As funções harmonicas das notas na escala menor são as mesmas da escala maior?

    Autor Mensagem
    leticiariel.oficial
    Membro Novato
    # 08/jun/19 20:47


    Eu não sei se esse é o nome certo.
    Bem, pegando o exemplo de dó maior temos:
    I - Tônica
    II - Supertônica
    III - Mediante
    IV - Subdominante
    (...)

    Só que isso é na escala maior.
    Como ficaria para a escala menor de lá, por exemplo? Da mesma maneira?
    Estou tentando achar a resposta no google, mas só falam sobre a escala maior.

    Lelo Mig
    Membro
    # 08/jun/19 21:15
    · votar


    leticiariel.oficial

    Não entendi direito sua pergunta e acho que você esta fazendo confusão no que quer dizer com "função harmonica da nota na escala".

    Um acorde maior é formado pela Fundamental (tônica) a terça maior e a quinta justa. Conhecido como tríade maior.

    O menor pela Fundamental, terça menor e quinta justa.

    Ou seja, ambos pelas 1, 3 e 5 da escala maior ou menor.

    A escala menor de Lá, é: lá, si, dó, ré, mi, fá, sol e lá.
    Então a tríade menor de Lá é: lá, dó, mi.

    Repare que a escala de lá menor é relativa a de dó maior, só que a tríade maior de dó é dó, mi, sol.

    É isso que quer saber?

    leticiariel.oficial
    Membro Novato
    # 08/jun/19 23:38
    · votar


    Não, eu queria saber qual a "sensação" de cada nota/grau da escala de lá menor.

    leticiariel.oficial
    Membro Novato
    # 08/jun/19 23:41
    · votar


    Perceba que não me refiro às funções dos acordes do campo harmônico de lá menor, mas sim às funções das notas.
    No final é pra apenas saber as notas evitadas.

    LeandroP
    Moderador
    # 10/jun/19 06:26
    · votar


    leticiariel.oficial

    É a mesma coisa pra escala menor, e não se trata de função harmônica, pois a harmonia é a combinação de sons simultâneos. Seria função melódica.

    HortaRates
    Membro
    # 10/jun/19 11:17
    · votar


    leticiariel.oficial
    Você entende de inglês? É muito mais fácil achar conteúdo sobre isso em inglês. Tem um canal no YouTube que eu gosto bastante que chama "12tone", e ele tem um vídeo sobre isso. Procure por "funcional harmony minor scale" que você vai achar.

    leticiariel.oficial
    Membro Novato
    # 10/jun/19 13:55
    · votar


    LeandroP
    e não se trata de função harmônica, pois a harmonia é a combinação de sons simultâneos. Seria função melódica.
    obrigada, é muito difícil achar conteúdo sobre isso. E quando acho as informações ficam confusas e até contraditórias.

    É a mesma coisa pra escala menor
    o sétimo grau que muda, não é? Por estar à um tom de distância do primeiro grau, passa a se chamar subtônica.

    leticiariel.oficial
    Membro Novato
    # 10/jun/19 13:56 · Editado por: leticiariel.oficial
    · votar


    HortaRates
    É muito mais fácil achar conteúdo sobre isso em inglês.
    não sei nem como não pensei nisso antes, obrigada.

    E obrigada também pela recomendação do canal, ajudou bastante. \o/

    LeandroP
    Moderador
    # 10/jun/19 14:03
    · votar


    leticiariel.oficial
    obrigada, é muito difícil achar conteúdo sobre isso. E quando acho as informações ficam confusas e até contraditórias.

    Sim! Não é fácil mesmo!

    o sétimo grau que muda, não é? Por estar à um tom de distância do primeiro grau, passa a se chamar subtônica.


    Você pode chamar de subtônica sem problema algum.

    Você está afim de estudar "notas evitadas", é isso?

    Pense nas notas evitadas como aquelas que formam um intervalo de segunda menor sobre qualquer grau da tríade. Por exemplo, sobre uma tríade maior, podemos encarar o intervalo de 4a justa como nota evitada, pois ele semitona com a 3a maior da tríade. O mesmo não acontece com a tríade menor, pois a 4a justa está a um tom da 3a menor.

    No caso das 7as as coisas são diferentes, pois as 7as costumam entrar na formação da tétrade pelo processo de empilhamento de terças. Eu nunca me apeguei a este assunto, pois nunca vi utilidade prática nisso. Como sou autodidata, se houver utilidade prática me passou despercebido. Talvez até por isso a falta de material acerca do assunto.

    O nosso colega makumbator pode ser mais certeiro neste assunto.

    leticiariel.oficial
    Membro Novato
    # 10/jun/19 14:13
    · votar


    LeandroP

    Você está afim de estudar "notas evitadas", é isso?


    Exatamente.
    Os poucos vídeos que falam sobre isso no Youtube da vontade até de chorar com as dúvidas que chovem.
    Porém obrigada mesmo, eu estou bem iniciante no assunto e você está me ajudando a esclarecer muitas dessas dúvidas.


    Eu nunca me apeguei a este assunto, pois nunca vi utilidade prática nisso.
    Bom, a utilidade que achei é corrigir as músicas que fiz sem ter conhecimento algum de teoria, só que tudo depende do que a música pede, é complicado.

    Dizem que é bom também para o improviso.

    Bom, eu só quero corrigir minhas músicas.

    acabaramosnicks
    Membro Novato
    # 10/jun/19 14:37
    · votar


    leticiariel.oficial
    Eu lembro que vc tinha postado algumas composições suas por aqui há algum tempo. Que bom que vc continua persistindo, e fico feliz em saber que está indo atrás de conhecimento além de simplesmente sair tocando. Não que não se deva tocar, muito pelo contrário, mas na maior parte das vezes só tocar é pouco. Tem algumas exceções, mas como o termo sugere, são exceções, nós, meros mortais, precisamos estudar (pelo menos um pouco) pra saber o que está fazendo e fazer direito. Isso se chama competência, profissionalismo, algo que costuma faltar no brasileiro.

    leticiariel.oficial
    Membro Novato
    # 10/jun/19 20:28
    · votar


    acabaramosnicks


    Eu lembro que vc tinha postado algumas composições suas por aqui há algum tempo. Que bom que vc continua persistindo
    mano não me diga uma coisa dessa, como que você se lembra dessa vergonha.
    Bom, pelo menos resultou na criação da minha vergonha na cara e na vontade de deixar de ser medíocre, se é que dava pra chamar aquilo de nível médio, mas ok kk obrigada pelas palavras :)

    Não que não se deva tocar, muito pelo contrário, mas na maior parte das vezes só tocar é pouco. Tem algumas exceções, mas como o termo sugere, são exceções
    E acredito que essas exceções possuem alguém que tenha o conhecimento necessário por elas.


    nós, meros mortais, precisamos estudar (pelo menos um pouco) pra saber o que está fazendo e fazer direito. Isso se chama competência, profissionalismo, algo que costuma faltar no brasileiro.
    Infelizmente eu demorei minha adolescência inteira para entender o quanto um pouco de esforço pode nos diferenciar da maioria.
    Mas fico feliz por não ter sido tarde e por ter percebido.
    Tem gente que nunca vai perceber isso.
    E ao mesmo tempo é triste pensar que eu já poderia estar muito foda no violão se tivesse estudado nas muitas horas vagas que tive.
    Bom, pelo menos agora eu tenho mais uma lição para cantar.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a As funções harmonicas das notas na escala menor são as mesmas da escala maior?