Retrospectiva: os 20 melhores discos de rock e heavy metal da década (2010-2019)

Autor Mensagem
Beto Guitar Player
Veterano
# 03/jan/20 18:38 · Editado por: Beto Guitar Player


Essa matéria é da Wikimetal.
Percebi como estou por fora do que anda rolando por aí, mesmo álbuns de bandas consagradas eu não parei para ouvir ultimamente.
Dessa lista, devo ter ouvido na íntegra apenas uns dois (Sabbath e Metallica)

E você? Tem o seu top 20 da década?




20. Anthrax – Worship Music (2011)
O décimo álbum de estúdio do Anthrax é o 1o. após o retorno do lendário vocalista Joey Belladonna. O processo de criação começou em 2008 e durou mais de 3 anos. O álbum chegou em #12 nas paradas americanas, a melhor posição desde o Sound Of White Noise de 1993.


19. Kiss – Monster (2012)
Monster é o vigésimo álbum de estúdio do Kiss que chegou em #3 na Billboard 200. O disco foi produzido pelo próprio Paul Stanley e por Greg Collins, que já havia produzido o álbum anterior, Sonic Boom.


18. Mastodon – Once More ‘Round The Sun (2014)
Once More ‘Round The Sun é o sexto álbum da banda e chegou em #6 nas paradas americanas. Aqui, o grupo se mostra mais maduro e consciente de seu som pesado, alternativo e poderoso.


17. Graveyard – Peace (2018)
Hard rock vindo diretamente da Suécia feito com excelência. No 5º disco de estúdio o Graveyard explora o dinamismo do garage rock com psicodelia com influências diversas indo de Thin Lizzy a Frank Zappa. Pesada, suja e forte, a produção do disco vem carregada do som dos anos 60 com um ar de novo.


16. Tool – Fear Inoculum (2019)
Longos 13 anos foram esses que separaram os fãs de Tool de um lançamento da banda e a espera valeu a pena. O rock progressivo do grupo é dissecado em 80 minutos. Cada canção traz uma faceta de Maynard James Keenan e juntas funcionam perfeitamente – uma missão difícil para um artista plural como ele.


15. Baroness – Gold & Grey (2019)
É difícil ouvir um disco do Baroness e tentar dissecá-lo. Suas diversas camadas são o grande apelo no som dos caras, mas dificulta a tentativa de rotulá-los. Talvez seja exatamente essa a intenção do grupo, afinal eles arriscam o DYI (do it yourself ou faça você mesmo) no metal. Gold & Grey é uma metamorfose constante.


14.Behemoth – The Satanist (2014)
A banda de death metal lançou em 2014 seu 10º álbum de estúdio e é a definição literal de “dar o sangue” ao trabalho. The Satanist traz em sua capa original o próprio sangue do vocalista Nergal – que trabalhou no álbum após uma difícil luta contra uma leucemia – e carrega letras emocional e artisticamente dolorosas. Behemoth enfrentou a morte e a superou de forma majestosa.


13. Stone Sour – Hydrograd (2017)
Alerta de spoiler: essa lista não inclui Slipknot. Porém, Corey Taylor não ficou de fora. Além dos trabalhos com o Slipknot, o cantor esteve com o Stone Sour intensamente criando um dos melhores discos de 2017, o Hydrograd. A evolução do grupo nesse disco é indiscutível. Nas 15 canções, Taylor e cia navegam nas mais diversas extensões de suas habilidades e entregam um disco completo – desde suas letras às suas diferentes camadas sonoras.


12. David Bowie – Blackstar (2016)
No dia 8 de janeiro de 2016, David Bowie lançou seu 25º disco da carreira. Dois dias depois, ele faleceu. Sofrendo com um câncer no fígado, o cantor se afastou no olhar público e trabalhou em sua despedida aos fãs. Blackstar é extremamente experimental nos padrões do rock e exatamente por isso é uma obra de reinvenção, provando que o gênero se desdobra em diversas formas.


11. A Perfect Circle – Eat the Elephant (2018)
Após 14 anos de espera, o A Perfect Circle retornou em 2018 de forma brilhante. Com expectativas altas, os fãs receberam um belo disco que explora as diversas facetas do grupo ao mesmo tempo que mostra a evolução artística de cada integrante.


10. Ghost – Meliora (2015)
Macabro, animado e surpreendente, Meliora traz a essência do que é o Ghost. Pesado como Metallica e refinado como ABBA, o trabalho é um espetáculo de Tobias Forge em sua melhor forma. Antes dos dramas e processos que envolveram o vocalista e seus colegas, aqui o grupo estava em perfeita sintonia.


09. Gojira – L’Enfant Sauvage (2012)
Traduzido do francês para “A Criança Selvagem”, o 5º disco do Gojira trouxe o som mais maduro do grupo. As diferentes camadas do álbum são misturadas com uma composição grandiosa que elevou os padrões do fã de Gojira. Aqui, eles ultrapassam qualquer limite e provocam quem ouve com perguntas – e talvez respostas – existenciais.


08. Deafheaven – Sunbather (2013)
Parece uma péssima ideia misturar black metal com dream pop, mas com Sunbather, o Deafheaven prova que o céu é o limite quando o assunto é música. Quando lançado em 2013, o disco marcaria apenas o segundo disco do grupo de São Francisco, mas hoje, anos depois, ele é um marco do metal e do que ele pode ser.


07. Iron Maiden – The Book Of Souls (2015)
The Book of Souls é o décimo sexto álbum de estúdio do Iron Maiden. O disco foi lançado pela Parlophone Records e é a 1a. vez que não sai pela EMI que terminou em 2013. O disco foi lançado como um álbum duplo e foi produzido por Kevin “Caveman” Shirley e Steve Harris. Assim como seu predecessor Final Frontier, de 2010, o disco chegou a #1 nas paradas inglesas. Chegou a primeiro lugar em outros 23 países, incluindo Brasil e Portugal. O disco traz a música mais longa da da discografia da Donzela de Ferro, “Empire of the Clouds”, de 19 minutos.


06. Sepultura – Machine Messiah (2017)
Machine Messiah é o décimo quarto álbum do Sepultura e o segundo álbum com o baterista Eloy Casagrande. Aqui, o grupo se aventura em temas pesados e atuais como a “robotização da sociedade”, explicou Andreas Kisser na época do lançamento. Conceitual, Machine Messiah mostra ao mundo a força brasileira.


05. Judas Priest – Firepower (2018)
Firepower é o décimo-oitavo álbum de estúdio do Judas. É o último trabalho da banda com o guitarrista Glenn Tipton, que se afastou das atividades devido ao mal de Parkinson, realizando aparições esporádicas na turnê de divulgação do disco. A produção do disco ficou a cargo de Tom Allom e Andy Sneap, que substituiu Tipton na turnê.


04. Rammstein – Rammstein (2019)
Este é o sétimo álbum de estúdio dos alemães e saiu quase 10 anos após o lançamento do anterior Liebe Ist Für Alle Da de 2009. O single “Deutschland” tornou-se a segunda música na história do Rammstein a atingir o #1 nas paradas da Alemanha.


03. Iron Maiden – The Final Frontier (2010)
O décimo quinto álbum de estúdio da Donzela de Ferro chegou a #1 nas paradas de 28 países e é o 4º disco do Iron Maiden a chegar a #1 na Inglaterra. Nos Estados Unidos, chegou a #4, a melhor posição na história. A banda ganhou ainda o Grammy de Melhor Performance de Metal por “El Dorado”.


02. Metallica – Hardwire…To Self Destruct (2016)
Hardwired… to Self-Destruct é o décimo álbum do Metallica que assim como o The Book Of Souls do Iron Maiden, foi lançado como um álbum duplo após 8 anos desde seu último, Death Magnetic em 2008. O trabalho é exatamente o que esperávamos de um lançamento de uma das maiores bandas de metal do mundo.


01. Black Sabbath – 13 (2013)
13 é o décimo nono álbum dos pais do heavy metal e o nono com Ozzy Osbourne nos vocais que não gravava um álbum de estúdio com o grupo desde Never Say Die! de 1978. A produção ficou a cargo do lendário Rick Rubin e teve o baterista Brad Wilk (Rage Against the Machine) como convidado depois que o fundador Bill Ward decidiu não participar por discordar de cláusulas do contrato. O disco foi #1 nos EUA e no Reino Unido, algo que não acontecia na Inglaterra desde Paranoid de 1970.


Julia Hardy
Veterano
# 03/jan/20 19:40
· votar


Meio fraca essa lista. Apesar do hype em torno desses discos, houveram lançamentos melhores.

Bandas como Periphery, Rival Sons, Protest The Hero, Between The Buried And Me, Avenged Sevenfold, Symphony X, Nile, Emmure, Chelsea Grin, Babymetal, Veil Of Maya, Animal As Leaders, Coheed And Cambria, Cradle Of Filth, Eclipse, Jinjer, The Faceless, After The Burial, Watchtower, Atheist, Accept, Van Halen, etc. Nem sou tão de algumas dessas bandas, mas, mesmo assim, acho que merecem a citação. Tem mais ainda.

brunohardrocker
Veterano
# 03/jan/20 21:47
· votar


Aqui tem varias dicas de lançamentos em 2019:



Lelo Mig
Membro
# 03/jan/20 22:18
· votar


Beto Guitar Player

Prá ser sincero, talvez pela primeira vez na minha vida não seria honesto em fazer um top 20, ou mesmo 10, de uma década, dado ao tão pouco material que ouvi no período. Seria leviano e desonesto de minha parte, 95% dos álbuns da década não ouvi, nem tive interesse.

A única coisa que posso "listar" seriam alguns álbuns que entre o que eu ouvi gostei:

Black Sabbath - 13 (2013), todos sabem que sou suspeito quando o assunto é Sabbath, mas achei bom prá caraio, gostei realmente do álbum.

Serj Tankian - Harakiri (2012)

Opeth - Sorceress (2016)

Opeth - Heritage (2011)

Lamb Of God - Resolution (2012)

Mastodon - The Hunter (2011)

Lunar Aurora - Hoagascht (2012)

Taake - Noregs Vaapen (2011)


Obs: Babaram tanto ovo pra aquele Greta Van Plágio... cadê os caras na lista?

entamoeba
Membro Novato
# 03/jan/20 22:23
· votar


Julia Hardy
Babymetal

A melhor!

Lelo Mig
Membro
# 03/jan/20 22:37 · Editado por: Lelo Mig
· votar


entamoeba

Não posso me conformar com um adulto que ouve babymetal e ainda se ache rockeiro.

Mais honesto se gostasse de Patati Patata ou Caravana Furacão... ou mesmo axé.

entamoeba
Membro Novato
# 03/jan/20 23:06
· votar


Lelo Mig
adulto que ouve babymetal

Eu acho que esses caras deveriam é ser monitorados pela polícia.

Julia Hardy
Veterano
# 04/jan/20 10:47
· votar


entamoeba

Lelo Mig

Goste ou não. Elas estão aí. Elas são, de certa forma, pela avalanche de bandas com mulheres vindas do Japão. Virou produto de exportação.

Lelo Mig
Membro
# 04/jan/20 11:17 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Julia Hardy

"Goste ou não. Elas estão aí."

Mas nem é questão de gostar, o produto é ridículo. Ainda que o som de fundo seja "metal pasteurizado" o trabalho nem deveria ser chamado de rock.

É infantil, bizarro e totalmente artificial. Ter um album numa lista de "melhores da década" seria ainda mais bizarro.

Se for por aí, o trabalho do Massacration é bem melhor.

BrotherCrow
Membro Novato
# 04/jan/20 11:44
· votar


Lista é foda, né? Nunca vai agradar todo mundo. Mas eu fiquei feliz de ver aí bandas relativamente novas que eu sempre recomendo aqui no Forum (Deafheaven, Mastodon, Ghost, Baroness, Behemoth) misturadas com um monte de veteranos consagrados.

Julia Hardy
Veterano
# 04/jan/20 12:00
· votar


Lelo Mig

Como eu falei. A partir delas, outras bandas estão aparecendo.

Agora, eu acho um pouco forçado colocar um disco como Monster do Kiss entre os melhores da década. Eu nem ouvi, mas, duvido que seja grande coisa. O Different Kind Of Truth do Van Halen é um dos melhores discos lançados por um medalhão e nem foi citado na llista. Eu ouvi Ghost e não entendi o oba oba. Tentei, mas, não gostei. O hype é quem dita os melhores na maioria das vezes.

brunohardrocker
Veterano
# 04/jan/20 12:46
· votar


Lelo Mig
Greta Van Plágio



Wild Bill Hickok
Membro Novato
# 04/jan/20 13:45 · Editado por: Wild Bill Hickok
· votar


Julia Hardy
Meio fraca essa lista. Apesar do hype em torno desses discos, houveram lançamentos melhores.


Pra mim o Autotheism do The Faceless é uma masterpiece, de longe valia ser mencionado, imo

Mas é aquela né, lista pra mim é igual filho: só é relevante se for de minha autoria

BrotherCrow
Membro Novato
# 04/jan/20 14:02
· votar


Claro que todo mundo vai discordar de um ou outro disco (se é pra botar Iron Maiden, Book of Souls foi melhor que Final Frontier... e eu gostaria de ver Colored Sands do Gorguts na lista), mas no geral achei decente. Ruim é a lista da Billboard que colocou três músicas do Imagine Dragons no top 3 de rock.

Julia Hardy
Eu ouvi Ghost e não entendi o oba oba. Tentei, mas, não gostei.
Quando vi o Ghost no Rock in Rio em 2013 pela tv, achei uma bosta. Só entendi qual era a deles quando saiu o Prequelle e eles deixaram um pouco de lado a imagem de black metal, que absolutamente não combina com o som. Aí me caiu a ficha: "ah, ok, é uma mistura da Mercyful Fate, Blue Oyster Cult e progressivo... com senso de humor". Quando eu saquei isso, o catálogo inteiro deles passou a fazer sentido e comecei a curtir todos os discos. Vi eles ao vivo ano passado e é um PUTA show. O hype existe, mas eles estão aí faz dez anos só crescendo (e ganhando a admiração de gente como Iron Maiden, Metallica e Dave Grohl). Se fosse só hype já tinha sumido.

Agora, se você tentou e não gostou, aí eu respeito. Só digo que pra mim também não bateu de primeira.

entamoeba
Membro Novato
# 04/jan/20 14:56
· votar


Muitas dessas bandas veteranas são (ou eram) do meu gosto. Mas não fiquei com vontade de ouvir nenhum desses discos ainda, nem o do Tool.

Agora que estou ouvindo Snakes & Arrows, do Rush. E quando cai numa música desse álbum, mudo de faixa em 30 segundos. Para mim, soa como aquelas músicas mais fracas dos álbuns, aquelas que ninguém para para ouvir.

Sinto como se a minha cota para algumas bandas estivesse preenchida. Só abrirá vaga para aquele estilo se vier algo muito bom.

Prefiro achar coisas diferentes, que me agradem por motivos diferentes. Seja lançamento, seja velharia.

BrotherCrow
Membro Novato
# 04/jan/20 15:12
· votar


entamoeba
Pra mim uma banda velha que mantém a dignidade é o Saxon. Estão ali na surdina, não aparecem muito, mas os discos são consistentemente bons. Às vezes comparo com o que o Iron Maiden lança e fico com a impressão de que o Saxon consegue fazer um disco só com músicas boas. As boas do Maiden são melhores que as do Saxon, mas os discos tem muito filler.

Julia Hardy
Veterano
# 04/jan/20 16:29
· votar


Outra banda que passou batida nesse década foi o U2. Nunca fui fã, mas, não consigo lembrar de nenhuma música que eles lançaram nesse período. Nem tenho vontade de conhecer.

JJJ
Veterano
# 04/jan/20 16:34 · Editado por: JJJ
· votar


Lelo Mig
Seria leviano e desonesto de minha parte, 95% dos álbuns da década não ouvi, nem tive interesse.

Seria leviano e desonesto de minha parte também, já que 100% dos álbuns da década não ouvi, nem tive interesse.

Mas, como dizia Paulo Francis: "se eu não conheço, não presta”.

BrotherCrow
Membro Novato
# 04/jan/20 17:59 · Editado por: BrotherCrow
· votar


Já que não estou com nada pra fazer hoje, vou fazer a minha lista aqui. Não tem ordem e não vou botar mais de um de cada artista.
Deafheaven - Sunbather
Ghost - Meliora
Baroness - Purple
Mastodon - Once More Round the Sun
Protest the Hero - Fortress
Gorguts - Colored Sands
Judas Priest - Firepower
Dillinger Escape Plan - One of Us Is the Killer
Zeal and Ardor - Stranger Fruit
Idles - Joy As An Act of Rebellion
Behemoth - The Satanist
Sunn - Monoliths and Dimensions
Daughters - You Won't Get What You Want
Faith No More - Sol Invictus
Steven Wilson -The Raven That Refused To Sing
Metallica - Hardwired...
Megadeth - Dystopia
Tribulation - Down Below
Deftones - Koi No Yokan
Horrendous - Idol

Beto Guitar Player
Veterano
# 06/jan/20 08:19
· votar


JJJ
Lelo Mig

Pois é, eu devo estar na faixa dos 98%. Nem tenho uma lista de álbuns ouvidos nessa década para postar aqui. Mas vou aproveitar as dicas aqui para dar uma atenção, pois, mesmo na lista da Wikimetal, tem coisas que ouvi meio por cima e achei interessante.

Acho que vale à pena dar uma conferida.

Julia Hardy
Veterano
# 06/jan/20 09:47
· votar


Só fica ouvindo Led Zeppelin e Rolling Stones quem quer

sandroguiraldo
Veterano
# 06/jan/20 10:07
· votar


Lelo Mig
Caravana Furacão

Carreta Furacão por favor.

JJJ
Veterano
# 06/jan/20 11:57
· votar


Julia Hardy
Só fica ouvindo Led Zeppelin e Rolling Stones quem quer

Precisamente.

Eu.

BrotherCrow
Membro Novato
# 06/jan/20 12:07
· votar


Julia Hardy
Só fica ouvindo Led Zeppelin e Rolling Stones quem quer
E aí vem reclamar que o rock morreu hehehe.

JJJ
Veterano
# 06/jan/20 12:21
· votar


BrotherCrow
E aí vem reclamar que o rock morreu hehehe.

Precisamente, de novo.

DuBarzinho
Membro Novato
# 06/jan/20 12:45
· votar


Nada contra o intervalo escolhido, más vocês sacam que a década se conta de 2011 à 2021 né?

BrotherCrow
Membro Novato
# 06/jan/20 13:00
· votar


DuBarzinho
Nada contra o intervalo escolhido, más vocês sacam que a década se conta de 2011 à 2021 né?
Mais ou menos. Quando eu penso em anos 80, eu penso em 1980 até 1989. Entendo o que você está falando: ok, não existe ano zero, mas culturalmente a contagem das datas sempre foi feita a partir do ano "redondo". Perco a conta de quantas vezes vi em documentários que o Woodstock e a missão à Lua em 69 marcaram o fim dos anos 60.
https://www.cnn.com/2019/12/21/us/when-does-the-decade-end-begin-trnd/ index.html
tl;dr: tanto faz.

Julia Hardy
Veterano
# 06/jan/20 13:24
· votar


BrotherCrow
JJJ

Eu não reclamo. Só não acho que a música, especialmente o rock, acabou em 1976 como algumas pessoas. Mas, aí é direito de cada um pensar assim.

Lelo Mig
Membro
# 06/jan/20 13:31 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Julia Hardy

Não acabou nem morreu Julinha.

Tanto é que ainda gosto de algumas coisas "mais novas" como Mastodon, Lamb of God, Opeth e alguns da cena black metal.

Mas, ao contrário do que pensam alguns jovens, não é questão de se fechar para o mais novo. O ruim de ficar mais velho é que quase nada mais te surpreende, quase nada realmente tem sabor de novo.

"Novo" no rock, quase sempre é como café requentado... mesma coisa só que pior. Tipo Greta Van Zep.

BrotherCrow
Membro Novato
# 06/jan/20 14:03
· votar


Lelo Mig
O problema é que se inovar demais deixa de ser rock.

Mas, ao contrário do que pensam alguns jovens, não é questão de se fechar para o mais novo. O ruim de ficar mais velho é que quase nada mais te surpreende, quase nada realmente tem sabor de novo.
Verdade. Isso vale não só pra música. Pra quase tudo, na verdade.

Pra mim rock é tipo jazz. Ouço as coisas velhas e boas; se aparece uma banda nova que parece as velhas, ouço se for boa; se aparece uma banda nova que soa inovadora, minha boa vontade aumenta exponencialmente; mas se inovar demais, vira outra coisa completamente, e aí eu posso gostar ou não.

Aliás, um disco de rock de veteranos que eu gostei pra caralho foi o retorno do Stray Cats. E eles já eram retrô quando começaram 40 anos atrás!

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Retrospectiva: os 20 melhores discos de rock e heavy metal da década (2010-2019)