Aula Sobre Harmonização Modal

    Autor Mensagem
    Jabijirous
    Veterano
    # 21/set/19 21:57


    Depois do vídeo de 3 dicas sobre modalismo, agora entra a aula sobre harmonização modal!!!
    Espero que gostem!!!



    Synth-Men
    Veterano
    # 23/set/19 12:02
    · votar


    Opa!
    Boa tarde meu caro!
    Vou ver o vídeo agora, mas já tenho pergunta a fazer:

    As pessoas falam muito em tocar ou não modal e nada sai. Falam em tocar tonal com empréstimo modal e mistura as bolas todas.

    1 - Por exemplo: Se eu tocar em cima do campo harmônico do modo dórico: DÓ, RÉ, MIb, FA, SOL, LA, SIb / Cm7, Dm7, Eb7M, F7, Gm7, Am7(5b), Bb7M

    Se eu tocar a escala dórica em cima deste campo harmônico, estou tocando modal?

    2 - E se eu tocar uma harmonia tonal e solar modal?

    3 - E se eu tocar uma harmonia modal e solar tonal?

    LeandroP
    Moderador
    # 23/set/19 18:04
    · votar


    Jabijirous

    Muito bom!

    Jabijirous
    Veterano
    # 24/set/19 02:30
    · votar


    Synth-Men

    Belas perguntas, meu caro amigo!!!

    A primeira coisa que eu falo é cuidado com escalas de acorde. Muita gente acha que escala de acorde, ou tocar um modo óbvio sobre um acorde, é sistema modal e não é. Escala de acorde é uma coisa, sistema modal é outra. Sistema modal é você pensar puramente modal, ou seja, harmonia + escala do modo. O que a gente vê muito por aí é harmonia tonal + escala tonal começando pela fundamental do acorde do momento, ou seja, em um simples II V I, que é uma cadência tonal, você pensar em dórico no II, mixo no V e Jônio no I não é sistema modal, é simplesmente uma forma de você pensar na mesma escala (escala maior) começando pela fundamental do acorde do momento, Veja, fundamental e não tônica, pois são duas coisas diferentes.

    Vamos a sua primeira pergunta

    1 - Por exemplo: Se eu tocar em cima do campo harmônico do modo dórico: DÓ, RÉ, MIb, FA, SOL, LA, SIb / Cm7, Dm7, Eb7M, F7, Gm7, Am7(5b), Bb7M

    Se eu tocar a escala dórica em cima deste campo harmônico, estou tocando modal?


    Vou te responder com várias perguntas, você vai tocar a escala dórica em qual progressão? Como é uma progressão dórica? O que vai caracterizar uma progressão dórica?

    Veja, o sistema tonal precisa de uma tônica, o modalismo também. Entender os modos naturais é o primeiro passo para depois fazer harmonizações como essa
    https://www.instagram.com/p/B2uhKbipVLR/

    Ou seja, cada acorde um modo! Modo diatônico, pois poderia usar modos alterados também.

    Respondendo a segunda pergunta

    2 - E se eu tocar uma harmonia tonal e solar modal?

    Cansei de fazer isso aqui nas jams. Vamos pegar a simples progressão C7M Am7 Dm7 G7.
    O que TODO MUNDO diz para você é o seguinte, em C7M tu usa jônio, em Am7 eólio, Dm7 dórico e G7 Mixolídio. Cara, isso é simplesmente a escala de dó maior começando com a fundamental do acorde, não são tônicas, até pq o tom é dó e não lá eólio ou ré dórico.
    Contudo se você tocar dó lídio no C7M, Am7 tocar lá lócrio, Dm7 ré frígio e G7 sol mixo b13. Aí você já está começando a causar algo. Apesar da sua harmonia ser fortemente tonal, seu solo ou improviso terá uma sonoridade bem diferenciada, em palavras de leigo será uma sonoridade feia, estranha. Isso pq a harmonia diz um caminho e você quer levar para outro.
    Pensar modalmente não é pensar em clichês tonal, vide a harmonização que postei no instagram.

    Respondendo a sua pergunta

    3 - E se eu tocar uma harmonia modal e solar tonal?

    Aí meu caro, isso vai depender de uma série de fatores. Primeiro, o sistema tonal é baseado em uma escala maior e uma escala menor (menor harmônica). Isso por causa da sensível. O modalismo possui 4 escalas menores (dórico, frígio, eólio e lócrio) e 3 maiores (jônio, lídio e mixolídio).

    O primeiro fator vai ser a sua harmonia. Como ela vai ser? Vamos supor uma progressão em ré mixolídio: D Am C G. Aí você quer solar tonalmente, e como seria? Seria pensando em ré maior ou sol maior? Se for ré maior vai dar ruim, pois tem dois acordes que não fazem parte de ré maior, Am e C. Aí você pensa em sol maior, e adivinha? Vai soar tonal? Vai soar sol maior? A resposta é não, pq sua harmonia está girando sobre a tônica ré e não sol. Experimenta tocar a escala de sol maior sobre essa progressão e experimenta tocar ré mixo no D, lá dórico no Am, dó lídio no C e sol jônio no G, você vai perceber que não vai ter diferença nenhuma, vai ser a boa e velha escala de sol maior, porém vai soar diferente de sol pq a harmonia, apesar de estar com acordes da escala de sol maior, está com a tônica no ré. Veja, estou falando de tônica, nota principal da escala, que irá gerar o campo harmônico.

    O primeiro equívoco é pensar no modo como uma escala gerada a partir de outra escala. Olha a confusão, bicho!!! Pq não pegar o modo mixo (como exemplo) e pensar nele como uma escala + campo harmônico com cadências?
    As pessoas fazem isso com o modo jônio e eólio e nem sabem, isso que é doído!

    Espero não ter embaralhado mais o assunto hehehehe

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Aula Sobre Harmonização Modal