Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      O metal virou uma grande piada?

      Autor Mensagem
      entamoeba
      Membro Novato
      # 28/jun/18 00:23


      O que acontece com uma arte que não é levada a sério? Ela mantém sua razão de ser? Mantém seu sentido?

      Compartilho da opinião de que jogos/artes têm que ser levados a sério, caso contrário, perdem seu sentido. Imagine se você marca uma partida de futebol com seus amigos e, em seu decorrer, os times começam a fazer gols contra de propósito, dentre outras práticas que aniquilam as convenções do jogo. Seria frustrante, não?

      Ao meu ver, algo semelhante acontece quando o metal começa a rir de si mesmo, aniquilando o significado dos signos dos quais faz uso. De repente, a postura de palco vira uma piada, a atitude vira uma piada, o próprio som vira uma piada.



      Frog Leap Studios tem 2,6 milhões de inscritos
      Rob Scallon tem 1,4 milhões de inscritos

      JJJ
      Veterano
      # 28/jun/18 07:48
      · votar


      Massacration manda um alô.

      JJJ
      Veterano
      # 28/jun/18 07:52
      · votar


      Ah... gostei da versão aí dos caras...

      Gabezorx
      Membro Novato
      # 28/jun/18 08:37
      · votar


      E quando foi sério? Hair metal e Spinal Tap mandam um salve ...

      Buja
      Veterano
      # 28/jun/18 08:48
      · votar


      Ja conheco esse canal faz tempo, o Flog LeapStudios.

      Esse cara é um animal !!! Ele nao faz so palhaçada. É um studio mesmo.
      Os timbres que ele consegue fazer são absurdos de bons, e até a palhaçada dele sai bem feita.

      Mas acontece que esse movimento ta ficando chato no youtube mesmo.
      O ser humano no geral, está se emburrecendo, e poucos sao os que gostam de seriedade.

      A maioria gosta de ver video de palhaçada, besteirol, circo ambulante. Instagram ta ai pra provar....

      Entao se o cara quer ter views (e views = dinheiro), ele tem que meter palhaçada no meio do que faz de serio.

      Olha ai o MauricioAlabama.
      Sempre achei ele um chatildo sem causa.

      Mas dei uma chance e me inscrevi no canal dele. Todo video era:
      "Botei corda de pipa na guitarra"
      "Botei corda de varal na guitarra"
      "Botei fio de energia na guitarra"
      "Botei corda de rapel na guitarra"

      E assim ia.....puro besteirol.
      Mas o trabalho dele é serio. Ele é instrutor, reconhecido, e dos bons.
      Mas para o cara sair quadradinho do bairro dele, e dar caras para o brasil, ele tem que fazer "merda"....com Alabamaaaa!!!

      Infelizmente é assim....

      É por isso que
      Frog Leap Studios tem 2,6 milhões de inscritos
      Rob Scallon tem 1,4 milhões de inscritos


      E um montão de outros tem essas cifras ai tambem.

      Nao sei se voce conhece, mas tem o canal do poligonaltas e canais parecidos...Falam de ciencia, astronomia....

      Os caras são serios...nao tem besteirol.
      É um dos poucos canais que eu conheco que tem uma cifra elevada de seguidores....assim como o Avioes e Musicas e o Manual do Mundo.

      Porem, sequer passam perto dos canais de besteira. Sequer passam perto!

      Se eles quiserem ir muito mais longe, eles hora ou outra, vao acabar tendo que baixar o nivel e fazer palhaçada (e duvido que queiram se prestar a isso).

      Mas a verdade é essa....

      Filippo14
      Veterano
      # 28/jun/18 09:04
      · votar


      Buja

      Engraçado isso né? Nem sou metaleiro, mas é triste ver um estilo ficando tão tosco já que aparentemente existem milhões de pessoas que se interessam pelo som (numero de views desses canais mais cômicos), mas que não se interessam por bandas e artistas que trazem um trab mais serio, complicado...

      Buja
      Veterano
      # 28/jun/18 09:17
      · votar


      É triste ver isso...

      Mas nao digo pelo estilo.
      O metal ta ai fazendo muita coisa seria.

      O triste é ver a massa se emburrecendo...o mundo ta indo pro buraco...a vaca ta indo pro brejo.

      A geração que ta vindo ai, virá com muito mais informação, e muito mais burra =(

      JJJ
      Veterano
      # 28/jun/18 10:01 · Editado por: JJJ
      · votar


      Porra, pessoal... A música tá do cacete e o som mais ainda, a voz da garota é absurda de boa, bem tocado, a mixagem excelente. E a composição original é foda, né? rs

      Ou seja: palhaçadas à parte, o vídeo é ótimo. Fechem os olhos e pronto.

      Andras
      Veterano
      # 28/jun/18 10:19
      · votar


      Não considero isso "metal não se levando a sério e saindo de suas origens e conceitos", porque os covers dele são "rock tentando ser metal", ou "como seria essa música se fosse mais próxima do metal".

      Seria "metal não se levando a sério e saindo de suas origens e conceitos" se fosse "metal tentando ser outra coisa", como os "new metal" e "cores" da vida que tentam "ser um metal mais acessível, mais leve, que não seja só porrada, só agressão, que não deem dor de cabeça pros mais fracos".

      E New Metal morreu. Core já chegou numa fase que atende somente a um nicho específico, e com sorte vai morrer. Então, não me preocupo.

      Daniel_Bx
      Membro Novato
      # 28/jun/18 10:30
      · votar


      "De repente, a postura de palco vira uma piada, a atitude vira uma piada"

      Isso aí já é piada desde que os anos 80 acabaram. O que importa nunca foi esse visual romantizado que se criou da música, o importante foi sempre o som que fizeram, nada mais. Por mim o que mata o metal mesmo são os [alguma coisa]core, que puxa o som o mais próximo possível do pop.

      Buja
      Veterano
      # 28/jun/18 10:57
      · votar


      Pessoal mistura as coisas.
      Metal é uma coisa. Core é outra. Não os vejo juntos de forma alguma.

      Os dois usam distorcao, letras agressivas, vocal arregaçante.

      Mas quem junta Stratovarius, Iron Maiden, Nirvana, Linkin Park, Anthrax e Animals as Leaders no mesmo nicho é leigo.

      Coisa de quem nunca se aprofundou em estilos mais pesados...coisa da minha mãe. Pra ela tudo é metal.

      Pra mim são coisas absolutamente opostas.
      Um não tem nada a ver com outro.

      Tanto longe quando Tonico & Tinoco está do Wesley Safadão.
      E pra quem só ouve metal, Tonico & Tinoco e Wesley Safadão são sertanejo.

      Tem um oceano bem gigantesco dentro de cada estilo, que daria até pra chamar de outra coisa...

      Andras
      Veterano
      # 28/jun/18 11:19
      · votar


      Buja

      Pessoal mistura as coisas.

      Pessoal não. A Indústria Musical, a Mídia, as Enciclopédias, etc. Até "sites especializados", que em teoria não são influenciados pelas vendas/capitalismo/modinhas consideram.

      Cores são considerados Metal sim, é uma realidade, triste, mas...

      Só quem não aceita isso é o pessoal "oldschol/rootz", que, ironicamente, são pra alguns "o motivo do metal ser considerado uma piada" ou "a maior piada do metal".

      entamoeba
      Membro Novato
      # 28/jun/18 14:48
      · votar


      Acho que fui mal interpretado. Minha culpa.

      Para que fique claro, nada contra o cover ou contra a moça que está cantando. Me refiro a essa modinha de fazer caras caricatas, sem se levar a sério, em uma espécie de deboche à atitude do músico de metal.

      Acho que a estética do metal tem algo em comum com o gangsta rap. O rapper quer parecer um sujeito perigoso, envolvido com gangues (e muitas vezes é, de fato). No metal, as aparências também são pouco amistosas, ainda que com intuitos diferentes. Há vertentes em que os sujeitos parecem a prole do capeta, que fazem as freiras mudarem de calçada, enquanto outros preferem posar de fodidos que tem pouco a perder.

      Mas aí veio esse milênio. Hoje, qualquer cantor sertanejo tem os braços cobertos de tatuagem e a barba igual a do Kerry King. Tudo que era um refúgio estético passou a ter potencial para ser a próxima moda.

      Até a atitude de um gênero pouco amistoso para principiantes passou a ser motivo de piada. Teremos decretado a morte dessas estéticas?

      Gabezorx
      Hair metal e Spinal Tap mandam um salve ...

      Hair metal tem sua estética própria. Pelo menos, é essa a impressão que eu tenho. Ele é efeminado, como uma espécie de "bicha má" do metal.

      Buja
      Veterano
      # 28/jun/18 15:06
      · votar


      Ele é efeminado, como uma espécie de "bicha má" do metal.



      kkkkkkk ri alto aqui kkkkkkk


      Teremos decretado a morte dessas estéticas?


      Esses esteriótipos vem mudando com o tempo.

      Antes o sertanejo que era sempre um velho de chapeu da roça, foi se transformando num velho cheio de correntes de ouro e relojões, mas ainda com chapeu...e hoje o sertanejo é um cara limpo, polido, com tatuagem e camaro amarelo.

      O funkero do furação 2000, bonde do tigrão, eram morenos com cabelo preto normal, e calças largas....alguns black power.

      Hoje o funkero raramente tem um cabelo da "cor normal". É verde, rosa, azul, com oculos espelhado amarelo, e fala com a boca torta e a voz como se tivesse entalado com uma bucha de fumo....

      O metal tambem mudou e bastante.
      É so ver como o James Hetfield era no inicio do Metallica e como é hoje.
      O Bruce Dickinson era antes e como é hoje.

      Esses esteriótipos vao mudando com o tempo, inevitavelmente.

      Mas uma coisa é certa:
      De todos os estilos, o metal é o mais conservador que há

      Gabezorx
      Membro Novato
      # 28/jun/18 17:35
      · votar


      entamoeba
      Mano, concordo com o ponto de vista do Buja, do jeito que estamos hj em dia o máximo que pode acontecer é outro Dado Dolabella da vida dizer prum João Gordo que ele "traiu o movimento". Que movimento? Que cena metal?

      BrotherCrow
      Membro Novato
      # 28/jun/18 18:03
      · votar


      Sempre houve metal sério e metal piada. Sempre houve público pros dois. E o pessoal que leva o metal a sério demais fez mais estrago pro gênero do que o pessoal que faz chacota.

      Não gosto de Frog Leap Studios, acho o Jared Dines um bosta e não tenho nem muita paciência com o Rob Chapman. Mas deixa eles fazerem o que querem, se dá público. Tem que pagar as contas, né? Ninguém é obrigado a assistir.

      Rob Scallon é outra história. O cara é MUITO talentoso.

      xmarhunterx
      Membro Novato
      # 28/jun/18 18:36
      · votar


      isso...

      Mas nao digo pelo estilo.
      O metal ta ai fazendo muita coisa seria.

      O triste é ver a massa se emburrecendo...o mundo ta indo pro buraco...a vaca ta indo pro brejo.

      A geração que ta vindo ai, virá com muito mais informação, e muito mais burra =(

      Lelo Mig devolve a senha do Buja

      fernando tecladista
      Veterano
      # 28/jun/18 23:35
      · votar


      Gostei compartilhei e já ouvi outras versões

      Gosto quando a versão aoa original e faz o original parecer versão
      Se eu nunca tivesse ouvido a original pensaria que seira a original e meu ouvido não aceitaria a outra
      Dificil isso acontecer, versões geralmente soam forçadas algo não encaixa não é o caso desta
      Não suporto ver por exemplo canal BIS com seus programas de versões matando as músicas

      Outra
      musica de alguma forma tem que transmitir alegria, pra quem toca e pra que escuta se eu quisesse raiva, ligava na TV senado

      Essa coisa de endeusar um estilo só mata um estilo, fanaticos bitolados com cara de nojinho para um virgula que se mexej na música

      Se a música não inovar ela morre
      Mataram a música clássica, mataram o rock, mataram a MPB da época da bossa com do Tom Jobim, do Vinicius. ... fora outros estilos e bandas que já estão com a pá de cal na cara,

      beatles é a proxima da fila, qualquer visão diferente que se faça dessa banda já vem uma pancada de cara de c* falar que que não era pra ter feito aquilo na música, nem um violão e voz passa sem crítica... e nessa voce engaveta e vai tocar outra coisa

      Buja
      Veterano
      # 29/jun/18 08:21
      · votar


      Lelo Mig devolve a senha do Buja

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      To ficando tiozão mermo...aqui na vida real todo mundo ja falou isso, agora, até no forum hahaha

      entamoeba
      Membro Novato
      # 29/jun/18 08:49
      · votar


      Vejam bem, quando digo "levar a sério" não me refiro a agir como um babaca intolerante que respira aquilo. Levar a sério é não deturpar o significado da arte, é não arruinar os signos estabelecidos.

      Buja
      Esses esteriótipos vem mudando com o tempo.

      É verdade. A linguagem se transforma, algumas vezes, evolui. Porém, em outros casos, ela é aniquilada, perde sentido, torna-se incapaz de comunicar. Talvez algumas linguagens sejam incapazes de se adaptar aos novos tempos.

      Daniel_Bx
      o importante foi sempre o som que fizeram, nada mais.

      Engano seu. O som sempre esteve associado a uma atitude, impregnada no imaginário do público, do contrário, a música jamais teria a relevância que tem (ou teve).

      BrotherCrow
      Jared Dines um bosta [...] Rob Scallon é outra história.

      Você não vai acreditar se eu te disser que, até agora, achava que os dois eram a mesma pessoa. Além da semelhança física, que agora noto que nem é tanta, vale ressaltar que nunca gravei os nomes deles.

      fernando tecladista
      Essa coisa de endeusar um estilo só mata um estilo

      Adoro versões. Mas, como disse lá em cima, não me fiz entender. A crítica não era ao cover, mas às caras que o sujeito faz. São esses trejeitos debochados que estão na moda.

      xmarhunterx
      Lelo Mig devolve a senha do Buja

      kkkkkkkkkkk

      Singles
      Membro Novato
      # 29/jun/18 09:11
      · votar


      O heavy metal classico ja eh considerado um estilo meio fora de moda pelos jovens, acredito q existam sim bandas q levam a serio mas ficam com pouco publico e sao pouco incentivadas, da mesma forma tambem acho q nao tem como se insistir na mesma formula sem buscar inovaçoes como o tal do djent, afinal os anos 80 ja vao fazer 40 anos..

      BrotherCrow
      Membro Novato
      # 29/jun/18 10:26
      · votar


      entamoeba
      Acho que até agora não entendi o que você quis dizer. Você tá falando de respeitar o metal pela relevância dele pra música? Ou levar a sério a temática? Ou levar a sério o fato de eles se levarem a sério?

      Considerando que tradicionalmente letra de metal é sobre fantasia medieval, ficção científica e romantização de temas históricos, acho que um meio termo seria levar o metal a sério do mesmo jeito que algumas pessoas levam a sério super-heróis de quadrinhos.

      Tem gente que vai levar o metal a sério simplesmente porque assim é mais fácil apreciar a música. Pega uma banda tipo Sunn, vestindo robes negros no palco e recitando um poema sobre a gênesis de um novo mundo, com uma voz super grave e um drone pesadaço tocando no fundo. Ou você vê como piada ou você suspende a descrença e leva a sério por uns minutos porque a música é mais satisfatória com um pouco de imersão.

      Será que é mais ou menos aí que você quer chegar? Metal não é sério, mas escancarar a falta de seriedade vai azedar o rolê?

      BrotherCrow
      Membro Novato
      # 29/jun/18 10:30
      · votar


      E o Rob Scallon faz piada mas também toca e compõe muito bem:


      Buja
      Veterano
      # 29/jun/18 11:17
      · votar


      O metal é um estilo um tanto engraçado pra quem ve de fora.

      Imagina os vocais....nao importa o estilo, thrash metal, heavy metal, djent, ou o que for....o vocal é sempre engraçado...
      Ou é uma voz agudíssima, afeminada e estridente...lembrando uma mulher tpmosa histerica, ou é um arroto de boi zumbi do diabo...
      As vezes pode ser um ganso se enforçando (nao é Dave Mustaine?!) ...

      Bateria nao tem muito mistério....é so fazer som de helicoptero...
      tu.ru.ru.ru.ru.ru.ru.ru.ru.ru.ru.ru.ru.ru.ru.ru.ru.ru.ru.ru.ru.ru.

      Pra dar uma variada, um som de helicoptero falhando...
      tu.ru.ru.ru.ru...........ru.ru.............ru..........ru.ru.ru.ru.... .........ru.ru.

      As letras então vão desde deboche ao presidente dos estados usados, até a fadas e duendes te recebendo nos portões de valhalla....
      passando por guerras, zumbis, e festas no inferno...

      Sabendo fazer palhetadas alternadas, abafar cordas graves e sweep de pentatonicas....já é um gedi da guitarra metal.

      Variações podem ocorrer....de quem nao sabe fazer nada disso, mas é guitarrista de metal (não é Kirk Hammet?!)

      No fim o metal em si, não é la um genero muito serio nao...é até bem engraçado no final....mas eu curto demais!



      Porem, nao acho que é dessa seriedade que o entamoeba ta falando.

      Normalmente, o metaleiro nao acha o metal nada engraçado.
      É pra ser uma atitude extremamente raivosa, excentrica, é de odio a tudo e a todos...o desejo de vender a alma ao capeta logo....e assim vai.

      Quem toca metal, leva a serio.
      Ninguem que se preze cria uma banda de metal, pra colocar uma bolinha vermelha no nariz e sair fazendo piruetas como palhaço.

      Nem os youtubers que fazem isso desejam de fato fazer isso (é o que eu penso)

      Será que aquele garoto, SteveT, que so faz video de palhaçada, aprendeu a tocar daquele jeito insano levando tudo na zuação?!

      Logico que nao....esses caras so fazem isso por ibope....

      O Kiko Loureiro pode se dar ao luxo de criar um canal serio voltado a guitarra metal...ele é so guitarrista do Megadeth, com uma carreira solo consolidada, e mega reconhecido no mundo.

      Alguma coisa tem que dar grana...se o Rob Scallon nao é famoso numa banda, é famoso no youtube....é um jeito de ganhar.

      entamoeba
      Membro Novato
      # 29/jun/18 11:54 · Editado por: entamoeba
      · votar


      Gabezorx
      o máximo que pode acontecer é outro Dado Dolabella da vida dizer prum João Gordo que ele "traiu o movimento". Que movimento? Que cena metal?

      Não existe um movimento, só uma estética. É essa estética que está sendo "traída".

      BrotherCrow
      Acho que até agora não entendi o que você quis dizer. Você tá falando de respeitar o metal pela relevância dele pra música? Ou levar a sério a temática? Ou levar a sério o fato de eles se levarem a sério?

      Não estou querendo blindar o metal de críticas, só acho que hoje as "críticas" têm mais audiência, na forma de deboche, do que gente comprometida com a estética que produz.

      É como um fã de filmes de terror notar que não fazem mais filmes de terror para produzir medo, só fazem comédias de terror, como "Todo mundo em pânico". A razão de ser do terror é produzir medo. Se as pessoas não sentirem medo, os signos do terror perderam o sentido.

      A questão é: estamos em um mundo no qual as pessoas não são mais sensíveis ao medo? Estamos em um mundo em que as pessoas riem do medo? O medo ainda é algo que tem espaço na estética contemporânea ou podemos engavetá-lo?

      O metal também se vale do medo, como se vale de outros elementos estéticos (falo deles quando relaciono os intuitos estéticos, na resposta ao Buja, logo abaixo).

      Buja
      Normalmente, o metaleiro nao acha o metal nada engraçado.

      Pois é. Em cada subgênero existe um intuito.

      Os "satanistas" agem como a contracultura de uma sociedade fundada em valores cristãos; os "punks" agem contra a repressão política; os "medievais" resgatam valores estéticos heroicos; os "existencialistas" examinam a condição existencial humana; os "hedonistas" reagem às repressões relativas ao uso de drogas e às liberdades sexuais etc.

      Sempre há a provocação ou a exaltação de valores e isso é levado a sério. Para tal, adota-se uma atitude estética (vestuário, peso das guitarras, canto gutural, expressões faciais, postura de palco, modo de dar entrevistas, logo da banda etc.) . O que o cara do vídeo faz é uma sátira da atitude estética daqueles que "posam de mal" ou de "crias do tinhoso".

      Buja
      Veterano
      # 29/jun/18 12:01 · Editado por: Buja
      · votar


      O que o cara do vídeo faz é uma sátira da atitude estética daqueles que "posam de mal" ou de "crias do tinhoso".

      É exatamente isso que eles estão fazendo....uma sátira descarada ao estilo e a posição...

      Porem, nao acho que fazem porque pensam assim mesmo...

      Nao é possivel que qualquer guitarrista aprenda a tocar bem uma guitarra distorcida, debochando do estilo.
      O cara teve q

      Buja
      Veterano
      # 29/jun/18 12:08 · Editado por: Buja
      · votar


      ue se dedicar, e muito.

      Aprender sweeps não é pra qualquer um. Tem gente que passa a vida e já até se conformou que nao vai conseguir virar um virtuose (tipo eu rs).

      Prum yotuber desses que faz satiras ao movimento, conseguir tocar desse jeito, é porque o cara super curte metal, e leva a serio....mas faz isso pelos views.

      Tanto que pra alguem debochar e satirizar, ele deveria ser uma pessoa obviamente nao-curtinte do metal.

      Seria muito facil ver um carinha no estilo do Justin Bieber ou um rapper da vida, pelo estilo, roupa, linguajar....satirizar o metal.

      Mas esse cara nao conseguiria botar uma guita 8 cordas no colo e tocar insanamente desse jeito. Seria mesmo com o intuito de deboque....



      Acredito mesmo que hoje, os zuadores do metal, tem o metal correndo bem vivo nas suas veias....

      So acharam um jeito de ser reconhecidos de forma diferente....
      O mundo todo curte uma zueira....vamos zuar entao. Fazer o que?!

      Ficar no quarto subindo e descendo escalas esperando ser visto, é o que nao vai rolar....
      Montar banda pra tocar 4 vezes no ano, em festivais de 200 pessoas....é o que nao vai rolar...

      Dar play numa camera, fazendo videos "If 50 Cent was metal..." ou "Michael Jackson meets metal"....dar 2,6 milhoes de inscritos....ué...vamo nessa kkkk

      Gabezorx
      Membro Novato
      # 29/jun/18 12:22
      · votar


      Metal is the law
      The law is the metal
      Metal the law is!

      BrotherCrow
      Membro Novato
      # 29/jun/18 12:23
      · votar


      Sempre houve humor no metal. A coisa meio "tongue in cheek" que a gente via em bandas como Type O Negative, e vê hoje em bandas como Ghost. Tem espaço pra isso e, mais importante, dá pra fazer música boa ironizando a pose do metal.

      Outro exemplo que me veio é o Pain of Salvation, que no geral é uma banda super séria, engajada até, mas em alguns momentos usou humor como forma de crítica (principalmente na época do Scarsick).

      Julia Hardy
      Veterano
      # 29/jun/18 15:04
      · votar


      O metal virou uma grande piada?

      O que não virou piada na música?



      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a O metal virou uma grande piada?

      306.267 tópicos 7.905.146 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital