Ajudando a Roland a fazer um grande Workstation

Autor Mensagem
mauropsouza
Veterano
# nov/11 · Editado por: mauropsouza


Olá, Tudo bem...

Eu gostaria de chamar este tópico de ENSINANDO a ROLAND A FAZER UM GRANDE WORKSTATION...Mas prá não ser muito pretencioso e não tomar porrrada aqui, mudei,rsrrs.
Muitos Gostaram dos lançamentos Motif Xs e o Motif Xf com suas memórias Flash.... e há um grande frisson em cima do Korg Kronos...meu inclusive...
Por anos a Roland foi lider em muitos palcos e igrejas, ouve até quem dissesse que haviam se convertido ao Cristianismo
...brincadeira...Dai veio o Motif...e acabou com esse reinado, não que os Tritons e cia. além dos Sp e Pc da Kurzweil tb. não impressionassem...mas agora chegou a hora de uma virada esperada por todos....
Então criei este tópico aqui para que nós brazucas possamos dar uma luz - uma contribuição - nesse quesito...postem à vontade:

bravo57
Veterano
# nov/11
· votar


?..

mauropsouza
Veterano
# nov/11 · Editado por: mauropsouza
· votar


TO TRABALHANDO JA VOU POSTAR e ficar editando,rsrsrs.....

mauropsouza
Veterano
# nov/11 · Editado por: mauropsouza
· votar


Primeiro:
Um grande Hardware, não lento como no Motif que seja rápido como nos mid level, como Tr e mox e etc....
Tem que começar do zero não ultilizando as máquinas anteriores....um novo hardware,com novos filtros

Segundo:
Um excelente piano:
Todo tecladista gosta de Piano...tem que agradar aos jazzistas, pop, roqueiros, clássicos etc. porque os da srx etc. soam bem nas demos mas na prática ficam meio artificiais

Terceiro:
òrgãos matadores...eu não sou tão fã mas a galera curte...a Korg ja fez excelente órgãos desde a era Triton, a Kuzweil tb. com seu simulador kb3 desde o K2500, Nord tem...etc.

mauropsouza
Veterano
# nov/11 · Editado por: mauropsouza
· votar


O SUcesso do Sp 76 por ex. é que a Kurzweil conseguiu com um sampler peq. um grande som de piano que foi melhorado depois...

tem que ter grandes filtros que o som dos samplers soe bem não só nas demos como é o caso da linha fantom e srx que o pessaol comprava e se decepcionava depois..tem várias histórias aqui..,
Eu mesmo tive um Fantom x6 que peguei numa negociação e vendi, preferi ficar com o Tr61 que veio junto;;;;
Dizem que o Sh-201 tem filtros ruins ne?

mauropsouza
Veterano
# nov/11 · Editado por: mauropsouza
· votar


Ter teclas boas com a Roland ja sabe fazer, com 61,76 e 88 teclas nada de 73 pesadas...eu nunca toquei num Wultlizer ou Rhodes pra que isso?
gostei das teclas do Juno Stage por ex. mas são um pouco pequenas poderiam ser maiores... como os Sp 76 I

Que seja robusto mas não tão pesado para carregar como o meu Antigo Motif Xs 8...que vendi pelo peso excessivo... o peso de no max. 12 kg para o de 76 teclas ja ta bom..e de 16 kg para o de 88 é possível, sim o mox8 pesa 15

viktor 999
Veterano
# nov/11
· votar


vai ai a receita
9 processadores P/ diferentes timbres como no kronos
1-V-Piano
2-V-synth GT
3-V-drumms
4-VK8 m [organs]
5-Gaia
6-Roland jupiter 8
7-SUPER NATURAL
8-VP 550 VOCAL DESIGN
9-Boss [P/ efeitos de guitarra]

tudo isso em um corpo só , com recursos do fantom G e sample de 80 GB com memoria flash.

Maestron
Veterano
# nov/11
· votar


Acho que o futuro são os sintetizadores baseados em computador, como o Kronos e o Oasys... Se a Roland quiser dar um passo a frente como a Korg já fez, terá que entrar nesse terreno e dispor um sintetizador com diversos motores de som...

viktor 999
Veterano
# nov/11
· votar


e teclas RH3 que pediu imprestado p/ korg.kkkk
teclas do V- piano mesmo
se a Roland lançar algo igual ao meu eu vou quer comissão , o nomee ROLAND V-WORKSTATION[i][/i]

bravo57
Veterano
# nov/11
· votar


mauropsouza
Agora entendi.

Os ingredientes ela já tem em casa...

1 - Um design belo como o do Fantom (Não é pra ser igual, tem que ter identidade própria)
2 - Alguns pianos sampleados usados pelo RD-700
3 - Organs do VK, já mataria seu principal Calcanhar de Aquiles
4 - Um V-synth GT interno para uma síntese profunda
5 - Um Arpejador elaborado como o KARMA
6 - Teclas realmente semi-pesadas na versão de 76 teclas
7 - Um grande HD para samples e afins (com possibilidade de expansão)
8 - Polifonia de umas 256 vozes
9 - Um belo display colorido como o do Fantom resolveria, nada de touch como os Korgs, aquilo me dá maior medo numa futura manutenção $$$.
10 - E que tenha dentro dele coisas inovadoras para surpreender todos tecladistas, e o faça ter uma moral como teve a linha XP (especialmente o XP-80)

mauropsouza
Veterano
# nov/11 · Editado por: mauropsouza
· votar


Tem que ter um preço bom como os da linha Motif,rsrsr

Chega de teclado com pianos meia boca quero pianos legais como nos Kuzweils, Nord, como no S 90-es etc. fui testar uM Juno Stage e não gostei dos pianos acústicos acho que a maioria também, apesar das teclas legais e tudo....

Memória flash no próprio teclado para quem quiser samplear, ou gravar audio...ah e um gravador rápido que não fique carregaaaaaaando o aaaaaaaauuuuuddddiooo, como no Juno-G e no Motif tb..

mauropsouza
Veterano
# nov/11 · Editado por: mauropsouza
· votar


OUTRA COISA IMPORTANTÍSSIMA:
Timbres bem programados e gordos como no meu Me-1, ou como na linha Motif....Não adianta lançar o negócio as pressas e sem programação legal...queima o fime,rsrsr.
se quiserem me contratar eu não cobro caro,rsrsrsr....
Não adianta ter sitar, flamenco, flamengo, vasco etc, se não tiver Pianos Acusticos, Elétricos, Clavis, Organs etc bem legais afinal somos tecladistas e somos nós que fazemos a fama de teclados como os Nord, Oasys e Motif que são verdadeiras grifes...
Essa questão de programação é importantíssima, peguei um S-08 uma época e conseguie extrair sons excelentes, creie um Tack piano combinando o dark piano, com um tackzinho pra dar um toque e botei o efeito AMP SIM com drive em zero, ficou ótimo......quem duvida entre na Comu do S-03 do Orkur, até hoje respondo os posts....No Tr não foi diferente, estou na 4a. geração de programas de pianos e tal, sem sampler....No Rs-9 que tive misturei um ballad organ com um swiss por baixo....foi elogiado tb...é serio o negocio...é preciso ouvir muito testar etc...

mauropsouza
Veterano
# nov/11 · Editado por: mauropsouza
· votar


Visual legal como os Fantons, combi legais como na linha Triton e sucessores e loops como os da linha Motif....
Em termos de visual eu tiro o chapeu pra os Fantons...acho lindos, bem futuristas, mas sóbrios, não cansativos de se olhar....acho os teclados mais bonitos de todos os tempos...tive um Roland Rs-9 e achava o visual bem massa.

mauropsouza
Veterano
# nov/11 · Editado por: mauropsouza
· votar


Acho que se misturasse um Fantom G, com display legal e tudo, com audio gravando como se fosse uma daw, com timbres do Kurzweil, ou Nord ou Motif, combis legais, ja seria um grande instrumento....Tem que mudar a filosofia não querer só agradar aquele cara que teve um Jv-90 que tinha um som de Trumpet Mariachi, pox ex....tem que começar do zero com timbres gordos, depois acrescentar aquele timbres caracteristicos dos Roland como o Sa-Piano, Mided Grand, Nice grand, aqueles super saw string do Sh-201, pads gordos do Juno 106...tem que ter os lindos pianos do Dx7, Rhodes bem "warm" como nos Nord, leads do moog, do Korg, fantasy do D-50, coisas assim...será que dá???

fernando tecladista
Veterano
# nov/11
· votar


visualmente a linha fantom está sem graça, tá todo mundo com4 ou 8 faders e potenciometros de um lado e um seletor do outro
ja começa ficando interessante se resolver mudar esse formato
pra quem já criou jd-800 jp8000 jv-1000 vr 760 sabe que dá pra inovar
algo visualmente como um VR 760 porém uma tela maior e a parte de recursos de wokstation fica interesante

teclas boas, com mecanica boa, amo as do g-1000 me dá raiva quando toco nesses junos com teclas pitocas

mauropsouza
Veterano
# nov/11
· votar


O Vr-760 tem um visual parecido ao da linha Rs-70 etc. só que tem aqueles draw bars no 1o. andar com o display no 2o. andar e as laterais de madeira mas segue a linha do RS-70, Rs-9 ect....que é legal, mas a geração trinity, Triton e Fantom em alumínio escovado é bem legal.
O jd-800 foi uma espécie de "carro conceito-protótipo" acho o visual lembra os Va atuais....
Outro Teclado que acho LINDO talvez o mais de todos e com visual atual ainda é o Alesis Fusion....ô menino bunito....bem futurista mesmo

http://www.flickr.com/photos/stevecooke/3131354111/

mauropsouza
Veterano
# nov/11 · Editado por: mauropsouza
· votar


Eu ainda não enjoei da "geração Silver" tanto que meu TR tem carcaça de Triton le e o meu P-95 é silver tb.....o Kurzweil me-1 é cinza tb....rsrsr, podia fazer uma versão silver outra black como no P-95 que tem 2 cores, como o Yamaha S-03, também, como o Sp 76 que possui 4 cores ( tem até um roxo pra quem é dono de funerária)...por que não uma opção Red hot como o Nord ou o Korg Karma???

mauropsouza
Veterano
# nov/11
· votar


Na verdade os Kuzweils são muito pesados, com visual antigo e display peq...sem inovações tecnologicas, mais espaço etc...se bem que o Pc3K tem memória flash, mas são terríveis para transportar, tinha um K2500 e sofria para carregar...Os Motif tb. saõ muito pesados, será que peso é sinal de força ou sons bons?

Edson Caetano
Veterano
# nov/11
· votar


mauropsouza
Os Kurz são terríveis para transportar mesmo, verdadeiros caixões hehe, o novo super teclado da Roland deveria ser leve e ao mesmo tempo resistente

Ao invés destas telinhas multi touch, colocar a tecnologia de um tablet no visor, isso seria muito bom em qualquer top novo, eu fico imaginando até hoje como seria se meu teclado tivesse um Ipad no lugar do visor, é muito mais resolução, é muito mais fácil de operar, muito mais confiável, e nem custa tanto assim, tomara que a Roland pense nisso

Inserir vários comandos em tempo real, como uma ribbon bem grande a lá k2600, alavancas, rodas, o famoso d-beam claro

Porque não lançar uma OS em 64bits, com muita ram, muita mesmo, tipo uns 16Gb, as memórias são baratas, não justifica eles ficarem miguelando neste requisito e farto Hd SSD que já deverá estar bem mais em conta

Já vou ficando triste hehehe meu K vai ser passado para trás hehe mas isso é a ordem natural das coisas, podem ter certeza que a vaquinha para o novo teclado começou no dia em que eu comprei o ultimo hehehe

jrguedes
Veterano
# nov/11
· votar


Ter teclas boas com a Roland ja sabe fazer, com 61,76 e 88 teclas nada de 73 pesadas
por falar em 73 teclas ... nao sei o q vcs acham, mas as tres teclas restantes para os 76 deveriam ser adicionadas na parte grave do teclado, ficaria diferente e pra mim q uso bastante a parte grave ficaria bom, e ainda seria compacto.

mauropsouza
Veterano
# nov/11
· votar


Aqueles timbres de piano da linha Xp, melhorados na linha Fantom funcionam em muitas situações com bom equipamento, junto com outros instrumentos, etc....dependde muito de quem usa, mas não causa aquela sensação gostosa de estar tocando em um bom piano acústico, principalmente para gêneros como clássico, jazz, mpb etc....precisa melhorar...

mauropsouza
Veterano
# nov/11
· votar


A Yamaha ficou no ostracismo, em termos de teclado, por anos, depois do sucesso da linha Dx ( Dx-7, Dx-II, Dx-21 etc.) teve a era dos SY, inclusive com o primeiro teclado que combinava a síntese analógica misturado com samplers, mas nada que decolasse...
Vieram os EX que foi o protótipo dos Motifs, que uma nova mudança de
conteúdo com timbres se aproximando, ao meu ver do peso da Korg
e do realismo dos Kuzweils. A Korg fez um caminho diferente tentando se parecer com os timbres brilhosos da Roland, e conseguiu mas sem pianos acusticos fieis, que so vieram agora. Nord, Synclavier, Rhodes e Kuzweil sempre correram por fora, mas sem o peso das grandes.

Os teclados baratos da Yamaha, renderam a ela a possibilidade de
investir num grande projeto que veio com os Motifs....
A Korg criou o protótipo-projeto OASYS, que virou o Kronos
A Alesis não segurou a onda de bugs e processos do Fusion.
Por que as máquinas de teclados são mais simples que um PC, tb.
por isso menos sujeita a bugs, são mais duras...bom ja falei demais...
postem algo please....

bravo57
Veterano
# nov/11
· votar


Edson Caetano
o novo super teclado da Roland deveria ser leve e ao mesmo tempo resistente

Simples... CARCAÇA DE TITÂNIO! ($$$$$$$$$$$$$$$$$)

Eu iria querer um pra ter pro resto da vida!

mauropsouza
Veterano
# nov/11
· votar


bravo57
Membro Novato

Simples... CARCAÇA DE TITÂNIO! ($$$$$$$$$$$$$$$$$)

Eu iria querer um pra ter pro resto da vida!

poderia ser o material daquelas estantes Ks-vs da Roland mesmo..alumínio de aviação deve ser bem leve

bravo57
Veterano
# nov/11
· votar


mauropsouza
Mas aí tem que ser um tecladão mesmo, porque se não, seria desperdício de recursos naturais (aluminio, titânio, "adamantium" kkkkkk) para um teclado lixo que merecia uma carcaça de plastico de garrafa pet reciclada.

Piano ON GRACE
Veterano
# nov/11
· votar


Uma estrutura inédita

Reformular, começar do zero

Senão não vale a pena, um upgrade do que já se tem por ai por perto...

mauropsouza
Veterano
# nov/11
· votar


bravo57
Membro Novato

Mas aí tem que ser um tecladão mesmo, porque se não, seria desperdício de recursos naturais (aluminio, titânio, "adamantium" kkkkkk) para um teclado lixo que merecia uma carcaça de plastico de garrafa pet reciclada.
O importante ao meu ver é não ser tão pesado para carregar....alias a Roland tirou de linha essas estantes que ao meu ver eram excelentes.Piano ON GRACE
Veterano

Sim acho que tem que começar do zero em termos de hardware e filtros, mas os atalhos teriam que começar dos antigos para facilitar aqueles que ja usam a marca....abçs..embora eu esteja mais familiarizado com Korg e Yamaha e acho a Kurzweil a mais dificil de mexer....
Uma estrutura inédita

Reformular, começar do zero

Senão não vale a pena, um upgrade do que já se tem por ai por perto...


_BLACKMORE_
Veterano
# nov/11 · Editado por: _BLACKMORE_
· votar


...mas agora chegou a hora de uma virada esperada por todos....

tudo bem que é uma brincadeira ... mas eu não gosto da maioria de seus produtos, logo ... não espero nada! heheh
Mas esse jupiter 80 é uma puta máquina hein ... afinal pelo preço que tem, tem q ser boa mesmo, já está de muito bom tamanho.

mauropsouza
Veterano
# nov/11
· votar


_BLACKMORE_
Veterano

tudo bem que é uma brincadeira ... mas eu não gosto da maioria de seus produtos, logo ... não espero nada! heheh
Mas esse jupiter 80 é uma puta máquina hein ... afinal pelo preço que tem, tem q ser boa mesmo, já está de muito bom tamanho.

Eu tb. não sou tão fã de teclados Roland, somente gosto de todas as marcas atualmente tenho Korg TR, Me-1 e P-95, da roland só tenho a caixa Kc-550 e um Micro Br boss, mas ja tive Fantom, Motif, Xp-80, D-50, Juno-106....

mauropsouza
Veterano
# 18/fev/20 16:36
· votar


Então? Enfim chegou o novo Workstation da Roland. O novo Fantom. quem já tem? Pode nos contar se realmente foi o que esperávamos?? Ah.... Esse tópico foi citado na live do novo Fantom. Palmas para todos aqui que amam a música e a tecnologia... Ah. sim.... Eu não tenho o novo fantom, mas pretendo ter. tenho no momento um Roland Júpiter 80. Muito fera; um JP8000, um VA bem legal e um Juno Stage e gosto do piano dele. kkkkk.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Ajudando a Roland a fazer um grande Workstation