Megadeth - Fatal Illusion, primeiro single com o Kiko Loureiro

Autor Mensagem
Rachmaninoff
Veterano
# out/15


Sou um grande fã do Kiko e do Megadeth, mas achei esse som chato bagarai. Mais uma música do sargento Mustaine, com a mesma pegada dos outros álbuns que ele já vinha fazendo, nada de novo. O Kiko, pelo visto, está só obedecendo, não fez nada de diferente.

É inevitável comparar com os dias do Friedman... dias que não voltam mais. Blá blá blá, mais lamentos, mais reclamações... sou fã do Megadeth das antigas e pronto, não curto essa parada aí.

Já ouviram?



Wuju Wu Yi
Membro Novato
# out/15
· votar


É. achei que não tem nada de "Kiko" no som. mas o negócio ficou massa pra quem curte esse estilo em específico. Gostei mais do começo.

eu curto mesmo é Pantera.

makumbator
Veterano
# out/15
· votar


Rachmaninoff

Também sou fã do antigo Megadeth (Rust in peace foi um dos primeiros LPs de metal que comprei). Assim como você, prefiro mil vezes o material dos álbuns antigos (tenho toda a coleção). Não sei como esse novo álbum vai soar em sua totalidade, mas me parece mais do mesmo dos últimos anos. Dos cinco últimos só curto mesmo o Endgame.

brunohardrocker
Veterano
# out/15
· votar


Não entendo quando as pessoas esperam algo novo e ao mesmo tempo mantém o saudosismo dos tempos dourados.

Não vejo necessidade em comparar a música. Ela em si pra mim está dentro do normal. Nada de extraordinário. E acho que temos que aceitar que a criatividade tem um ciclo.

makumbator
Veterano
# out/15 · Editado por: makumbator
· votar


brunohardrocker
Não entendo quando as pessoas esperam algo novo e ao mesmo tempo mantém o saudosismo dos tempos dourados.


Na verdade eu não espero algo novo. No caso do Megadeth eu ficaria satisfeito com mais do mesmo, desde que bem feito como no passado.

Ela em si pra mim está dentro do normal. Nada de extraordinário.

Pra mim ela também é ok. Mas tenho saudade dos bons tempos, fazer o quê? Hahah!

acho que temos que aceitar que a criatividade tem um ciclo.

Claro. O ciclo podia começar no primeiro álbum e terminar no último! Heheh!

De Ros
Veterano
# out/15
· votar


Sonzaço!!!

renatocaster
Moderador
# out/15
· votar


Cara, eu curti, e na minha opinião tem coisa aí nesse som que tem a mão do Kiko Loureiro sim. Nada muito gritante ou com muito destaque, mas que tem, tem.

Sobre o saudosismo da época do Friedman, eu entendo. A verdade é que o Friedman sempre foi um ponto fora da curva no metal. Era o único guitarrista que conseguia soar diferente de todos os outros, e isso para repor é complicado, talvez possamos até dizer que é praticamente impossível.

Cup Noodles
Veterano
# out/15
· votar


Megadeth sempre foi uma de minhas bandas favoritas... então tirando o Risk, eu sempre curto pelo menos um pouco do CD..
Acho que essa música não vai ser um grande clássico da banda.. mas ainda sim é um puta som.

Espero que as demais músicas do CD sejam desse nível pra cima!
Gostei do som!

Calime
Veterano
# out/15
· votar


Nada inovador nesse som, mas tá legal, mto bem feito e executado. Gostei.

BrotherCrow
Membro Novato
# out/15
· votar


Bom, é Megadeth. A impressão que eu tenho é de que eles receberam tantas críticas quando tentaram mudar o som que agora só fazem mais do mesmo. Eles acharam uma fórmula que sempre vai ter público, e não vão desviar muito disso. Vão continuar no piloto automático enquanto der.

Os primeiros albuns (até o Rust in Peace) são excelentes. O Countdown to Extinction e o Youthanasia deixaram o som mais acessível pro mainstream, mas eram ótimos discos (Youthanasia pra mim é tão bom quanto Rust in Peace, apenas diferente). O Cryptic Writings deu uma guinada pro comercial, que desandou de vez com o Risk. Depois disso, eles tentaram voltar ao metal e lá pelo United Abominations já tinham achado uma receita de bolo. Acho pouco provável se arriscarem com algo inovador no futuro próximo.

Buja
Veterano
# out/15
· votar


Eu acho o megadeth uma banda unica. Curto demais. Tambem, os albuns mais antigos claro. Mas parei de curtir depois do United Abominations. Depois desse album, so umas poucas musicas que curto.

O kiko é outro que curto demais da conta. Se eu ficar aqui falando vou gastar as teclas do teclado todas.

Mas....essa musica ai, ahh neemmm, nao achei nada demais. Nao me prendeu nem um pouco.
Apesar de eu curtir muito o album The System has Failed, e esta musica pra mais puxando pra aquele album, esta ficou sem vida, sem criatividade, ou seja, uma musiquinha bem sem sal. Ta mais pra aquele prato de alface de entrada.
Tomara que as proximas sejam a picanha que tanto se espera.

Wuju Wu Yi
Membro Novato
# out/15
· votar


renatocaster
A verdade é que o Friedman sempre foi um ponto fora da curva no metal. Era o único guitarrista que conseguia soar diferente de todos os outros

Oloco cara. Dimebag mandou um salve. hehehe

makumbator
Veterano
# out/15
· votar


Wuju Wu Yi

Oloco cara. Dimebag mandou um salve. hehehe

O Dimebag era ótimo, mas dentro do que se espera de um (grande) guitarrista de metal. O Friedman era e é muito mais fora do esquema, expectativa e maneirismos do metal. Basta ouvir seus discos solos pós Megadeth pra atestar isso.

Wuju Wu Yi
Membro Novato
# out/15
· votar


makumbator
O Dimebag era ótimo, mas dentro do que se espera de um (grande) guitarrista de metal.

Porque as aspas? Rsrs. Dimebag foi o guitarrista mais diferenciado em todo o metal na minha opinião. Inclusive penso que o Pantera deixa o trio do treash comendo poeira. Dentros dos meus gostos.

O Friedman é bacana. Mas tem outros que rivalizam em estilo com ele, como Vinnie Moore, Malmsteen, e esse pessoal da guitarra instrumental em geral. Becker, Michael Lee Firkins, Richie kotzen, e toda essa galera.

Agora não conheço nenhum guitarrista que teve a linguagem (em solos especialmente, mas ele foi também um exímio criador de riffs) que ele teve no Metal. Talvez o próprio Friedman seja o único que assemelhe-se ligeiramente a linguagem dele. Além de que, penso que se ele tivesse interesse por fazer coisas fora do Metal, poderia fazer coisas muito interessantes.

Mas tenho expectativas de estar errado. Se conhece outros guitarristas similares ao Dimebag, posta ai cara, por favor. hahaha

Mas não nego que o Friedman é um guitarrista bem amplo e também com estilo um estilo relativamente único.

renatocaster
Moderador
# out/15
· votar


makumbator

O Dimebag era ótimo, mas dentro do que se espera de um (grande) guitarrista de metal. O Friedman era e é muito mais fora do esquema, expectativa e maneirismos do metal.

Exatamente isso que eu quis dizer. Quando falei que o Friedman era um ponto fora da curva, foi para tentar explicar isso, e não para dizer que ele é melhor que um ou outro. Enfim, o objetivo não era entrar no mérito da comparação, como o nosso amigo Wuju Wu Yi parece querer fazer.

Insufferable Bear
Membro
# out/15 · Editado por: Insufferable Bear
· votar


"é normal", "é ok", "não é ruim, mas nada demais"

não é o tipo de reação que uma banda de metal dessas devia causar, o negócio tá feio, acabem logo com esses zumbis

nunca vi o Friedman abusar e desgastar tanto a pentatônica como é típico do pessoal do thrash, ele era ponto fora da curva mesmo

Arimoxinga
Veterano
# out/15 · Editado por: Arimoxinga
· votar


Tá massa a música velho! No estilo da banda
Banda que se consagrou com um determinado estilo não muda, e quando muda os fans geralmente criticam até a morte!


Ps: Me lembrou muito Slayer a estrutura, riffs e solos

--------------

Só me pergunto, essa safra de grandes bandas e mitos do Metal, está envelhecida e morrendo, o que será que virá? pq se for bandas no estilo

avenged seven (alguma coisa)
ask alexandria & e companhia limitiada!

vai ser complicado, tem excelentes bandas por ai.... será que a ascensão delas virá com a queda destas? tipo uma reposição de material? como uma obturação dentária? dai teremos mais do mesmo com um ar "novo"??

kkkk vish viajei pra caralho agora....

makumbator
Veterano
# out/15 · Editado por: makumbator
· votar


Wuju Wu Yi
Porque as aspas? Rsrs. Dimebag foi o guitarrista mais diferenciado em todo o metal na minha opinião. Inclusive penso que o Pantera deixa o trio do treash comendo poeira. Dentros dos meus gostos.

Pra mim a diferença é que o Friedman é um (ótimo) músico que tocou metal durante um tempo da vida/carreira, enquanto o Dimebag era um (ótimo) músico de metal. É como se o Dimebag fosse "restrito" ao metal, enquanto o Marty sempre me pareceu um cara além de um estilo.

Mas não tem nada errado no camarada ser ligado ao um único estilo musical durante a vida. Só me parece que o Friedman é mais completo como músico. Difícil explicar. Não é desmerecendo o Dimebag não (sou fã do Pantera desde que comprei o LP Vulgar display of power, lá no início dos anos 90). Só acho o Friedman mais singular que boa parte dos guitarristas ligados ao metal.


O Friedman é bacana. Mas tem outros que rivalizam em estilo com ele, como Vinnie Moore, Malmsteen, e esse pessoal da guitarra instrumental em geral. Becker, Michael Lee Firkins, Richie kotzen, e toda essa galera.

Não sei. Acho que Malmsteen, Moore e esse pessoal parecido não é da mesma turma do Marty (é como se ele não tivesse turma, fosse sempre um cara meio outsider no metal). Ele é mais músico e menos guitarrista (me perdoem por essa frase um tanto preconceituosa...).

Calime
Veterano
# out/15
· votar


Wuju Wu Yi

Kra, acho que vc está equivocado. o Marty é sim um kra bemmm diferenciado. Dimebag é diferenciado, e ponto. Analise sem olhos de fã e com critério o estilo de cada um e enxergará isso facilmente.

Calime
Veterano
# out/15
· votar


Outra: que vibe essa de comprar Kotzen, Malmmsten, Becker e Friedmamn...meu, acho que estás chapado, rs....

Wuju Wu Yi
Membro Novato
# out/15
· votar


renatocaster
makumbator
Calime

Calma galera. rsrs Eu não estou fazendo competição. Apenas fiquei com uma coceira no ouvido por se falar em guitarrista diferenciado (em um tópico de Metal) e não citarem o Dimebag. rsrs

Não estou diminuindo o Friedman de forma alguma. Alias, eu preciso conhecer mais do trabalho dele, especialmente o solo. O pouco que conheci passou-me a impressão que descrevi (meio parecido com os outros caras lá), mas reconheço que conheço pouco. E o que eu ouvi do Megadeth eu gostei, mas não tanto como o que ouvi no Pantera (provavelmente porque meu estilo preferido dentro do Metal é o Groove Metal, o que obviamente já deixa minha opinião virada para este lado), Mas, eu também gosto bastante de Megadeth. Não estou entrando no ambito de quem é melhor. Apenas afirmando meu gosto. rsrs

Tornei-me fan do Dime sim, estava pensando até em criar um tópico para discutir sobre o estilo dele, e sobre Groove Metal esses dias. então posso estar um pouco tendencioso sim, perdoem-me.

Em relação ao Friedman, vou buscar me inteirar mais em relação ao trabalho dele. eu já tinha ouvido falar muito bem dele, e a propaganda de vocês é um impulso a mais. rs

Wuju Wu Yi
Membro Novato
# out/15
· votar


Curti bastante o começo da música, porque é bem Groove. rsrs

makumbator
Veterano
# out/15 · Editado por: makumbator
· votar


Wuju Wu Yi
O pouco que conheci passou-me a impressão que descrevi (meio parecido com os outros caras lá), mas reconheço que conheço pouco

Você deve ter escutado apenas o primeiro disco solo dele e o trabalho no Cacophony (com o Jason Becker). Esses são mais na praia neo-clássico. Os posteriores não tem praticamente nada de metal, principalmente o "Introduction", de 1994, e "Scenes, de 1992, "que são ótimos discos de guitarrista sem parecerem aquele clichê de disco de guitarrista (gosto especialmente do Introduction):

https://www.youtube.com/watch?v=o3lalJy6ZAU

https://www.youtube.com/watch?v=modayTg2VB0&list=PLE06BE66922A46C01

-Dan
Veterano
# out/15
· votar


faltou vocalista. Como tudo do Megadeth

Wuju Wu Yi
Membro Novato
# out/15 · Editado por: Wuju Wu Yi
· votar


makumbator

ouvi aqui o Introduction. legal cara. da pra reconhecer ele facilmente pelos bends. rsrs

deu pra entender também porque os japoneses gostam dele. ele tem uns tipos melódicos que lembram algumas músicas de lá.

obrigado por ter postado.

megiddo
Membro
# out/15
· votar


makumbator
Pra mim a diferença é que o Friedman é um (ótimo) músico que tocou metal durante um tempo da vida/carreira, enquanto o Dimebag era um (ótimo) músico de metal.

Verdade, mas o Friedman é o melhor entre os dois em ambas as situações.

Wuju Wu Yi
Membro Novato
# out/15
· votar


megiddo

Isso ai é pessoal. Para mim o Dimebag é muitíssimo superior no metal. No meu gosto.

veja bem, como falei antes, eu não tinha intenção de fazer comparação. mas já que tu forçou. rsrs

Wuju Wu Yi
Membro Novato
# out/15
· votar


Mas não faz sentido comparar os dois. Fans de thrash metal vão achar que o friedman é melhor, e assim por diante. Da perspectiva de quem curte Groove como eu, não tem como o friedman superar o dime. alias, ninguém supera.

renatocaster
Moderador
# out/15
· votar


Wuju Wu Yi

Mas não faz sentido comparar os dois.

Mas ninguém tava comparando mesmo, vc que veio com esse papo de Dimebag x Friedman.

Da perspectiva de quem curte Groove como eu, não tem como o friedman superar o dime.

...e continua comparando....

Wuju Wu Yi
Membro Novato
# out/15
· votar


renatocaster
Negativo. Eu apenas citei o dimebag porque tu falou que o friedman é o Único guitarrista diferenciado no metal. o que claramente não é verdade. não tem como falar de guitarrista diferenciado sem o dimebag vir a mente.

E só continuei o assunto porque o megido Afirmou que o friedman é melhor que ele no metal e fora dele. Isso sim foi uma comparação.

Se tu analisar minha resposta, apenas disse que no meu gosto o Dime é melhor. Dentro dos meus parâmetros.

Qual o problema?

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Megadeth - Fatal Illusion, primeiro single com o Kiko Loureiro