Roberto Leal - Grande músico da terinha.

    Autor Mensagem
    Julia Hardy
    Veterano
    # mar/14














    Ismah
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    Muitos não gostam deste Luso, mas amam Mamonas, sendo que ele foi uma das inspirações e cedeu músicas que se tornaram sucessos na versão da banda...

    Lelo Mig
    Membro
    # mar/14
    · votar


    Julia Hardy

    A Julia ultimamente esta se especializando no Glitter/Brega 80´s....kkkk

    Nada contra, nem é critica, mas me lembra um batera que toquei por muitos anos (muito bom por sinal) que era colecionador desta safra e chegou a pagar verdadeiras fortunas em vinis de coisas como Fofão e Sérgio Mallandro.

    Júlia um clássico de presente prá ti.........com carinho:



    MMI
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    Julia Hardy

    "Ai cachopa, se tu queres ser bonita, arrebita, arrebita, arrebita"... kkkk

    O Roberto Leal é um português que imigrou para o Brasil e despontou no Chacrinha. Ele continua na ativa, na virada do ano vi que ele tinha shows em casas portuguesas aqui em São Paulo, parece que este mês ele participa de um cruzeiro pela costa brasileira. É curioso que aqui no Brasil ele é chamado de português, mas em Portugal ele é chamado de brasileiro.

    É uma pena que aqui no Brasil ele seja taxado de brega, somos muito fechados ao que o mundo produz e não seja sucesso nos EUA, até mesmo a nossa própria produção cultural. Recentemente estive em Portugal e vi como é comum por lá se escutar músicas brasileiras e de outros países, mesmo nas rádios. Diga-se de passagem, esta música era um enorme sucesso por lá, uma pena que os portugueses por aqui não fazem sucesso nem nas padarias.

    Julia Hardy
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    Lelo Mig

    Eu fiz um tópico sobre o Tokyo. Só eu devo conhecer aquilo lá. Sobre o Menudos, sem comentários.

    MMI

    Rio muito com as músicas dele. Sou uma tonta. Mas, ele é um cantor popular de verdade, diferente de outros.

    fernando tecladista
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    gosto de ouvir as músicas dele
    lembro de pequeno ele estava sempre nos programas de TV

    parece que brasileiro não gosta do sotaque portugues, eu gosto de ouvir artistas portugueses
    como o madredeus
    http://www.youtube.com/watch?v=6b-RehmqZUE

    http://www.youtube.com/watch?v=hhxti4nFTdc

    Ismah
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    Julia Hardy

    Nem vi o tópico, mas tá valendo... A primeira banda do SUPLA... Bom somos dois que conhecem-na rs

    Lelo Mig
    Membro
    # mar/14
    · votar


    Julia Hardy
    Ismah

    "Eu fiz um tópico sobre o Tokyo. Só eu devo conhecer aquilo lá..."

    "Bom somos dois que conhecem-na rs..."


    Talvez, na idade de vocês, sejam poucos.... Mas na minha não. O Tokyo teve um relativo sucesso nos 80´s, frequentava os programas de TV e as Hit Parades das rádios. Tinha trâmite no mainstream, tanto é que a Nina Hagen, participa em garota de Berlin.

    Só não "decolaram" feito outras bandas da época, porque eram Pop datado demais, quase uma caricatura, porque o Supla era um cover do Billy Idol, tirando qualquer autênticidade que a banda poderia ter, e por último, porque o Eduardo Bidlovski saiu após o primeiro álbum e ele era a cabeça por trás da banda, virou produtor, e produziu nada menos que Afrociberdelia do Chico Science & Nação Zumbi.

    Ismah
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    Lelo Mig

    Putz, mais um que me diz isso kkk

    Julia Hardy
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    Ismah

    É nozes!

    Lelo Mig

    Até hoje, eu não sei se o Supla se leva a sério ou não. Mas, o Tokyo era legal. Ainda tiveram a moral de gravar um som com o Cauby Peixoto.haha

    Aqui uma entrevista com o guitarrista que você falou:



    Lelo Mig
    Membro
    # mar/14
    · votar


    Julia Hardy

    "Até hoje, eu não sei se o Supla se leva a sério ou não..."

    Também não saberia te dizer.........houve um tempo em que suas caras e bocas de "mau", eram "meio sérias"....com o tempo ele foi amadurecendo e rindo de si mesmo.

    Conversei com ele uma vez.....ainda no final dos 80.......gente boa!

    MMI
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    Lelo Mig
    Julia Hardy

    Até hoje, eu não sei se o Supla se leva a sério ou não.

    Não se iludam não... Não só o Supla, como os irmãos "Brothers of Brazil" levam a coisa bem a sério, a coisa é profissional. Ambos estudaram música nos EUA, um conhecido meu estudou com o Supla lá na gringa. E ambos já gravaram com caras do primeiro time da música brasileira, inclusive gente muito séria como o Roberto Menescal (o João, no caso).

    A questão é que são filhos de políticos muito influentes, além de serem da família Matarazzo. O Supla foi esquecido, sumiu, até o Marcos Mion eleger o cara nos "Piores Clipes do Mundo" e disse que o clipe dele era uma obra prima do trash. Tudo bem, dali a coisa virou uma caricatura, uma palhaçada séria. Mas é sério. kkkkkk

    No Tokyo teve o Marcelo Zarvos. Esse cara é bom...

    Julia Hardy
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    MMI

    É mais pela postura dele. Ele sempre se cercou de bons músicos. O Dr Sin gravou o primeiro disco com ele.

    Sobre ser de família abonada, muita gente da geração 80 também o é. Mas, por algum motivo, sempre pegaram mais no pé do Supla por isso. O Cazuza era filho de dono de gravadora, a maioria das bandas de Brasília eram de filhos de diplomata, o Sérgio Britto(tecladista careca do Titãs)é filho de um ex-governador de SP etc. Mas, ninguém fala.

    MMI
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    Julia Hardy

    Sim, a postura dele ficou muito mais para um lado meio comediante trash. Mas o pior é que o negócio é sério. Palhaçada também é negócio. Aquele programa onde as moças ficam num reality para ser a namorada dele é um dos programas mais trash que já inventaram....

    A questão de pegarem no pé do Supla (de Suplicy) é que ele usa seu sobrenome do pai famoso, Senador desde 1991, que é um dos fundadores do PT e um dos políticos mais influentes e famosos do país, tanto que já disputou prévias para presidente da república. A família Matarazzo foi talvez a família mais rica e influente do Brasil, em São Paulo existe bairro, existiu mansões na Paulista, fábricas, hospital tudo levando o nome da família. O senador é dono herdeiro da Suplicy Cafés. A mãe, Marta, é de outra família tradicional, dos barões de Vasconcelos, fez sucesso como sexóloga na TV Globo, depois deputada, ministra, prefeita de São Paulo, senadora. Então veja, o Cazuza era "só" filho de um dono de gravadora, o Sérgio Britto é filho de Almino Afonso, um político que teve sua importância, foi exilado, voltou, mas garanto que hoje em dia a maioria das pessoas nem sabem mais quem é. Quero dizer com isso que ambos nem se comparam com o Supla na hora de mostrar o pedigree... kkkk

    Julia Hardy
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    MMI

    Tudo gente endinheirada.haha Não vejo diferença, não. Enfim...

    Ismah
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    Julia Hardy

    A diferença está na fama/ibope

    MMI

    Por acaso escolheu o termo "pedigree" por causa das estampas de animais que ele usa? kkkk

    Amago
    Membro Novato
    # 01/mai/17 21:17 · Editado por: Amago
    · votar


    E realmente

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Roberto Leal - Grande músico da terinha.