Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      O que é uma guitarra de qualidade e qto pagaria por ela?

      Autor Mensagem
      Zero Zen
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: Zero Zen
      · votar


      Jinkxs

      Você tá falando de prazeres, eu citei necessidades. Tem uma boa diferença.

      Ninaninanina NÃO ! Não mesmo !

      Você elencou necessidades e prazeres !

      Clube é necessidade ? Garrafa de Vinho é necessidade ? Viagens e turismo são necessidades ?

      Só se forem necessidades espirituais ! E neste caso uma Gibson pode ser também ! Cada um com as suas ! heheheh

      Aliás, as necessidades que você elenca são para pessoas do seu grupo social. Como eu disse acima, para outros, possivelmente dois carros seriam um luxo, ou mesmo um carro, ou o plano de saúde !

      Mas deixa prá lá ! Cada um com suas necessidades e prazeres. Eu não critico as preferências e opções pessoais.

      edalko
      Henrique S.

      Não tem uma gibson???

      Vende aí uns 40 da sua coleção de 400 pedais e compra uma, oras bolas! hahaha


      Putz! Quem dera tivesse tantos assim !

      O problema é que quando procurei uma Gibbo acabei com uma Fender Tele em casa. Foi "Love At First Chord". Igual a essa:

      http://www.guitarvillage.co.uk/product-detail.asp?id=2958&catid=75&man id=127&quantity=1&product=Fender+Telecaster+(Mexico)+Standard%2C+Arcti c+White+Tint+%2F+Maple%2C+New%2C+Inc.+Gig+Bag

      Além do mais os pedais ocupam muito menos espaço que uma guitarra/case. kkkkkkkkkkkkkk

      edalko

      Quem sabe...qualquer dia vou ter uma crise como as que você conhece bem e faço uma limpa !

      Jinkxs
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      Zero Zen

      Cara.... tudo bem. Mas parece que você não lê o que escrevo. Se lê, não entende.

      PauloPorsche
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      Vou contar uma coisa que aconteceu com um amigo meu na sua primeira aula de guitarra. Eu já tocava um pouco mas não tenho habilidade para ensinar ninguém então meu amigo, que estava querendo aprender mais, disse que tinha arrumado um professor e que teria umas aulas, chegamos o professor pediu para a gente sentar na sala e pediu também para o meu amigo mostrar um pouco do que ele sabia fazer. Seguiu-se uma sessão de riff´s e solos intermináveis, caretas, etc., um verdadeiro show. Quando ele parou o professor perguntou: - Você tá vendo alguma mina aqui?. Meu amigo disse que não, com aquele sorriso amarelo. Aí o professor disse: - Cara, eu tenho barba, me visto mal, não sou chegado a homem e você tocou parecendo um louco querendo impressionar alguma mina aqui, mas não tem nenhuma. Então o cara (o professor) pegou uma Tagima (das antigas) plugou, fez uns acordes tranquilos, poucas notas de solo durante a harmonia e durante uns 50 segundos ele fez a gente entender que se o Jeff Beck tocar numa Giannini, tudo o que foi falado nestas 15 páginas vai por água abaixo. Bem, acho que a melhor guitarra pode ser aquela que você vai usar no palco. Não adianta você ter uma guitarra - só porque ela é cara - para ficar estudando nos intervalos da Sessão da Tarde, mesmo porque é complicado colocar uma guitarra de R$5 mil ou R$6 mil, mais amplificador, mais pedais ou pedaleiras encima de um palco sem pensar que tudo isso pode sofrer algum acidente. Viva as Squier da vida então. Agora se o cara já é um profissional do instrumento com roadie etc. ahhh!!!! vai lá!!! aí pode. Fora isso, qualquer guitarra serve para tocar paras as minas no sofá da sala.

      Vale um ditado árabe:

      "Por muito que estudes, não saberás nada se não atuas.
      Um asno carregado de livros não é intelectual e nem homem sábio.
      Vazio de essência, que conhecimentos tens, carregue sobre si, livros ou lenha?"

      Adoraria ver o Jeff Beck tocando numa Giannini.

      Zero Zen
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      Jinkxs

      Entendo sim, tanto que transcrevo os seus argumentos para demonstrar do que discordo !

      Assim como a qualidade tem interpretações diferentes para determinados foristas, necessidade e prazer também comportam interpretações e possuem uma certa elasticidade, de acordo com o grupo social, cultural e econômico. Ou mesmo em razão das obrigações pessoais de cada um.

      Mas você não pode negar que clubes para lazer e vida social, garrafas de vinho e outras beberagens e viagens de turismo e passeio constituem-se em algo tão distante de necessidade como uma Gibson.

      Possivelmente mais caros e com nenhum valor de revenda (excetuado alguns vinhos intocados).

      Portanto são prazeres, não necessidades.

      E como tal, cada um tem o direito de escolher os seus, sem que isso seja considerado um privilégio a que outros não tem direito ou alcance.

      T+.

      HALzheimer
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: HALzheimer
      · votar


      PauloPorsche

      "Um asno carregado de livros não é intelectual e nem homem sábio.
      Vazio de essência, que conhecimentos tens, carregue sobre si, livros ou lenha?"


      Exato!
      +1

      Edit:

      Lendo alguns posts, fiquei com a impressão de q minúcias do cinzel são + importantes q Michelangelo e sua obra.

      NFA_METAL
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      uma guitarra que tenha os equipamentos necessarios para executar a sua tecnica com perfeiçao...

      Exemplo: Steve vai e suas alavancadas malucas...

      Paul gilbert: Quase nao usa alavanca, mas sua musica nao fica pobre por causa disso...

      Nunca comprar uma guitarra equipada com algo q vc nao usa .... eh jogar grana fora....

      Zero Zen
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      PauloPorsche

      Adoraria ver o Jeff Beck tocando numa Giannini.

      No caso do Jeff Beck se aplica outro ditado árabe:

      Os segredos da arte, para quem os conhece,
      estão escondidos sob um arbusto;
      para quem não os conhece, sob uma montanha.


      Jinkxs
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      Zero Zen

      Não vamos transformar esse tópico numa discussão pessoal. Só pra encerrar, vou transcrever um trecho de um post meu pra te mostrar que você ignora as coisas que eu escrevo.

      Segue:

      Enviado: 21/jan/10 11:05
      Citar Editar

      .... (sic) você trata dos exemplos que eu dei como se fossem coisas à toa, supérfluas. Acredito que existem sim alguns luxos, como o clube, a tv, a internet. Mas isso tudo é peixe pequeno. Gasto pouco com isso. O grosso são as prestações dos carros, a pós-graduação, gasolina, plano de saúde e condomínio. São ítens de primeira necessidade.


      Carro em São Paulo não é luxo não.... é necessidade. Assim como meus estudos, meu plano de saúde, o concomínio, telefone, vestuário, comida, etc. etc... etc....

      Isso escrevi lá atrás.... na primeira resposta que dei à você.

      Quanto você acha que você acha que gasto com vinhos, viagens etc...??? Cara, esses luxos, prazeres, como queira.... não ultrapassam 5% do meu orçamento mensal....

      Mesmo que eu corte tudo que possa ser considerado luxo, desde o yorgute até a coca-cola..... quanto você acha que economizaria??? R$500,00 por mês??? Um pouco mais, um pouco menos.....

      Outra coisa que eu falei é que sou casado cara.... transcrevo aqui:

      Além disso, vovê tem que entender que sou casado. Tudo que gastamos, gastamos igualmente entre nós 2. Ou você acha justo eu comprar uma Gibson (R$5.500,00) enquanto minha mulher se mata, lavando, passando, cozinhando, fazendo faxina, limpando privada..... porque não posso pagar uma empregada pra limpar a casa???

      Não é justo gastar comigo, com minhas necessidades, sem dar a contrapartida. Sacou....??? Aqui, tudo que gastamos, tudo que investimo é decidido à 2. Se você for casado vai me entender.


      Você ignorou isso completamente....

      Mesmo que eu economize como escrevi acima.... não posso gastar aquilo que economizei apenas comigo. Tenho que pensar na minha esposa. Se economizo R$500,00 por mês vivendo sem nenhum luxo, o correto seria pagar uma empregada pra cuidar da casa, pra minha mulher não precisar lavar, passar, cozinhar etc... etc.. etc... com essa economia.

      Ou você acha luxo ter uma empregada??? Se acha é porque não é você que lava privada, que cozinha e lava a louça, passa roupa aspira o chão etc.. etc.. etc..

      Luxo é ter uma Gibson de R$5.500,00 quando uma Squier de R$1.500,00 dá conta do recado. E isso passa de luxo à filhadaputagem quando você compra uma Gibson de R$5.500,00 mas não paga uma empregada pra tua mulher.... não leva tua mulher pra passear, não compra uma roupa pra ela, não leva ela no restaurante, etc... etc... etc...

      Entendeu cara...???

      Então para pra pensar sobre aquilo que você tá falando cara.... você não me conhece, não conhece sobre minha realidade.... Simplifica tudo como se fosse apenas uma questão de escolha sem ter a menor noção de como é minha vida.....

      Deu pra entender agora ou vou ter que desenhar????

      nichendrix
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: nichendrix
      · votar


      Esse tópico tem que terminar que nem comício alemão nos tempos do Hitler... com uma grande fogueira hehehehehehhee

      Aliás, alguém algum dia entendeu pq alemão adora fazer fogueira de livros???

      auzenph
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: auzenph
      · votar


      Jinkxs
      Concordo com você. Entendo o lado das escolhas que o amigo ZeroZen fala. Mas acho que é meio utópico ver dessa maneira.

      Não quero alimentar brigas, mas sendo um pouco racional e chato...
      Ouvindo um podcast do economista Sardenberg descobri que, pelos cálculos dele, o salário mínimo brasileiro deveria ser um pouco mais que 2 mil reais. Isso porque constitucionalmente ele deve satisfazer as necessidades básicas do cidadão. Agora imagine quanto você precisa ganhar de salário para pagar as necessidades básicas de uma família e ainda conseguir comprar uma guitarra de 5.500 reais? Não é impossível, lógico. Como ZeroZen falou, pode ter gente que prefira guitarra à carro.
      Isso é uma escolha? Teoricamente É SIM. Mas e na prática? É sensato? Não. Mas por que não é sensato? Provavelmente porque numa família vc tem uma esposa e talvez filhos para transportar (escola, trabalho, passeio...isso é importante). E não venha dizer que algum pai de família sensato troca a família pela guitarra. Manda filhos pequenos e esposa de onibus ou a pé em cidades violentas, enquanto ele toca numa Gibson.

      Por isso acho utópico.
      na teoria é escolha...na prática não é bem assim.

      PS: No brasil vc tem um salario minimo de 500 reais e a guitarra custa 5mil (10x o valor do salario minimo)
      Nos EUA o salario minimo deve ser uns mil dólares e a guitarra custa 2 mil dólares (2x o valor do salario minimo).
      É uma diferença bruta de realidade.

      Zero Zen
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      Jinkxs

      Não vamos transformar esse tópico numa discussão pessoal. Só pra encerrar, vou transcrever um trecho de um post meu pra te mostrar que você ignora as coisas que eu escrevo. (2)

      Quanto você acha que você acha que gasto com vinhos, viagens etc...??? Cara, esses luxos, prazeres, como queira.... não ultrapassam 5% do meu orçamento mensal....

      Não sei e não tenho interesse em saber ! Sequer perguntei ! O que importa aqui e foi o que sempre defendi, é que cada um é senhor das suas despesas e preferências.

      E não é pelo fato de ter feito escolha diferente daquela que eu faria que devo chamar o outro de privilegiado. O respeito começa por aí !

      Outra coisa que eu falei é que sou casado cara.... transcrevo aqui
      Você ignorou isso completamente....

      Não cara ! Não ignorei mesmo ! Tanto que me manifestei na pagina 14 no seguinte sentido:

      "Antes de descambar para a crítica social "embutida", você poderia ter considerado, além da liberdade de dispor do próprio dinheiro, que o proprietário da Gibson, talvez more perto do próprio emprego.

      Tavez ele seja solteiro..."

      Demonstrei que você estava deixando de levar em consideração o estado civil, possível, de um proprietário de um instrumento mais caro. Assim como a necessidade dele de locomoção.

      Aí eu pergunto: Vale expor a sua condição civil e familiar como justificativa para nossas escolhas mas é preciso ignorar a de outros ?

      Como se vê, eu não ignorei nada. Você é que não computou aos outros condições pessoais diferentes.

      Entendeu cara...???

      Então para pra pensar sobre aquilo que você tá falando cara.... você não me conhece, não conhece sobre minha realidade.... Simplifica tudo como se fosse apenas uma questão de escolha sem ter a menor noção de como é minha vida.....


      Não te conheço nem tenho curiosidade em conhecer ! Mas uma coisa eu aprendi na vida: Que não devo reger os outros pela minha batuta e julga-los pelos meus gostos e preferências.

      Eu sempre procuro olhar além do meu próprio umbigo, sem usar minha vida e minhas decisões como paradigma do que é certo ou errado. Não me considero o soldado do passo certo.

      Deu pra entender agora ou vou ter que desenhar????

      Nem precisa. Já deu para entender o "espirito da coisa".

      Zero Zen
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      auzenph

      Eu acho que um dado muito importante está sendo perdido na sua avaliação.

      Porque um pai de família, com mulher (ou mulheres) e filhos tem de ser o paradigma de tudo.

      Um homem de família por certo tem suas obrigações. Mas por acaso não existem solteiros, separados, viúvos !

      Acaso alguém se preocupou em fazer o censo do proprietários de Gibson. Se são casados ou solteiros, com dependentes, se possuem carro ou eletrodomésticos.

      Pessoas com responsabilidades diferentes tem o direito a opções diversas.

      Como ZeroZen falou, pode ter gente que prefira guitarra à carro.
      Isso é uma escolha? Teoricamente É SIM. Mas e na prática? É sensato? Não.


      Conheço muitos músicos que tem bons instrumentos e não possuem automóvel !

      Porque comprar uma guitarra antes de comprar um carro é insensato ? Ela é infinitamente mais barata, não paga IPVA, nem seguro obrigatório, nem seguro total alternativo. Não paga garagem nem estacionamento quando você a usa.

      Normalmente ela é um investimento que finda em si mesma e muitas vezes valoriza com o passar dos anos. Tudo isso não se pode dizer de um automóvel, que exige manutenção, abastecimento, lavagem, etc...

      Outro detalhe. Se é verdade que guitarra no Brasil é um artigo que carrega em suas costas um imposto exagerado, o mesmo pode se dizer do automóvel. E mais, todos os insumos vinculados ao automóvel. Só a guisa de exemplo, afirmo que pagamos a gasolina mais cara do mundo !

      Talvez a opção pelo automóvel se baseia naquilo que uma empresa de combustíveis anuncia: Brasileiro adora automóvel !

      Acho que eles tem razão !

      T+.

      auzenph
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      Não cara...automovel leva vc ao trabalho. Leva seus filhos a escolha. Sua mulher ao trabalho. Sua familia numa viagem.

      Guitarra não.

      Carro é mais caro, mas é um produto familiar e de muita importancia na qualidade de vida...guitarra nao traz qualidade de vida.

      Você esta certo ao afirmar que o cara que tem gibson pode ser solteiro...pode ueh. Tudo bem.

      Isso não tem discussão.

      Foi o que disse, não queria levar a uma discussao, só dei um ponto de vista mais realista.

      auzenph
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      Sabemos que guitarra é mais barata que um carro. Mas eu prefiro dar 18 mil num carro que leve meus filhos à escola, teatro, lazer, minha esposa ao trabalho, eu mesmo ao trabalho, do que dar 5 mil numa guitarra...

      ISso é uma escolha certo? Blz...mas quem escolheria o contrário?

      De novo...não estou falando dos casos de solteiros...estou falando em família.
      Os de família são privilegiados por poder pagar tudo e ainda gastar 5 pau numa gibson. Quantos porcento de familias brasileiras podem ter uma gibson? sei la....mas deve ser muito pouco. Um computador que é um utilitario que esta deixando de ser superfluo (pagamento de contas, comunicação, trabalhos, etc) só esta presente em 32% das casas brasileiras...imagina uma guitarra Gibson. E olha...um PC pode ser comprado por ate 900 pau numa promoção de um Extra da vida...uma Gibson não...

      Zero Zen
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: Zero Zen
      · votar


      auzenph

      Carro é mais caro, mas é um produto familiar ...

      Se você tem família ! Esse é um ponto ! Outros: Se você gosta de dirigir, se você curte engarrafamentos, etc...

      ...guitarra nao traz qualidade de vida.

      Certamente discordamos neste ponto ! Na minha modesta opinião música e guitarra trazem muita qualidade de vida e muito prazer !

      Aliás, eu não freqüentaria um forum de guitarra se pensasse diversamente.

      T+.

      auzenph
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      Definitivamente, é dificil não entrar em conflito em discussões de fórum...porque no final...o cara diz "essa é minha opiniao e pronto".
      E ai fica dando voltas..não vou mais discutir. Porque senão vamos entrar na discussao do que é qualidade de vida..ai não vai dar certo...mas só pra pensar: Se você fizer uma pesquisa, quantas pessoas vao afirmar que uma Gibson traz qualidade de vida?..
      Agora faça a mesma pesquisa em relação a um carro...

      Zero Zen
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: Zero Zen
      · votar


      auzenph

      Definitivamente, é dificil não entrar em conflito em discussões de fórum...porque no final...o cara diz "essa é minha opiniao e pronto".

      Isso é a pura verdade. Sempre há a tendência de acharmos que nossas opiniões são as mais corretas, ou as únicas razoáveis.

      A soluções de uns não servem pra os outros, pois são pessoas diferentes, com situações pessoais e familiares diferentes, responsabilidades, expectativas e desejos diversos.

      E em razão disso não dá para dizer que outras escolhas e situações são fruto de "privilégio".

      Se você fizer uma pesquisa, quantas pessoas vao afirmar que uma Gibson traz qualidade de vida?..

      Agora faça a mesma pesquisa em relação a um carro...


      Fica a dica da pesquisa para o Maurício !

      Que tal: Possuir uma Gibson (ou uma boa guitarra) seria de seu agrado ?

      Ou: Tocar guitarra lhe dá qualidade de vida !

      Já deixo minha resposta: SIM !

      auzenph
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      Zero Zen
      Pq Mauricio?

      A pesquisa é SAIR NA RUA e perguntar a TODO MUNDO o que eles acham...e nao num fórum de guitarristas.

      Não use o seu mundo como verdade absoluta...e aposto uma Gibson que nem 20% da população acharia que uma Gibson é qualidade de vida.

      Num mundo onde só 30% das pessoas podem ter computador, elas são privilegiadas.
      Num mundo onde menos que isso, muito menos que isso podem ter uma Gibson...são mais privilegiadas ainda.

      Rafa-Ban
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      to muiot ,mas muuuuiiito longe de ser um entendido de guitarras,kdo tive oportunidade detocar numa gibson eu nem tinha começãdo a tocar,um amigo tinha me mostrad uma gibson da edição de aniversário 50 anos...eu tquei o riff(mto mal tocado devo dizer)de que pais é esse numa gibson!hauhsuashu
      mas dando meu pitaco na questão,pra mim uma guitarra boa seria um instrumento bem construido,bem acabado,com estabilidade e confiabilidade na afinação,cuja sonoridade se encaixe no que eu queira tocar
      qto pagar:hmmm...o mínimo possível,meu limite por exemplo é 2000 reais...nunca vou pagar mais que isso numa guitarra..talvez as futuras Lemon Drop,que segundo os Maurícios(vcs dois poderia, formar uma dupla sertaneja hein?que tal os Maurícios,ou talvez Bahia e Bertola?)

      Zero Zen
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: Zero Zen
      · votar


      auzenph

      Bem se você quer estender a pesquisa aos que sequer desconhecem guitarra, ou não se interessam por guitarra fica difícil. Mas vá em frente ! Depois nos passe suas impressões.

      O grande problema serão as opiniões daqueles que não conhecem o assunto. Como serão computadas.

      É mais ou menos como exigir que eu opine sobre fisica quântica. Aposto que meu palpite vai ser bem pouco embasado e útil ! hehe

      Aproveite e pergunte também se Arte traz qualidade de vida. Ou se devemos transformar os museus em lenha para suprir necessidades mais básicas.

      E considerando a pobreza mundial, certamente a maior parte dos entrevistados também afirmaria que automóveis são um privilégio, internet, água, energia elétrica, vestuário, lugar onde morar, férias de 30 dias por ano e, mesmo, comida.

      Então seriamos todos privilegiados !

      Que tal medir os privilégios e cotejar uns contra os outros ! E de acordo com as peculiaridades de cada população, local. etc..

      É uma tarefa e tanto ! Boa sorte .

      ogner
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      Zero Zen

      Não sei bem, mas acho que vc faz jus ao nick que tem!! Muito bom!!

      rsf
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: rsf
      · votar


      Zero Zen

      Eu não ia mais entrar nesse tópico, mas me obrigo a reconhecer publicamente teu discernimento e a tua competência intelectual.
      Pena que vc, apesar de discordar da minha abordagem nesse tópico, não a contestou. Entretanto, respeitando aos demais debatedores, teria sido um prazer ter debatido com alguém do seu nível, independentemente de ser ou não ser a reciproca, nesse caso, verdadeira.
      respeitosas saudações.

      Jinkxs
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      Zero Zen

      Cara.... de boa, eu to falando abacaxi e você laranja. Você tá discutindo uma coisa e eu tô falando outra completamente diferente.

      Eu tô falando desde o começo sobre minha situação familiar e você tá falando das escolhas dos outros.....

      Deixa pra lá.... não quero criar inimizades.... mas lê tudinho de novo que você vai ver que eu não consigo me fazer entender. Eu escrevo sobre A, aí você responde sobre B. Eu falo sobre minhas escolhas, sobre minha vida, você fala sobre as escolhas em geral....

      Mas como eu disse, deixa pra lá.

      R Palma
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: R Palma
      · votar


      Bom, como tudo na vida, o mesmo produto/objeto tem preços diferenciados, chegando a alguns absurdos e exageros.

      Tirando aquela situação onde a guita vale US$ 50,000.00 pq foi a que o Hendryx gravou Purple Haze, não vejo motivos o mínimo plausíveis para uma guitarra custar, lá fora, mais que US$ 10 mil.

      Uma Ferrari vale 1 milhão pq o marketing da Fiat fez o mundo inteiro acreditar que quem tem uma dessas é um cara pertencente a um seleto grupo, é um cara "especial". Todo mundo paga um pau prá uma Ferrari, mais pelo que ela significa do que pela beleza plástica do automóvel em si. É um puta carro, sem dúvida, mas já imaginou vc dentro dela no trânsito da Marginal todo dia? Que graça isso teria? Um Uno Mille te leva prá qualquer lugar, da mesma forma que uma Ferrari. A questão é o conforto q vc vai ter. Mas ambos vão cumprir o seu objetivo, q é te levar do ponto A ao ponto B.

      Quanto aos aspectos de escolhas, envolvendo família, filhos, etc, lembro-me que minha ex-mulher me fazia gastar a mesma coisa com ela quando eu comprava um equipo novo. Cansei de trocar geladeira, televisão, fogão.....Guitarra de 1.000,00? Geladeira de 1.000,00. Era olho por olho, dente por dente.

      Definitivamente a vida é feita de escolhas, e cada escolha, uma renúncia. Sou casado, tenho carro e casa. Gostaria de uma Music Man de R$ 10.000,00? (Nos EUA é metade do preço, com piezo). Claro q gostaria. Mas eu tenho outras prioridades no momento, e pela minha ESCOLHA, estou RENUNCIANDO ao equipo.

      Até mesmo porque não adianta nada eu gastar uma fortuna fazendo uma piscina de alvenaria, com cascata e iluminação subaquática, se eu não conserto meu telhado que faz goterar justamente em cima da minha cama.

      Prioridades, certo? E quanto a isso, cada um tem as suas. Se sÃo certas ou erradas, quem vai dizer é a sua consciência, e as pessoas que dividem a vida com vc. Se a tua mulher nçao se incomoda de lavar, passar e cozinhar enquanto vc "toca" no seu instrumento quase que com tesão sexual, beleza! Agora, se ela mandar vc pro tanque.....

      Abs!

      P.S. (edited): pelo visto a Gibson fez um marketing genial tbm. Sei q vou tomar pancada de tudo q é lado, mas eu acho as Les Paul extremamente sem sal e sem açúcar, e olha que não me desfaço da minha, que foi a primeira guitarra q tive, e está comigo a exatos 22 anos. Slash, Zack Wylde, Joe Perry...os caras mandam bem na arte de vender a imagem

      auzenph
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: auzenph
      · votar


      Jinkxs
      Mas é o que ZeroZen quer fazer... quem não sabe o que falar ou não consegue aceitar o erro, joga meia dúzia de frases prolixas que atraem público.

      Ninguem falou de perguntar a publicos alvo. Ninguem falou de pesquisar sobre conhecimento de guitarra, assim como não tem cabimento perguntar sobre fisica quantica. Ninguem falou sobre uma pesquisa de conhecimento...Se você não consegue entender um diálogo comum, então não merece essa discussão.

      Outra coisa, pare de distorcer as coisas que as pessoas dizem, pois ninguém aqui afirmou que arte não traz qualidade de vida...vc faz suas deduções malucas e se acha esperto. Porem não compreende que para ter arte e qualidade na vida de uma pessoa, ninguem precisa gastar mais de 5 mil reais em uma guitarra da grife Gibson. Isso é fato e você pode escrever trocentas milhoes de linhas no forum, não vai mudar.
      Não afirmei que uma guitarra ou arte é privilegio ou não são necessidade...afirmei que Gibson é privilegio.
      Carros não são luxo, são necessidade. Uma ferrari é privilegio.
      Guitarra pode não ser privilegio do ponto de vista artistico e como ele afeta a qualidade de vida. Uma Gibson é privilegio.
      Carro e guitarras podem ate ser necessidade. Ferrari e Gibson são privilegios.
      Você mora num mundo utópico!

      auzenph
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: auzenph
      · votar


      Jinkxs
      Já viu debate de político?
      ahahaha
      É muito divertido ver pessoas que embaralham idéias com belos rodopios textuais para demonstrar intelectualidade. No fundo não estão respondendo nada. Você encontra muitos desse aqui no FCC. É muito divertido ver pessoas pagando de intelectuais, falando frases polidas para se sentirem superiores...
      Engraçado é que alguns desses até conseguem mini-seguidores hahahaha.

      Mas mais uma vez, apesar de toda as comparações esdrúxulas que fizeram, uma Gibson ainda sim é um artigo com prioridade zero em relação a qualquer um dos itens que ele escreveu na lista (vide automoveis, agua, internet, etc)

      Gibson não traz qualidade de vida, o resto, sim.

      Do modo que ele fala, ou tem uma Gibson ou não tem arte,não tem guitarra, queima tudo! HAHA
      Existem diversas guitarras com qualidade semelhante e com preços muito menores e acessiveis. Ter 5 ou 6 mil reais para pagar numa guitarra que leva o nome Gibson é, definitivamente, privilegio.
      E não se sinta mal por ser privilegiado. Sorria.

      edalko
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      Nao é por nada, mas esse topico está chegando a LUGAR NENHUM...

      15 páginas de discussões e o que era para ser algo relativamente simples, virou algo complexo com declarações quase que virando ofensas...

      Acho que já tem elementos suficientes para o Mauricio Bahia fazer uma apanhado geral e decidir o que ele vai aproveitar...

      Eu já desisti de postar e, agora, até de ler... Paro por aqui!

      auzenph
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      edalko
      Blz. Vou seguir seu conselho. Não chegou a lugar algum e nem chegará. Também cansei de postar e ler.
      Fui.

      PauloPorsche
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      Por isso comprei uma Porsche e uma Fender.

      Você não pode enviar mensagens, pois este tópico está fechado.
       

      Tópicos relacionados a O que é uma guitarra de qualidade e qto pagaria por ela?

      304.197 tópicos 7.869.272 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital