Qual o melhor Direct Box??? Ou o mais indicado....

    Autor Mensagem
    FeRnAnDo_Z
    Veterano
    # abr/05


    Qual o melhor Direct Box??? Ou o mais indicado....

    Valeu!!

    bebm
    Veterano
    # abr/05
    · votar


    O melhor direct box é akele com menos firula(ex de um COM firula: o da Sansamp) e que seja extremamente hi-fi! Só isso!

    A função do direct box é dividir um sinal em dois... mais nada!

    fernandog
    Membro Novato
    # out/13 · Editado por: fernandog
    · votar


    Olá pessoal, boa noite.

    Sou novo aqui, este é meu primeiro post. Estou reabrindo este tópico para não ter que criar outro.

    Meu filho é baixista, está começando um Home Studio, já tem um uma interface de áudio Pressonus AudioBox 22VSL, um baixo Fender American Deluxe Precision Bass, cabos Planet Waves e gostaria de comprar um Direct Box para ele gravar seus instrumentos, que além do baixo também usará em guitarra, violão, entre outros.

    Qual a melhor marca e modelo vocês me indicam? Vejo que muitos usam o Behringer DI 100, mas será que seus componentes são de primeira linha?

    Obrigado pela ajuda,

    Fernando.

    Slash_1989
    Veterano
    # out/13
    · votar


    fernandog
    Pera, pra que você precisa de um DI box?

    fernandog
    Membro Novato
    # out/13
    · votar


    Pera, pra que você precisa de um DI box?

    Para usar no Home Studio para gravar os instrumentos que de início será o Baixo e a Guitarra (não é para usar no palco). Plugar o instrumento com cabo P10 e sair com sinal balanceado, pois numa gravação do Baixo o som ficou meio baixo e teve que aumentar bem o ganho.

    MMI
    Veterano
    # out/13
    · votar


    fernandog

    Qual a melhor marca e modelo vocês me indicam?

    O modelo eu indicaria um ativo pelo pouco que falou. Marcas tem muitas... Especifique melhor o que quer com isso.



    Vejo que muitos usam o Behringer DI 100, mas será que seus componentes são de primeira linha?

    Com certeza, bem longe de ser primeira linha. Esta marca se caracteriza por ser acessível, barata, o que não parece condizer com o que seu filho tem. Dê uma olhada nas DI da Radial, não é o mais caro e melhor, mas não comprometem. Mas para a aplicação que você falou, é ativo (com boa fonte), os passivos não vão ser muito legais.

    MMI
    Veterano
    # out/13
    · votar


    fernandog

    Para usar no Home Studio para gravar os instrumentos que de início será o Baixo e a Guitarra (não é para usar no palco). Plugar o instrumento com cabo P10 e sair com sinal balanceado, pois numa gravação do Baixo o som ficou meio baixo e teve que aumentar bem o ganho.

    Ops... Desconfio que o caso não seja para um DI...

    fernandog
    Membro Novato
    # out/13
    · votar


    MMI

    Estou tentando ajudá-lo a conseguir o melhor sinal possível chegando na interface, em suas gravações. Ele está usando o software Studio One 2 que veio com o equipamento.

    Pelo que já li a respeito, concordo também que tem que ser ativo, e gostaria de um modelo que tivesse componentes de qualidade. Não gostaria também de gastar muito nesse equipamento como uns modelos de 700,00 reais que vi, mas talvez algo mais intermediário.

    E já vou agradecendo a você e a todos pela ajuda.

    Slash_1989
    Veterano
    # out/13
    · votar


    fernandog
    Cara, acho que você anda lendo demais e ta se perdendo em conceitos teóricos.

    A maioria das interfaces tem uma entrada específica para instrumentos, ou a famosa chavinha "line-inst".

    Da uma lida no manual da sua interface, acho que ajuda bem mais do que comprar outra coisa.

    MMI
    Veterano
    # out/13
    · votar


    fernandog

    Veja bem...

    1) Um DI casa impedâncias, mas na interface já tem entrada de instrumento que faz essa função, então você não precisa de um para isto.

    2) O DI funciona como um balanceador de sinal, mas um bom cabo de instrumento (desbalanceado), só passa a ser um problema maior a partir de 7 metros, por isso nem se encontra fácil a venda nessa extensão. Só que para gravar não tem sentido usar um cabo maior que 3 metros, normalmente 1,5 m já está bom. Portanto, para isso também não precisa de um DI.

    Tem alguma coisa errada aí... O baixo não é para sair fraco assim e o problema não é por falta de DI. Volte tudo, veja item por item para achar a mancada.

    Abs

    fernandog
    Membro Novato
    # out/13
    · votar


    "Cara, acho que você anda lendo demais e ta se perdendo em conceitos teóricos."

    Slash

    Tem razão, não sou músico por isso fico muito na teoria do que leio. Tentei tocar violão, mas adquiri uma tendinite nos treinamentos e tive que parar para curá-la. Meu filho é que é o músico.

    Como o assunto tende a ficar mais técnico, vou deixar essa tarefa para meu filho correr atrás. Vou mudar a abordagem da minha pergunta então.

    Gostaria de dar um Direct Box de presente para ele, mas gostaria de um equipamento com componentes de qualidade mas que também não precisa custar mais de 500,00 aqui no Brasil (posso também comprar pelo ebay com o risco de ser taxado). Não quero tipo pedal.

    Qual vocês sugerem?

    Vi alguns como Behringer DI 100, Samson S-Direct mas não conheço nada sobre qualidade.

    Obrigado,

    Fernando.

    fernandog
    Membro Novato
    # out/13
    · votar


    MMI

    Valeu, eu tinha essa dúvida e você me esclareceu. Vou falar pra ele reiniciar a gravação e investigar ponto por ponto do processo. Sei que ele usou um cabo de 3 metros.

    Fernando.

    f14gomes
    Membro
    # out/13
    · votar


    pois numa gravação do Baixo o som ficou meio baixo e teve que aumentar bem o ganho.

    aumente o ganho e economize.
    tirado do site da Pressonus:
    Instrument Inputs
    Connector Type Combo, ¼” TS, female, unbalanced
    Frequency Response 20 Hz - 20 kHz, ±0.3 dB, unity gain
    THD+N 0.006%, 0 dBu, 1 kHz, unity gain, 20 kHz BW, A-wtd
    S/N Ratio 89 dB, 0 dBu, 1 kHz, unity gain, 20 kHz BW, unwtd
    Gain Control Range -30 dB to +50 dB
    Input Max Headroom +15 dBu, < 0.5% THD

    Input Impedance 1 MΩ

    Alex guitar man
    Veterano
    # out/13
    · votar


    fernandog

    Uma curiosidade, o baixo esta direto? Seria bom um pré amp especifico pra baixo... Bom só uma opinião...

    F_Rizzo
    Membro Novato
    # out/13 · Editado por: F_Rizzo
    · votar


    DI box bom??

    ART Studio V3 tube mp!!! Custa uns 500 reais!

    O mic 200 da behringer eh copia dele!

    Obs.: ele eh um pouco mais do q um direct box!

    Slash_1989
    Veterano
    # out/13
    · votar


    fernandog
    Então, mas vá com calma. O melhor presente que você pode dar para seu filho é ensiná-lo a ler o manual das coisas. Se não, cada vez mais ele vai te pedir coisas que ele não precisa, justamente por não saber o que quer.

    No seu caso, você não precisa de um DI. Da pra fazer tudo com a interface, é só quebrar a cabeça um pouquinho.

    MMI
    Veterano
    # out/13
    · votar


    fernandog

    Não me leve a mal... Sinceramente? Não compre esse DI, é desnecessário, vai ocupar o tempo para decifra-lo até que seu filho chegue a conclusão que não serve para nada, então vai para uma gaveta. Pode acreditar, é bobagem para isso aí. Pegue esses 500 contos e dê cordas, afinador novo, pedal, fone de ouvido de mixagem, curso de gravação ou qualquer outra coisa, vai ser mais útil. Desculpe se frustrei alguém, mas fica minha dica.

    fernandog
    Membro Novato
    # out/13 · Editado por: fernandog
    · votar


    Olá pessoal, bom dia!

    OK, vocês venceram! Estou convencido.

    Talvez eu esteja mais ansioso que ele, vou deixar a coisa fluir, ele tem talento. Na verdade ele nem sabe que estou postando. Mas vou continuar por aqui, gosto muito desse fórum e estou aprendendo muito, só tem gente de talento.

    Respondendo ao Alex, sim ele tá ligando direto na interface. Vou guardar sua sugestão. Aliás, vou guardar esse tópico para futuras consultas.

    Obrigado a todos e um grande abraço.

    Valeu!

    Fernando.

    Ismah
    Veterano
    # out/13
    · votar


    A função do direct box é dividir um sinal em dois... mais nada!

    Caramba, ouvir uma dessas parte a cara...

    Kywes
    Membro Novato
    # 05/set/19 21:20
    · votar


    upando só pra perguntar , esse DI da Wireconex vale a pena?
    http://www.wireconex.com.br/dados_tec/directbox/dtec_WDI600.pdf

    Ismah
    Veterano
    # 06/set/19 10:26
    · votar


    Nunca trabalhei com a marca, mas ela pertence a Attack, de quem não tenho nada a reclamar.

    Beto Guitar Player
    Veterano
    # 06/set/19 11:54
    · votar


    Ismah
    Nunca trabalhei com a marca, mas ela pertence a Attack, de quem não tenho nada a reclamar.


    Ficou um pouco contraditório... Se nunca trabalhou com a marca, evidente que não tem nenhuma reclamação, kkkkk.

    Gabezorx
    Membro Novato
    # 06/set/19 12:18
    · votar


    Kywes
    Esse tipo de DI Passivo várias empresas fazem, tenho um da Arcano, paguei 50 conto na época, e me atende bem.

    Kywes
    Membro Novato
    # 06/set/19 12:32
    · votar


    Valeu , acho que vou comprar esse mesmo , pelo que eu vi parece que os DI's nessa faixa de preço parecem todos ter a mesma especificações.

    rond
    Veterano
    # 06/set/19 12:45
    · votar


    Acho q vale mais a pena investir em um simulador de gabinete q um direct box que vc joga em linha já o sinal pronto direto dos pedais aí já saí simulado. E ainda serve p gravar eu uso o tone ink muito bom uso meu set e jogo p mesa por ele e meu sinal do amp fica inalterado.

    Kywes
    Membro Novato
    # 06/set/19 13:09 · Editado por: Kywes
    · votar


    Pra minha aplicação que seria fazer o bridging de impedância entre o baixo ativo e a mesa , só o direct box ja atende bem.

    Edit: Acho que simulador de gabinete faria mais diferença em um guitarra.

    Ismah
    Veterano
    # 11/set/19 14:05
    · votar


    Beto Guitar Player

    Ficou não. Tu que não soube interpretar. Nunca trabalhei com a marca do DI, mas ela pertence a Attack - e a Attack é a marca, de qual não tenho nenhuma reclamação.

    Ismah
    Veterano
    # 11/set/19 14:18
    · votar


    Kywes

    parece que os DI's nessa faixa de preço parecem todos ter a mesma especificações.

    DI's em geral tem as mesmas especificações, porque se tem padrões para algumas coisas... A carga no lado XLR é conhecida, e o sinal de entrada tem habitualmente opções de -10 dB, -20 dB (raramente - 40 dB).

    fazer o bridging de impedância entre o baixo ativo e a mesa , só o direct box ja atende bem

    Não vejo lógica em reduzir o sinal de linha do baixo, para nível de microfone, e então re-amplificar na mesa. A MENOS que a console não tenha entrada de linha, ou um send/return para efeitos...

    Acho que simulador de gabinete faria mais diferença em um guitarra.

    É.. O som de baixo como conhecemos, é típico do som em linha. O amp tem diversas limitações, e coisas assim, que o som de linha é favorável... Nunca sequer vi um DI com essa simulação, não que não deva funcionar, mas em situações muito específicas, onde o baixo é distorcido, e o amp passa a entrar na equação. Como típico é o som do baixo limpo, não tem sentido.

    Kywes
    Membro Novato
    # 11/set/19 22:22 · Editado por: Kywes
    · votar


    Não vejo lógica em reduzir o sinal de linha do baixo, para nível de microfone, e então re-amplificar na mesa. A MENOS que a console não tenha entrada de linha, ou um send/return para efeitos...

    Boa noite Ismah , achei que era obrigatório o uso do DI quando fosse conectar qualquer instrumento na mesa de som , pela diferença de impedancia entre os dois , pois pelo que li para ter uma conexão ideal é necessário a razão 1:10 entre a o sinal que está sendo alimentado e a entrada da mesa.

    Edit: Os dois links em que peguei essa informação estão abaixo:
    https://electronics.stackexchange.com/questions/46948/the-10x-rule-for -impedance-bridging
    https://electronics.stackexchange.com/questions/6846/how-important-is- impedance-matching-in-audio-applications

    Ismah
    Veterano
    # 13/set/19 22:59
    · votar


    Depende de N coisas... Idealmente, a engenharia concluiu isso. Não está errado, mas não te esqueça que engenharia/técnica é uma coisa, música/arte é outra.
    As perdas de grave de um captador vintage, são coisas disputadas a tapa. O simulador não soa como o original, mas nem outro exemplar do mesmo produto soa igual...
    São variáveis inerentes ao mundo analógico, que a gente finge que não existem. E, pasme as vezes pela conta está muito errado, mas na hora do sim, a diferença é menor que virar de costas para a fonte de som...

    Pra começar, ao ligar um captador com outro, a Zout mínima varia abruptamente. E bem, poucas pessoas usam um único captador...
    Não vemos ninguém personalizando a entrada de um amp, para haver "casamento"...
    Nem a entrada da mesa, para que funcione melhor com determinado amp. Já ouvi de pessoas que fulano grava bumbo no canal X, porque lá soa melhor. E bem, de fato pode haver algo que facilita se chegar no som desejado, através desse canal. O que não significa que não se possa chegar num resultado satisfatório no canal vizinho.

    Em outros termos, guitarra é sinônimo de Gibson e Fender na cultura popular. Quem de nós começou com uma?

    O nível de sinal, impedância e blá blá blá, tem outros fatores...
    Mandar um sinal de 5 V de amplitude, gera mais interferências nos vizinhos, que um de 0,05 V. Logo, é mais sensato viajar com um sinal de menor amplitude, e balanceado.

    Uma esmagadora maioria das mesas de som, não tem entrada que espere um sinal pré-amplificado já - aka de, ou em nível de, linha. Injetar um sinal tão mais forte, vai acarretar a distorção...

    Pensando mais alto, já que meros mortais como nós, raramente precisariam fazer o sinal do palco, viajar 50 m até a mix house...
    Imagine que o cabo em uso, tenha resistência de 5 Ω/m (valor hipotético, e lê-se Ohm por metro). Logo, 50 m de cabo, significa que teremos 250 Ω em série, entre o out da fonte, e o input do destino.
    Podemos calcular a queda de tensão, mas aqui não importa controlar essa variável, tanto quanto no dimensionamento de uma tomada ou de uma extensão. Imagine a importância desse dimensionamento pra rede elétrica de uma cidade...!

    O ponto é que se trocar o tamanho do cabo, a carga que a fonte "enxerga", também muda... Sei que não está sendo tão meticuloso, mas quero mostrar que está admirando um horizonte, e que há coisas além dele.

    No caso, uma entrada de linha, já pode receber o sinal que sai de um pré-amp. Seja um NV73, ou um line out de algum amp.
    Tão bem, como um pedal, pode ser ligado diretamente a um input de alta impedância, como existe em alguns modelos (pra não dizer todos) da linha de consoles Si, da Soundcraft.

    A indústria cria padrões. Por exemplo, parafusos são usualmente apertados rodando-os no sentido horário ou da esquerda para a direita. Relógios e marcadores diversos, aumentam de valor da esquerda para direita, mesmo se for medir a ausência de algo (como vácuo).
    Ainda assim há variações, e mesmo dentro de uma marca renomada como Shure, há ligeira variação na Zout dos mics. Se tenta compensar isso, mas não é economicamente viável fazer peças únicas - até porque elas podem ser únicas, mas vão estar num contexto que não é previsível.

    Usar DI? Sim, sempre que passar de 5 m é melhor usar, nem que por desencargo de consciência, mas não se fixe a essa ideia - o show não pode parar.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Qual o melhor Direct Box??? Ou o mais indicado....