Percussão e bateria eletrônica

    Autor Mensagem
    anderson_gesteira
    Membro Novato
    # 04/out/21 14:43


    Boa tarde. Aqui no grupo que toco agora um violão, voz, bateria eletrônica e percussão. No caso do percussionista, ele tem um set bem grande de instrumentos, mas digo que o principal seria bongo, meia lua, pandeiro, carrilhão, e uma porrada de outros que dão efeito (desde molho de chaves, a outro chocalhos). Não manjo da percussão, mas ele anda com uma quantidade de que ocupa o porta malas todo do carro dele. No caso, com uma bateria eletrônica, como ele poderia fazer o som dele? Quais instrumentos entrariam em conflito com a bateria, por que no caso seria o teste essa semana, e como sempre tocamos sem retorno teria que ver o que dosar da percussão por não dar pra escutar na hora

    fernando tecladista
    Veterano
    # 04/out/21 21:32
    · votar


    Não manjo da percussão, mas ele anda com uma quantidade de que ocupa o porta malas todo do carro dele
    só de ter pouca coisa acaba lotando um porta mala fácil e se ele não está indo de carona não da pra falar muita coisa

    tem muito efeito que não da pra usar em bateria eletrônica:
    carrilhão, pau de chuva, pandeiro, chocalho esses se manipula muito quando se toca

    diferente de um cowbell ou prato que é "pá" e acabou, só que um cowbell no set em ternos de espaço não é nada

    o que ele tocaria seria alguma eletrônica no estilo octapad, mas ela vai precisar de um ampli pra ela soar e dar retorno para ele, se diminuir algo de um lado vai aumentar do outro
    eletronica da pra usar efeitos longos como som de chuva, vento, ou até disparar intros de música sampleando eles

    quem mais pega espaço em palco em percussão eu vejo que ´é par de tumbadora ou bongo que pode ser pequeno mas o suporte é grande tb
    que é um treco que tb tem muito lance de mão aberta, fechada, abafa, abre, tem o contato da pele. não é a mesma coisa de tocar em eletrônica

    talvez ele tenha ao lado uma bancada ali com as coisas pequenas chave, chocalho, apito... se ali tem 5 ou 50 itens continha igual o espaço no palco

    ------------------------------------------------------
    caso ele monte tudo esparramado, talvez uma conversa pra ver se ha outra forma de montar junto, as tumbadoras a frente, o bongo acima da tumbadora, algum prato meio a frente proximo da tumbadora e a mesa de trecos logo ao lado

    --------------------------------------------------------
    eu sempre gostei de levar teclado quando tocava
    uma banda que eu tocava eu levava 3 chegava com eles e ja vinha a reclamação, precisa os 3?, porque não usa um só ou dois? fulano toca só com um...
    eu montava e vinha a segunda sequencia de reclamação
    olha o espaço que pegou no palco, agora a banda tem que tocar apertada...

    o detalhe é que usava uma STAY e colocava os 3 um em cima do outro, o que não mudava nada no meu espaço, a stay pegava o mesmo metro quadrado com um ou 3

    cheguei uma vez no mesmo local levar um teclado só, toquei no mesmo lugar
    ai a banda: assim ficou melhor, pega menos espaço
    isso considerando que foi o mesmo anterior e usei a mesma área

    anderson_gesteira
    Membro Novato
    # 05/out/21 14:52
    · votar


    fernando tecladista Nem é tanto julgando, mas ele carrega é muita coisa, muita mesmo, e diz ser metade do que tem. Hahaha. Ele carrega umas 3 malas grandes de viagem com tudo lá, e pra ele tocar ele usa uma mesa de teclado com tudo sobre a mesa, o bongo ele usa no colo. No caso ele costuma tocar com dois microfones, e as vezes acaba ficando bem alto. E pro outro cara que vai tocar a bateria já vejo que iria ficar bem apagado. Do retorno pro baterista acho que tem que ter mesmo, só vai ter que ver aonde iria montar pois um dia lá tocamos com retorno e não deu certo pois a caixa dava microfonia com o violão e a percussão. Mas o que acho que ficou confuso pra entender é que são duas pessoas: uma iria tocar a bateria eletrônica e o outro é o percussionista com aquele monte de instrumentos.

    fernando tecladista
    Veterano
    # 06/out/21 08:11
    · votar


    uma iria tocar a bateria eletrônica e o outro é o percussionista com aquele monte de instrumentos.

    entendi que teria a bateria normal, e outro na percussão cheio de coisas e iria trocar eletrônica

    toquei em algumas bandas que tinham bateria eletrônica usavam tipo as TD da roland
    o retorno era com fone + power click
    alguns tocavam de boa, outros não sentiam o "bumbo no peito"
    ai quando não sente o som chegar tendência é aumentar o volume
    ou se o retorno de chão esta longe, se ouve, mas não sente a pressão

    anderson_gesteira
    Membro Novato
    # 06/out/21 11:48
    · votar


    fernando tecladista Isso seria o ideal, mas está meio fora de cogitação ter retorno pra cada fone. O ideal vai ser tentar a caixa normal e ir vendo uma posição. E o percussionista pegar leve com algumas coisas. Pelo que disse o ideal seria ele não usar o carrilhão, pandeiro então?

    fernando tecladista
    Veterano
    # 06/out/21 12:50
    · votar


    Pelo que disse o ideal seria ele não usar o carrilhão, pandeiro então?
    depende dele como toca como usa, comentei pensando em ser eletrônica para percussão, pandeiro acustico tem muito trabalho de dedão, canto de mão, carrilhão tem o tempo que ele quer que soa, em eletrônica, tem timbre de pandeiro, mas o meia lua que funciona como chocalho, poderia ter um sampler com varias amostras mas seria uma nova forma de tocar, o carrilhão tb tem o tempo de sempre na eletrônica,

    pra usar fone precisa de mesa com varias vias pra cada músico e um operador de p.a. pra controlar tudo isso, ou algum mixer digital onde cada músico tenha no celular sua via por wifi para controlar

    pra falar a verdade eu não capitei o que você está querendo fazer
    tem dois músicos: batera e percussa
    o pecussa leva muita coisa
    mas a eletrônica é para o batera

    a bateria eletrônica com o batera, vai resolver o problema de microfonar e canais da mesa
    no lugar de enfiar 8 mics em o8 canais ele acaba usando só um canal stereo da mesa

    mas se a banda tem problema de se ouvir, sentar e conversar resolve muito sem gastar nada
    porque se o problema é a pessoa tocar alto, ela vai tocar alto tanto no acústico ou na eletrônica, as vezes o instrumento da pessoa está alto pq o volume do amplificador do lado dela está alto

    então vejo que precisa conversar, e ver até o mapa de palco e se ouvirem

    anderson_gesteira
    Membro Novato
    # 06/out/21 13:25
    · votar


    fernando tecladista Vou tentar ser mais claro que acredito que ficou confuso. O grupo teve algumas outras formações que já tiveram mais músicos, mas atualmente é formado por uma voz, violão, o baterista e o percussionista. Até então o baterista usava só um cajon, enquanto o percussionista tocava os outros instrumentos. Msm nessa formação tinha um pouco de conflito por exemplo o bongo com o cajon. A acústica do local também acaba interferindo, por dar eco. E nessa semana conseguimos uma bateria eletrônica para usar no lugar do cajon, e ainda vamos usar. Ai no caso o que o percussionista não deveria usar pra não dar conflito no som da bateria, digo por exemplo os carrilhoes dele não dariam certo com os pratos da bateria por exemplo. No caso tocamos musicas bem calmas, então isso dos sons baterem não fica legal. Ai no caso por exemplo, um bomgo, pandeiro e carrilhão não casariam bem com o som da bateria?

    fernando tecladista
    Veterano
    # 06/out/21 15:05
    · votar


    Ai no caso por exemplo, um bomgo, pandeiro e carrilhão não casariam bem com o som da bateria?
    pra mim casa tudo, se soa muito alto é conversar e pedir pra diminuir na mão

    ,eu citei lá em cima porque entendi que seria usado esses timbres de forma eletrônica pelo percursionista, ( em um um exemplo paralelo seria como o guitarrista da banda minha sair e "eu" resolver fazer guitarra no teclado, não rola o timbre, falta corda, palheta, bend.. soa video game no meu exemplo)

    o baterista usando eletrônica precisa ver algo pra ele se ouvir senão só vai ter o tec tec de borracha
    ou que tenha um retorno perto dele, se não tiver caixa pra retorno pegar a saida de fone da bateria e tocar com fone, ou um power click para ele ter o fone e se ouvir, com um power cilck você manda o sinal da bateria para o PA e consegue plugar um fone e ter controle de volume para se ouvir

    não precisa mais nada deixa o percussa trazer o bongo, chaveiro, pau de chuva, gato, galinha, papagaio, carrilhão... que tudo combina

    anderson_gesteira
    Membro Novato
    # 06/out/21 15:56
    · votar


    fernando tecladista a gente vai tentar colocar a caixa pra retorno. Só não sei no caso por ter os outros instrumentos próximos vai ter microfonia, mas deixando junto com ele vai ser o ideal. Quanto também a questão da percussão, então o jeito msm vai ser ele dosar a mão, e não sei c tem haver mais usamos 2 mic pra captar tudo, talvez ai com a bateria tbm acabe pegando tudo muito exagerado. Talvez com um só de pra conviver tudo em harmonia.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Percussão e bateria eletrônica