Os compassos: qual o efeito na música?

Autor Mensagem
patti
Veterano
# jul/07


Gente,

Olás. Eu estou estudando os compassos e tem uma dúvida que não quer calar: porque as músicas são escritas em compassos diferentes? Assim: qual a razão que leva uma música a ser escrita em 4/4, 3/4/, 2/4, etc.....

Teoricamente, eu entendo a diferença entre um compasso binário, ternário, quaternário e os outros, mas qual o resultado disso na música. Se eu quiser "transformar" uma música que está em 4/4 em 2/4, o que acontece com ela?

Agradeço pela atenção e se alguém souber a resposta e puder e ajudar, agradeço denovo.

Patty

Dogs2
Veterano
# jul/07 · Editado por: Dogs2
· votar


patti
Se eu quiser "transformar" uma música que está em 4/4 em 2/4, o que acontece com ela?

Do 2/4 pro 4/4?
Na prática, nada.

Os compassos são para a organização do pensamento do músico.
Tenta transpor uma música 3/4 num compasso 4/4. Você vai ver como é mais difícil de tocar hahaha

Eu infelizmente não sei a definição de "compasso", mas uma coisa é certo: são pequenos fragmentos temporais que dão uma idéia de repetição.
Quando você ouve uma valsa (compassos 3/4), a música fica "dando voltas" ao seu estado original quando chega no terceiro tempo de cada um. Então, sabe-se por audição que o compasso é 3/4.

Rodrigo_Iron
Veterano
# jul/07
· votar


patti
Teoricamente, eu entendo a diferença entre um compasso binário, ternário, quaternário e os outros, mas qual o resultado disso na música. Se eu quiser "transformar" uma música que está em 4/4 em 2/4, o que acontece com ela?

De 2/4 pra 4/4 nada

Porém entre um ternário e um quaternário(ou binário) há uma diferença na acentuação

Enquanto um ternário a acentuação é assim

TA ta ta | TA ta ta | TA ta ta || (TA=tempo forte;ta=tempo fraco)

Fica um ritmo de dança e talz

Agora um quaternário fica

TA ta Ta ta | TA ta Ta ta | TA ta Ta ta || (TA=tempo forte;Ta=meio forte;ta=fraco)

Há uma diferença na musica muito grande, agora entre um 2/4 ou mu 4/4 realmetne nao muda nada na prática

Eduardo.Santos
Veterano
# jul/07
· votar


Compasso 2/2 = 1 tempo forte outro fraco
3/4 = 1 forte e 2 fracos

4/4 = 1º forte, 3º meio forte 2ºe4º fracos

Eduardo.Santos
Veterano
# jul/07
· votar


ocorre quando se faz a silabada da letra de acordo com os versos (métrica de poesia)

Jabijirous
Veterano
# jul/07
· votar


Do 2/4 pro 4/4?
Na prática, nada.

De 2/4 pra 4/4 nada


PELO AMOR DE DEUS

claro que tem senao tudo seria 4/4, pega um samba e toca em 4/4, tu nao vai conseguir o feeling mesmo, é tudo questao de acentuação, é como pegar 3/8 e 3/4 e falar que é a mesma coisa, nao é mesmo!!!

james_the_bronson
Veterano
# jul/07
· votar


claro que tem [ 2 ]

Além disso acho que não exite essa de "meio forte" no quaternário. Porque não é forte em termos de força ou dinâmica. É apenas uma batida mais forte e outra/s mais fraca/s. Então meio-forte é mais forte do que a/s fraca/s, logo contaria como tempo forte, o que sugere um compasso binário e não quaternário...

Snakepit
Veterano
# jul/07
· votar


A maneira mais facil de entender um compasso eh ver o Guitar Pro funcionando.

Se voce nao, consegue ele de uma vez.

Ken Himura
Veterano
# jul/07
· votar


Se eu quiser "transformar" uma música que está em 4/4 em 2/4, o que acontece com ela?
Vai mudar toda a métrica da música, ela vai ter acentos onde provavelmente não deveria ter e, também é provável que ela fique mais destacada.

Do 2/4 pro 4/4?
Na prática, nada.

Como disse o Jabijirous, claro que muda! Pega uma marcha militar e toca em 4/4 respeitando a métrica dele. Ou pega uma música de Liszt ou Paganini em 2/4 e muda pra 4/4 pra você ver. Claro que não pode ser pelo computador. Tem que ser alguém tocando.

kiki
Moderador
# jul/07
· votar


essa diferença está no modo como se interpreta a marcação do tempo. no caso de um 4/4 e um 2/4, um músico pode interpretar de maneira diferente os acentos. mas como disseram os nossos colegas, um músico que entende, e está acostumado com isso, vai interpretar diferente.
para um músico iniciante, pode não ficar tão claro essa diferença. matematicamente falando, é quase igual. mas a marcação do ritmo ocorre em função dos compassos.

no caso do 3/4, é bem diferente, pois ele não é multiplo dos outros. a ritmo meio de "dança" que disseram acima, é de valsa. é o ritmo típico de musica em 3 tempos.

um jeito interessante de notar isso é a diferença do 3/4 para o 6/8. matematicamente são a mesma coisa, é só multiplicar por dois.
mas o 3/3 se marca só o primeiro tempo (Tum tá tá), e o 6/8 se marca o primeiro e o quarto (TumtátáTumtátá). parece uma música de 2 tempos com tercinas.

Jabijirous
Veterano
# jul/07
· votar


muita gente acha que 3/4 é valsa, nao é nao, 3/4 nao é valsa, a valsa que é 3/4 pega scherzo que é 3/4 assim como o minueto.

Minow
Veterano
# jul/07 · Editado por: Minow
· votar


james_the_bronson
Além disso acho que não exite essa de "meio forte" no quaternário. Porque não é forte em termos de força ou dinâmica. É apenas uma batida mais forte e outra/s mais fraca/s. Então meio-forte é mais forte do que a/s fraca/s, logo contaria como tempo forte, o que sugere um compasso binário e não quaternário...

Na verdade é mais do que 'uma batida forte e outra fraca', em teoria é a acentuação original é assim mesmo, o 'forte' e 'fraco' são os nomes dados as acentuações.

Binário: F f
Ternário: F f f
Quaternário: F f f f OU F f mf f

Dogs2
Veterano
# jul/07
· votar


Ken Himura
Jabijirous
Repito: na prática não dá em nada mudar.
A acentuação muda, mas se encaixa perfeitamente um 4/4 um 8/8. É matemático.
Vocês tão levando em conta detalhes que eu não levei. Eu tô analisando o encaixe do compasso, não a acentuação do tempo.

james_the_bronson
Veterano
# jul/07
· votar


Minow
Na verdade é mais do que 'uma batida forte e outra fraca', em teoria é a acentuação original é assim mesmo, o 'forte' e 'fraco' são os nomes dados as acentuações.

Binário: F f
Ternário: F f f
Quaternário: F f f f OU F f mf f


Sim cara, mas acho que não tem a ver com dinâmica, é apenas uma diferenciação. Exemplo: Se você tocar o primeiro tempo com uma força menor ( o que seria entendido como "mf" ) ele ainda assim seria mais forte que os outros tempos, o que é a proposta e já basta para sacar o compasso. O que, na minh opinião, leva a entender o "mf" do 4/4, como sendo um tempo forte ( simplesmente por ser "algo mais forte do que os outros tempos fracos )...

james_the_bronson
Veterano
# jul/07
· votar


Dogs2

Ué, mas aí encaixa um 6/8 num 2/4, ou num 4/4 também. Só vai virar quiáltera...

Dogs2
Veterano
# jul/07 · Editado por: Dogs2
· votar


james_the_bronson
ahiuahauhua ah, mudando as figuras de tempo até meu pau de óculos se encaixa num pentagrama ahaha

makumbator
Veterano
# jul/07
· votar


Dogs2

ahiuahauhua ah, mudando as figuras de tempo até meu pau de óculos se encaixa num pentagrama ahaha


o meu não encaixa em qualquer compasso não, devido ao tamanho preciso de no mínimo um compasso de 30/8..heheheh

james_the_bronson
Veterano
# jul/07
· votar


Dogs2

Ué, mas você não queria apenas o lado matemático???

E se não pode mudar figura de tempo, por que poderia mudar figura de compasso ( uma mínima no 2/4 que viraria uma semibreve )???

Dogs2
Veterano
# jul/07 · Editado por: Dogs2
· votar


makumbator
o meu não encaixa em qualquer compasso não, devido ao tamanho preciso de no mínimo um compasso de 30/8..heheheh

iauahauhaua, só uns 300/-2,4353

james_the_bronson

E se não pode mudar figura de tempo, por que poderia mudar figura de compasso ( uma mínima no 2/4 que viraria uma semibreve )???


Porque ela tá analisando figura de compasso.

james_the_bronson
Veterano
# jul/07
· votar


Dogs2
Porque ela tá analisando figura de compasso.


Como isso???

Como separar assim???

Dogs2
Veterano
# jul/07
· votar


james_the_bronson
Num separamos nada, apenas focamos no compasso.

james_the_bronson
Veterano
# jul/07
· votar


patti
Se eu quiser "transformar" uma música que está em 4/4 em 2/4, o que acontece com ela?

Do 2/4 pro 4/4?
Na prática, nada.


¬¬ ...

Dogs2
Veterano
# jul/07 · Editado por: Dogs2
· votar


james_the_bronson
Cara, experimenta pegar uma composição inteira e mudar de 4/4 pra 8/8 sem mexer em nenhuma figura de tempo. Me diz se mudou alguma coisa no som dela.
Compassos 4/4 e 8/8 tem a diferença da pulsação, mas se vc quiser transpôr uma música de um compasso pro outro não vai mudar em nada na prática, embora seja ERRADO falar que essa determinada música é 8/8 se originalmente ela é 4/4.

james_the_bronson
Veterano
# jul/07
· votar


Dogs2
Cara, experimenta pegar uma composição inteira e mudar de 4/4 pra 8/8 sem mexer em nenhuma figura de tempo. Me diz se mudou alguma coisa no som dela.
Compassos 4/4 e 8/8 tem a diferença da pulsação, mas se vc quiser transpôr uma música de um compasso pro outro não vai mudar em nada na prática, embora seja ERRADO falar que essa determinada música é 8/8 se originalmente ela é 4/4.


Sim, agora você ajustou a figura de compasso mas mudou a figura de tempo:

4/4 => Semínima.
8/8 => Colcheia...

Dogs2
Veterano
# jul/07
· votar


james_the_bronson
tá, 4/4 pra 2/4, que seja

james_the_bronson
Veterano
# jul/07
· votar


Dogs2

Aí é a figura de compasso que muda. Não entendi porque privilegiar a de tempo e não a de compasso :\ ...

Dogs2
Veterano
# jul/07
· votar


james_the_bronson
privilegiar? hã? quem não entendeu nada fui eu

james_the_bronson
Veterano
# jul/07
· votar


Dogs2
ahiuahauhua ah, mudando as figuras de tempo até meu pau de óculos se encaixa num pentagrama ahaha

Pelo que você fala aí, parece que não pode mudar nada para fazer o "encaixe matemático". Mas você muda de 2/4 para 4/4 ( o que altera a figura de compasso )...

O que pode mudar e o que não pode mudar para fazer esse encaixe???

Dogs2
Veterano
# jul/07 · Editado por: Dogs2
· votar


james_the_bronson
Olha a pergunta da menina: Se eu quiser "transformar" uma música que está em 4/4 em 2/4, o que acontece com ela?

Pergunta pra ela
eu me limitei a responder a pergunta dela.

tom_delonge182
Veterano
# jul/07
· votar


o compasso na musica serve para desenhar as redondas!!

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Os compassos: qual o efeito na música?