Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Equipamentos bons que acabam sobrando no set

      Autor Mensagem
      Bog
      Veterano
      # mai/10


      Estou aqui passando por uma situação nova, e queria saber quem teve experiências parecidas.

      Recentemente, comprei um pedal muito legal, o HT-Dual, do qual até fiz um review grandão aqui. Em menos de 3 meses, notei que o pedal está sobrando, meio de lado. No caso, eu pensava em usar ele ligado direto em linha, mas o excesso de compressão acaba com a dinâmica quando ele é usado assim - algo que salta aos ouvidos ao comparar o pedal ligado em linha com um valvulado (e que eu só notei tarde demais). O pedal serve bem como booster ou overdrive, mas notei que ainda prefiro o meu bom e velho - e muito mais simples e barato! - Tube Screamer para isso. Como distorção, casou bem com o meu amp, mas também notei que é um pedal muito grande e caro para gerar um som que eu uso muito pouco.

      Alguém aí já se viu nesta situação, com um pedal/guitarra/amp/palheta/etc novo e no geral considerado bom, mas que fica sobrando porque faz muito bem algo que você não usa muito, porque faz "só" bem algo que outro equipamento que você já tinha faz "muito" bem, porque na loja soou ótimo mas não casou bem com o resto do teu set, ou por algum outro motivo?

      Estou com uma ponta de peso na consciência de querer vender um negócio tão novo e caro, e arrependimento por ter gastado tanto dinheiro em um negócio que fica ali desligado e ocupando espaço. =/

      Ant--
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      É normal deixar equipamentos de lado.
      No meu caso, tenho uns encostados. A saber:

      1) pedal de volume Behringer. Parei de usar porque notei que tirava um pouquinho do brilho da guitarra. Acabei preferindo controlar tudo no botão de volume da guita (com treble bleed) passando pela minha velha pedaleira Digitech RP1.
      2) Boss Chorus CE-3 made in Japan. De vez em quando até uso no violão, mas na maioria das vezes ele está parado. A vovó RP1 o aposentou em 1993. O Boss tem muita qualidade, mas por questões de praticidade prefiro não o usar.
      3) Danelectro Frech Toast (distorção e oitavador). Tá parado. Só serve para tocar uns Hendrix, que atualmente não fazem parte do meu repertorio.

      Por outro lado não é aconselhável vender, a não ser que o valor seja compensador. Eu tinha um Boss OD-2 que fazia dupla com o CE-3 nos primordios, e vendi por uns 100 reais. Preciso dizer que me arrependi? :P

      Sir.Paulo
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      Bog

      Solução montar um segundo Set!

      o que acha?

      erico.ascencao
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      Este tipo de "sobra" no set é uma coisa muito volátil: o que é sobra hoje pode ser útil amanhã.

      Como não tenho pedais, não sofro muito com esta sina - acredito que os pedais são os itens mais susceptíveis a serem esquecidos. Ultimamente tenho usado mais minha Cort X6 e tenho abandonado um pouco a strato e a LP por questões de praticidade, já que não rola ficar levando três guitarras para ensaio em garagem. Meu violão de nylon anda meio largado também, pois não o utilizo muito no set Rock n' Roll e não tenho tido tempo para meus estudos de fingerstyle.

      Manubio
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      Bog
      Fiz a cagada de pegar um DS-1 para empurrar a dist do meu VC-30, até hoje aquela coisa esta parada lá em casa, e morro de dó de vender pq vai acabar saindo muito barato...

      Li o review do pedal, parece ser muito legal cara, fica bom ligado na frente de um valvulado?

      Abraço

      Bog
      Veterano
      # mai/10 · Editado por: Bog
      · votar


      Ant--
      não é aconselhável vender, a não ser que o valor seja compensador.

      Pois é, eu sei que se vender, não conseguirei um bom preço. Eu poderia tentar levar ele comigo quando voltar ao Brasil, mas ele ocuparia um bom espaço na bagagem, porque é um pedal grande; e eu ainda precisaria vendê-lo sem a fonte (por causa da diferença de tensão entre aqui e o BR).

      =S

      Sir.Paulo
      o que acha?

      Heheh, eu já tenho um segundo set! (na verdade, mais que isso)

      erico.ascencao

      Pois é cara, eu até tenho coisas sobrando, mas normalmente são pedaizinhos que ficaram para trás porque foram trocados por outras coisas melhores. Esta é a primeira vez em quase 10 anos que eu realmente tenho um negócio grande, pesado, caro e novo sobrando (tá certo que por 5 anos eu só tive mesmo coisas faltando, hehe).

      Manubio
      fica bom ligado na frente de um valvulado?

      Como booster e OD eu acabei preferindo meu velho Tube Screamer. O HT-Dual tem coloração própria, e a não ser que seja regulado com muito cuidado, acaba fazendo o amp soar como outro amp - e eu GOSTO do meu amp. Já como distorção, esta propriedade valeu a pena: ele consegue fazer o meu valvuladinho com falante de 8" e som bem clássico berrar o suficiente para tocar Weezer.

      Ocorre que a equalização que soa bem para distorção não soa bem para OD ou booster, o que acaba matando a idéia de ter um pedal com 2 canais! E eu ando usando esse tipo de distorção tãaao de vez em quando que provavelmente a minha pedaleira é mais que o suficiente.

      Acho que o pedal seria mais útil se eu tocasse solos, mas a minha diversão, por incrível que pareça, é tocar guitarra base e cantar!

      Machine Gun Man
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      Bog
      Equipamentos bons que acabam sobrando no set

      Meu endereço tá lá nos seus recados. Resolvido. :P

      Eu nunca passei por isso, porque usava tudo que tinha de bom no meu set - até não poder mais!
      O que acontecia era ficar com pena das coisas velhas e ruinzinhas que iam sendo substituídas, e tentar arrumar uso para elas.

      No teu caso, visto daqui de fora, parece simples: você não está contente com o produto, mas está apegado ao nome e valor dele. ^^

      Bog
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      Machine Gun Man
      : você não está contente com o produto, mas está apegado ao nome e valor dele.

      É quase isso. Não estou contente com o que comprei ele para fazer, por ter cometido a besteira de testar na loja no meio de uma barulheira infernal e com uma guitarra completamente diferente da minha. Mas gostei muito de outras coisas que ele fez muito bem... só que não são as que eu uso.

      Digamos que o pedal não é uma Ferrari, mas é um bom carro esportivo. Só que eu ando no meio do mato. =P

      Will Bejar
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      Bog
      Cara, é complicado...eu já tive umas pedaleiras, mas acabei me desfazendo delas pq não usava tudo. Com um pedal deve ser pior ainda...bem, é por isso que hoje em dia eu uso o básico pra um som legal!!!

      guitarra->DS1->BF3->DD3->Amp valvulado

      Ao contrário do Manubio, eu acho muito legal o DS-1!!! ;)

      De Ros
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      Bog

      Velho, bem vindo ao clube. Não vou te falar o numero de pedais que tenho parados porque é meio exagero, e esse semana acho que vou buscar mais um que vou usar 2 ou 3 vezes na vida...

      Quer uma dica? Fica com ele. Pra trazer para o Brasil, se livra da caixa (é um volme enorme) e trás mesmo.

      E aprende com quem bastante experiência: Não quer ter esse incomodo, não testa.

      Nunca me esqueço uma vez que vi numa loja em Paris um Rotosphere, da Hugnes & Kettner. Tava super barato (pelo pedal que é).

      Só que é um pedal enorme e eu tenho um Rotovibe parado, iria deixar outro com uma função parecida parado do lado.

      Dai chegou o vendedor e perguntou se eu queria testar. Eu agradeci mas recusei. O diabo do vendedor pegou uma fonte e foi plugando os cabos no pedal, enquanto me falava que era o melhor simulador de leslie que existia.

      Sabe o que eu fiz?

      Saí correndo! Eu sabia que se ele ligasse na minha frente iria me hipnotizar e seria tarde demais. Já ouvi esse pedal funcionando e é incrível... E lá estaria eu carregando um peso extra que quase nunca iria usar.

      Me arrependo um pouco de não ter ficado com ele, mas se tivesse testado, eu iria chorar todas as noites se não tivesse comprado, e já teria pago 5 vezes mais caro para ter um aqui no Brasil.

      Então, da próxima vez, antes do vendedor ligar, foge!!!

      Abraço!!!

      Bog
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      Will Bejar
      eu já tive umas pedaleiras, mas acabei me desfazendo delas pq não usava tudo. Com um pedal deve ser pior ainda

      Eu acho que é o contrário. Pedaleiras devem ter muito disso.

      Não é o meu caso, mas imagino que muito cara já deve ter comprado uma pedaleira dessas grandonas, só para descobrir que tudo o que ele queria era um bom pedal de distorção e um delay, com todo aquele bando de simulações e efeitos ficando lá só de bonitos.

      De Ros

      Hahahahha, belo relato! Eu tenho esse problema mais com aqueles mini-amps. Eu acho eles tão legaizinhos, parecem brinquedos. Sempre dá um impulso de querer comprar só para deixar de enfeite, hahaha. Até o momento, tenho resistido bem.

      Will Bejar
      Veterano
      # mai/10 · Editado por: Will Bejar
      · votar


      Bog
      Não é o meu caso, mas imagino que muito cara já deve ter comprado uma pedaleira dessas grandonas, só para descobrir que tudo o que ele queria era um bom pedal de distorção e um delay, com todo aquele bando de simulações e efeitos ficando lá só de bonitos.
      Ué...foi isso que eu quis dizer...heheheheh...tinha uma Zoom 707 e já tive uma 1010 tb!!! Só que não usava nem metade do que ela oferecia em efeitos e simulações...aí vendi tudo e comprei um Delay, uma distroção e um flanger que eu tinha certeza que usaria!!! (além dos pedaizinhos serem muito melhores em qualidade sonora!!!). Uma Fender com 3 pedais e um valvulado já resolvem o que eu quero...

      Eu, particularmente, acho bobeira manter coisas que vc acha que não usa ou não usará.

      PS.: ainda vou fazer um Fuzz Bertola pra ver o que sai...rs...

      MauricioBahia
      Moderador
      # mai/10 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Bog: Estou com uma ponta de peso na consciência de querer vender um negócio tão novo e caro, e arrependimento por ter gastado tanto dinheiro em um negócio que fica ali desligado e ocupando espaço. =/


      Pois é. Só fui vender meu PW-10, depois de 1 ano aqui comigo, tem 1 mês. Eu guardo até comprar um pedal novo. Vendi meu PW-10 depois que comprei o Big Muff pra cobrir o que paguei pelo Muff. Assim sinto melhor, parece que fiz um troca. hehe Detesto vender meu equipo, mas como já tenho um Rocktron TRi-Wah e simulação na Modfactor e Zoom, elegi o PW-10 como candidato a "partir", sniff...

      Depois de alguns anos, percebi que equipo é um incógnita. Você compra e as vezes não é aquilo que vc imagina por ""n" fatores e não cabem no set. Meu ARGOS pesa 1,3Kg. e é muito grande pro meu pedalboard. Resumindo, tá de lado há algum tempo, mas eu gosto dele! hehe

      O dia que realmente precisar eu vendo/troco, no contrário prefiro manter o pedal. Vender pra ficar com dinheiro na mão é vendaval!

      Abs

      ps. eu tenho muitos pedais "de lado", mas o lado sentimental fala muito alto. Sou um "Stompbox Emo"!

      cristian1990
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      qualquer coisa qeu vc compra e depois qer vender nao tem o mesmo valor da ate dó de vende muito barato, ou vc deixa ai encostado mesmo ou tenta troca por outro pedal vai numa loja ve se os cara troca o seu pedal num pedal novo e vc da uma diferenca ......

      erick_guitar
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      Sobrou ? da para mim! ehauehuaheahu ;x

      Nunca passei por isso porque ainda não tenho pedais analógicos, mas entendo sua situação.

      Abraço

      De Ros
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      cristian1990

      Ou no caso do Bog, traz para o Brasil e vende pelo dobro do preço que pagou...

      Alexandre Loks
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      Vendo os relatos aqui, até que cheguei à conclusão que não tenho muita pena de me desfazer de coisas que estejam encostadas. Só mesmo guitarras é que eu tenho pena. Uma vez me desfiz de uma Epiphone LP STD que eu adorava. Mesmo tendo vendido ela para comprar uma Gibson, eu fiquei com dó porque gostava bastante da guitarra, mas tinha que passá-la para pegar a outra.

      De resto, pedais, amps, acessórios, vendo ou troco sem pena, porque normalmente o que vem é melhor.

      PGilbert
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      Hobbertt Simulamp GT2 - Parei de usar porque a distorção dele passou a não me agradar mais. Depois que eu comecei a usar somente o drive do amplificador Laney, toda vez que ligava o GT2 eu achava uma "porcaria".. não tem mais nada a ver comigo. Mas fica lá guardado!

      Wah-wah Shelter - Comprei num impulso.. No fim das contas eu percebi que NÃO GOSTO de wah... Usei só quando foi necessário.. pra tocar alguns covers e tal.. Também está lá guardadinho.

      Volume da Onerr - Esse foi outro que veio no impulso junto com o wah-wah... usei umas 3 vezes em ensaio e depois nunca mais.. pra mim não serve pra nada.

      Simulador acústico da Behringer - Mais conhecido como apito em forma de pedal.. tem um som legal.. mas apita demais.

      Reverb Landscape - Só coloco ele no pedalboard quando tem espaço sobrando ou quando eu PRECISO de um reverb no meu som.

      --

      Eu sei que esses não serão os últimos pedais a serem "aposentados", mas eu não vendo nenhum,... ficam todos lá no fundo da gaveta das cuecas.

      MauricioBahia
      Moderador
      # mai/10 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      [modoEmo_On]

      Eu sinto saudades dos meu pedais. *-*

      [modoEmo_Off]

      MMI
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      Bog

      Meu caro, já fiz tantas dessas e até piores que melhor nem lembrar. Agora muito menos, mas nos meus áureos tempos de porra-loca descasado, gastei muito, inclusive com guitarras e equipamentos correlacionados. Hoje em dia a dona encrenca colocou um pouco de juízo na minha cabeça, apesar que ela me apóia quando bate a GAS braba.
      Tenho muitos "causos" como o seu para contar. Por exemplo, uma G-Force que passou pouquíssimo tempo comigo e foi embora para virar grana. Teve uma Gibson Custom Shop Classic que não gostei muito, fiz umas traquitanas experimentando outros captadores, mas depois de poucos meses voltei o captador original e troquei por uma PRS. A questão é que tudo isso eu que trouxe dos EUA, então vender aqui mesmo sendo explorado, ainda deu algum lucro. Algumas (muitas) coisas deixo guardado em casa, mesmo sem usar, por valor sentimental ou por ter ilusão de que algum dia vai ter alguma serventia. Semana passada lembrei que em algum lugar devia estar escondida a droga de uma GT-10. Como pedaleira multi-efeitos é razoável, mas para quem está acostumado a valvulados, efeitos de qualidade... Bom, vale dizer que achei, mas continua num armário de tranqueiras para quando precisar.
      Quer uma sugestão? Se programa, compre algumas coisas aí com antecedência antes de voltar ao Brasil, pensando em valor de revenda. Daí alugue com container pequeno e despacha um monte de coisa para o Brasil. Tem uma boa chance de você se dar bem...
      Agora, se o amigo MauricioBahia se considera um "Stompbox Emo", então eu sou um emo completo... Pô, sacaneou, não precisava ofender! kkkkkkkk

      Bog
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      De Ros
      MMI

      Eu já levei uma porção de coisas para vender no BR, mas quase todas eram equipamentos simples que foram substituídos por coisa melhor (ex: G2, pedaizinhos Behringer, etc).

      Os únicos problemas de vender esse Blackstar aí é que é um pedal grande e pesado, e que eu teria que falar para o comprador arrumar uma fonte nova ou um transformador.

      O pedal novo custa uns 240 dólares. Aqui, eu dificilmente conseguiria vender por mais de 80. No BR, eu poderia vender, se duvidar, por 240, hehehe. Pensando bem, acho que vou é esperar para ver se consigo levar para o BR. Se no fim de tudo não couber no container (eu já vou precisar de um para levar meus instrumentos!) eu vendo por aqui mesmo.

      MauricioBahia

      ARGH!!!

      Vinícius Braga
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      Bem, eu não gosto de pedais..
      Acho a pedaleira mais fácil de se controlar, então já não tenho esse problema!

      Abraço

      -Skin
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      Cara, acontece isso direto comigo com palhetas, eu compro umas 10 por vez, sempre achando q vou perder, ou mesmo pra testar, e sempre uso uma só e as outras ficam lá de enfeite...

      Kyuss_Age
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      Bog

      Trazer essas palhetas que o De Ros usa seria bom negócio, não?

      Até eu entraria na lista.

      erico.ascencao
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      Se este tópico não descambar para o assunto "múltiplos sets", alguém poderia criá-lo.

      MMI
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      Bog

      Quer ter uma idéia como os caras na Teodoro Sampaio em SP fariam o preço disso? (sei vc não é de Sampa, quando no Brasil, mas mesmo assim...)
      Um usado quase zero como o seu, é mais ou menos assim. Pegam o preço em dólares que você pagou, transforma em reais pelo câmbio oficial. Adiciona 60%, que é o equivalente a taxa para trazer. Esse seria o preço da loja, mas se você for amigo do lojista ele deixa ficar consignado, mas vai te cobrar pelo menos 30% do preço final. Portanto, da até para cobrar mais do que você pagou para vender por aqui. No fundo acho triste essa realidade.

      Kyuss_Age
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      De Ros

      Por isso que minha pedaleira é enxuta, poucos mas pedais top.

      Ainda estou precisando de um chorus, mas nada urgente.

      E as gravações que você ouviu até hoje são todas microfonando o amp, nada de digitaleira.

      Abs

      Curly
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      há uns anos comprei um boss phaser ph3, qdo descobri que era digital fiquei indignado e coloquei de lado. recentemente, comecei usá-lo e tirar uns sons diferentes e bem legais para guitarra funk. dependendo da regulagem o pedal é quase um synth.

      janick
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      Pessoal, é por isso que abri mão de amps, latinhas e cia faz tempo, e concentrei tudo aqui no meu PC. Os VST's me salvaram da GAS e ainda me deram o timbre que eu estava procurando faz tempo heheheh

      Agora a minha GAS é apenas por adquirir novos "brinquedinhos"! Mas antes quando tinha meus stomps, vez ou outra tinha pedal que ficava de fora, porque roubava sinal ou pela minha volatilidade musical, ou simplesmente porque eu enjoava dele. Um dos poucos pedais que nunca me enjoou foi meu SD-1 da Boss. É um pedal extremamente simples que me cativou à primeira vista.

      Mas apersar de ter me desfeito do meu equipamento quase todo - em questão de pedais, ainda me sobraram dois que estão encostados - um Boss CS-3 quebrado (Apesar de que nunca me agradou muito) e um Danelectro Talk Box, que é bem legalzinho, mas extremamente inviável em diversas situações, o que me faz deixar ele encostado quase sempre.

      cocomaluko
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      do meu set inteiro eu soh uso guitarra, pedal de delay e amp(amp tem efeitos) mas nada. tenho uns 6 pedais de lado q nunca uso.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Equipamentos bons que acabam sobrando no set

      304.165 tópicos 7.868.695 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital