Qual o seu SetUp?

Autor Mensagem
Jonathas Lacerda
Veterano
# 18/set/18 16:10
· votar


sonicsbr
Opa! Tô querendo uma UR44 da Steinberg. Pode fazer essa ai e colocar na conta da Studio Sol

Casper
Veterano
# 18/set/18 21:20
· votar


Caro Jonathas Lacerda:

Olhe isso:

https://www.steinberg.net/en/products/audio_interfaces/ur_rt_series/ur _rt4.html

Casper
Veterano
# 18/set/18 21:20 · Editado por: Casper
· votar


Caro silvG8:

Percebi que o senhor escondeu seus PSR.
Tem vergonha?

fernando tecladista
Veterano
# 19/set/18 09:32
· votar


acho que a gente podia organizar uma RIFA pra trocar a interface do Jonathas

eu também quero, estou com uma UCA 222 da Begringela

NINO_D.BOB
Membro Novato
# 23/nov/18 12:43
· votar


Atualização IX

Korg Kronos 73
Alesis Vortex Wireless
Stay 1300

Wertys
Membro Novato
# 30/nov/18 12:19
· votar


Meu Set (atualizado):

- Kurzweil SP88x
- Kurzweil PC88mx
- M-audio Axiom
- Yamaha PRS-520
- Yamaha PSR-620
- Roland JV-30
- Note Core I3 - 480gb SSD - 8Gb
- M-audio Fast Track Pro
- Fones Koss Porta Pro 25Th
- Fones Sennheiser
- Mixer Behringer 1622Fx
- Compressor valvulado T1952
- Eq Digital Behringer DSP8024
- Colunas Stay
- Caixa RCF ART

Jonathas Lacerda
Veterano
# 03/dez/18 12:59
· votar


Atualizando:

- Nord Electro 5D 73;
- Yamaha Reface CP/DX/CS/YC;
- Behringer Motor 61 (com iPad 2017 128gb e Interface Korg Plugkey);
- Tokai TX5;
- Roland JD-Xi;
- Celviano AP-270;
- Caixa Yamaha DBR10;
- Mixer Alto ZMX52;
- Interface Steinberg UR22 MK2;
- Suporte V-Stand KS-V7, IBOX BX2, Odery TABH;

coutbrown
Veterano
# 23/dez/18 16:08
· votar


Meu set: yamaha cp5 e um roland gw7
Amplificador: roland kc stereo

Toshi Ossada
Membro Novato
# 04/jan/19 13:50
· votar


Atualizando...

Teclados
Korg Krome 73
Tokai TX5 Classic
Korg MS-20 mini
Roland A30
IPad 5 (Nele uso o Korg iM1)
Yamaha DGX 520
Korg Kronos 73
Yamaha KX-25

Suportes
Key Pro Stand 360 EFK
Ask Vision 900
Ask SI99
Ask PMD3-1


Amplificador
Meteoro Star Black 15

mano_a_mano
Veterano
# 06/jul/19 17:30
· votar


Bom... Não vou mais postar meu set aqui, pois estou sempre atualizando, fazendo mudanças, enfim. E não tenho muito essa coisa de "ah, tem que ser essa marca e esse modelo porque é o padrão da indústria, porque é o que tá na moda, porque é bam-bam-bam, porque o fulaninho famoso usa etc."; para mim, se tem teclas e/ou timbres, tá dentro - sendo essencialmente um compositor de música instrumental eletrônica (que ainda tem que tocar em bandas para conseguir alguns ganhos, né...), consigo tirar alguma coisa até mesmo de teclado infantil. Meu home studio é igual a coração de mãe: sempre cabe mais um, hehehe :-)
O que posso dizer é que hoje tenho nove teclados, sendo um piano, dois arranjadores, quatro sintetizadores (sendo um analógico) e dois controladores. Além disso, um módulo sintetizador, uma escaleta, uns instrumentos de percussão e um laptop cheio de plug-ins.

johnxx3
Membro Novato
# 06/jul/19 19:01
· votar


mano_a_mano
Ví num antigo post teu que chegou a ter só dois teclados face a situação ruim que todo mundo passa. Melhor então a coisa pra voce? Acho que pros 99,99% dos demais, piorou.
abs

mano_a_mano
Veterano
# 07/jul/19 15:07 · Editado por: mano_a_mano
· votar


johnxx3
É tudo uma questão de economia e foco. Não sou rico nem nada, só fui economizando e não botando dinheiro fora onde não era devido. Cheguei sim a ter só dois instrumentos numa época braba, lá em 2005 (aliás, quando comecei a participar deste fórum) - naquele tempo meu bom e velho Technics sx-KN1500, companheiro de trabalho de anos, sofreu sérios danos, cuja manutenção foi muito cara, e então resolvi vender o teclado na época. Como eu estava na praia, de férias, nem pensei em instrumentos, mas na volta precisei rápido de um, e então peguei um arranjador Yamaha DGX-205 - era o que dava na época. Depois, achando falta de alguns sons, peguei um Roland EM-50 - e daí em diante foi impulso para eu sempre buscar novos timbres e recursos. Já estou nessa pesquisa eterna há mais de 14 anos, sem parar. E não vejo por que parar, mesmo que eu venha um dia a ter 40, 50 instrumentos em casa. Não vendo, nem troco absolutamente nada, por mais prosaico que seja. Pode ser uma workstation gigante ou um arranjador super básico, não importa, nada sai do meu home studio. Tem lugar para tudo.

====================

Bom, já que esse assunto foi tocado, então, enfim, revelarei meu set atualizado:

- piano portátil Kurzweil KA-90 + estante Kurzweil KAS5
- sintetizador VA Korg KingKORG
- sintetizador analógico Korg Monologue
- sintetizador digital Yamaha MX61
- sintetizador digital Casio XW-P1 Chrome Orange
- arranjador Yamaha PSR-E453
- arranjador Medeli mc780
- controlador Alesis V49
- controlador AMW P49
- módulo sintetizador E-MU Orbit 9090 V2
- escaleta Dolphin 37 teclas

No meu laptop (Dell Inspiron 14R):
- Ubuntu Studio 18.04, no qual uso atualmente os seguintes softsynths:
---- QSynth (leitor de SoundFonts), controlado pelo PSR-E453
---- amSynth (sintetizador subtrativo), controlado pelo V49 (teclas)
---- samplv1 (sampler), controlado pelo V49 (trigger pads)

====================

Sobre o Medeli mc780: para um instrumento de tão baixo custo, ele até me surpreendeu. Achei numa certa loja online (acho que as Americanas) e quis comprar por ser algo diferente, de uma marca que eu nem conhecia direito, a não ser por visitar o site oficial e ver as fotos. Assim que o instrumento chegou, minha primeira atitude foi fazer um vídeo e postar no meu IGTV; logo em seguida, ele já foi usado num dos meus trabalhos no YouTube. A timbragem é simples e honesta (lembre-se: instrumento de baixo custo), e ele tem uns recursos bem interessantes - um deles sendo o botão Portamento, para tocar notas ligadas umas às outras. Achei que seria um elefante branco no estúdio, mas foi bem o contrário: tem me sido muito útil em diversos trabalhos.

Sobre o Korg Monologue: há muito tempo eu queria comprar um sintetizador analógico propriamente dito, e quando vi esse na Teclacenter, tratei de economizar tudo o que pude (e torcer para que ninguém comprasse na minha frente...). Eu já tinha o VA KingKORG, mas VA é digital, mesmo com filtros imitando os analógicos; eu buscava um true analog, e achei esse. Adorei o bichinho vermelho :-)

Sobre o E-MU Orbit: descobri esse módulo por acaso, acho que no MercadoLivre. O que achei legal nele foi a timbragem à la dance music dos anos 90 - aliás, esse módulo é voltado a isso; no entanto, uso-o como uma fonte de timbres inusitados, sempre que algum trabalho musical pedir. Ele está conectado neste momento ao controlador AMW P49, mas talvez haja uma futura mudança aí.

johnxx3
Membro Novato
# 08/jul/19 16:37
· votar


Não sei muita coisa de vc, mas me parece que montou um estúdio, trabalha com isso? Pergunto pois logo que me formar, trabalho que é bom está muito dificil, nem pra estágio, só com "paitrocinador". Consegue pedidos de serviços fácil? Pra progagandas, jingles?

mano_a_mano
Veterano
# 08/jul/19 17:19
· votar


parece que montou um estúdio, trabalha com isso?
Meu home studio é só um home studio mesmo, faço os trabalhos apenas para meu próprio uso. Não trabalho com jingles, trilhas e afins - não por enquanto, pelo menos. Se surgir alguma possibilidade mais adiante, vou estudá-la, mas no momento meu foco aqui é composição solo. Meu trabalho musical neste momento vem das bandas, e uma delas atualmente tem produtor e deve lançar single até o final do ano, possivelmente com turnê nacional de divulgação.

trabalho que é bom está muito dificil, nem pra estágio, só com "paitrocinador".
Lá no começo da carreira profissional tive um apoio da família, inclusive na parte financeira, mas hoje tenho que me virar sozinho, pois ninguém mais na família tem condições para arcar com despesas alheias. Sendo assim, vou economizando cada cachê que recebo. Não boto absolutamente nada fora. E fui montando o set com o passar dos anos, devagar, nada de atropelamentos.
Nessa parte de trabalho, se for na área musical, sempre recomendo uma faculdade de Música. Por mais que não seja obrigatório se formado para ser músico, mas o diploma sempre impõe mais respeito. Consegui tudo o que consegui hoje muito graças a ser graduado em Música.

Soulsynth
Membro Novato
# 26/jul/19 22:07
· votar


Olá a todos, sou novo aqui. o/

Primeiro meu setup, para que possam melhor me ajudar.

1 Roland D20
1 estante em X

Soulsynth
Membro Novato
# 27/jul/19 23:41
· votar


1 Roland D20
1 Roland JV 1010
1 estante em X

gabvcrpp
Membro Novato
# 30/jul/19 16:14
· votar


Synth:
Novation Bass Station 2

Guitarras:
Tagima T-635 (stratocaster)
Seizi television (telecaster)

Amplificador:
Laney LC15R Valvulado

Pedal:
Marshall Jh-1 Jack Hammer

silvG8
Veterano
# 01/ago/19 13:29
· votar


Minimoog Voyager PE
Moog Little Phatty
Elektron Analog Four
Elektron Analog Rytm
Mutable Instruments Ambika
Korg Minilogue
Yamaha P125

kokada
Veterano
# 05/set/19 19:11
· votar


Achei que já tinha atualizado, mas lá vai:

- Roland G70
- Roland RD700NX (em breve à venda! rs)

mano_a_mano
Veterano
# 16/set/19 21:58
· votar


Mais atualizações recentes:

- piano portátil Kurzweil KA-90 + estante Kurzweil KAS5
- sintetizador VA Korg KingKORG
- sintetizador analógico Korg Monologue
- sintetizador digital Yamaha MX61
- sintetizador digital Casio XW-P1 Chrome Orange
- arranjador Yamaha PSR-E453
- arranjador Medeli mc780
- arranjador Casio WK-240
- controlador Alesis V49
- controlador AMW P49
- controlador Samson Graphite 49
- módulo sintetizador E-MU Orbit 9090 V2
- módulo sintetizador IK Multimedia UNO Synth
- escaleta Dolphin 37 teclas

No meu laptop:
- Ubuntu Studio 18.04, no qual uso atualmente os seguintes softsynths:
---- amSynth (sintetizador subtrativo), controlado pelo V49 (teclas)
---- samplv1 (sampler), controlado pelo V49 (trigger pads)
---- Dexed (sintetizador FM), controlado pelo PSR-E453

No meu desktop:
- Linux MInt 19.2 "Tina", no qual uso atualmente:
---- QTractor e Rosegarden (sequenciadores MIDI)
---- Audacity (editor de áudio/gravador multipista)
---- QSynth (leitor de SoundFonts), controlado pelo Medeli mc780

===============

Sobre o Casio WK-240: sim, eu sei que é um arranjador basicão e barato, mas ele tem um recurso que me chamou muito a atenção: sampler. E o funcionamento dele é extremamente simples: conecte um microfone, pressione e segure o botão [RECORDER] e capture a fonte sonora - o próprio instrumento inicia e para a gravação conforme a presença ou a ausência de som. A amostra fica gravada na memória e é possível salvá-la como um novo timbre no instrumento, sendo que a tecla C3 (dó central) reproduz a amostra na altura e na velocidade originais, enquanto que as demais variam altura e velocidade para mais grave/lento ou mais agudo/rápido. Tenho um microfone aqui, quero usá-lo para gravar samples no WK-240, porém, preciso de um cabo menor para ele, pois o original é imenso, para uso em grandes palcos. E um pedestal será uma boa pedida também.

Sobre o IK Multimedia UNO Synth: ganhei-o de presente de aniversário antecipado esse ano (!!!) Um poderoso sinetizador monofônico pouco maior que um tablet. A empresa diz que é analógico, mas tenho lá minhas dúvidas, pelo próprio tamanho ultracompacto do mesmo; enfim, os filtros são excelentes e ele faz uns sons quentes e cheios de nuances, tudo o que prezo num sintetizador dessa categoria.

Sobre o Samson Graphite 49: é uma longa história... Logo após a chegada do UNO Synth, eu precisava de um controlador para o mesmo. No começo, peguei um Yamaha PSR-175 emprestado de alguém da família (falei sobre ele num tópico recente); depois, fui atrás de algum controlador simples, barato e funcional, que tivesse ao menos uma MIDI OUT, Pitch Bend e Modulation. Recorri ao Mercado Livre (somente lojas oficiais, nada de vendedores particulares) atrás de controladores, e minha primeira tentativa foi um Behringer UMX490. Fechei o pedido e tal, mas a loja constatou problemas no produto; compra desfeita, valor devolvido. Depois, tentei, em outra loja oficial dentro do Mercado Livre, um Waldman Krypton 49 - mesma coisa: a loja constatou problemas no produto, o pedido foi cancelado e o valor foi devolvido (ao menos nessa parte o site é honesto, né...). Aí fui atrás de outros controladores por fora, mas não achei nada que atendesse às necessidades mínimas para o controle do UNO Synth: uma MIDI OUT e alimentação via fonte externa. A maioria só tinha porta USB e quase todos eram alimentados pela mesma. Resultado: retornei às lojas oficiais do Mercado Livre e descobri esse Samson Graphite 49. Seria minha terceira e última tentativa: se a loja alegasse qualquer defeito no produto, eu nem compraria mais controlador nenhum, preferiria voltar a pegar o PSR-175 emprestado por tempo indeterminado. Felizmente, esse pedido deu certo: o produto chegou perfeito aqui em casa. E acabei escolhendo um controlador infinitamente melhor e mais completo que as alternativas anteriores... Resta eu descobrir como fazê-lo controlar todos os parâmetros do UNO Synth, não apenas ser o mecanismo de teclas do mesmo; mas isso virá com o tempo.

Sobre o Dexed: é um plug-in FM compatível com o Yamaha DX7, que funciona tanto como sintetizador virtual quanto como um gerenciador para o próprio DX7. No meu caso, uso o PSR-E453 como controlador do mesmo - até pouco tempo atrás eu usava-o para controlar SoundFonts ao vivo, mas agora resolvi deixá-los no PC de mesa, apenas para construir bases musicais (uso um SoundFont GM chamado FluidSynth para tal). Voltando ao Dexed: dentre os muitos sintetizadores virtuais FM que testei, esse foi o mais próximo possível do DX7 original, e cheguei a testá-lo com o SysEx do mesmo, dando tudo certo (!!!) É uma excelente pedida para quem curte a síntese FM clássica.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Qual o seu SetUp?