, e não estou falando de banda de baile de formatura, é uma banda razoavelmente famosa (para dar uma idéia, o cachê básico deles é 12.000 reais por show). Esse cara, além de tocar violão e guitarra, é um fanático por timbres, e também é produtor. Ou seja: estou te preparando para um apelo à autoridade, mas o cara realmente pode ser considerado uma autoridade. Comentei com ele uma vez que estava procurando um violão em torno de 500 dólares (no Japão), e ele disse basicamente que:

      a. Gibson e Martin são fodões, mas estão longe de custar 500 dólares.
      b. Yamaha e Takamine fazem bons violões NESTA FAIXA DE PREÇO.
      c. Crafter tem bons recursos também, mas usa materiais com MENOS QUALIDADE
      d. Apesar de ter um monte de violões fodásticos, ele estava usando nos shows um Seagull S6 de 600 dólares. Disse que a captação era ótima.

      Ou seja: existem no mundo pessoas que preferem Yamaha a Crafter. E não sou só eu. Isso quer dizer que Yamaha é melhor que Crafter? NÃO! Isso quer dizer que, embora você pareça não aceitar, existem pessoas com gostos diferentes, e isso não ocorre apenas por ignorância ou birra de iniciante. Mesmo entre pessoas esclarecidas, existem diferenças de preferência. Ou você vai dizer que o meu conhecido é também parte do 1% dos que preferem Yamaha a Crafter?

      Quanto ao acabamento e afinação, discordo completamente do que você disse. Tenho um Yamaha e acho o acabamento muito bem feito, e jamais tive problemas com afinação. Talvez o TEU Yamaha seja assim. O meu não é.

      Fora isso, eu só estou tentando dizer que "qualidade sonora" é um critério SUBJETIVO, que está TOTALMENTE ligado ao gosto pessoal, e que você não pode chegar aqui e querer me convencer de que é capaz de medir objetivamente uma coisa dessas (note que o meu amigo ali usa um violão de 600 dólares, apesar dos Gibsons e Martins). Não é com uma estatística tirada do bolso do colete que você vai me "provar" isso. Por outro lado, tenho um monte de evidências (anedóticas) que apontam para um fato óbvio: qualidade sonora é um critério subjetivo, ligado ao gosto pessoal.

      Moral da história: violões Yamaha são razoavelmente bem construídos sim (não se comparando às marcas tops), mas a qualidade sonora é melhor que cada um decida por si só o que prefere.

      Ah, um adendo. Você também falou mal de Gianinni. Se você visse como estavam pagando pau para uma Craviola aqui no Japão, veria que mesmo num lugar onde Gibson é coisa comum, existem pessoas que podem gostar de Gianinni... Para você ver como gosto é subjetivo.

      Nandhe
      Veterano
      # nov/06
      · votar


      Que coisa. Comprei uma craviola Giannini ano passado, na Made in Brazil. Aquela top, toda sólida, modelo GWSCRAP-12, com tampo de sitka spruce importado e laterais e fundo em indian rosewood. A primeira veio com problema, sonzinho chocho, sem volume, cordas altas, dura de tocar, sem afinação. Quis devolver, me colocaram em contato com o Christian, da Giannini, que me convenceu a trocar o instrumento por outro, escolhido pessoalmente por ele. Aceitei. A outra, escolhida 'a dedo', não diferia mto da primeira. Peguei meu dinheiro de volta.
      Acho que talvez pouca gente no mundo entenda realmente de violão. Vc dizer que Crafter usa material inferior é quase uma piada, depois de defender os APX, feitos com ovangkol (madeira tradicionalíssima em luthieria não é?). Comparar indian rosewood com ovangkol é piada. E é só ouvir o som, o volume de um TGAE036N pra perceber o que estou falando. Outro violão que já tive e devolvi, desta vez para as Lojas Grellmann de Foz do Iguaçu, foi aquele Jumbo da Takamine, modelo EG523SC-12, de maple. Êta violãozinho sem graça. Achei que iria comprar um violão pelo menos remotamente parecido com um Gibson e recebo um violão com som de brinquedo. Tempos depois, tive oportunidade de experimentar um juntamente com o Crafter, e não era nem o TGAE036N, era o DE7 mesmo. Pois o Crafter era bem melhor, em acabamento, volume e afinação, pela metade do preço. O próprio lojista, o Rodrigo da RV Musical, teve que concordar comigo.
      Seu último post foi definitivo pra mim. Vi que estou perdendo meu tempo. Acho que algum desavisado que entrar neste tópico já tem elementos suficientes para julgar. Responda aí o que quiser que tenho mais o que fazer.

      Bog
      Veterano
      # nov/06 · Editado por: Bog
      · votar


      Nandhe

      Quanto à Craviola: pois é, há quem goste. É o que eu estou tentando te dizer faz tempo: você não gosta, alguns japas aqui adoraram. Ah, e o Jimmy Page também tinha uma. Conhece uma música chamada "Stairway to Heaven"? Pois é... E antes que você distorça o que eu disse: eu não estou dizendo que porque os japas ou o Jimmy Page gostam, é boa. Estou só mostrando que mesmo gente com acesso a coisas top de linha podem ter preferências diferentes das tuas.

      Quanto a entender de violão: acho um pouco arrogante essa tua idéia de se considerar um entre os poucos do mundo que entendem realmente de violão.

      Quanto ao material inferior: eu NÃO ESTOU DIZENDO QUE CRAFTER USA MATERIAL INFERIOR. Você não leu direito? Eu disse que isso me foi falado por OUTRA PESSOA, e ainda destaquei que isso não quer dizer que Yamaha era melhor que Crafter. De qualquer forma, entre você, o Rodrigo da RV Muscial e meu conhecido (20 anos de carreira profissional, produtor, cachê de 12 mil, etc.) ainda acho que fico com a 3a. opção. E com meus ouvidos.

      Quanto a julgar: espero que um "desavisado" que entre neste tópico perceba que eu estou falando que cada um tem um gosto diferente, e que isso deve ser respeitado. Ficar querendo convencer quem prefere o azul de que o vermelho é mais bonito é o fim da picada.

      GILMOUR_GibsonGuitar
      Veterano
      # nov/06
      · votar


      Nandhe
      O Crafter pode ser até bom (apesar de eu não achar isso, mas há gosto pra tudo), mas em matéria de acabamento e beleza, com certeza o Yamaha ganha, da só uma olhadinha:

      Crafter TGAE036 N:
      http://images.google.com.br/imgres?imgurl=http://images.americanas.com .br/produtos/item/273/1/273143g.gif&imgrefurl=http://tudo.americanas.c om.br/cgi-bin/WebObjects/eacom.woa/wa/prod%3FpitId%3D273143%26source%3 DOFERTAS_DEPTO&h=193&w=153&sz=7&hl=pt-BR&start=3&tbnid=yt08-Qc1Sza5BM: &tbnh=103&tbnw=82&prev=/images%3Fq%3DTGAE036%2BN%26svnum%3D10%26hl%3Dp t-BR%26lr%3D%26client%3Dfirefox-a%26rls%3Dorg.mozilla:pt-BR:official%2 6sa%3DG

      Yamaha APX-4A:
      http://images.google.com.br/imgres?imgurl=http://i50.photobucket.com/a lbums/f321/Redmusic/Yamaha%2520APX-4A/DSC04177.jpg&imgrefurl=http://cg i.ebay.com/Yamaha-APX-4A-Electro-Acoustic-Guitar-in-Blue-Burst_W0QQite mZ300005489866QQihZ020QQcategoryZ33033QQcmdZViewItem&h=1536&w=2048&sz= 191&hl=pt-BR&start=6&tbnid=_zU4X4mjZWIoiM:&tbnh=113&tbnw=150&prev=/ima ges%3Fq%3Dapx-4a%26svnum%3D10%26hl%3Dpt-BR%26lr%3D%26client%3Dfirefox- a%26rls%3Dorg.mozilla:pt-BR:official%26sa%3DG

      Nandhe
      Veterano
      # dez/06
      · votar


      Eu tenho o TGAE036N. E tenho um APX-6, mto semelhante, senão igual, a esse APX4, com a diferença q o meu é vermelho. Posso garantir: o acabamento do Crafter é mto superior. E sua beleza é indiscutível, nunca vi ninguém, nenhum dos meus amigos, para ver os dois lado a lado e preferir o Yamaha. Mas gosto é gosto, fazer o quê...

      Fredsalviato
      Veterano
      # dez/06
      · votar


      Um violão feito em fábrica, não importa a linha, sempre terá variações de timbre, acabamento e volume, pois são fabricados em série, o violão Yamaha do Nandhe (que não iria desfazer seu próprio violão), com certeza deve estar com o som inferior ao Crafter que ele tem, porque até mesmo grandes fabricantes produzem violões com problemas...

      Isso não quer dizer que todos os violões da Yamaha, ou Crafter, ou Eagle, ou Takamine, etc... sejam sempre bons, ou ruins, quer dizer que antes de comprar um instrumento (independente da marca), deve-se toca-lo, pois existe muitas diferenças que só se percebe ao tocar.

      Quando vou comprar um violão, peço para trazerem pelo menos uns cinco instrumentos do mesmo modelo, tocando se percebe quanta diferença há dentro de uma linha de produção, uns são macios, outros tem problemas de afinação, outros são mais altos em volume, etc... Mas mesmo os instrumentos que são aparentemente perfeitos, necessitam de um set-up para poderem atingir o máximo de seu desempenho, ou seja, um luthier para regular o instrumento.

      É por isso que os violões top das fabricas, são sempre produzidos à mão por um luthier, porque é quase impossível produzir em série com o mesmo resultado.

      Abraços

      LuisKoppe
      Veterano
      # dez/06
      · votar


      Pessoal, acho que pra escolher um violão é preciso experimentá-lo e checar a conta bancária - gosto é gosto e bolso é bolso. Só gostaria de destacar que não vi em nenhuma das respostas qualquer menção às cordas utilizadas. Toco violão porque tenho gosto por instrumentos, meu instrumento mesmo é piano, mas nunca me esqueço da primeira vez em que gastei uma grana razoável num jogo de cordas Augustine... é como trocar um rádio a pilhas por um Marantz valvulado. Que som!

      Fredsalviato
      Veterano
      # dez/06
      · votar


      mas nunca me esqueço da primeira vez em que gastei uma grana razoável num jogo de cordas Augustine. LuisKoppe

      Concordo plenamente. Augustine Blue é a minha marca preferida, tensão perfeita, sons brilhantes, show, vale cada centavo.

      Tenho uma revista guitar player que mostra o teste de 16 violões acusticos, e um violão da Guild foi o pior do teste, a revista pediu para mandar outro e o som foi perfeito. Quem conhece sabe que Guild é fera, mas também erra...
      Não se iluda pela marca, testar e ouvir o instrumento é fundamental, um amigo meu que trabalha com venda de instrumentos há mais de 25 anos (Teodoro Sampaio) me disse que até para importar é complicado, os exportadores tendem a mandar os piores instrumentos para cá :( só recebe bons instrumentos quem é conhecido "por lá", portanto o importador também é importante na procedência dos instrumentos.

      A Martin que produz o modelo Eric Clapton, tambem produz violões que são totalmente feito de madeira compensada... a Fender que produz ótimas guitarras tem sua linha mais barata...Squier, não estou dizendo que são ruins ou boas, mas que tudo tem várias linhas, assim como a Volksvagen produz a Kombi, mas também o novo Bugatti... portanto antes de comprar a dica é... não economize demais, porque um bom instrumento pode te acompanhar por muitos anos, não tenha pressa, teste bem antes de fechar negócio, e pense que as vezes é melhor comprar um bom violão usado do que um novo mediocre.

      Em relação ao acabamento não faço nenhuma questão que seja bonito, por mim pode estar totalmente detonado...só não pode ter defeitos que prejudiquem a tocabilidade. Duvidas! procure na internet fotos do violão do Eric Clapton, está todo ralado... a guitarra do Stevie Ray então é só bagaço, mas o som, e o preço... é muito melhor vc ter um instrumento feio, ralado, mas com ótima qualidade, do que um muito lindo, mas que só serve para enfeitar a sala...

      Abraços.

      Nandhe
      Veterano
      # dez/06
      · votar


      Fredsalviato
      Boa dica, realmente tem que testar mais de um do mesmo modelo. Eu mesmo, qdo fui comprar o meu, testei outro que não tinha o mesmo volume.
      Agora, quanto ao Yamaha, não falei apenas pelo meu, mas de todos os que passaram pela minha mão até hoje.

      LuisKoppe e Fredsalviato
      Onde encontro essas cordas Augustine pra comprar? Vende pela internet?

      LuisKoppe
      Veterano
      # dez/06
      · votar


      Nandhe
      As cordas Augustine são encontradas nas melhores casas do gênero, hehehe, mas acho que pela internet você encontra também. Elas são classificadas assim:
      Blue - os bordões mais grossos e, portanto, mais tensos
      Red - bordões intermediários
      Gold - bordões finos, banhados a ouro, menos tensos

      E a segunda classificação:
      Classic - nylon menos tenso, portanto mais fino
      Regals - nylon intermediário
      Imperial - nylon mais tenso, portanto mais grosso

      E aí tem os casamentos - Blue Regals, Red Imperial etc. cada uma casando um tipo de bordão com um tipo de nylon.

      (Bordão: mizão, lá e ré - Nylon: sol, si e mizinho hehehe)

      É isso aí. Boa sorte!

      Nandhe
      Veterano
      # dez/06
      · votar


      LuisKoppe
      Achei que fossem cordas de aço. Quase não toco meu violão de nylon, que é um tarrega da di giorgio (razoável).
      Alguma sugestão de cordas de aço acima da média em qualidade?

      GILMOUR_GibsonGuitar
      Veterano
      # dez/06
      · votar


      Fredsalviato
      Gostei muito de tudo o q vc falou e concordo plenamente. Pois o meu violão mesmo é um exemplo do q vc disse, quando fui comprá-lo experimentei um famoso Takamine novinho (não tinha brilho, o timbre era feio, a minha mão travava ao escorregar pelo braço do instrumento, etc...); aí experimentei um Yamaha usado (jah pensando:"ah...usado deve ser porcaria"), que maravilha...um som macio e gostoso de se ouvir, um timbre lindo, uma tocabilidade incrível, etc...aí percebi q um instrumento usado pode ser mil vezes melhor do q um novo de 2 mil e poucos reais a mais...

      jimmy vandrake
      Veterano
      # dez/06
      · votar


      De 8 a 80 é ruim hein?? Yamaha é um violão fantástico, uso um apx 6a e não sei o que é desafinar, ttodas as cordas tem um som perfeitamente equilibrado, e uma captação para acompanhar qualquer guita em palcos.
      Fora o braço que é de ótima ação, e extremamente confortável.
      Liga ele no Marshall acustic 80, e põe na linha, depois me conta se não tem grave.
      Claro q ñ é um violão de primeiríssima linha, mas em relação a qualquer coreanos destes de marcas estranhas n~tem como comparar. Tbm gosto da crafter, mas os preços entre eles sujerem a diferença em mesma proporção.

      Barba
      Veterano
      # dez/06
      · votar


      Aquele violão Fora-Série da Di Giorgio é um absurdo!!!!!!
      Pega o melhor luthier do Brasil e o melhor violão dele não vai custar R$ 8000,00 .

      Me indicaram um luthier de São Paulo, o Walter Gabriel. Ele faz uns violões bem em conta, mas eu preferi encomendar um com o Jorge Raphael.

      O site do Walter é www.wgabriel.com.br

      Barba
      Veterano
      # dez/06
      · votar


      Tem um site dum luthier de Brasília que eu achei muito educativo. Ele explica todo o processo de construção, as caracteríscas da madeiras, etc.
      Eu pedi pra ele me passar o valor do violão modelo Madrid: R$ 4000,00.
      O site dele é www.ebluthier.com.br .
      Vale a pena conferir.

      Daniel Blazeque
      Veterano
      # jun/07
      · votar


      Eu adoro Yamaha
      acho um exelente violão, estou juntando grana pra comprar um apx 700 de 12 cordas.
      Eu recomendo

      NEI SA
      Veterano
      # jul/07
      · votar


      Tenho um YAMAHA CG151S, tem um acabamento perfeito, tem um timbre bem equilibrado com médios e agudos, porém tem pouca projeção sonora, na nossa linguagem, tem o som fechado!

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a yamaha, um violão bom?

      303.739 tópicos 7.860.035 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital