Tem coisa mais chata que música "ao vivo" gravada?

    Autor Mensagem
    Beto Guitar Player
    Veterano
    # 15/jan/21 08:34


    Eu considero o trabalho de estúdio uma obra de arte que deve ser apreciada.

    A música ao vivo é legal para quando você está no show e está curtindo aquele momento, mas pegar "CD" ao vivo para escutar? Puts, chatice. Detesto quando estou spotifyando algum artista e surgem as músicas gravadas em shows.

    Claro que existem exceções, de quando as gravações ao vivo são melhores que a versão original de estúdio, como exemplo Rock and Roll all night e Perfect Strangers, mas são poucas exceções.

    LeandroP
    Moderador
    # 15/jan/21 09:17
    · votar


    Beto Guitar Player

    Compreendo e concordo contigo. Mas, não consigo pensar nisso quando ouço o álbum Supertramp in Paris (entendi as suas exceções rs).

    fernando tecladista
    Veterano
    # 15/jan/21 12:48
    · votar


    eu tenho pavor dos "ao vivo" dessa turma nacional de sertanejo, pop, pop/funk....

    um simulado de ao vivo
    quando eu estava com banda de evento de casamento e tinha de fazer essas modinhas, só tinha versão "ao vivo" das modinhas
    ai eu começo implicar com os gritinhos de público, depois de uma meia dúzia música todos soam iguais, mesmo sampler, mesma mixagem... é um chute isso
    =======================
    os ao vivos de bandas mais legais de hoje tem acertos de estudio, dobras, trocas de tracks.... então não curto
    ========================

    o ao vivo tem a vibe do show em si, se tem o visual junto, prefiro o dvd do show ao vivo, do que ver clips da banda

    tenho um dvd ao vivo do wakeman do viagem os centro da terra lá na década de 70, com isso tem a vibe de ver o coral, a orquestra, a tecladeira, as roupas e cabelos, da época

    também se vê e se escuta um dos moogs do wakeman estava com a tecla muda, então os solos se vê aquela tecla sendo toca e sem som, o cd de estúdio tem a nota lá, o ao vivo
    talvez se fosse hoje o solo teria sido trocado por um solo de estúdio
    =====================

    Rock and Roll all night
    eu tinha um vhs que eles contavam que a banda só deslanchou quando começou lançar LPs ao vivo, que os primeiros LPs de estúdio não decolaram, como não acompanho a banda não posso dizer muito sobre

    JJJ
    Veterano
    # 15/jan/21 13:01
    · votar


    Depende da banda.

    Led Zeppelin e Deep Purple ao vivo são interessantes, porque o arranjo costuma ser bem diferente. É uma releitura da música.

    Já Rush ao vivo... é praticamente igual ao estúdio (era uma espécie de proposta da banda mesmo). Daí só tem graça no palco, de fato. Pra ouvir a gravação do ao vivo, melhor ouvir a gravação original.

    Lelo Mig
    Membro
    # 15/jan/21 13:30 · Editado por: Lelo Mig
    · votar


    Beto Guitar Player

    Acho bastante relativo. Não concordo muito não.

    Made in Japan do Deep Purple é um momento épico.

    The Who - Live at Leeds, Kiss - Alive! (e olha que não gosto de KIss), Ramones - It's Alive; Bob Marley and the Wailers - Live!; U2 - Under a Blood Red Sky; Motörhead - No Sleep 'Til Hammersmith; Slade - Alive, Uriah Heep - Live; Jethro Tull - Bursting Out... poderia citar dezenas.

    Talvez para vocês que são de uma geração acostumados a ver os Shows em DVD, MTV e Youtube, até pode ser. Mas, na minha adolescência onde o álbum era a única forma de "sentir a emoção" do ao vivo, quando a banda conseguia capturar esse momento, era mágico.

    Ningen
    Veterano
    # 15/jan/21 14:36
    · votar


    Acho bastante relativo. Não concordo muito não.[2]

    Tem coisa mais chata que música "ao vivo" gravada?

    Tem. Os ao vivo fake rsrsrs

    Curto váaarias gravações ao vivo... passaria a semana inteira aqui escrevendo e certamente não lembraria de tudo.

    brunohardrocker
    Veterano
    # 15/jan/21 15:45
    · votar


    Quando o "ao vivo" é bem gravado, acho ótimo. Gosto de improvisos, gosto de releituras, de mudança de timbre.
    Tem algumas faixas que eu considero magras na versão de estúdio e que dão uma boa encorpada ao vivo.

    E as gravações nem precisam ser ao vivos oficiais, editados, podem ser principalmente bootlegs.

    Adoro o BBC Sessions do Led Zeppelin.

    HortaRates
    Membro
    # 15/jan/21 15:58
    · votar


    Eu acho bem relativo também. Eu gosto muito do Pulse, inclusive algumas músicas gosto mais da versão do Pulse que a versão de estúdio.

    BrotherCrow
    Membro Novato
    # 15/jan/21 16:04
    · votar


    Tem coisas que eu acho legais... tipo ver banda de um guitarrista só se virando pra reproduzir os arranjos ao vivo hehe. Um exemplo disso é o Alive in Studio A, do Bruce Dickinson. O guitarrista (Alex Dickinson) acha umas soluções interessantes pra fazer a música rolar com uma guitarra só. Não fica "melhor que o original", mas é interessante.

    E eu também tenho um respeito quando uma banda notoriamente ruim ao vivo lança um disco de show sem tentar mascarar que é ruim... tipo o NOFX hehehe.

    Ken Himura
    Veterano
    # 15/jan/21 16:08
    · votar


    Tem coisa mais chata que música "ao vivo" gravada?

    Tem. Caetano Veloso.

    Delson
    Veterano
    # 15/jan/21 16:29
    · votar


    Tem coisa mais chata que música "ao vivo" gravada?

    Tem. Tomar banho e ter quer vestir a mesma cueca.

    Rebuke
    Membro Novato
    # 15/jan/21 17:06
    · votar


    Não vejo problema. Se for ruim, não importa se é ao vivo ou em estúdio. É ruim e pronto. A Janis Joplin soa praticamente do mesmo jeito em estúdio e ao vivo. Como faz nesse caso?

    Tem o caso do Live Era do Guns'n'Roses que é tão ao vivo quanto o show da Kelly Key.

    Mauricio Luiz Bertola
    Veterano
    # 15/jan/21 19:32 · Editado por: Mauricio Luiz Bertola
    · votar


    Beto Guitar Player
    Discordo.
    Rock (e qualquer outro tipo de música), é "ao vivo" em minha opinião.
    É ali que o músico expressa sua competência e expressividade.
    Alguns dos discos que mais me emocionaram ao longo de minha vida foram os "ao vivo".
    "Seconds Out" do Genesis
    "Just one Night" do Eric Clapton
    "Made in Europe" do Deep Purple
    "Paris" do Supertramp
    "Live at the Filmore East" do Allman Brothers Band
    "Live at Leeds" do The Who
    "Sacred Fire" do Santana
    "The song Remaisn the Same" do Led Zeppelin (responsável por eu tentar aprender a tocar baixo)
    "Yesshows" do Yes
    "Live at El Mocambo" do SRV
    E a lista é grande... Daria para escrever muito aqui só com o que tenho na minha discoteca.
    Hoje em dia eu, quando escuto discos, escuto os "ao vivo".
    Abç

    entamoeba
    Membro Novato
    # 15/jan/21 20:44
    · votar


    BrotherCrow
    Um exemplo disso é o Alive in Studio A, do Bruce Dickinson.

    Entrei para citar esse disco! É o meu favorito da breve carreira solo do Bruce.

    JJJ
    Veterano
    # 16/jan/21 12:06
    · votar


    Mauricio Luiz Bertola
    The song Remaisn the Same" do Led Zeppelin (responsável por eu tentar aprender a tocar baixo)

    Ouviu a intro de Dazed and Confused e pirou no baixão... hehehe

    Mauricio Luiz Bertola
    Veterano
    # 17/jan/21 14:16
    · votar


    JJJ
    Pódiscrê!

    Beto Guitar Player
    Veterano
    # 18/jan/21 08:11 · Editado por: Beto Guitar Player
    · votar


    Gente, espera aí!
    Adoro música ao vivo, mas quando estou no show.
    O que não gosto é de ouvir música ao vivo gravada.

    Claro que existem diversas exceções. Ouvir Pink Floyd, Rush e várias bandas do mesmo nível ao vivo, é como ouvir gravações de estúdio, de tão bem feitas que são as execuções, isso eu acho muito bacana também. Sem contar várias bandas que tendem a ser melhores ao vivo que a gravação de estúdio, mas no geral, a grande maioria soa muito chata.

    Delson
    Veterano
    # 18/jan/21 09:58 · Editado por: Delson
    · votar


    Eu gosto de um monte de álbuns gravados ao vivo:

    Todos do Roupa Nova
    Scorpions - Moment of Glory e Acoustica (tem o Live in the Jungle, mas eu não gosto tanto desse)
    Tem um show do Clapton na Suíça que eu achei muito foda, esse aqui: https://www.youtube.com/watch?v=Zkktyon361E
    Ana Carolina - Dois Quartos

    Não consigo citar todos.

    Enfim, é coisa que você percebe que não tem nada de artificial, como os universitários da vida, que gravam no estúdio e simulam uma situação ao vivo. Toda semana aparece um DVD de uma dupla "Sei-lá-o-quê Viola e Fulano-de-tal", com músicas inéditas mas que a plateia toda tá cantando. Isso é, no mínimo, ridículo.

    Mauricio Luiz Bertola
    Veterano
    # 18/jan/21 10:10
    · votar


    Beto Guitar Player
    Gente, espera aí!
    Adoro música ao vivo, mas quando estou no show.
    O que não gosto é de ouvir música ao vivo gravada.

    Claro que existem diversas exceções. Ouvir Pink Floyd, Rush e várias bandas do mesmo nível ao vivo, é como ouvir gravações de estúdio, de tão bem feitas que são as execuções, isso eu acho muito bacana também. Sem contar várias bandas que tendem a ser melhores ao vivo que a gravação de estúdio, mas no geral, a grande maioria soa muito chata.

    Questão sua, e de gosto.
    Eu acho EXATAMENTE O CONTRÁRIO DISSO.
    Abç

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Tem coisa mais chata que música "ao vivo" gravada?